5 museus não tão conhecidos em Londres

38
museum week

Hoje é o último dia da #MuseumWeek (semana do museu) que foi celebrada no mundo inteiro através das redes sociais (procure pela hashtag no Twitter, Instagram, Facebook) e os blogueiros da RBBV também estão participando! Para trazer a #MuseumWeek aqui pro Aprendiz, resolvi escrever sobre 5 museus não tão conhecidos em Londres.

Claro que visitar os grandes museus como National Gallery e Tate Modern é imprescindível se você curte arte e aprecia museus (até porque os grandes museus em Londres tem entrada gratuita para os acervos), mas para quem quer sair um pouco do usual, dê uma olhadinha nessa lista!

1. Guildhall Art Gallery

A Guildhall Art Gallery abriga a coleção de arte da City of London (região que deu origem a Londres, e um dos centros financeiros da cidade) e tem obras que datam desde 1670. O destaque fica por conta dos trabalhos produzidos na Era Vitoriana (segunda metade do século 18). Ou seja, você irá encontrar telas dos Pré-Rafaelitas assim como muita coisa do Classicismo e Orientalismo. Outra coisa muito bacana é o conjunto de obras que homenageiam Londres. Tem uma área do museu inteiramente dedicada aos quadros que tem Londres como pano de fundo.

RE Camera

RE Camera

Viaje com internet no seu celular - PROMOÇÃO DE BLACK FRIDAY 30%

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom de desconto da BLACK FRIDAY para ganhar 30% de desconto APRENDIZDEVIAJANTE ! Esse é o maior desconto que eles dão no ano! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

Quando o prédio estava sendo construído, arqueologistas encontraram resquícios de um anfiteatro romano, e todo o projeto arquitetônico precisou ser refeito pra ‘acomodar’ essas ruínas. Hoje, o anfiteatro faz parte da visita ao museu.

Para saber mais sobre a Guildhall Art Gallery, clique aqui.

Serviço:

  • Endereço: Guildhall Yard, EC2V 5AE
  • Estações de metrô mais próximas: Mansion House (District e Circle lines), Bank (Central e Northern lines), Moorgate (Northern Line)
  • Aberto de segunda a sábado das 10 às 17h e domingo das 12h às 16h
  • A entrada é gratuita, tanto para o museu quanto para o anfiteatro
  • Fotos são permitidas, sem flash

2. Kenwood House

Se você gosta dos chamados ‘Old Masters’, tente visitar esse a Kenwood House. Tem bastante coisa dos séculos 17 (como um autorretrato do Rembrandt) e 18, e outras tantas do 19, como o ‘Coast Scene with Fishermen’ do Turner. Há também uma sala com uma curiosa coleção de fivelas de sapatos. A estrela da coleção, porém, é do Vermeer: ‘The Guitar Player’.

A área onde fica esse museu já vale a visita, mesmo que você não seja muito ligado em arte: a casa, que foi construída originalmente no início do século 17, fica em uma área verde enorme (Kenwood State), ao norte de Hampstead Heath. Ou seja, é um belo passeio para um dia bonito: você vê as obras, caminha no parque e ainda por cima pode almoçar por lá mesmo, já que eles tem um restaurante ótimo.

Para saber mais sobre a Kenwood House, clique aqui.

Serviço:

  • Aberto todos os dias das 10 às 17h (fecha nos dias 24, 25, 26 e 31 de dezembro e 1 de janeiro)
  • Entrada gratuita
  • Endereço: Hampstead Lane, Hampstead – NW3 7JR (pegue a linha Northern metrô e desça em Archway ou Golders Green, então pegue o ônibus 210 – sentido Brent Cross se você pegar em Archway ou Finsbury Park se você pegar em Golders Green – e desça no ponto Compton Avenue/Kenwood House)
  • É permitido fotografar (sem flash e sem tripé)

3. Geffrye Museum

Essa dica é pra quem gosta de decoração, pois o Geffrye Museum é totalmente dedicado a esse tema – não apenas no quesito estético mas também a evolucão da nossa relação com o lar. A atração principal é o conjunto de 11 salas (Period Rooms) que representam a evolução de uma casa inglesa desde o século 17 até o fim do século 20, em sequência cronólogica. Vale ressaltar que a decoração que está ali não é uma cópia fiel de nenhuma casa específica e sim uma representação de estilos, gostos e costumes de cada época.

Museus de Londres – Geffrye Museum from dottv productions on Vimeo.

O Geffrye conta também com um espaço para exibições temporárias e outras coleções, como a de mobiliário do século 20 (adoro!), exemplares de papel de parede, fotografias de casas (interiores e jardins) e mostruários de tecido.

Para saber mais sobre o Geffrye Museum, clique aqui

Serviço:

  • Dias e horários de abertura: terça a sábado das 10 às 17h, domingos e feriados das 12 às 17h
  • Os jardins de temperos e de epoca ficam abertos entre 30 de março e 31 de outubro
  • É permitido fotografar (sem flash e sem tripé)
  • Entrada gratuita
  • Localização: Kingsland Road, E2 8EA (estação mais próxima é Hoxton, no Overground, mas dá pra ir andando da estação de metrô Old Street)

4. Museum of Brands

Apesar do Museum of Brands ficar encostado no burburinho da Portobello Road, é um lugar tranquilo e sem filas. Mas eu queria fazer minha parte pra mudar isso! É um museu tão legal que merece muitos e muitos visitantes. Ele é mantido por alguns patrocínios, os ingressos, lojinha de souvenirs e um time de voluntários, e cuidadosamente supervisionado por Robert Opie, seu fundador.

Museum of Brands from dottv productions on Vimeo.

(video cortesia do Canal Londres)

O Museum of Brands conta um pouco da história da sociedade ocidental através de… marcas! Nas suas pequenas galerias e corredores você vai ver coleções de rótulos, embalagens e produtos de merchandising e propaganda. Um arquivo sensacional, que começou como hobby de Robert Opie quando tinha apenas 16 anos. Os ítens mais antigos datam da Era Vitoriana, mas o que acho mais legal é ir relembrando infância e adolescência e resgatando memórias ao ver as coleções dos anos 80 e 90. Claro, a maioria do que está lá é ligado ao mercado britânico, como garrafas e rótulos de cervejas e chocolates bem famosos aqui.

Para saber mais do Museum of Brands, clique aqui.

Serviço:

  • Dias e horários de abertura: terça a sábado das 10 às 18h e domingo das 11 às 17h
  • Não é permitido fotografar!
  • Valor do ingresso para adultos: £6,50 e crianças £2,25
  • Endereço: 2 Colville Mews, Lonsdale Road, Notting Hill, London, W11 2AR (estação de metrô mais próxima: Notting Hill Gate)

5. The Wallace Collection

The Wallace Collection é um lugar mágico: apesar do acervo riquíssimo de pinturas holandesas do século 17 e francesas dos séculos 18 e 19 – sem contar os maravilhosos Canalettos que te transportam pra Veneza – o museu raramente faz parte do roteiro de quem visita Londres pela primeira vez. O que faz desse museu tão especial é a maneira como as telas estão distribuídas e expostas – o casarão era um residência e cada sala é diferente da outra. A gente tem a impressão de estar muito mais perto das pinturas, justamente por não ter aquele clima de museu grandioso.

The Wallace Collection The Wallace Collection

Junto com os quadros, estão expostas também esculturas, cerâmicas e objetos decorativos. O andar térreo é dedicado a uma coleção de armas e armaduras – ou seja, a Wallace Collection é super eclética!

Para saber mais sobre The Wallace Collection, clique aqui

Serviço:

  • Hertford House, Manchester Square, W1U 3BN (poucas quadras da Selfridges Oxford Street)
  • Estação de metrô mais próxima: Bond Street (Jubilee e Central Lines)
  • Entrada gratuita
  • Aberto todos os dias, das 10 as 17h
  • Fotos permitidas – SEM FLASH, por favor!

Para ver mais posts sobre museus em Londres, clique aqui.

Veja também os posts dos outros blogueiros da RBBV que estão participando do #MuseumWeek:

Américas:

Uzi Por Aí – Museu do Ouro (Bogotá, Colômbia).
Felipe, O Pequeno Viajante – Museu de Ciência e Tecnologia da PUC (Porto Alegre – RS)
Viajar Hei – Museu Nacional (Rio de Janeiro – RJ)
Sonhando em Viajar! – Museu Nacional da História Natural da Quinta da Boa Vista (Rio de Janeiro – RJ)
Blog Meu Destino – Inhotim (Brumadinho – MG)
Retrip Viagens – Museu de Arte Sacra (São João Del Rey – MG)
Do RS para o Mundo – Museu Histórico de Veranópolis (Veranópolis -RS)
Marola com Carambola – Memorial da Resistência de São Paulo (São Paulo – SP)
O que vi do Mundo – Museu do Futebol (São Paulo – SP)
Me Deixa Ser Turista – Pinacoteca, Estação Pinacoteca, Dops e Museu da Língua Portuguesa (São Paulo – SP)
Pequeno Grande Mundo – Museu de Ciências Naturais do Bosque da Ciência – INPA (Manaus – AM)
Rascunhos de Fotografia – Museu do Ceará, MAUC e Museu do Humor (Ceará)
Quebrei a Bússola – Museo del Holocausto (Buenos Aires – Argentina)
Vida de Turista – MALBA (Buenos Aires)
E aí, Férias – American Museum of Natural History (Nova Iorque – Estados Unidos)
Trilhas e Cantos – Museu Chileno de Arte Pre Colombino (Santiago – Chile)
Cantinho de Ná – Instituto Ricardo Brennand (Recife – PE)
Malas e Panelas – Vizcaya Museum and Gardens (Miami – Estados Unidos)
Embarque Portão 5 – Museo de Las Casas Reales (Santo Domingo – República Dominicana)
Viagens que Sonhamos – Field Museum (Chicago – Estados Unidos)
O Melhor Mês do Ano – Tumbas Reales de Sipan (Chiclayo – Lambayeque, Peru)
Colecionando Ímãs – Os Museus de Arte de Brasília (Distrito Federal)
Mosaicos do Sul – Museu Dalí (Saint Petersburg – Estados Unidos)

Europa:

No Mundo da Paula – Museu Tate Modern (Londres – Inglaterra)
Londres com crianças – Museum of London (Londres – Inglaterra)
Segredos de Londres – National Gallery (Londres – Inglaterra)
Tá indo pra onde? – Deutsches Historiches Museum (Berlim – Alemanha)
Agenda Berlim – 03 museus para visitar na primeira vez em Berlim (Berlim – Alemanha)
Brasileiros Mundo Afora – Deutsches Technik Museum (Berlim – Alemanha)
Ziga da Zuca – Museu Judaico (Berlim – Alemanha)
Direto de Paris – Hôtel de Soubise – o palacete que virou arquivo e museu – (Paris – França)
Estrangeira – Museu Picasso (Barcelona – Espanha)
Territórios – Museu Dalí (Barcelona – Espanha)
Da Porta Pra Fora – Museu DOX (Praga – República Checa)
Italiana Blog – Galleria degli Uffizi Florença (Florença – Itália)
Passeios na Toscana – Museu Cappella Brancacci (Florença – Itália)
Descobrindo a Alemanha – EL-DE-Haus – Centro de documentacao do Nazismo (Colônia – Alemanha)
Esto es Madrid- Reina Sofía (Madri – Espanha)
Meu Mundo Por Aí – Museo Del Prado (Madri – Espanha)
Mil e Uma Viagens – Mauritshuis (Haia – Holanda)
O Guia de Milão – Casa Museu Boschi di Stefano (Milão – Itália)
No Mundo com a Gente – Museu Casa de Rembrandt (Amsterdam – Holanda)
Café Viagem – Museu Casa Cailler e Museu do Chocolate (Broc, Suíça)
Comendo Chucrute e Salsicha – Museu de Belas Artes de Sevilha (Sevilha – Espanha)
Roma pra Você – Museu da Emigração Italiana (Roma – Itália)
Uma Brasileira na Grécia – Museu Acrópoles (Atenas – Grécia)
A Fragata Surprise – Museu da Acrópole (Atenas – Grécia)

Diversos:

Viajoteca – #Museumweek – 4 Museus pelo Mundo Te Papa (Wellington – Nova Zelândia), Vizcaya Museum & Gardens (Miami – EUA), Pergamonmuseum (Alemanha – Berlin), Museu das Histórias em Quadrinhos Belgas (Bruxelas – Bélgica)
Viagem com a Thathá – Auckland Museum – (Auckland – Nova Zelândia)
Ideias na Mala – Angkor National Museum (Siem Reap – Camboja)
Viagens Invisíveis – 5 Museus Palácios no Marrocos (Marrakech e Fez – Marrocos)

 


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


38 COMENTÁRIOS

  1. Para quem teve o privilegio de visitar ou viver em londres, sabe que um dos grandes atrativos da cidade é sua grande e riquissima coleção de artes, galerias e museus. E o mais legal é que os grandes museus são gratuitos. Saudades do periodo que vivi ali. Não conhecia dois desses museus citados: Kenwood House e o Kenwood House. Bom artigo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui