100 coisas para fazer de graça em Londres

51
londres tower bridge
Tower Brige iluminada, por Filipe Xavier
Acho que Londres nunca vai perder a fama de ser uma cidade cara. Isso já virou fato e eu não ouso contestar! A conversão raramente está a favor de quem vem a turismo, e gastos essenciais – como o transporte – consomem boa parte do orçamento. Mas, para contrabalancear os custos de um chá da tarde tradicional no Hotel Ritz ou a entrada um tanto quanto inflacionada na Abadia de Westminster, existem centenas de coisas que podem ser feitas sem gastar nenhuma libra.
A lista abaixo está dividida em 5 temas, e nela você vai encontrar tanto alguns pontos turísticos pra lá de famosos como também atrações mega inusitadas.  A minha ideia era provar que não existe cidade mais “vibrante” do que Londres – afinal, onde mais você pode visitar um convento de feiras reclusas, ver uma maquete de Londres e fotografar barreiras que controlam a maré de um rio em um mesmo dia?
banner_guia_londres__728x90
echo adrotate_ad(20, true, 0, 0);
***

Parques

Arte & museus

tate britain
Tate Britain

Passeios

  • Caminhar pelo Regent’s Canal
  • Afastar-se das multidões em Little Venice
  • Ver Londres pelo lado sul do rio fazendo o Queen’s Walk
  • Colocar um pé no leste e outro no oeste: Meridiano de Greenwich (mas não na área “oficial” – que é paga – e sim no discreto marco na rua Park Vista)
  • Reproduzir a famosa foto dos Beatles na Abbey Road
  • Atravessar a Tower Bridge
londres tower bridge
Tower Brige iluminada (foto: Filipe Xavier)
  • Ir da Tate Modern até a St. Pauls Cathedral cruzando a Millenium Bridge
  • Andar por Shad Thames
shad thames Londres
Shad Thames (foto: Filipe Xavier)
  • Sentir-se no filme “Um Lugar Chamado Notting Hill” ao caminhar pela Portobello Road
  • Conhecer o coração financeiro da cidade, a City
  • Sentir-se cool em Brick Lane
  • Passear em Blackheath Village
  • Caminhar por St. Katherine’s Docks ver a Tower Bridge de outro ângulo
  • Fotografar a animada Carnaby Street
  • Conhecer uma comunidade de artistas em Eel Pie Island
  • Ver uma Londres diferente, cheia de prédios modernos, em Canary Wharf
  • Passar por baixo do Rio Tâmisa pelo Greenwich Foot Tunnel, que conecta Greenwich, no sul do rio, com Island Gardens, no norte

Igrejas

  • Uma opcão ao ingresso salgado da Abadia de Westminster: a Catedral de Westminster
  • St. Magnus the Martyr para ver uma maquete da London Bridge original
  • St. John’s Church em Notting Hill
  • Notre Dame de France, mais especificamente para ver os murais desenhados por Jean Cocteau
  • St. Marylebone, a igreja onde foi realizado o casamento secreto dos poetas Elizabeth Barrett e Robert Browning
  • St. Etheldreda, a mais antiga Igreja Católica Romana em Londres, construída em 1250
  • St. James Garlickhythe, local onde reside “Jimmy Garlic”, o corpo preservado de um homem não identificado, um mistério até hoje (para vê-lo, é preciso pedir para laguém que trabalha na igreja)
  • All Hallows by the Tower, a igreja mais antiga da City e que funciona também como um pequeno museu de achados arqueológicos.

Outras atrações

  • Entender a maré do Tâmisa olhando a Thames Barrier
  • Perder-se nas escadarias opulentas da loja de departamentos mais conhecida de Londres, a  Harrods
  • Dar tchauzinho pra Rainha no Palácio de Buckingham
  • Visitar Nelson e ver o que rola no projeto Fourth Plinth na  Trafalgar Square
  • Ver os artistas de rua em Covent Garden
  • Fotografar a estátua da bailarina perto da Royal Opera House
  • Curtir os eventos do Royal Festival Hall
  • Descansar da multidão na Soho Square
  • Encontrar um oásis em Covent Garden: Neal’s Yard
  • Ver a famosa troca da guarda ao vivo e  cores
  • Explorar os cantinhos da Somerset House qualquer dia ou fazer um tour guiado de áreas geralmente inacessíveis no primeiro e terceiro sábado de cada mês (12:15, 13:15, 14:15 e 15:15 – informações na recepção)
  • Surpreender-se com a arquitetura brutalista do complexo Barbican
  • Ir no prédio da Wellcome Trust só para ver a instalação feita no átrio principal, de autoria do designer Thomas Heatherwick (o mesmo que criou a pira olímpica de Londres 2012)
  • Ver uma maquete de Londres em escala 1:1500 na New London Architecture
  • Essa é para os esquerdistas: a biblioteca Marx Memorial Library, que tem um acervo enorme de livros sobre o assunto.
  • Ver uma das locações do filme Closer: o memorial com uma série de nomes de pessoas que morreram tentando salvar outras pessoas, o Watts’s Memorial
  • Passar um bom tempo fuçando os livros e mapas da feira de livros usados em Southbank Centre
  • Admirar o “buzz” de um dos locais mais turísticos de Londres: Piccadilly Circus
Piccadilly Circus
Piccadilly Circus
  • Depois de ir a White Cube Gallery, conheça também o White Cubicle: um banheiro no pub George & Dragon que parodia a impecabilidade das galerias modernas
  • Fazer um tour guiado em um convento de freiras reclusas que fica a poucos metros de Oxford St, o Tyburn Convent
  • Acessar o arquivo do British Film Institute (que conta com milhares de horas de filmes e programas de televisão) na BFI Mediatheque
  • Escutar uma música incessante cujos acordes não se repetirão até o dia 31 de dezembro do ano de 2999 (isso mesmo) dentro de um farol desativado na região de Docklands: a instalação Longplayer foi concebida para celebrar o novo milênio.
  • Conhecer uma fazenda em pleno bairro cool do leste de Londres, a Hackney City Farm
  • Visitar o maior templo Hindu fora da Índia: Baps Shri  Swaminarayan Mandir

banner_guia_londres_300x300

Essa matéria foi publicada originalmente na edição #2 da Revista Aprendiz de Viajante.

echo adrotate_ad(8, true, 0, 0);

Vai Viajar?

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.


Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior e quer manter seu número no whatsapp? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

51 COMENTÁRIOS

  1. Que super lista! Feliz por ter feito muitas coisas dessa lista incrível nas duas viagens pra Londres e saber que ainda tem mais passeios fantásticos a serem feitos e de graça.

  2. Nossa a sua lista é simplesmente íncrivel, tem coisas que eu nem sabia que existia
    aqui em Londres, muito obrigada por compartilhar, vou começar a programar os passeios
    com a familia 🙂

  3. Oi! Não considero Londres cara. Há cidades bem mais inflacionadas e a organização deixa muitíssimo a desejar. Agora quem realmente gosta de cultura a bons preços ou mesmo de graça é o lugar ideal. Amo Londres de paixão!

  4. Pretendo fazer uma viagem em outubro d/14 com meu filho, porem nunca sai do Brasil, e isso me preocupa.
    Posso fazer esta viagem tranquila?:???? Alguem pode me responder?

  5. Amei sua lista !! Irei em no final de janeiro, me ajude, qual lugar é bom custo pra se hospedar ? Vou eu meu marido e filhas de 10 e 12 anos ! Obrigada

  6. Oi Heloísa!
    Achei super legais,suas dicas
    sobre como passear em Londres.
    O ano passado passei um mês em
    Londres. Setembro/outubro.Mas és-
    tava sozinha.Como já conhecia os
    Pontos turísticos ,mais famosos. Fiz
    Um tour a pé e de ônibus descendo
    Nas ruas q mais me agradavam AMEI
    Estou indo agora 10/10 passar 06 dias
    Com minha irmã, q nunca esteve.
    Seu roteiro está fantástic .
    PARABÉNS Sou sua fã agora
    Bjjjs Bia Juliani

  7. É realmente eu achei Londres uma cidade cara , quando estive aí no ano passado , a Libra estava em R 4.25 , mas mesmo assim eu adorei a cidade , curtí muito ; tenho vontade de voltar .

  8. Olá, adorei sua lista. Eu pretendo ir em outubro, mas tenho muitas dúvidas e uma delas é se terei muita dificuldade com a língua, afinal não falo inglês a não ser o de colégio(rsrs). Será que me viro?

  9. Uffff morei 4 anos em Londres e tem alguns desses lugares que estão na lista que nem cheguei a conhecer. Tem uma frase famosa que diz que se você está cansado de Londres é porque você cansou da vida…
    Um dos meus lugares favoritos de Londres é Putney Bridge. Adorava passear por lá nos dias ensolarados e também assistir a boat race, um super evento que lota de gente jovem. Recomendo!!

  10. Adorei ler a lista. Morei 15 em Londres. Espero um dia levar minha filha pra conhecer alguns deses lugares. Me deu saudade daí.

  11. Nossa!
    Meus joelhos já estão doendo!
    Fui pra Londres esse ano e andei muuuuuito e não fiz nem 10% da lista! Tenho que voltar pra lá!

  12. A lista e impecavel. Moro aqui ha 7 anos e acho que nao fiz a metade…hehhehe. Foi otimo saber de mais opcoes. Adorei! Ah! Vc poderia incluir o Richmond Park. Eh um park e tanto. La tem cervos e tbm a Isabela Plantation que eh lindo na primavera. 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui