High Line: o parque criado sobre uma ferrovia em Nova York

7
High LIne

Escrever sobre qualquer coisa em Nova York é super difícil: o risco de ser repetitivo (porque a novidade espalha-se rápido) é altíssimo! Sei que o High Line já está no radar de quem visita NY há tempos, mas eu gostei tanto de lá que não deu pra resistir colocar a experiência em um post.

The High Line_AdV (1)

The High Line_AdV (3)

Bom, os fatos todo mundo já sabe: o High Line foi construído sobre uma ferrovia elevada que estava em desuso. Tem pouco mais de 2km de extensão, da Rua 34 até rua Gansevoort no Meatpacking District. Eu tinha a impressão de que o lugar era visitado apenas por turistas, mas quando fui lá percebi muitos novaiorquinos aproveitando o espaço. Muita gente correndo, tomando café ou simplesmente fazendo o mesmo que eu e as minhas amigas: caminhando tranquilamente.

Atenção: não é permitido passear com cachorros. No site há uma lista com as regras do parque (você também não pode caminhar sobre os pedaços de trilhos).

SEGURO VIAGEM COM 5% de desconto + 5% no boleto

Vai viajar? Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e recomendado na maior parte das viagens para o exterior. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5 e ainda mais 5% se você pagar no boleto.

Existem várias entradas ao longo da extensão do parque (mas nem todas tem elevador), o que é bem legal, assim ninguém é ‘obrigado’ a percorrer o parque inteiro e pode utilizá-lo como uma alternativa de caminho (muito mais agradável, diga-se de passagem!). Você pode ver todas as entradas no mapa que eles disponibilizam no site.

mapa
imagem extraída do site oficial do High Line

The High Line_AdV (5)

The High Line_AdV (6)

Além do projeto em si ser impressionante (será que os idealizadores achavam que seria tão bem sucedido?), a vista que se tem da cidade, do Rio Hudson e de New Jersey do outro lado do rio consegue ser mais legal. Apesar do High Line ser elevado, é claro que não se compara a subir no topo de um prédio, mas a sensação é muito bacana, justamente porque a gente fica meio assim ‘no meio’, ‘sobrevoando’. Tudo bem, tudo bem, meio filosófico isso, mas eu me senti sim parte da cidade. Uma nova perspectiva sempre faz bem né?

The High Line_AdV (13)

The High Line_AdV (12)

Ah, é claro não dá pra deixar de falar dos murais artísticos que você vê ao longo do caminho.

The High Line_AdV (4)

The High Line_AdV (7)

 

High Line: informações práticas

Horário de abertura: de junho a setembro das 7 às 23h, outubro e novembro das 7 às 22h, dezembro a março das 7 às 19h, abril a maio das 7 às 22h

Site oficial: www.thehighline.org

The High Line_AdV (11)

The High Line_AdV (10)

The High Line_AdV (9)

The High Line_AdV (8)

Mais posts sobre Nova York:

Fotos do High Line postadas no Instagram:

High-lining #gangdoalgodãodoce

A photo posted by Helô Righetto (@helorighetto) on

echo adrotate_ad(9, true, 0, 0);

Vai Viajar?

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.


7 COMENTÁRIOS

  1. […] Nova York tem mais museus do que a gente consegue visitar em uma viagem e os principais museus estão sempre com mostras novas. Se estiver na cidade por vários dias, uma boa opção é o City Pass que tem entradas para museus e atrações (e agora inclui o 9/11 memorial e museu), mas se você está com o orçamento apertado, veja o post sobre como entrar nos museus de Nova York de graça ou quase. Eu adoro o Metropolitan, o MoMA, o Museu de História Natural (tem um planetário que eu amooo!), o Guggenheim e nesta viagem tenho na minha lista visitar o Whitney que acabou de se mudar para um prédio novo e fica pertinho do Highline. […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui