Baladas em Londres: Guilty Pleasures

8
Guilty Pleasures

Olha, taí uma tag que eu jamais achei que ia inaugurar aqui no Aprendiz: quem me conhece sabe que eu sou a primeira a fazer cara feia para a sugestão de balada. Troco fácil uma noite agitada por uma muito calma no meu sofá quentinho. E eu sempre fui assim, nem tenho essa desculpa do “tô ficando velha”. Nunca gostei de ir pra balada, nem no auge da adolescência quando todo mundo queria ia na Krypton (alô classe média paulistana na faixa dos 30!) – ia mais pra não ficar de fora das fofocas do que por prazer.

Mas, claro, existem situações E situações. Porque, outra coisa que quem me conhece sabe, é que eu curto música pop dos anos 80 e 90. Vide meu “currículo” de shows nos últimos anos – A-Ha, Erasure, Bon Jovi (três vezes!).

Então, como resistir a ideia de unir o útil – as músicas que eu amo e ouço num loop eterno – com o agradável – amigas sensacionais, animadíssimas, que não se reuniam há uns bons meses e há uns bons anos planejam uma balada inesquecível?

A balada chama-se Guilty Pleasures e rola em Londres mais ou menos uma vez por mês há 9 anos na Koko, uma casa de shows na região de Camden. Por essas bandas a expressão guilty pleasures é usada para falar sobre aquela coisa que todo mundo gosta e tem vergonha de admitir, pois é meio brega ou  está totalmente “fora de moda”. Todo mundo tem um guilty pleasure, seja assistir Big Brother, ler 50 Tons de Cinza ou então amar música dos anos 80 e 90.

Guilty Pleasures_AdV (6)

Guilty Pleasures_AdV (9)

Duas das “integrantes” desse grupo de amigas já conheciam a festa e sempre falaram super bem – toda vez que nos reuníamos rolava o papo “precisamos ir”, e finalmente marcamos uma data: a festa do mês de novembro, que inclusive era a comemoração do aniversário de 9 anos.

No site, é possível ver as datas das próximas festas (todas as datas de 2014 já estão lá) e comprar or ingressos – altamente recomendado que você compre com antecedência, pra evitar fila e uma possível frustração de não conseguir entrar. O ingresso custa £11,25 por pessoa e você imprime em casa.

Guilty Pleasures_AdV (12)

Guilty Pleasures_AdV (7)

A festa começas as 10 da noite, e, ao contrário do que acontece no Brasil (por favor me corrijam se eu estiver errada, afinal não lembro a última vez que fui numa balada no Brasil), o pessoal não chega muito mais tarde do que isso não. Nós chegamos as 10 em ponto e sim, fomos umas das primeiras e entrar mas pouco tempo depois a casa já estava cheia. O pessoal quer aproveitar cada minuto, e valeu muito a pena chegar cedo, pois marcamos nosso lugar na pista: achamos um canto e lá ficamos a noite toda!

Não vai ser difícil você ver alguém fantasiado: eles inclusivem pedem que a turma incorpore o “glamour” dos anos 80 e 90, e em várias ocasiões rola até um tema específico.  Também podem rolar atrações diferentes em cada edição da festa – na que fomos, por exemplo, além do DJ, teve uma banda de karaokê (o máximo e a parte que eu mais gostei!) e umas performances divertidíssimas no palco.

Guilty Pleasures_AdV (10)

Guilty Pleasures_AdV (8)

O Koko é uma casa de shows linda, enorme, que parece um teatro antigo, com vários andares e um salão principal com pé direito super alto e o palco em frente. Não dá aquela sensação de balada lotada, que mal dá pra andar. Todas nós fomos no bar e no banheiro pelo menos umas duas vezes, e ninguém teve problema algum. Claro, tem que ter paciência (principalmente no bar), mas nada de empurra-empurra.

Acredito que a temática do Guilty Pleasures atraia bastante gente da minha faixa etária, mas vi sim uns grupinhos com carinha de 20 anos. Mas, sem dúvida, a maioria esmagadora estava entre 30/40 anos (lembrando que é preciso ter mais de 18 anos para entrar e mais de 21 para comprar bebida alcoólica).

Abaixo algumas fotos retiradas da página oficial do Guilty Pleasures no Facebook (fotógrafo: Mark Box)

Guilty Pleasures_AdV (5)

Guilty Pleasures_AdV (4)

Guilty Pleasures_AdV (3)

Guilty Pleasures_AdV (2)

Gostou? Então fique de olho no calendário e programe-se para vir em Londres quando for rolar a festa!

8 COMENTÁRIOS

  1. O prédio da KoKo data de 1900! Inaugurou como teatro no dia 26 de dezembro de 1900 e foi cinema, teatro da BBC, foi palco do movimento punk e passou por uma mega restauração em 2004, transformando-se na boate e casa de shows que é hoje 🙂
    Saiba mais aqui: http://www.koko.uk.com/history-koko

    Eu acho incrível que um único prédio tenha tido tantos usos e por tanto tempo!
    Adorei o post e adorei nossa balada 🙂

    Beijos!

  2. Helô, quando disse no twitter que sou louca pra conhecer o Koko, não imaginava que fosse tão linda tb. E por aqui, no geral, continuam chegando na balada depois da meia noite. Eu nunca entendi isso e não gostava, hahaha. A foto da sua turma ficou linda!

  3. Helo, por acaso essa casa de show foi a que a Amy Winehouse fez o DVD do Rehab? Estou vendo as fotos e lembrando do meu DVD… super se parece! (Claro que estou perguntando e nem me dei ao trabalho de pesquisar)… e como o hood da Amy é em Camden, fiz a associação direta 🙂
    bjão

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui