Home Suecia Estocolmo Estocolmo na Suécia com a Jéssica

Estocolmo na Suécia com a Jéssica

A Suécia está em foco desde o frenesi causado pelo lançamento da trilogia de mistério que se tornou fenômeno mundial de vendas: Millennium, de Stieg Larsson. E se você tem vontade de ir a Escandinávia… a Suécia deve ser sua primeira parada. Todo mundo fala inglês quase sem sotaque, então a barreira cultural da língua, praticamente incompreensível para nós, não é desculpa.

Os suecos em geral gostam bastante do Brasil e sabem bastantes informações sobre o nosso país. Ser brasileiro é um ótimo cartão de visitas na Europa e na Suécia, mais especificamente, o pessoal demonstra imediatamente imensa receptividade, além de contar sobre a rainha Silvia, que morou, quando criança, alguns anos em São Paulo.

eu no Stadhuset/City Hall

eu no Stadhuset/City Hall

Meu nome é Jessica (@jess_miranda ) e morei na Suécia de maio a agosto de 2008. Durante esses meses na Suécia para um intercâmbio, viajei bastante dentro do país. Conheci Göteborg, Lund, Härnösand, Gotland, Igelösa, Södertälje e Stockholm. E é sobre essa última cidade, Estocolmo, que irei falar.

Bem, Stockholm é uma cidade que, embora aparente ser grande e espalhada, pode ser percorrida nos seus pontos principais a pé.

Minha primeira recomendação e dica é ir até ao excelente centro turístico de Estocolmo, o Stockholm Tourist Center, pertinho da Kungsstradgarden. Lá, você conseguirá ótimos mapas gratis, lugar para descansar, pessoas prestativas para tirar dúvidas e banheiros de graça. É super fácil de achar: descendo na estação central de Estocolmo, a T-Centralen, ande até encontrar um chafariz com uma escultura imensa de vidro (foto abaixo), que fica na Sergels torg (local bastante movimentado, com shopping e restaurantes.) e pergunte para alguém onde fica a praça Kungsstradgarden.

Sergels torg

Sergels torg

Eu recomendo que Estocolmo seja passeada e conhecida a pé, se você tiver ao menos 4 dias na cidade! Ande sem rumo, perca-se nas ruas… essa cidade merece ser vista com carinho.
Estocolmo é formada por diversas ilhas interligadas. Cada uma com seu charme e seu ponto turístico mais visitado. Com o mapa em mãos, você decide pra qual ilha ir primeiro.

Abaixo, tentei sintetizar os locais mais bonitos de Estocolmo, sob meu ponto de vista, claro.

A ilha Stadsholmen é onde está localizado o palácio real Kungliga Slottet. O palácio fica entre o centro e a cidade antiga. É aberto ao público que pode conhecê-lo por meio de visitas guiadas. Apesar de não ser mais a residência dos reis, são celebrados diversos eventos relacionados à monarquia, como recepções oficiais e festas. Mas melhor que visitá-lo é assistir à troca da guarda real.

A troca da guarda é um momento único. Um evento muito bonito de ser apreciado. Acontece diariamente às 12 horas, entre os meses de junho e agosto, com direito a desfile por alguns locais da ilha. No restante do ano a cerimônia ocorre somente em dias determinados (acho que só 4ª e domingo) e não há desfile pela cidade.

Lateral do Palacio Real

Lateral do Palacio Real

Placa na entrada do Palacio

Placa na entrada do Palacio

Inicio da troca da guarda

Inicio da troca da guarda

Placa informando sobre a troca da guarda real

Placa informando sobre a troca da guarda real

Momento de musica na troca da guarda.

Momento de musica na troca da guarda.

 

 Pertinho do Palácio Real está a Storkyrkan, a catedral de Estocolmo. Uma igreja muito bonita, na qual há a ainda mais bonita escultura de São Jorge e o dragão, de 1494.

eu na Storkyrkan com a escultura de São Jorge ao fundo

eu na Storkyrkan com a escultura de São Jorge ao fundo

Detalhe da escultura de São Jorge e o dragão.

Detalhe da escultura de São Jorge e o dragão.

Seguindo as redondezas do Palácio em Stadsholmen, você se deparará com a Gamla Stan, ou cidade velha. É que Stadsholmen em conjunto com as ilhas de Riddarholmen e de Helgeandsholmen formam a chamada a cidade velha de Estocolmo.

A cidade velha é uma graça! As suas ruas estreitas e fachadas coloridas retratam a antiga Estocolmo. As ruelas e becos aliados às diversas decorações e cores dos prédios criam uma atmosfera única. Prédios históricos, lojinhas de souvenir, igrejas, cafés, restaurantes são facilmente encontrados na Gamla Stan. Devido à popularidade desta área entre os turistas, as lojas costumam ser caras e vale a pena deixar para comprar suvenir em outro lugar (Recomendo a Av. Drottninggatan – rua só de pedestres, cheia de lojinhas uma mais barata que a outra).

Coisas que a gente só acha na Suécia

Coisas que a gente só acha na Suécia

Uma rua da cidade velha

Uma rua da cidade velha

Ainda na Glama Stan você não pode deixar de visitar a praça Stortorget e o Nobel museet ou Museu Nobel ! Eu adorei o museu e recomendo muitíssimo!

Eu na Stortoget

Eu na Stortoget

Um bairro muito gostoso de passear é o Djugården (foto de uma placa do bairro abaixo).

Esse é o bairro com a maior área verde do centro de Stockholm. É cheio de opções de lazer, como o Nordiska Museet, o Vasa Museet, o Skansen e o parque de diversões de Gröna Lund.

Nordiska museet e Vasa museet

Nordiska museet e Vasa museet

O Vasa museet (Museu Vasa) é um dos museus mais visitado da Escandinávia. O navio Vasa era um navio de guerra que naufragou logo na sua primeira viagem, depois de partir de Estocolmo. Isso ocorreu em meados de 1628 e só depois de mais de 300 anos, em 1961, foi içado quase inteiro do fundo do mar Báltico.

Além do navio em si, há andares com maquetes, vídeos mostrando a história do naufrágio e do resgate, o convés reconstituído, exposições dos objetos encontrados no navio entre outras curiosidades. O passeio dura pelo menos umas 2 horas.

Detalhe do Navio Vasa

Detalhe do Navio Vasa

Detalhe do navio Vasa e o museu ao fundo

Detalhe do navio Vasa e o museu ao fundo

O Nordiska museet (Museu Nórdico)  também vale a visita. Há exposições de tudo um pouco mostrando como era a vida na Suécia em diferentes épocas de sua história (por exemplo: elementos culinários ao longo da história, objetos de decoração e quadros, galeria da moda, com interessantes coleções de vestidos e ternos etc.)

O museu ao ar livre, Skansen, eu não fui, pois estava morando na Suécia, lidando com a cultura sueca dia a dia e não despertou minha curiosidade a ida ao local. Mas só escutei elogios ao parque que é uma simulação de ambiente rural e casas de campo de séculos passados, com o pessoal vestido a caráter.

O Gröna Lund é uma delícia! Eu adoro parques de diversões e então sou suspeita para comentar. A maioria do pessoal que faz a parte artística do parque, como palhaços e animadores é de brasileiros. Na época, fui ao parque sozinha e me diverti tanto como se tivesse com um grupo de amigos, pois era folga de uns brasileiros e eles aproveitaram pra se divertir no parque de graça (já que esse é um dos benefícios de quem trabalha lá). Ah! Alguns brinquedos radicais proporcionam uma visão de Stockholm bem bonita!

Entrada do Grona Lund

Entrada do Grona Lund

Gröna Lund vista da ilha de Kastellholmen

Gröna Lund vista da ilha de Kastellholmen

Não posso deixar de mencionar o meu local preferido em Estocolmo, o Stadhuset ou City Hall (Prefeitura), prédio símbolo de Estocolmo (foto no início do post), onde é entregue o prêmio Nobel todos os anos.
Quando estamos chegando a Estocolmo de trem, na T-Centralen, vindo de outra cidade, temos uma visão fantasticamente bela de Estocolmo e logo vimos o Stadhuset imponente, com as três Coroas no alto da torre (símbolo da monarquia nacional).

Esse lugar tem um charme especial, especialmente apaixonante. É imperdível a subida de elevador e algumas escadas até o alto da torre do prédio. A vista é magnífica!!

descansando_city_hall

Descansando no City Hall

É um ótimo lugar para relaxar, tomar uma água e curtir a paisagem!

Jardim do Stadhuset

Jardim do Stadhuset

Outro ângulo do jardim do Stadhuset

Outro ângulo do jardim do Stadhuset

Rumando para o centrão de Stockholm, no bairro Slussen, tem um elevador Katarinahissen (tipo elevador Lacerda em Salvador) que liga a parte alta e baixa da cidade. No final da subida você desembarca numa passarela metálica, de onde é possível tirar fotos excelentes. Lá em cima é Södermalm. E tem a vista mais bonita da cidade. IMPERDÍVEL!! De lá, é só uma pequena caminhada até Mosebacke torg, uma praça bacana com um casarão/barzinho/boate muito legal!

É possível ver os prédios principais do alto do elevador Katarina.

É possível ver os prédios principais do alto do elevador Katarina.

Vista de Södermalm

Vista de Södermalm

 Entrada para o Mosebacke

Entrada para o Mosebacke

Dia a dia em Estocolmo:

Hospedagem
: varia de no mínimo 25 EUR para albergue e hotel chegando a 50 EUR por dia por pessoa.

Comida
: varia de 7 a 10 EUR (lanche simples) e de 20 a 25 EUR em um restaurante razoável.

DICA
: No Moderna Museet, tem menus promocionais que valem muito a pena.
Para o café da manhã, aposte nas lojas 7eleven. Dá pra economizar uma boa grana!

Museus
: Se for visitar muitos, compensa comprar o cartão Stockholm Card. Informações: http://www.visitstockholm.com/

Banheiro grátis em Estocolmo
: no Moderna Museet, na ilha Skeppsholmen e Stockholm Tourist Center, perto da Kungsstradgarden.

Baladas
que recomendo em Estocolmo:
Sodra Bar: boate do Mosebacke, um casarão lindíssimo com uma vista de Estocolmo de tirar o fôlego.
Cafe Opera: no centro de Estocolmo. É bem caro, mas vale a pena! ()

Passeio de navio: Há uma viagem de um dia, de ida e volta: Stockholm – Mariehamn que eu fiz e adorei. As baladas do navio foram ótimas! O navio era da empresa Viking Line. Mas há outras empresas, como por exemplo: a Birka Paradise. Recomendo demais!

Claudia Beatriz trocou as praias do Rio de Janeiro pela vizinhança da Casa Branca em Washington. Apaixonada por Viagens e Fotografia, é responsável pelo design e matérias deste blog, além de cuidar de todo planejamento das viagens da família. Quando não está escrevendo sobre viagens ou fotografando, a "nerd confessa" dá consultoria, treinamento e escreve sobre tecnologia, gerenciamento de conteúdo e mídias sociais. Não se esqueça de segui-la no twitter @aprendizviajant e no Google Plus + Claudia Beatriz

3 COMENTÁRIOS

  1. Olá,

    Gostei bastante das suas dicas e das fotos. Estou lendo a trilogia Millenium e assim fica mais fácil de visualizar a história!

  2. Gostei muito do site, vou para Suecia em Outubro e devo ficar um mês por la, meu marido vai fazer um curso na universidade em linkoping, e vamos aproveitar para passear nos fins de semana.

E aí? O que você achou do post? Comente!