Viajando de Motorhome nos EUA com a Mônica

viajando-de-motorhome-desta

Eu cresci acampando muito com a família e tenho ótimas memórias dos acampamentos. Mas hoje em dia, como adulta (leia-se mais fresca!) e mãe, não me animo muito com o programa. Eu e meu marido (que como eu cresceu acampando mas agora também não encara o programa) pensamos sempre em alugar um motorhome como uma opção meio-termo: um pouco mais de conforto que um acampamento, mas com a mesma possibilidade de muito contato com a natureza. O plano é fazer uma viagem de motorhome pra algum parque nacional com as crianças pra que elas tenham essa experiência de “acampamento”. Então é claro que fiquei super empolgada quando a minha prima (e companheira de acampamentos na infância!), o marido e o filho aproveitaram o feriado de 4 de julho e passaram uma semana viajando de motorhome nos EUA, tive que pedir pra ela contar pra gente como foi essa experiência.

monica paranhos

Mônica curtindo o fim de tarde


Nome: Mônica Fraga Cruz Paranhos
Profissão: Cirurgiã Dentista
Cidade onde mora/País: Rio de Janeiro, Brasil
Roteiro da viagem: Saindo de Chicago e indo para Wisconsin
Quem foi: Eu, meu marido Flavio e meu filho de 6 anos João Henrique
Quantos dias: 7 dias
Estação do Ano: Verão (2 de Julho a 9 de Julho)
Tipo de motorhome alugado: Foi um Classe C para 5 passageiros
Empresa onde alugou: Cruise America

Quanto custou:
Foi um total de $1,405.00 nisso estavam incluídos
6 Nights $1,074.00
600 Miles $192.00
State Tax 5% $63.30
Mpea Tax 6% $75.96

E mais $500.00 de security deposity que foram reembolsados na entrega do motorhome. A taxa sobre as milhas também é reembolsável se você não usar as 600 milhas, no nosso caso foram 400 milhas no final, e se ultrapassasse seria cobrada a diferença. Na hora da reserva, que foi feita pelo telefone, foi cobrado um adiantamento de $300.00 para garantir a reserva.

casa sobre rodas

Nossa casa sobre rodas por uma semana

O que tinha no motorhome alugado?
O motorhome é todo aberto com exceção do banheiro. A disposição do meu era assim (varia de modelo pra modelo e depende do ano de fabricação, o nosso se não me engano era 2011, novinho): uma cama de casal no fundo ao lado do banheiro, que é fechado. Tem uma cortina que circunda a cama e você pode fechar a noite pra ter uma certa privacidade. O banheiro tem chuveiro com água quente e vaso sanitário tipo químico, mas com uma descarga de água de pedal. Toda vez que você aciona o pedal corre água pela lateral do vaso e o fundo do vaso abre, tipo vaso de avião. E a pia com espelho fica do lado de fora na área comum. No meio do lado direito (pra quem esta olhando para o volante) fica a cozinha com fogão de duas bocas a gás, um microondas (que só funciona se você estiver com o gerador funcionando ou ligado a uma saída de eletricidade) e uma pia com água que vem direto do reservatório ou se você estiver conectado a um ponto de água (nesse caso ele troca automaticamente pra água da rua, assim como o chuveiro e o vaso sanitário).

No lado esquerdo colado com a pia do banheiro tem uma geladeira um pouco maior que um frigobar que funciona com gás do reservatório e assim que você se conectar a um ponto de luz ela troca automaticamente para eletricidade. No funcionamento com gás ela é bem fraquinha, serve só mesmo pra manter as coisas já geladas ou congeladas, eles não aconselham ficar abrindo a porta toda hora se você não estiver conectado pois ela demora muito pra reestabelecer a temperatura e acaba consumindo mais gás. Colada na geladeira tem uma mesa de jantar com dois bancos para duas pessoas, que se desmontados a noite viram uma cama um pouco mais larga que uma cama de solteiro, mas eu particularmente achei essa cama meio curta, e nós não somos altos. Em frente a essa mesa novamente do lado direito tem uma porta e uma cadeira para uma pessoa.

Ao lado da porta de entrada na cabine central tem uma central de comando que gerencia água, esgoto e gás do motorhome. Através dela você sabe os níveis existentes de água e gás e quão cheio o reservatório de esgoto está. O motorhome divide o esgoto em grey (pia e chuveiro) e black (esgoto sanitário).

Na frente tem a cabine do motorista e passageiro, como um carro comum, e em cima um espaço com uma cama de casal bem grande, só que um adulto não consegue sentar, porque o teto é bem baixinho. O motorhome tem tomada de eletricidade igual a de casa desde que você esteja com o gerador ligado ou conectado ao ponto de eletricidade. O GPS é opcional e como o nosso telefone tinha um GPS bem legal não alugamos outro e ele funciou muito bem. O nosso motorhome não tinha TV, não sei se algum tem. E tem também ar condicionado central, que também só funciona com o gerador ou conectado ao ponto de eletricidade.

dentro do motorhome

O interior do nosso motorhome

Como foi dirigir um motorhome? Precisa de alguma habilitação especial?
Quem dirigiu o motorhome durante todo o trajeto foi o Flavio, eu manobrei uma ou duas vezes mas não achei difícil não. O Flavio reclamou um pouco na estrada porque ele é muito barulhento, toda vez que você passa num buraco ou desnível ele range todo. Outra coisa que ele reclamou foi da estabilidade, quando passávamos por algum caminhão o motorhome dava uma tremida. Não precisa de habilitação especial para dirigir não, nossa carteira do Brasil serviu direitinho. Quando você chega para pegar o motorhome eles fazem você assistir a um vídeo de meia hora mais ou menos que detalha todo o funcionamento do veículo. E é bem prático. Numa conversa por e-mail (pois eu estava cheia de dúvidas), eles me mandaram o mesmo vídeo por e-mail. Você também recebe um manual com todo o funcionamento do motorhome bem detalhado, para qualquer dúvida durante a viagem.

Como é para abastecer? Usa gasolina ou diesel? Consome muito?
A recomendação da loja é usar gasolina livre de chumbo, tivemos que abastecer o motorhome duas vezes, uma na ida e uma na volta pra entregar o veículo, em posto de gasolina da estrada mesmo.

Onde você pode e não pode parar um motorhome? Precisa de reserva? Quanto custa?
Parar na rua não tivemos problema não. Paramos em vários estacionamentos, de supermercado a parque aquático e ninguém veio reclamar nem fomos multados. Pra você poder dormir o ideal é fazer reserva. Eu achei mais seguro, pois estava com meu filho. O Parque Estadual reservei online (Devils Lake Wisconsin). Você tem que pagar uma licença para entrar no parque ($ 10.00) e mais o aluguel do spot se você quiser dormir, que nesse parque varia de $12.00 a $17.00 dependendo da localização e se tem ou não eletricidade. Reservamos um spot sem eletricidade pois todos os outros estavam ocupados. Quando chegamos lá para fazer o check-in na recepção do parque perguntei meio sem esperança se eles tinham um spot com luz. E aí vai a principal dica até agora: super importante o spot ter luz. Os aparelhos grandes (geladeira, microondas e o principal para nós era o ar/aquecedor) só funcionam com ponto de eletricidade ou com o gerador, mas o gerador você paga por fora uma taxa pra usar ($3.00 por hora). Ou seja, uma noite de alto verão (como nós pegamos) ia ficar uma fortuna pra ter o conforto do ar condicionado. O outro spot que alugamos foi num camping particular e este era bem completo, tinha água, eletricidade e esgoto. Fizemos a reserva por telefone (Holiday Shores).

Como é o banheiro e a quantidade de água é suficiente para quê? Onde você pega mais água e é você que tem que se livrar do esgoto?
O banheiro é um pouco maior que o banheiro de avião porque tem o box com chuveiro. No parque estadual ficamos sem estar conectados a água ou esgoto. Como estávamos de frente para o banheiro comunitário do parque, tomamos banho lá e a louça lavei numa torneira que eles colocam a cada 4 spots com água comum e água filtrada, um esquema bem camping mesmo. Ficamos três dias e a água deu, mas nesse esquema, acho que se ficássemos usando direto ia durar uns dois dias. No parque tem uma área para descarregar o esgoto, que no nosso carro encheu (o grey) na noite do segundo dia, mas como estávamos já indo embora para outro camping não esvaziamos no parque. Quanto à água não sei se nesse ponto central você pode também encher os tanques de água ou simplesmente conectar uma mangueira nos pontos de água que estão espalhados pelo parque.

Como é a cozinha e o que você consegue cozinhar? É a gás ou eletricidade?
O fogão é a gás. São duas bocas e você consegue cozinhar qualquer coisa, como uma cozinha comum.

Como foi dormir em um motorhome, o isolamento de som é bom? E as camas, confortáveis?
Como já estamos acostumados com essa situação (meu pai tem um veleiro e o conceito é o mesmo) para nós foi tranquilo, mas mesmo assim eu achei bem confortável, banho quente no final do dia, ar condicionado central fazem toda a diferença (que também funciona como um aquecedor no inverno). As camas são 3. Uma atrás, uma no meio e uma na frente em cima da cabine do motorista. Eu dormi na cama de trás e achei bem confortável, você tem uma cortina que te dá privacidade. A cama do meio não foi montada e o João e o Flavio dormiram na cama da frente, porque o João estava empolgadíssimo e como a cama é alta eu fiquei com medo dele cair de noite, então coloquei o Flavio pra dormir lá também. A cama da frente é bem grande mas fica bem próxima do teto, então você não pode sentar na cama e tem uma vibração chata por conta do ar condicionado que me incomodou, mas passou desapercebida pelo Flavio e pelo João.

Do que o João mais gostou de viajar num motorhome?
Siceramente acho difícil escolher uma só coisa. Ele curtiu tudo. Fazer xixi com o motorhome andando pra ele foi tudo! Toda hora ele queria ir ao banheiro, cismou até que tinha que tomar banho, mas depois da primeira ida dei uma travada porque fiquei com medo, afinal de contas não deixa de ser um carro.

Alguma coisa importante que alguém alugando pela primeira vez precisa saber?
O mais importante é conseguir um spot com eletricidade. Vimos no final do passeio que sem eletricidade teria ficado bem desconfortável. Outro detalhe: como estávamos morando em Chicago, tínhamos tudo: panelas, toalhas, roupa de cama, etc. Mas se você estiver vindo de avião de outro lugar eles alugam tudo. Você paga uma taxa por pessoa que se não me engano era de $60.00 dólares por pessoa.

devils lake state park

Devils Lake State Park em Wisconsin

Atrações visitadas & Passeios:
Na primeira parte do passeio ficamos no Parque Estadual Devils Lake e foi a melhor parte da viagem. Bem natureza mesmo, passávamos o dia no lago tomando sol e a noite churrasco e s’mores. Amamos. Na segunda parte fomos para Dells onde fica, segundo eles, a maior concentração de parques aquáticos dos EUA. Então o passeio foi bem “civilizado”. Fomos ao passeio do Duck Tour que é um passeio pelo rio com um veículo anfíbio, bem legal. E também fomos a três parques aquáticos: o Noah’s Arch, onde tem o primeiro loop quase vertical dos EUA. Obriguei o Flavio a ir e ele adorou! ;-) É um parque aquático com uma área indoor e outdoor. Fomos também ao Mt. Olympus, que é uma parte parque aquático e uma parte parque de diversões. Esse é gigante e acho que dois dias para ir a todas as atrações seria ideal. Esse parque tem umas montanhas-russas de madeira de dar medo, O Flavio tentou ir em todas mas o tempo foi curto e no final ele percebeu que perdeu a que parecia ser a melhor: uma montanha-russa de madeira que passa por um túnel por baixo da estrada e sai do outro lado. O Flavio ficou doido quando viu, mas fica pra próxima. E o outro parque foi o Chula Vista. Esse último é o que tem o parque indoor mais legal. Nem dá vontade de ir pro outdoor. O único problema é que esse não tem muito controle de entrada, pois vários campings da região dão entrada grátis (como o nosso) e aí parece que é meio cheio e desorganizado. Mas mesmo assim o parque indoor deles supera os dos outros parques.

curtindo-devils-lake

Curtindo o lindo parque Devils Lake em Wisconsin

Restaurantes/Bares que vale a pena mencionar:
Não fomos a restaurante nenhum. Como levamos comida congelada que eu fiz em casa, lanchávamos nos parques durante o dia e a noite quando voltávamos para o camping jantávamos ou fazíamos churrasco. Todo spot tem um fire pit, que é basicamente um buraco no chão cercado com uma manilha de concreto ou ferro pra você fazer fogueira, sem colocar fogo no parque.

churrasco-final-do-dia

No camping Holiday Shore e o churrasco do final do dia

Imperdível (ponto alto da viagem): Imperdível para nós foi o Parque Estadual Devils Lake. O lugar é lindo, inesquecível.

Furada: O camping particular que ficamos. Apesar do conforto do nosso spot (água, eletricidade e esgoto) o parque em si não era muito agradável. Parecia um condomínio e ao invés de casas, trailers. A “praia” era nojenta com aquelas algas verdes e óleo de motor de barco, pois tinha um atracadouro. Não tinha como ficar no camping durante o dia. Mas esse foi o único que consegui vaga pois era semana do 4 de Julho e eu deixei pra reservar em cima da hora. Esse não recomendo de jeito nenhum.

Se pudesse planejar de novo, o que mudaria? Ficaria mais dias principalmente no lago. E se tivéssemos mais tempo andaria mais um pouco. Minha próxima parada vai ser o Canadá!

Mais alguma dica? Pesquise bem na internet os lugares antes de reservar, olhe os comentários e faça isso com uma certa antecedência, porque dependendo da época os lugares lotam rápido.

Indicado para: Quem gosta de acampar. Por mais conforto que você tenha comparado a uma barraca de camping, ainda é um acampamento. Quem gosta de um bom hotel talvez ache a experiência meio desconfortável. Uma amiga minha parou com o motorhome num hotel e ficou por lá porque não aguentava mais!

Obrigada prima, com certeza vou aproveitar as suas dicas pra nossa viagem de motorhome no futuro!


Comments

  1. Sulivan Rocha says

    Por favor, estou muito interessado em viajar de MH pelos Estados Unidos.

    Agradeço a matéria, inúmeras informações úteis…

    Tem alguma forma de você me passar o contato (e-mail) do casal?

    A nossa intenção é justamente ir até Chicago, então acho que eles poderiam me passar algumas informações vitais.

    Desde já agradeço,

    Sulivan Rocha
    Curitiba/PR
    Brasil

    • Adelaide Rossini de Jesus says

      Sulivan Hello!
      Você fez a viagem pretendida ?
      Estamos indo para os EUA em 13 de setembro de 2014 e a ideia será rodar de MH a partir de Miami
      Vc tem algum roteiro ou dica ?
      Cordialmente
      Adelaide

  2. Erminda Moura says

    Olá,
    Essa matéria veio bem a calhar. Eu acabei de alugar um Motorhome na Cruise America também. É a nossa primeira vez com RV. Estou cheia de dúvidas na hora de reservar os parques para o RV. Eu aluguei o RV Standard (23 a 25´). Qual é a diferença entre back-in, pull-in e pull-through? E o que é slide-out (Toda hora perguntam quantos slide-out, tem o RV). Existe algum site que contenha aquelas primeiras noções de um motorhome?
    Obrigada,
    Fátima.

  3. kleber willian forti says

    bom dia gostaria de saber se algum lugar que vc conhece que aluga motor home que as pessoas falam casteliano ou portuques para ficar mais facil , estou pensnado em ir com a familia em janeiro e fereverio de 2015 para florida, este tempo iremos passar um 15 dias no motorhome, agradeço o que possa me ajudar, obrigado
    kleber

  4. Juzely Hyder says

    Muito bom!
    Apenas uma pergunta: qual é o nome do Camping Particular, que você achou uma “furada”?

  5. Vinicius Senger says

    Achei caro o valor que vc pagou… Eu vou todo ano para califórnia e pago U$ 40,00 na diária no elmonte… Fico 2 meses por ano em RV’s por lá!

    • Carlos Fanara says

      Prezado Vinicius, farei uma viagem de RV por 12 dias (JUN/14) pela California, já estive por lá há 20 anos mas mas só fiquei em SFrancisco. Pretendo começar de LA subir ate SF e descer ate San Diego devolvendo em LA. nesse trajeto que parques ou atrações vc recomendaria? vc acha muito puxado para 12 dias?
      obrigado Carlos

  6. Patricia says

    Vocês poderiam fazer uma matéria com informações sobre viajar de motorhome no brasil. Seria bem legal!!

  7. Paulo Roberto Oliveira Lopes de says

    Cara Luciana

    Parabéns pelo Blog, muito legal esta matéria sobre RV! Gostaria de uma ajuda sua. Seria Possível? La vai! Ja aluguei o RV para final de ano entre os dias 27/12 e 03/01/2014(7 noites), sairei de Los Angeles onde pernoitarei com ele e pensei no Malibu Beach RV Park, $45.00(apesar de caro) e viajarei logo cedo pela highway 1(já conferi autorização de trafego para este RV) e passarei duas noites na estrada ate chegar em SF. Não achei um camping com um preço médio de $20.00 pois gostaria de parar ha uns 250 km aproximadamente de los angeles e no outro dia próximo a monterey. Estaremos num inverno mas o que vc recomendaria? Free Parking ou Pago? Você teria algum nome de camping que possa indicar nestas minhas paradas? Me confirme preço das sugestões!

    Abs., Paulo Roberto.

Trackbacks

  1. [...] 3) Qual foi a viagem mais legal da família? Por que? Dificil escolher “A” viagem mais legal. Todas as que fizemos tiveram seus momentos especiais. Mas tem duas que me vem a cabeça de forma mais contundente, que foram: a viagem pra Villa La Angostura, na Argentina, porque foi a nossa primeira viagem pra fora do País e foi onde vimos neve pela primeira vez. Foi fantástico, o João ficou alucinado pela neve e mais uma vez nos surpreendeu se comportando super bem. Ele tinha dois anos e meio e nenhuma vez reclamou do eterno ritual coloca-tira-coloca proteções pro frio. Amou esquiar e naquele dia ele foi o mais novo esquiador na pista de Cerro Baio! Posou para diversas fotos e na volta foi reconhecido por diversas pessoas no Aeroporto! E o mais incrível é que ele ainda lembra de algumas coisas daquela viagem. A segunda foi a viagem que fizemos de motorhome por Wisconsin no período que moramos em Chicago. Foi especial pois foi diferente de tudo aquilo que já tínhamos feito em viagens. Andar pelas estradas com a casa de reboque, dormir nos parques fazendo churrasco e fogueiras para o jantar, total entrosamento com a natureza mas com direito a ar-condicionado e chuveiro quente! Perfeito! Tem um post sobre esse passeio no Aprendiz de Viajante. [...]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *