Estocolmo: o impressionante Vasamuseet

12
vasamuseet

Eu sei que não existe coisa mais chata do que alguém dar esse tipo de palpite na sua viagem: “você TEM QUE ir em tal lugar”! Afinal, cada um visita o que quer e é difícil um mesmo roteiro agradar duas pessoas. Mas olha, correndo o risco de tomar bronca, vou dar minha cara a tapa – uma visita ao Vasamuseet em Estocolmo é imprescindível. Pronto, falei.

E escrevo isso com a experiência de quem estava desdenhando o tal museu – como pode um barco ser uma das principais atrações de uma cidade tão vibrante como Estocolmo? Pois é, que tapa na cara! Quando li sobre ele sabia que era o tipo de lugar que agradaria o Martin, mas achava que pra mim não seria tão interessante. Acabei amando o Vasa e por isso escolhi falar dele logo no início da minha série de posts sobre a cidade.

O Vasamuseet, ou Museu do Vasa, é dedicado única e exclusivamente ao barco Vasa, que afundou em 1628 e só foi “resgatado” do fundo do mar 333 anos depois, em 1961. A história dele é mesmo impressionante: naufragou minutos depois de partir do porto, mais precisamente 1.3km adiante. E lá ficou por anos, décadas, séculos até que em 1956 ele foi descoberto e então foi iniciada uma operação de guerra para resgatá-lo. Só em 1961 é que ele emergiu completamente e então outra operação de guerra começou, para reformá-lo e preservá-lo.

vasamuseet
Como seria o Vasa quando foi lançado ao mar em 1628

 

vasamuseet

Viaje com internet no seu celular - PROMOÇÃO DE BLACK FRIDAY 30%

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom de desconto da BLACK FRIDAY para ganhar 30% de desconto APRENDIZDEVIAJANTE ! Esse é o maior desconto que eles dão no ano! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

O prédio do Vasamuseet foi construído literalmente ao redor do Vasa, e de qualquer ponto é possível vê-lo. O Vasa, obviamente, é o centro da atenções mas o legal é que o museu soube montar uma série de atrações que contam toda sua história – de sua construção e de como seria a vida dentro dele aos detalhes do seu resgate (essa parte do resgate aliás foi a minha preferida).  Há também uma área dedicada as pessoas que estavam no Vasa: cientistas conseguiram coletar muita informação nos restos mortais (alguns esqueletos estão expostos) e até mesmo fazer a reconstrução das faces de algumas pessoas, é impressionante.

Logo que você entra já dá de cara com ele e só então se dá conta de sua grandiosidade. Como o prédio foi construído para esse fim, é possível ver os detalhes bem de perto – são vários andares que circundam o Vasa, e a cada andar você descobre mais um detalhe, mais um pedaço que não tinha notado antes. Você fica se perguntando como pode ter sido possível um barco dessa magnitude ter sido construído no século 17, e também se pergunta que diabos deu errado pra ele afundar (e descobre a resposta no filme e nas exposições, basicamente foi um erro de engenharia).

vasamuseet
Assim que você entra no museu, essa é a visão

 

vasamuseet
A área que conta sobre o trabalho de manutenção e pesquisa que não tem fim – e o Vasa ali do ladinho!

 

vasamuseet
O Vasa de pertinho

 

vasamuseet
Maquete que explica o processo de resgate do Vasa do fundo do mar

 

Outro ponto importante é o trabalho de manutenção constante, afinal o Vasa ficou esquecido no fundo do mar por 333 anos e é extremamente delicado. É preciso cuidado com temperatura, iluminação e produtos químicos. Por exemplo, agora eles estão em processo de trocar algumas milhares de ferragens por outras novas, para o barco não se desfazer.

vasamuseet
Tentando absorver tantos detalhes

 

Vasamuseet
Maquete em primeiro plano mostrando como ele deveria ser quando ficou pronto em 1628, e o Vasa lá trás

 

Vasamuseet
Parte do museu que reproduz o interior do Vasa

 

Vasamuseet
Vista do museu

 

vasamuseet

Acho que vou parar por aqui senão esse post ficará recheado de exagerismos – deu pra entender o quanto eu gostei de lá né? Aliás, gostamos, o Martin também ficou fã.

Informações:

  • Endereço: Galärvarvsvägen 14, Djurgården
  • Aberto diariamente das 10 ás 17h (até as 20h nas quartas feiras). Em junho, julho e agosto ele abre mais cedo, as 8:30
  • Ingresso: SEK 130 (£13 ou R$40,00) para adultos (gratuito para quem compra o Stockholm Card)
  • O Vasamuseet tem um restaurante e também uma lojinha – ótima!

Eu e o Martin visitamos o Vasamuseet com o Stockholm Card, cedido pelo Visit Stockholm

 


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


12 COMENTÁRIOS

  1. Oi meninas, Oi Heloisa!!

    Também gostei muito desse museu. Eu já tinha ido em um na Dinamarca e achei meio sem graça e mesmo assim resolvi arriscar e visitar o Vasa tbm. Assim como vc, tbm gostei bastante. Logo na entrada, na época que fui, tinha um videozinho de uns 10 ou 15 minutos que contava um pouco sobre a história interessante desse “barquinho”. Tbm acho que esse museu está na listinha de coisas “imperdiveis” em Estocolmo! =DD

  2. Todos NÃO PODEM DEIXAR DE IR. Realmente é impressionante, não só o navio, mas todo o trabalho que reconstrução histórica em torno dele. Agrada a todos os gostos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui