Nápoles: mais do que a porta de entrada para a Costa Amalfitana

13
Nápoles

Quando comentei com alguns amigos que passaria um dia e uma noite em Nápoles antes de prosseguir para a Costa Amalfitana, ouvi que não deveria criar expectativas: ‘a cidade é uma bagunça!’, ‘tome cuidado, não é muito seguro!’ e coisas do tipo. Depois de algumas horas lá, pude tirar minhas próprias conclusões e achei Nápoles interessantíssima, super autêntica e com muito para oferecer aos turistas.

Nápoles
Posando no Castel dell’Ovo
Nápoles
Algumas das obssessões napolitanas (Maradona é amado lá!)
Nápoles
Pizza Margherita, invenção napolitana!

Há alguns meses eu publiquei aqui vários posts sobre as maravilhas da Costa Amalfitana, e um leitor deixou comentário reclamando que faltava falar de Nápoles. Pra ser bem honesta, eu fui adiando esse post, com medo de cair em clichês e não ter o que falar, pois como tive pouco tempo (muito pouco!) lá, não aproveitei ao cidade ao máximo – portanto não posso fazer um roteiro. Sim, eu fui comer pizza Margherita (inventada lá), passei na Piazza del Plebiscito, caminhei na rua das lojas dos presépios (Via di San Gregorio Armeno) e curti a brisa do mar no ‘calçadão’ da Via Partenope, área conhecida como Lungomare.

Nápoles
A rua que vende absolutamente tudo para presépios!

Nápoles

Nápoles
Brandi: ótimo restaurante para comer Pizza Margherita
Nápoles
Passeando por Lungomare
Nápoles
Porto di S. Lucia
Nápoles
Lungomare em um fim de tarde, os barzinhos bombando!
Nápoles
Anoitece em Lungomare

Antes de embarcar, li em algum lugar que Nápoles está baseada em 3 pilares: fé, família e comida. E com isso eu concordo! Tudo bem, essas 3 coisas a gente encontra em abundância na Itália, mas em Nápoles esses fatores ‘gritam’ na sua cara o tempo todo. A cada quarteirão uma igreja, a cada esquina um bar/café/restaurante/barraca de comida, e pela ruas mais residenciais do centro e arredores a sensação de que todo mundo se conhece e faz parte da mesma família. Achei o ‘caos’ napolitano uma característica marcante da cidade – isso não me incomodou em nada, apenas me deixou mais fascinada e curiosa para saber mais sobre sua história, cultura e população.

Nápoles
Duomo
Nápoles
Duomo

Nápoles

Infelizmente, precisei deixar os museus de fora (queria muito ir no Museu Arqueológico, mas como sabíamos que iríamos a Pompéia, ficou para a próxima visita). Optamos por andar pela ruas do Centro Histórico (e para o tempo todo pra tomar água, estava um calor absurdo e minha pressão vai lá no pé!) e vez ou outra entrei em alguma igrejas (entramos no Duomo). Mas deixei Nápoles para trás sabendo que um dia voltarei lá, e não como ponto de passagem para outro lugar, mas sim como destino principal de viagem!

Nápoles

Nápoles
Castel dell’Ovo
Nápoles
Pelas ruas do Centro Histórico

Nápoles

Nápoles
Cores napolitanas

Nápoles

Nápoles
Pra comer antes da pizza: Salada Caprese, já que Capri está logo ali!

*****

Encontre hotéis na Itália pelo Booking.com

Veja nosso Guia de Viagem para Itália

*****


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


13 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde ❗️suas dicas eu adoro são maravilhosas..da Itália do Roma eu conheço mas vendo estes belíssimos lugares fuço aqui viajando e montando meu próximo roteiro e ver de perto um pouco dessas belezas. Um abraço e felicidades

  2. Belíssimo post! Como italo brasileiro descendente de napolitanos não pude me furtar a conhecer a cidade e passei vários dias em 2000. Napoli não é mais perigosa do que São Paulo, tudo o que vc diz é perfeito, mas na próxima não deixe de passar um dia inteiro, manhã e tarde, no Museu Arqueológico. É maravilhoso. E passe pela Pizzaria Di Matteo, maravilhosa e tradicional e prove de tudo. Vale até mesmo arriscar inventar sua pizza, como os locais fazem, usando as tradicionais como base, é divertidissimo “manda uma margherita com Alice (acciughi, no falar local) e, enquanto espera, peça os maravilhosos bolinhos que atendem por “misti di frittura “. Maravilhoso.

  3. Este post caiu como uma luva.
    Depois de sua resposta ao meu roteiro para maio/15 em outro post, decidimos rever o pinga pinga e resolvemos ficar 7 noites em Nápolis para curtir a cidade e conhecer Pompeia, Capri e algumas cidades da costa Amalfitana. Não estamos a procura de curtir praia, então pensamos ate em fazer um bate-volta a Roma para rever alguns lugares que visitamos lá em 2010. Vai dar pra curtir sem correria, não acha?

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui