Trilhas no Rio de Janeiro: Morro da Urca que leva ao Pão de Açucar

Na coluna a A Boa do Rio desta semana, um jeito diferente de chegar a um dos cartões postais do Rio de Janeiro: a trilha no Morro da Urca que leva ao Pão do Açúcar. Muita gente acha que pra chegar no Pão de Açucar só indo de bondinho e perde uma trilha super fácil e com um visual incrível.

Eu queria fazer essa trilha há um tempão e sempre tive um pouco de receio, achando que ia ser difícil. Em uma das minhas idas ao Brasil, as minhas amigas de São Paulo: Paty, Ellen, Rita e Fernanda foram me visitar no Rio e como elas não conheciam a cidade muito bem, aproveitei pra reunir as meninas do Rio: Adri e Paula e fizemos um programa mulherzinha diferente: A trilha do Pão de Açucar. E como pede o cenário, muitas fotos para ilustrar essa nossa aventura na Cidade Maravilhosa.

Nosso ponto de encontro foi na Praia Vermelha na Urca, onde encontramos também o meu amigo Bernardo, que seria o nosso guia para a trilha.

Praia Vermelha na Urca

 O ideal é você ir com alguém que já foi e conhece bem as trilhas e os macetes. Mas no fim de semana é comum vários grupos se reunirem para fazer a caminhada. Então se você está na cidade a passeio e não conhece ninguém, é só seguir um deles. Não recomendo fazer a trilha desacompanhado(a). O acesso é feito pela pista Claudio Coutinho, bem ao lado da Praia Vermelha

A pista não tem muitos obstáculos, é um sua maior parte plana, mas começa com algumas subidinhas íngremes. Mas até crianças usam a trilha, então é bem fácil e mesmo para nós, um grupo de mulheres nada acostumadas a aventuras mais radicais foi tranquilo.

trilha pao de acucar 2

Uma das subidinhas

 A subida leva em torno de 45 minutos. Mas uma parada lá pela metade do caminho é recomendada, para apreciar essa vista maravilhosa da Praia de Botafogo, Marina da Glória e o Cristo Redentor lá no fundo.

vista do Cristo e praia

Vista do Cristo, praia de Botafogo e Marina

 Recomendo que o passeio seja feito pela manhã ou no meio da tarde. Especialmente em dias mais quentes é bom caprichar na hidratação e beber bastante água e essa paradinha para descansar e ver a vista é fundamental.

vista da praia de botafogo

Vista da praia de Botafogo

 Pelo caminho é comum encontrar passáros, gaviões e os miquinhos, chamados de sagui, que já estão acostumados ao movimento de pessoas. Mas convém não mexer com eles.

Os macaquinhos

Os macaquinhos pelo caminho

 E finalmente, depois de pouco mais de 1 km de caminhada, chegamos, inteiras aos 220 metros de altitude! A chegada é assim, embaixo da estação do bondinho.  E mais que a pose para a foto a paradinha é providencial para um descanso.

Chegada ao topo

A chegada ao topo

 E lá de cima, a vista compensa. Para vocês verem que o esforço nem é tão grande assim, ninguém chegou descabelada lá em cima. Nessa foto o meu amigo e nosso guia Bernardo, na direita, que pacientemente aguentou este grupo de mulheres pela trilha.

com nosso guia

Com nosso guia da trilha Bernardo

 A caminhada é apenas uma das maneiras de se chegar ao topo do morro. É possível também fazer a trilha do Costão do Pão do Açucar, que tem uma escalada de uns 15 metros bem tranquila de fazer e outros modos mais radicais, como a escalada do paredão ou rapel. Para esses programas, recomendo procurar uma empresa especializada no assunto.

Escalada na pedra do morro da urca

Fazendo Rapel

Para chegar ao segundo morro, é preciso pegar o bondinho.

A vista para o segundo morro

Lá em cima, é hora de tirar as fotos com os cartões postais da cidade.

Com o Cristo no fundo, já no alto do morro da Urca

 Para descer, é possível usar a mesma trilha, mas recomendo usar o bondinho.

Fazendo a descida pelo bondinho

 A vista do teleférico é também maravilhosa e a experiência vale a pena.

A vista da praia da Urca

 E terminamos nosso passeio onde a maior parte dos turistas começa: Na entrada do teleférico do Pão de Açucar.

Na entrada do Teleférico

As meninas adoraram o passeio e é uma das nossas melhores lembranças juntas. Recomendo muitíssimo para quem vier passar uns dias na cidade ou mesmo mora na cidade e nunca fez. Não importa a sua idade ou seu preparo físico, essa é uma experiência inesquecível que não exige muito esforço e o melhor: é gratuita!

garotadeipanema logo

Biquinis Garota de Ipanema.


Comments

  1. Dini says

    Oi, Cláudia!
    Estou no Rio de Janeiro e eu e alguns amigos queremos fazer essa trilha. Só tivemos uma dúvida: como é essa trilha quanto a segurança? É perigoso um grupo de 3 ou 4 pessoas subirem, quanto a assaltos e etc?
    Seu post está ótimo e foi decisivo pra decidirmos fazer essa trilha! hehehe
    Obrigada desde já,
    Claudini

    • Claudia Beatriz says

      Oi Claudini,

      muita gente faz essa trilha… inclusive tem empresas que saem de manha cedinho… eu iria num horário que tenha movimento… fim de semana tem sempre alguém subindo. É só ficar ali na entrada, espere ver um grupo e siga. Foi bem tranquilo quando fomos, mas nosso grupo era grande e tinha dois rapazes que conheciam muito bem a trilha, então nem nos preocupamos. Mas vimos muita gente pelo caminho, familias até.

    • Andrea Bisaggio says

      Não tem perigo nenhum, já subimos com criança no colo! A pista é em érea de segurança, pois fica do lado do exército. Pode ir na boa!

  2. Daiana Travassos Alves says

    Oi Cláudia,
    adorei seu post, descobri seu blog a pouco tempo e tenho gostado bastante do que leio.
    Estou com viagem marcada para o Rio em novembro e querendo muito fazer essa trilha e aquela da Floresta da Tijuca, o que será um pouco mais dificil de organizar creio eu, mas tô buscando informações. Enfim, nesse da Urca eu vou, mas não sei se meus amigos vão topar, neste caso você acha que dá pra ficar por lá e seguir com algum grupo que esteja subindo, é que sozinha acho bem complicado, eu não quero fechar pacote com empresa para esse passeio então…mas vou ver se convenço meus amigos a irem comigo assim fica mais tranks, só que não conhecemos ninguém que possa ser guia…

  3. Rosana Prado says

    Oie, não sei como cheguei nessa página, mas adorei… e como participo de um grupo de trilhas… resolvi recomendar a vcsssssssssss… trilhas gratuitas rj – procurem a comunidade no orkut, ou escrevam para o e-mail trilhasgratuitasrj@hotmail.com.
    Um grupo amigo, saudável que faz sempre a trilha do morro da urca, floresta da tijuca e outras…podem confiar… abraços

    Rosana Prado

  4. Luciane Martins Benicio da Silva says

    Meninas minha turma da faculdade, está querendo fazer essa mesma Trilha, que vcs fizeram.
    Quanto o guia Bernardo cobrou?
    Passe o nº dele por favor ou peça o para enviar para o emu email.
    Obrigada,
    Luciane

  5. Andrea Bisaggio says

    Pessoal podem ir até sozinhos, pois a trilha é bem organizada e bem cuidada. Não tem perigo de assalto e não tem abismo. A única coisa é quando chegar no platô, seguir para a esquerda pois do outro lado é a parte que precisa de corda e tal.

  6. Elis says

    Oi, td bem!

    Adorei as dicas de trilha. Gostaria muito de fazer ,mas não connheço ninguém que já tenha experiência com isso.

    Será que vc poderia me recomedar contatos de grupos que façam trilha.

    Obrigada pela atenção e ficarei o aguardo de uma resposta.

  7. Sheila Vitória says

    Fiz e valeu a pena , foi ótimo e recomendo.Aliás estou pensando em organizar um grupo, pois várias amigas que viram as fotos estam me cobrando este passeio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *