Mini Guia para economizar em Roma: gratuidades, descontos e fura-filas

Roma não é uma cidade barata, e até 2014 a sua política de gratuidades era muito reduzida. Talvez a crise europeia, ou quem sabe a necessidade de torná-la ainda mais atrativa, inclusive para o próprio turismo interno, fez com que fossem adotadas algumas medidas para dar uma mãozinha para quem quer (ou precisa) economizar alguns euros.

Gratuidades em Roma

Coliseu e Museus Vaticanos grátis, mas quando?

Coliseu

interno_coliseu_2

Todos os primeiros domingos do mês é possível visitar a área arqueológica única, mas com entradas separadas, que compreende o Coliseu, Fórum Romano e Palatino. Essa gratuidade é ampliada a todos os museus, sítios arqueológicos e atrações sob gestão do Estado Italiano. Assim, nos primeiros domingos de cada mês também é possível visitar a Galleria Borghese (necessário reservar mesmo sendo gratuito), as Termas de Caracala, o Mercado de Traiano, o Sítio Arqueológico de Ostia Antiga, entre outros.

Para saber os horários de abertura e eventuais feriados, consulte o site do Ministério dos Bens Culturais: http://archeoroma.beniculturali.it/siti-archeologici/colosseo

Museus Vaticanos

museus_vaticanos

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior e quer manter seu número no whatsapp? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 210 países, para que você fique conectado a internet. E o novo chip 4G Europa garante velocidade e tem ligações para o Brasil! Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

Sendo o Vaticano um Estado à parte, a sua gratuidade para o conjunto de museus conhecidos como Museus Vaticanos se dá todos os últimos domingos do mês, das 9h às 14h, com último acesso pontualmente às 12:30h. Se o último domingo do mês coincidir com algum feriado religioso, os museus não abrem.

Para ter notícias atualizadas, visite o site oficial do Vaticano: http://mv.vatican.va/2_IT/pages/z-Info/MV_Info_Orari.html

Gratuidades por idade, nacionalidade e para estudantes

Idosos acima de 65 anos

Desde 2014 não há mais gratuidade para idosos acima de 65 anos. O governo italiano declarou que a maioria dos turistas que visita as principais atrações italianas são de países “bem de vida” e que não necessitam de gratuidade. Durma-se com um barulho desses!

SEGURO VIAGEM COM 5% de desconto + 5% no boleto

Vai viajar? Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e recomendado na maior parte das viagens para o exterior. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5 e ainda mais 5% se você pagar no boleto.

Menores de idade europeus

Menores de 18 anos podem entrar gratuitamente desde que sejam cidadãos. Para tal é necessário apresentar um documento se o menor tiver “cara” e estatura de adulto, e para crianças pequenas geralmente nunca é exigido algum documento.

Menores de idade não europeus

Menores de idade não europeus possuem desconto até 12 anos desde que acompanhados de uma pessoa maior de idade. Esse desconto é um pouco controverso, porque a lei italiana diz que o desconto é concedido se o país de cidadania ou residência do menor também conceder o mesmo direito aos menores italianos. Como sabê-lo? Infelizmente você terá que contar com a boa (ou má) vontade da bilheteria.

Jovens e estudantes europeus entre 18 anos e 25 anos

A carteirinha de estudante dá direito a descontos exclusivamente a estudantes europeus e de arqueologia, restauro e conservação de bens culturais e matérias histórico-artísticas. Para tal é necessário apresentar a carteirinha da universidade com o nome do curso universitário.

Também há gratuidades e descontos para turistas europeus com necessidades especiais, guias turísticos europeus e outras categorias.

Para saber sobre todos os descontos, consulte o site: http://www.beniculturali.it/mibac/export/MiBAC/sito-MiBAC/MenuPrincipale/LuoghiDellaCultura/Agevolazioni/index.html

Rede de museus grátis o ano inteiro: 7 museus cívicos

7-musei-gratis-divulgacao

Na sua visita a Roma também é possível desfrutar totalmente grátis da rede formada pelos 7 museus cívicos. Todos eles são museus de pequeno e médio porte, o que permite uma visita mais rápida e bem menos cansativa do que a um grande museu como aquele do Vaticano, mas saiba que todos esses pequenos museus são bem temáticos. Merecem atenção especial o Museu Napoleonico (museu dedicado a Napoleão Bonaparte e ao ramo italiano da sua família), o Museo della Repubblica Romana e della Memoria Garibaldina (museu que no seu percurso, entre outras coisas, conta um pouco da história de Giuseppe Garibaldi antes da sua partida para o Brasil) e o Museu delle Mura (Museu das Muralhas, dedicado e localizado dentro de uma muralha romana).

Para saber mais sobre a rede de museus cívicos gratuitos, dias e horários de abertura, visite o site: http://www.museiincomuneroma.it/

Passes com desconto e “FURA-FILA”

Roma Pass

roma_pass_divulgacao

Os passes mais usados e que dão direito a furar fila no Coliseu

Nas versões com duração 48 e 72 horas, os passes Roma Pass são os que mais fazem sucesso entre os turistas que visitam Roma. Eles dão direito a 48 ou 72 horas de transporte público grátis, a visitar 1 ou 2 atrações turísticas respectivamente (por exemplo: você pode visitar o Coliseu e a Galleria Borghese) e também desconto de aproximadamente 10% na redes dos museus conveniados. Mas o melhor é que com o Roma Pass você não precisa enfrentar a enorme fila para a bilheteria do Coliseu, podendo ir diretamente para a roleta de entrada. No passe também está incluida uma app para visitar Roma e um pequeno guia com a lista dos museus e atrações conveniados. Os únicos defeitos do Roma Pass: não ser aceito nos trens que ligam o aeroporto de Fiumicino ao centro de Roma e nem pelos Museus Vaticanos. Preço: Roma Pass 48 horas por 28 euros e Roma Pass 72 horas por 36 euros. Onde comprar: nas estações de trem, metrô, tabacarias e bilheterias dos principais monumentos.

Para saber mais, visite o site oficial do Roma Pass: http://www.romapass.it/

Museu Nazionale Romano

Os 4 maiores museus de arqueologia romana por 7 euros

Com apenas 7 euros è possível visitar as quatro sedes dos maiores museus de arqueologia Romana: o Museu Nazionale Romano dividido em Palazzo Massimo, Terme di Diocleziano, Palazzo Altemps e Crypta Balbi. Esses museus abrigam estátuas romanas e gregas, afrescos, moedas, ânforas, túmulos, joias de ouro e, pasmem, até uma múmia! Todos esses objetos são frutos das escavações ou retirados de antigos templos e vilas romanas. A grande maioria são do IV séc. a.C. ao V séc. d.C. Visitá-los é uma verdadeira viagem no tempo e cada um deles dedica-se a uma área temática. O bilhete custa 7 euros e é válido por 3 dias. Os museus abrem de terça a domingo, das 9h às 19:45h.

Para saber mais, visite o site: http://archeoroma.beniculturali.it/node/481

Archaeologia Card

10 atrações turísticas por 25 euros

O passe Archaeologia Card dá direito a visitar 10 sítios arqueológicos, custa 25 euros e é válido 7 dias. Ele dá acesso ao Coliseu (que junto com o Fórum Romano, Palatino e o Museu do Palatino conta como uma única atração), às Termas de Caracalla, à Villa dei Quintilli, ao Mausoléu de Cecilia Metella e às quatro sedes do Museu Nazionale Romano: Palazzo Massimo, Terme di Diocleziano, Palazzo Altemps e Crypta Balbi. O passe encontra-se à venda nas bilheterias das atrações participantes.

Para mais informações, visite o site: http://www.060608.it/en/accoglienza/servizi/servizi-turistici/archaeologia-card.html

Omnia Card

O passe do Vaticano com direito aos ônibus turísticos abertos hop on hop off

O Omnia Card é um misto entre passe e pacote turístico bolado pela ORP – Opera Romana Pellegrinaggi, a agência de viagens oficial do Vaticano. Esse pacote utiliza o Roma Pass 48 horas adicionado a mais algumas regalias. Além do que o Roma Pass dá direito, também é possível usar o ônibus turístico hop on hop off da linha Roma Cristiana (também de propriedade do Vaticano e que além dos principais pontos turísticos também inclui as quatro basílicas papais). Ele dá direito a visitar os Museus Vaticanos sem precisar ficar na fila e também a Prisão Mamertina (local onde São Pedro foi aprisionado em Roma). O passe é válido por 3 dias.

Com o Omnia Card o turista também terá assistência gratuita da agência de viagens ORP durante 7 dias por semana, e descontos caso precise de serviços de assistência médica básica.

Para saber onde comprar, visite o site: http://www.omniavaticanrome.org/en/buy-now/index.html

Este post é parte de uma série sobre Roma em parceria com o blog Roma pra você


Vai Viajar?

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular. Com ele você poderá utilizar seus aplicativos e mídias sociais, usar como GPS, fazer ligações por whatsapp e skype.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.


9 COMENTÁRIOS

  1. o que voce sugere passeios de trem expresso de FRoma para Florença ou outro, pelo preço? conforto, tempo de percurso?
    agradeço.
    Elvira

  2. Cláudia muito bom seu post. PARABÉNS!
    Eu e mais quatro outras amigas estamos organizando nossa primeira viagem a Itália, terminando em Roma ( 4 ou 5 dias) entre Julho e Agosto próximos. Apenas uma fala inglês, demais apenas palavras soltas. Vc pode nos indicar uma guia brasileira em Roma?
    Abraço.
    Vera

  3. verA não precisa roma e uma cidade calma para fazer turismo os italianos são muito simpático te dão informação se não conseguir pode falar inglês te aconselho não pagar guia moro aqui em roma no centro a um ano e tudo fácil acesso so compra mapa da cidade e pronto se precisar qualquer informação mi disponho

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui