Veneza: dicas práticas

39
Veneza

Apesar de Veneza ser um destino ultra master blaster turístico – o que significa que não há problemas pra se comunicar em inglês e é facílimo encontrar informações sobre a cidade – acho que vale um post com algumas dicas práticas, como por exemplo o transfer do aeroporto pro hotel.

O aeroporto Marco Polo não tem estação de trem, mas um serviço de ônibus que eu achei ótimo das duas vezes que fui lá. Os ônibus da empresa ATVO conectam o aeroporto com a Piazzale Roma, em Veneza, e também com a estação de trem de Mestre, caso você prefira ficar hospedado por lá (contei todos os detalhes da minha hospedagem em Mestre nese post aqui). É muito, muito simples mesmo, encontrar o ponto de partida da ATVO – eles estão logo na frente do desembarque, basta você sair do aeroporto que vai ver as plaquinhas que indicam os destinos ou os ônibus azuis característicos da empresa.

Tanto para a estação de trem de Mestre (Mestre FS) quanto para Piazzale Roma, o ticket custa 11 euros (ida e volta) ou 6 euros por uma perna, e é possível comprar com antecedência pelo site.

Apesar de não ser 24 horas, as saídas são bem frequentes (média de 20 minutos), nos dois sentidos. Também no site dá pra ver a tabela de horários atualizada.

Veneza
Veneza

O Seguro Viagem é Obrigatório na Europa

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Como achar seu hotel em Veneza: então que você reservou um hotel em Veneza mesmo – e quando colocou o endereço no Google Maps não achou assim tão difícil de encontrá-lo. vai por mim: se o tal hotel não for perto de alguns dos pontos mais conhecidos (como a Piazzale Roma, a estação de trem Santa Lucia, o Rialto ou a Piazza San Marco), prepare-se porque a chance de se perder nas ruelas é grande. Mas não tema: antes de ir pegue o máximo de referências possíveis – veja qual é o ponto principal (como esses que citei anteriormente) mais perto e trace o mapa até o hotel a partir desse ponto. Uma boa ideia é ligar no hotel antes e pedir alguma dica. Fale que será sua primeira vez na cidade e pergunte qual é a melhor maneira de chegar lá. E, é claro, tenha o telefone deles anotado, pra em últimos casos você pedir pra alguém te buscar. Eles devem estar super acostumados com hóspedes perdidos!

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

O mesmo vale para qualquer outro lugar especial, seja uma loja que você quer ir ou um restaurante que o amigo indicou. Por exemplo, na minha segunda visita uma das coisas que eu queria muito fazer era visitar o museu Peggy Guggenheim. Então usei como referência a Piazza San Marco, e de lá fui beirando o Grande Canal na medida do possível até chegar na primeira ponte. Depois de atravessar a ponte  e virar pra esquerda eu sabia que era uma questão de ficar atenta a placas, já que realmente não tem como ficar naquelas de “terceira a direita” como funciona em qualquer outra cidade.

Passeando pela cidade: quando chegar a hora de passear, deixe o mapa na bolsa. É uma libertação! Dá uma insegurança no começo mas logo você percebe a sinalização que aparece em alguns prédios/casas, indicando o caminho pra Piazza San Marco e também pra estação de trem. Aliás, se você achar que está fazendo um caminho que tem essa sinalização com bastante frequência, tente desviar e cair em alguma rua/canal menor, com menos gente passando.  Claro, quando você estiver perto de algum ponto mais conhecido, não vai dar pra evitar a multidão.

Veneza

Ver a cidade pelo canal: mesmo que você não faça um passeio de gôndola, tente ao menos uma vez cruzar o Grande Canal com o Vaporetto, que é como se fosse um “ônibus” que cruza o canal todo, e vai parando em vários pontos. Ou seja, deu aquele cansaço de voltar tudo? pegue o Vaporetto! Dependendo do horário e do ponto, eles podem estar lotados, então a dica é o seguinte: pegar da Piazza San Marco sentido estação de trem logo de manhã ou então o sentido contrário no fim do dia. Assim, é muito mais provável que você consiga um lugar bem legal para fotografar tudo. O ticket é bem carinho: você paga 7 euros e o ticket é válido por uma hora. Eles também oferecem tickets válidos por mais tempo, mas honestamente não acho que valha a pena – a não ser que você queira usar o Vaporetto mais de 3 vezes por dia, compre o bilhete normal mesmo.

veneza
No Vaporetto

 

Veneza está afundando? Olha, se está afundando mesmo eu não sei, mas que existem inundações frequentes, isso vi com meus próprios olhos. Na própria Piazza San Marco até já existe uma estrutura (meio gambiarrenta, mas existe), que é uma espécie de “caminho” elevado pra você conseguir chegar na Basílica. Mesmo em um dia seco e de sol é possível ver uns pedaços da Piazza alagados, então imagino que quando chove forte a coisa pode ficar feia. Então fique de olho na meteorologia!

veneza
Reparem na poça d’água – é praticamente impossível não ver uma na Piazza San Marco

 

Quem tiver mais dicas práticas de Veneza, não deixe de comentar – quanto mais, melhor!


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


39 COMENTÁRIOS

  1. Uma das dicas mais importantes para mim é saber como chegar no hotel, pois ficar perdido e ainda com malas, carregando ponte acima e abaixo é complicado.

      • Moro na Italia, dou a todas como conselho quem ter um smartphone de ter google maps e colocar o endereco do Hotel e colocar em ir a pè. E bem facil em setembro irei passar uma semana a Jesolo pertinho de veneza, Google salvou muito eu e meu namorado quando fazemos passeios olhe que ele é italiano. Se vcs querem meu conselho um B&B e mais baratinho! a maioria dao cafè da manha!

    • Kelly, si en vez de hospedarte en un hotel o B&B, alquilas un apartamento, normalmente te van a esperar en la estacion de vaporetto mas proxima, acompanandote hasta el apartamento y ayudandote con las valijas. Y suele ser mas barato que un hotel. Buen viaje.

  2. Boas dicas, Heloisa. Veneza é maravilhosa mas essas dicas sao fundamentais para a viagem nao virar um problema, visto a logistica da cidade. Eu moro em Treviso, que fica a 30 minutos. A dificuldade dos turistas em Veneza é encontrar um lugar bom e com preço acessivel para comer, ja que tudo é muito caro. Eu tenho um blog com dicas da Italia e outras tantas de Veneza. Apareça por la http://www.grazieate.wordpress.com
    Um abraço

  3. ola! amei Veneza! Fiquei treis dias na semana passada, nesta temporada do ano esta tambem particolarmente vazia.. deu pra aproveitar mais a cidade no seu cotidiano!

    se gostar de tomar vinhos conselho pra todo mundo de esperimenta a volta entre os bar tradicionais os “Bacari”, ate achei um em portogues aqui http://www.bacarotourvenice.com
    foi bem legal!
    um saludo

  4. Cuidado com a hora do seu voo! Comprei uma passagem KLM, ótimo preço, mas o horário do voo Veneza-Amsterdan era as 6h. Simplesmente não há vaporetos ou trens para o aeroporto, eles começas às 8h. Bom, fui pegar o ônibus na Piazza Rome, puxando a mala de madrugada pelas ruas, canais e pontes de Veneza. E sendo que a ponte nova do Calatrava NÃO TEM RAMPAS!!! Muito fácil escorregar, cair e se machucar. Deu mais ou menos uma meia hora de caminhada, eu estava em Cannaregio, que fica bem próximo à estação de trens Santa Lucia, portanto não tão longe. Cheguei a tempo, mas minha amiga que foi me ajudar, simplesmente não conseguiu voltar àquela hora pra Veneza e esperou até as 9h por algum transporte.

  5. Impossível não se perder em Veneza, mas não existe nada melhor do que se perder em Veneza ! Oh saudades que me deu agora dessa cidade linda e instigante !!

  6. tem coisa melhor que se perder em Veneza?
    amei demais aquela cidade.

    Uma dica pra quem quer fazer o passeio de gondola é esperar um pouco ali ao redor dos gondoleiros um tempo, sempre tem alguem querendo dividir o valor. Quando eu fui, encontrei um casal de brasileiro andando por la, e perguntei se eles queriam dividir, toparam na hora, quanto mais barato melhor. Vi diversas pessoas fazendo isso =)

  7. Se você for ficar poucos dias em Veneza leve pouca bagagem, uma mochila se possível. Caso seu hotel nao fique perto de um ponto de vaporeto, essa dica deve ser levada a sério, hehe… em Veneza as pontes são sinônimo de degraus e isso pode ficar ainda mais complicado se você estiver cheio de malas….

  8. Heloisa, gostaria que vc me ajudasse. Como se chama aquele barco que vai do aeroporto de Veneza a Piazza de San Marco ? Não é o vaporeto, quero dar a dica pra uma amiga, mas me esqueci o nome .Se vc souber, te agradeço. bjk
    sol

    • Adriano, fizemos uma renovação de votos numa gôndola em Veneza e foi incrível. Outra coisa foi a sessão de fotos com um fotografo divino de lá, ficamos com lembranças incríveis da viagem. E aposto que tua noiva ia amar, ia ser uma surpresa linda 😉
      Se precisar de alguma ajuda avisa!
      Eu achei ótimo ficar hospedado em Veneza mesmo, mas nunca fiquei em Mestre.
      Se precisar de alguma ajuda chama 😉

  9. 1) O aeroporto tem um guarda-volumes que custa uns 6 euros por dia… se estiver fazendo uma viagem longa, deixe as malas desnecessárias lá, pois em Veneza tem que andar um pouco e sempre tem escadas pra subir;
    2) Durante o dia, tem engarrafamento de gôndolas, deixe pra ir mais pro fim da tarde… você vai encontrar gondoleiros parados e dispostos a pechinchar o preço (que não é barato). Era 120 euros em 2012.
    3) Se você tiver um GPS daqueles de mão, leve! Vai ajudar muito a não se perder por lá!

  10. Fomos e a melhor dica que recebi foi pegar um hotel do lado da estação de trem. Ia ser muito difícil carregar malas e vale considerar que pegar vaporemos para ir e voltar não é assim tão barato. Por casal dá quase 80 reais.
    Ficamos num hotel que gostei bastante, chama Belle Epoque.

    E essa dica de esquecer o mapa é imprescindível! Amamos caminhar pelas ruelas dos bairros menos conhecidos. Tanto que quando chegamos nas ruas lotadas perto da praça ficamos apavorados com a quantidade de gente! Vimos o que precisava e voltamos a nos perder. Foi ótimo!

    Além disso, amamos a ida a Burano e Murano.

    Beijos!

  11. Estive em Veneza há muitos anos e naquela ocasião peguei um vaporetto que passava ao largo de Veneza e não pelos canais como habitualmente. Vista magnifica da cidade, principalmente à noite, embora sacuda um pouco mais e se sinta mais o vento.

  12. 1) Hotel Paris em Mestre, seria a parte “continental” de Veneza, muito bom e preço muito honesto.
    2) Restaurantes longe da praça San Marco são melhores e com preços ainda melhores.
    3) Nunca compre nada nas lojas perto dos pontos tturísticos (seja em Veneza ou qualquer outra cidade), por motivos óbvios é muito mais caro.
    4) Ande muito, o dia todo, saia das trilhas mais movimentadas, SE PERCA SEM MEDO, e aproveite paisagens e ruelas só suas, certamente renderão as melhores fotos.
    5) Use o vaporetto o minimo possível e não compre o passe diário, não vale a pena e é um impulso a mais para a caminhada.
    6) Divirta-se!!!

  13. Heloísa,

    Fui a Veneza em julho e as dicas postadas aqui foram muito úteis para minha viagem. Fiquei hospedado perto da Estação Santa Lucia, seguindo a dica de uma amiga. A vantagem, para quem chega de trem, foi não precisar ficar perambulando com a mala pelas ruas, subindo pontes ou pegando o vaporeto.
    Sobre os tickets do vaporeto, acho interessante o de 24 horas para quem deseja conhecer Murano e Burano, pois fica mais barato.
    E, se perder pelas ruas é, sem dúvida, o melhor programa da cidade.

  14. Fui para Veneza mês passado e as dicas que peguei aqui foram muito úteis, fiquei num hotel perto da estação de trem de Mestre e comprei um bilhete de 36 horas (pois fiquei 2 dias) para usar o Vaporetto, os barcos que vão para Murano, Burano e Lido, e também dá direito ao ônibus em Mestre, ou seja, usei o bilhete para tudo e garanto é uma grande economia! Para ir ao aeroporto usei o ônibus da ATVO que tinha uma parada perto da estação de trem em Mestre e recomendo também.

    Uma dica importante é o uso dos mapas da internet, comprei um chip de cel. da Tre que dava direito à ligações e 200mb de internet por semana durante 1 mês, por 20,00 Euros, gente é muito bom, ainda mais que fiquei 20 dias na Itália e usei o tempo todo…

    Aliás, ninguém falou de Lido, que é uma ilha onde fica a praia mais chic de Veneza, fiz um bate e volta e achei linda! Também acho muito legal para quem está em lua de mel porque é longe do tumulto dos turistas mas ainda é Veneza…

  15. Pessoal, não deixem de conhecer Murano e Lido também.Além de ser um passeio bacana de Vaporeto, vcs conheceram dois lugares interessantes.Murano tem os artesanatos em vidro local e Lido tem até uma praia.Bom passeio a todos!

  16. estive emVeneza no período de 4 a 7de janeiroenãonos hospedamos perto da PiazzaSan Marco, aconselhodeumveneziano, amigode meu filho.nos pontosbadalados tudoé mais caro e o serviço não é muito bom.
    Ficamos no Carnival Palace,um hotel muito bom e farto café da manhã. Apenas a internet nos quartos não era a melhor…
    Fizemos uso do google maps o tempo todo e foi uma mão na roda. Não dá para se perder!
    Como opção derestaurante,sugiro experimentarem o TarttoriaBar Pontini e pedirem oTatgliatene con cogumelo,mexilhões e grana padamo.

  17. Pra mim a dica mais importante é leve galochas. Mesmo sem chuva a maré sobe e você pode ter que enfrentar trechos alagados. Vendedores de rua te vendem por 9 euros umas galochas pra por por cima da tua bota, mas são descartáveis. Então tenha a sua e aproveite, pois nem sempre você vai ver os tablados pra andar por cima dos alagamentos.

  18. Olá!!
    Estamos indo a Itália nos primeiros dias de Junho por 6 dias, sairemos de Lisboa. Gostaríamos de dicas, pensamos fazer Roma, Veneza e Firenze de trem. Em Vezena ficamos a 5 anos atrás em uma ruazinha de comércio próximo da Praça San Marcos e gostaria algo em preco acessível que nos acomode bem nesta localização. Firenze penso que se puder me surgiri algo na área turística e perto da estação me informaram ser uma boa. Quanto a Romã não sei onde seria uma melhor localização. Agradeço as dicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui