Compras em Londres: Lojas Independentes – Moda

1
Laird London
Laird London

Esse é o segundo post da série “Compras em Londres” (tem muuuita coisa ainda por vir!), e, seguindo a linha do primeiro, que mostrou pra vocês algumas das lojas independentes mais legais no quesito casa & decoração, vamos agora falar de moda. Selecionei 23 lojas independentes e tentei incluir um  pouco de tudo: roupas pra adultos (feminino e masculino), moda infantil, acessórios e bijuterias.

Continuo acreditando que é possível fazer 10, 20, 30 listas de lojas nesse estilo  e ficarão diferentes da lista que tenho aqui, e a ideia é essa mesmo: use esse mapa como base pra fazer suas próprias descobertas.

Boas compras!


View Compras em Londres: Lojas Independentes – Moda in a larger map

A-Non Clothing: Camisetas. Um monte delas, faça a festa! Pra mim, as mais legais são com as estampas inspiradas nos anos 80.

Viaje com internet no seu celular - PROMOÇÃO DE BLACK FRIDAY 30%

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom de desconto da BLACK FRIDAY para ganhar 30% de desconto APRENDIZDEVIAJANTE ! Esse é o maior desconto que eles dão no ano! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

A-Non Clothing
A-Non Clothing

 

Palette: roupas vintage, que datam desde os anos 20 até os anos 80.

Rellik: pra quem tem paciência e adora estilistas consagrados tipo YSL, Chanel e Dior, aqui é o lugar pra procurar. O local em si não é lá muito bonito – o que acaba sendo uma vantagem pois meio que afasta os turistas que estão por perto visitando a Portobello Road.

Annie’s: mais um brechó, mas aqui você vai encontrar peças bem femininas – pra se ter uma ideia, a especialidade são vestidos de noiva.

Labour of Love: um pouco de tudo – roupas (femininas), bijuterias, bolsas e até chapéus. Apesar de vender algumas outras marcas, o destaque fica para as peças exclusivas, marca da loja.

ec one: jóias e bijuterias exclusivas de jovens designers – algumas peças são feitas lá mesmo, por um equipe especializada.

Margaret Howell: peças atemporais, super bem cortadas e confeccionadas, assinadas, é claro, por Margaret Howell. A loja em si é linda, imensa, espaçosa e a decoração segue o estilo das criações da estilista.

Laird London: como não se apaixonar por uma loja que só vende chapéus? Dá vontade de ter um pra cada dia e usar sempre!

Laird London
Laird London

 

Strut: de cara nem dá pra perceber que a Strut é um brechó – a arrumação e os móveis parecem de uma loja de marca “normal”. Sim, você vai encontrar uma ou outra peça lá que nunca foi usada, mas não conte com isso e se jogue na araras recheadas de roupas de segunda mão mas em ótima qualidade.

Strut
Strut

 

LN-CC: mesmo se você adivinhar que a LN-CC é uma loja – pois não há nenhuma indicação – não adianta “chegar chegando”: é preciso marcar hora. Ok, ok, sei que soa meio metido a besta, mas vale a pena a visita pra conhecer um novo conceito em varejo. O visual merchandising é super bem feito e as roupas são coisa fina, minha gente!

LN-CC
LN-CC
LN-CC
LN-CC

 

Present: especializada em moda masculina, tem uma coleção “cool” mas sem grandes exageros de passarela e semanas de moda. Mesmo se o marido/namorado/irmão/pai/whatever não for muito chegado em compras, vale a pena dar uma espiada se você estiver na vizinhança apenas pelo espaço e também pra fuçar os outros produtos, como livros, velas e opções de presentes bacaninhas.

Tatty Devine: bijuterias fofas e super bem humoradas feitas com acrílico, basta a Tatty Devine lançar nova coleção pra ser rapidamente copiada por grandes redes de moda. Pois é. Caso você goste desse estilo de acessório (tem muita coisa, de brincos a colares, grandões e menorzinhos), vá em uma das duas lojas pra ter certeza de que está prestigiando a marca original!

Tatty Devine
Tatty Devine

 

The Cross: o que a turma da moda chama de “boho” é o que você vai achar nessa loja. Muita estampa de flor, cores, batas, roupas fresquinhas. Há também uma seleção de acessórios pra casa, só pra te deixar babando mais ainda!

Black Truffle: imperdível para encontrar bolsas e sapatos criados por designers menos conhecidos – a chance de ter um acessório hypado mas diferente de todo mundo! São dois endereços, o da Broadway Market é o original (aproveite e visite o mercado de rua aberto aos finais de semana ali mesmo!)

Folk: sabe quando você ve uma pessoa na rua e se pergunta “por que eu não me vesti assim”? Dá uma passada na Folk (duas lojas na mesma rua, uma feminina outra masculina) e investe alguma peça de lá: são ítens aparentemente básicos, como jaquetas e cardigãs, mas com uma pegada do estilo londoner de se vestir. Ou seja, bem cool!

Folk
Folk

 

Beauty & The Bib: roupas para os pequenos, mas pequenos mesmo! Coisas fofíssimas, que você só encontra lá. Os babadores em formato de morango são marca registrada da loja, que fica no Greenwich Market.

360 Degrees Vintage: outra loja que fica dentro do Greenwich Market, para o vintage maníacos que gostam de peças excêntricas, como jaquetas de guerra e saias de tule. A loja em si é um túnel do tempo!

Comfort Station: formada em Artes Plásticas, Amy Anderson começou a fazer bijuterias e bolsas como um trabalho part-time, mas a abordagem artística, visível nas peças, fez sucesso e hoje é o que ela faz pra valer – além de vender em lojas de departamento, ela tem seu próprio espaço pertinho da Brick Lane.

Comfort Station
Comfort Station

 

Junky Styling: roupas feitas com outras roupas. As donas e designers de tudo que você encontra na Junky Styling usam peças de segunda mão para criar a coleção – vale a pena prestigiar uma iniciativa tão bacana.

Sweet Pea: bijuterias produzidas artesanalmente, super chicosas e com carinha de vintage, todas criadas pela fundadora da loja, Siobhan O’Neill.

The Jackson Twins: sapatos (botas, sandálias, oxfords entre outros) e bolsas feitos a mão na Espanha, vendidos com exclusividade nessa loja.

Pistol Panties: tudo bem que é difícil competir com as marcas de moda praia brasileiras, mas quem gosta de peças maiorzinhas e com carinha retrô vai adorar essa loja. As estampas são fofas, e tudo é criado pela designer Deborah Fleming.

Maggie Owen: Maggie Owen vende acessórios (bijuterias) de designers selecionados a dedo por ela – o que deixa a coleção ampla, servindo vários estilos. Mas eu acho tudo lindo (e olha que nem uso muitos acessórios).

Maggie Owen
Maggie Owen

 


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui