Niagara Falls Canada

16
Horseshoe vista do Falls Incline Raiway

Depois de quase 8 horas dirigindo e uma passada tranquila pela imigração, chegamos em Niagara Falls, no lado canadense. Conhecida principalmente entre os brasileiros, como a irmã menor das Cataratas do Iguaçu, não se engane…as Cataratas do Niágara são de tirar o fôlego. D., 2 anos, foi um verdadeiro aprendiz de viajante. Se comportou super bem a viagem toda e ficou todo empolgado para ver “Myagara Falls”. Claro que a comissão de entretenimento, mais conhecida como mamãe, preparou todo um arsenal de vídeos, jogos e comidinhas para as 8 horas no carro. Mas isso é assunto para outro post. Voltemos a Nigara Falls.

Antes de continuar, uma pausa para uma explicaçãozinha: Existem duas cidades com o mesmo nome. Uma no lado americano,que fica no estado de Nova York e outra no lado canadense que fica em Ontario. Então sempre muita atenção quando for reservar hotéis e tudo mais, pra não estar do lado errado.
As duas cidades compartilham as cataratas e como vocês verão neste e nos posts seguintes, cada uma tem seus pontos fortes e fracos. Além das cataratas em comum, elas também dividem a fama de “Cidade da Lua de Mel”.

Escolhi ficar hospedada no lado canadense por alguns motivos:

1. Hotéis melhores e mais novos. No lado americano por exemplo, não tem hotéis 4 estrelas.
2. Restaurantes múltiplos com vista para as cataratas.
3. Facilidade de locomoção entre as cataratas e a área de hotéis.

Churrascaria Brasa na Fallsview

Quando contei minha decisão pro namô(*), ele achou estranho, porque nas muitas idas dele a Niagara Falls, a última há mais de 8 anos atrás, a palavra ele usou para definir o o lado canadense foi “cheesy” ou em bom português “cafona”. Pois eu pesquisei e pesquisei e finalmente o convenci. E quando chegamos lá, o que ele me disse foi que a cidade em nada lembrava

8 anos atrás. Está revigorada! Existe agora o que eles chamam de rua dos hotéis, que é a Fallsview, onde inclusive fica o Cassino no lado canadense.

O nosso hotel do primeiro dia, era o recém aberto, “Sheraton 4 points Niagara Falls“. Agora, esse recém aberto, me pegou de jeito. Por que pra mim, o hotel era novinho em folha. Mas que nada, está é sendo repaginado, e ganhando mais quartos e áreas novas. Ou seja, chegamos lá no meio da construção. Por sorte, só vimos as areas em construção, não tivemos que conviver com o barulho, mas se forem pra lá por esses dias, liguem antes pra saber se vão ter construção de que horas até que horas.

Vista do último andar do hotel Sheraton 4 Points Niagara Falls

Na recepção, me ofereceram um upgrade, pra uma suite King Size com Banheira de Hidromassagem. O que em qualquer outra ocasião, eu teria adorado, mas tive que recusar por causa da sogrinha que estava junto com a gente. A nossa suíte, tinha dois quartos, cada um com uma cama queen, bem confortável, bastante espaço, mas apenas um banheiro. E a vista da nossa janela, era pra área em construção, e dava pra ver apenas uma pontinha das cataratas, porque estavamos num andar baixo. A janela, um horror de suja, mas na construção, não dava pra reclamar muito. Agora sim, eu entendi o porquê do precinho mais baixo! 🙂 O hotel tinha Wi Fi gratuito. Mas o estacionamento, era pago, só tem Valet Parking. Salgadinho! $20 dolares canadenses por noite + taxas. Por sinal, as taxas no Canada são de arrepiar! 13% e dependendo do que for(hotel), mais 3%.

Mas… a localização não podia ser mais perfeita! Apenas uma quadra da vista das cataratas. E pra chegar bem pertinho, você tem três opções:

A 1a. é pegando o Falls Incline Raiway, que é um teleférico gigante, onde todo mundo vai junto em cadeironas. Dá pra levar carrinhos de bebê, mas não é acessível a cadeiras de rodas. O teleférico te deixa bem em frente ao “Table Rock Centre” e a Catarata canadense, chamada de Horseshoe por causa do seu formato de ferradura. Essa viagem, de menos de 1 minuto, custa $2.50 doláres canadenses + taxas por cada viagem. Foi o que fizemos no primeiro dia.

A 2a é descendo a Murray St. que vai te deixar quase em frente a American Falls.

A 3a é indo de carro e parar em um dos estacionamentos em frente ao Table Rock Centre. Mas essa opção eu desaconselho, principalmente se for verão e estiver lotado. O estacionamento custa em média 13 doláres canadenses. Mais taxas, claro!

A área perto das cataratas tem várias lojinhas de souvenir, tem restaurantes, barzinhos e opções de passeios para todos os gostos. Para ver as cataratas, nada se paga. E a visão é realmente de tirar o folêgo. Você precisa de uns minutos pra se recuperar. Mas, o que não faltam são passeios para chegar ainda mais perto e tentar tirar mais dinheirinho do bolso dos turistas. Você tem várias opções, inclusive há ingressos combinados.Algumas delas:

Barco Maid of the Mist nas bem próximo das cataratas

Maid of the Mist – É um barco que vai bem perto das cataratas.Você tem que vestir uma capa de chuva, que vem junto com o ingresso, pra proteger da água… porque se molhar nesse passeio é regra. O passeio dura em torno de 15 minutos e passa pela “American Falls” e vai bem perto da “Horseshoe”.

Custa $14.50 Adultos (13 anos ou mais), $8.90 Crianças (6 to 12 years). Crianças de menores de 5 anos não paga!

Jornada por trás da Catarata(Journey Behind the Falls) – Nesta atração, você vai andando por uma passarela que chega bem perto das Cataratas e também recebe uma capa de chuva descartável como parte do ingresso.

Custa $12.75 Adultos (13 anos ou mais), $8.35 Crianças (6 to 12 years). Crianças de menores de 5 anos não paga!

Niagara’s Fury – A criação das cataratas. Este é um filme 4D, com direito a respingos que mostra a criação das Cataratas.

Custa $15.00 Adultos (13 anos ou mais), $9.75 Crianças (6 to 12 years). Crianças de menores de 5 anos não paga!

White Water Walk – Nesta atração você desce por um elevador subterrâneo e vai bem perto do que eles chamam de “River Rapids”, que é o encontro das águas que vão descer as cataratas. Esse rio está na categoria 6

Custa $15.00 Adultos (13 anos ou mais), $9.75 Crianças (6 to 12 years). Crianças de menores de 5 anos não paga!

Se você pretende fazer mais de dois programas, aconselho comprar o Adventure Pass que custa $39.95 e ainda te dá dinheiro a andar pela cidade no “People Mover” que é como eles chamam o ônibus turístico que vai as atrações.

Mas, é aquela história. Precisar mesmo, não precisa fazer nada disso. Porque só de ver as cataratas já vale a viagem. E a noite, tem a iluminação que é um sonho

Iluminação na American Fall

Todas as sextas e domingos, além da iluminação, tem também shows de fogos. Durante o verão e feriados, eles tem shows extras. Pois no sábado, pra nossa surpresa, na hora que já íamos embora, começaram os fogos.

Fogos "Relogio" na American Falls vista do lado canadense

Foram 20 minutos em cima da “American Falls”. Lindos demais! E a iluminação nas cataratas mudava a cada set de fogos. Um espetáculo que vale a pena!

E no próximo post: Toronto e o desfile de navios antigos.

*namô= diminutivo de namorido, que é como eu me refiro ao meu marido, portanto quem não veio do meu blog anterior e não está acostumado, agora já sabe. 🙂

Veja também como é a visita as Cataratas do Niágara no inverno e como é o Réveillon em Niagara Falls.


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


16 COMENTÁRIOS

  1. Parabens pelo Blog!!!
    Vira e Mexe encontro Blogs bacanas fuçando na Internet!! Estive na Niagara Falls em Novembro do Ano Passado, estava Frio!!! Agora no verão pelo que possso ver pelas fotos estão ainda mais bonitas 😀
    Abraço

    Oscar

    • Oscar,

      obrigada e bem vindo!
      Eu já tentei ir duas vezes em Niagara Falls no inverno, mas tive que voltar do caminho uma vez por causa da nevasca e na outra nem cheguei a sair de casa. Quero muito ver as cataratas com neve, mas sem dúvida, no verão é lindíssimo, dá pra chegar bem pertinho da água e os respingos até ajudam a amenizar o calor!

  2. Estivemos lá uma semana antes de começar a Nevar em meados de Novembro (http://mauoscar.com/2009/11/24/niagarafalls/) . Eu gostei bastante, até tinha vontade de voltar lá novamente agora no verão, mas tem tantas coisas para se visitar que não sei se vai acabar dando certo. Até porque não chegamos a ir do lado canadense por falta de visto. Quem sabe final de setembro a gente não passa por lá..

    • Oscar,
      sei como é… muitos destinos e poucos dias de férias 🙂
      E quanto ao visto canadense, é tão molezinha de tirar! Vale a pena. Apesar de no lado americano você conseguir chegar mais tarde e sentir a força da água, sem precisar fazer os passeios, a vista mais bonita é mesmo do Canada, onde você vê tudo de frente. Ai aproveita e dá uma esticadinha em Toronto, assunto do post que acabei de publicar. 🙂

  3. Muito legal seus posts! Deixa eu te perguntar algo, pq estou indo pra lá e vou pedir o visto canadense agora: você estava com visto com entrada única ou múltipla? Nosso planejamento é vir de Toronto, passar o dia em Niagara Falls, retornar a Toronto e só no outro dia fazer a viagem de volta para os EUA. Não sabemos q visto pedir!

    • Lilian,
      eu não preciso mais de Visto pro Canadá, mas quando fui pela primeira vez, peguei um de múltiplas entradas, porque planeja voltar novamente.
      Para ir visitar Niagara Falls há um acordo entre os dois países e você pode fazer com o visto de entrada única.

  4. Vou viajar com meu marido e três filhas (15, 12 e 3 anos) no final de julho deste ano (2013). Chegaremos em Nova York mas a ideia é, assim que chegarmos, subir até o Canadá, começando por Niagara Falls, Toronto, Otawa, Quebec, Montreal e depois voltar para Nova York, onde passearemos na volta.
    São 15 dias de viagem e pretendemos alugar um carro no aeroporto.
    Gostaria de saber se é muito pesada a subida de carro de Nova York até Niagara Falls, se dá para fazer direto sem dormir no caminho e o que você sugere como programação para nós. Inicialmente, pretendemos ficar 1 dia perto de Niagara Falls, 2 em Toronto, 1 em Otawa, 3 em Quebec, 3 em Montreal, 1 descendo e dormindo no caminho até Nova York onde ficaríamos 3 dias. Você acha que essa divisão é interessandte? Onde sugere pararmos para dormir na volta? Sugestões de hotéis com preços interessantes?
    Aguardo sua ajuda.
    Obrigada,
    Renata (Belo Horizonte)

    • Renata, de NY até Niagara Falls são quase 7 horas de carro, acho muito pesado dirigir direto com a sua filha de 3 anos no carro. Vocês já conhecem NY? Porque eu acho 3 dias para NY muito pouco, a não ser que vocês já tenham ido antes. Com os tempos de deslocamentos, você não vai ficar nem 1 dia inteiro em Ottawa, porque são mais de 4h de carro de Toronto até lá, e de Ottawa até Quebec City são 4h20…de Montreal a NY são 6h…eu particularmente acho que vocês estão gastando tempo demais dentro do carro e de menos nos lugares, sugeriria cortar umas cidades pra poder aproveitar melhor cada uma.

  5. Olá

    Meus planos são ir para Chicago e de ir para o Canadá, rumo às cataratas, via terrestre ou aérea.
    Minhas perguntas:
    1 – Qual a melhor opção? Adoro uma estrada, mas penso nos que se houver procedimentos burocráticos demorados, iria de avião!
    2 – Qual a melhor e mais célere forma de retirada de visto canadense, já que não tenho!
    3 – Quantos dias vcs me sugere a ficar em Toronto? Embora não conheça, estou aproveitando a ida a Chicago para uma esticada ao Canadá.

    Obrigada!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui