10 coisas que eu amei em Milão

4
Milão

Milão tem um cenário cultural riquíssimo, excelentes restaurantes, é a capital do design e da moda – fica difícil demais escrever um post sobre coisas pra fazer por lá. Conheço gente que não curtiu a cidade, e até entendo: a primeira vista ela pode ser barulhenta, congestionada, escura. Mas Milão merece o seu amor, por isso resolvi escrever um post com coisas que eu amei fazer lá – coisas mais simples, que complementam o roteiro ‘principal’. Porque as vezes são os detalhes que fazem a diferença!

1. Tomar um (ou dois, três…) latte macchiato

O meu ‘tipo’ de café com leite preferido. As vezes é a primeira coisa que eu faço quando chego em qualquer lugar na Itália – no próprio desembarque do aeroporto procuro o primeiro café/boteco e peço um. O latte macchiato, como o nome explica, é o leite ‘manchado’ de café (importante: não confunda com caffè macchiato!!! É outra coisa!)

True love. #lattemachiatto #coffee #letsfoodthis #italiancoffee

A photo posted by Let’s Food This (@letsfoodthis) on

 

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior e quer manter seu número no whatsapp? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 210 países, para que você fique conectado a internet. E o novo chip 4G Europa garante velocidade e tem ligações para o Brasil! Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

O latte macchiato é quase inteiro feito de espuma de leite (uma espuma ‘seca’, não é a mesma consistência da espuma que vai em um café com leite ‘normal’), e por cima vai a mancha de café. Claro, tem o leite líquido também, no fundo, ‘coberto’ pela espuma. Se você nunca experimentou, vai por mim: qualquer cantinho na Itália vai fazer um delicioso! Em Milão tem um gostinho especial, adoro entrar nas padocas ou cafés e pedir no balcão, junto com os locais. Você pode pedir direto pro atendente do balcão e pagar depois no caixa.

2. Espiar os pátios internos dos prédios

Olha, claro que eu não sei se todos os prédios de Milão são construídos ao redor de uma pracinha – criando um pátio interno para os moradores, como um jardim/praça comunitário – mas pelo que conheço a cidade (e também vendo pelos apartamentos do AirBnB onde já mes hospedei por lá), MUITOS tem essa característica. Pode prestar atenção, quando você passar na frente de algum prédio que tenha aqueles portões enormes, talvez consiga ver o pátio la dentro. Algumas lojas, inclusive, funcionam nesses prédios, então em alguns casos para entrar na loja você precisa passar pelo pátio. Enfim, não sei a razão disso, mas é algo que eu acho muito bacana!

3. Olhar pra cima e apreciar as fachadas

Além dos pátios, outra coisa que eu amei nos prédios milaneses são as fachadas. Uma mais linda que a outra, basta olhar pra cima e procurar os detalhes! Alguns prédios tem verdadeiras esculturas nas fachadas!

SEGURO VIAGEM COM 5% de desconto + 5% no boleto

Vai viajar? Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e recomendado na maior parte das viagens para o exterior. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5 e ainda mais 5% se você pagar no boleto.

MIlão
Preste atenção – a decoração de algumas fachadas é de cair o queixo!

4. Espairecer no Orto Botanico di Brera

O Palazzo di Brera é mais conhecido por ser a casa da maravilhosa Pinacoteca di Brera. Mas a construção esconde uma jóia, que é o  Orto Botanico di Brera. O lugar é um oásis, um jardim lindo e isolado da correria de Milão, e é mantido pelo Istituto di Fisica Generale Applicata da Universidade de Milão.

Milão
Orto Botanico di Brera

Então, mesmo que você não se interesse por arte e não queira conhecer a Pinacoteca (mas deveria!), quando for passear em Brera aproveite para descansar um pouco no Orto Botanico. Afinal, quando a entrada é gratuita (aberto nos dias de semana), a gente não pode deixar passar a oportunidade!

Endereço: Via Brera, 28

5. Passear na Via della Spiga

Uma das ruas mais ‘chicosas’ de Milão – que inclusive faz parte do famoso ‘Quadrilatero della Moda’ – é uma delícia para caminhar! Ela é fechada para pedestres, e mesmo que você não tenha nenhuma intenção de gastar (muitos) euros em algumas das lojas instaladas por lá, o passeio é bem gostoso. A rua é estreita, e lembra um pouco as vielas medievais de tantas cidadezinhas italianas (claro, se você não levar em consideração as vitrines com roupas maravilhosas saídas direto das passarelas milanesas!)

Milão

6. Achar os flamingos

Taí algo que eu não esperava encontrar em Milão – e acho que se não tivesse uma companheira de viagem que já morou na cidade passeando comigo em uma das vezes que estive na cidade, jamais saberia!

Milão

Sabe quando alguém quer vender um apartamento e anuncia todas aquelas firulas que tem no condomínio? Espaço gourmet, piscina semi olímpica, churrasqueira…? Pois bem, o pessoal que mora no prédio localizado no número 9 da Via Cappuccini pode falar: família de flamingos vive na área comum! Vá até lá e espie pela grade – uma linda família de flamingos ‘enfeita’ o endereço.

7. Comprar ingredientes deliciosos na La Fungheria

Como é bom achar umas lojas legais sem querer né? La Fungheria fica perto de um apartamento que me hospedei, e vocês não imaginam o aroma incrível que tem lá dentro. Eles são especializados em trufas e cogumelos, é uma perdição pra quem ama gastronomia. Aproveite para comprar azeite trufado, ou macarrão com sabor de cogumelos.

Milão Milão

Além das especialidades, eles vendem algumas conservas e kits gastronômicos, vale muito a pena deixa seus euros por lá! Tem em dois endereços: Viale Abruzzi 93 (a que eu fui e fotografei) e Via Marghera 9.

8. Almoçar na Via Brera

A Via Brera é uma das ruas principais da região Brera, um dos lugares mais legais na cidade. Nessa rua fica a Pinacoteca di Brera, e ali pertinho um trecho dela é fechado para pedestres. Esse trecho tem vários restaurantes, e em dias de sol e calor as mesas do lado de fora ficam cheias, criando uma atmosfera animadíssima.

Claro, você deve estar pensando que deve ser ‘turístico demais’, mas garanto que não há motivo para desconfiança. Se você não conseguir achar uma mesa vazia, ande pelas ruas adjacentes, o que não faltam são boas opções.

9. Conhecer um pouco mais da história do design italiano na Fondazione Achille Castiglioni

Achille Castiglioni foi um dos designers mais revolucionários do século 20, e seu legado continua a influenciar os criativos do século 21. Pra sorte de quem admira seu trabalho ou simplesmente gosta de saber mais sobre história do design, o estúdio onde ele trabalhava, agora a Fondazione Achille Castiglioni, é aberto para visitação. O lugar é maravilhoso, e além dos ajustes que tiveram que ser feitos para receber visitantes, está praticamente como Achille deixou antes de sua morte em 2002.

É fascinante entrar lá e estar no ambiente onde ele projetou tantas coisas ícônicas. Todas as visitas são guiadas e feitas com hora marcada, então made email para info@achillecastiglioni.it para garantir sua visita. O ingresso custa 10 euros e o endereço é Piazza Castelo 27.

10. Experimentar outros pratos além de massa

Calma, calma! Eu também amo massa! Mas pelo menos um diazinho tente variar o prato e experimentar outras delícias da culinária italiana. Eu aconselho Puntarelle e Tagliata, sobre os quais escrevi nesse post de um restaurante ótimo que conheci, o Osteria Nuovo Convento.

Osteria Nuovo Convento_AdV (5)
Tagliata
Osteria Nuovo Convento_AdV (3)
Puntarelle

Vai Viajar?

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular. Com ele você poderá utilizar seus aplicativos e mídias sociais, usar como GPS, fazer ligações por whatsapp e skype.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.


4 COMENTÁRIOS

  1. Há tambem algo muito conhecido, mas grande parte das pessoas desconhece que existe na cidade “a ultima ceia” situado na Igreja de Sta. Maria Dell Grazie. É de facto espantoso….mas so descobri da terceira vez que visitei a cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui