Direto da Jordânia – Os 3 Primeiros Dias

37
Pôr do Sol no Mar Morto
Pôr do Sol no Mar Morto

Enquanto ai é noite de segunda, aqui já é madrugada de terça-feira, mas queria vir dar um oi e escrever um pouquinho do que está acontecendo por aqui.

A verdade é que a Jordânia é um país fascinante e nada que eu tenha lido ou visto sobre o país me preparou para o que estamos vivendo aqui. E confesso que é difícil descrever, porque tudo é muito mais do que as palavras conseguem articular ou as fotos conseguem mostrar. O país já estava na minha lista faz muito tempo, principalmente por causa de Petra… eu sabia que ia adorar, já que estava apaixonada antes mesmo de chegar, os cenários de sonho eram parte da minha bucket list, mas ele me encantou mesmo nas pequenas coisas, nos detalhes. Nas similaridades com o Brasil e sua cultura, mas também nas suas diferenças.

Seja aprendendo as palavras que são parecidas: Chai é Chá, Zitun é Azeitona, Laimun é limão; seja quebrando a língua e arranhando a garganta pra tentar acertar na entonação das palavras mais complicadas, a paciência e simpatia dos Jordanianos é contagiante. Dividimos também a paixão pelo futebol, pela boa comida, pelo café que é uma bebida emblemática e símbolo de hospitalidade e a minha impressão é que mesmo lendo muito sobre o país, sabemos pouquíssimo da Jordânia.

Então só para situar quem não conhece ou nunca teve interesse pelo país… a Jordânia fica na Ásia, na região que a gente chama de Oriente Médio e é um país relativamente pequeno. Tem a metade do estado do Paraná, população total de pouco mais de seis milhões de pessoas e faz divisa com a Síria, Israel, Iraque e Arábia Saudita. Está ali no meio da muvuca dos países e consegue ser uma jóia no meio de tanta confusão.

;

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom exclusivo para leitores do blog APRENDIZDEVIAJANTE e receba frete gratuito! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

mapajordania
Mapa Jordânia

;

Os clichês estão todos aqui: o adorado Rei da Jordânia e sua rainha (@queenrania – sim, ela está no twitter) que tem suas fotos espalhadas por toda parte, os beduínos com suas ovelhas, os camelos, o deserto, a escassez de água, as mulheres vestidas dos pés a cabeça, os homens com seus trajes típicos e os lugares e nomes bíblicos. Mas as surpresas também são abundantes… O inglês é falado pela maior parte da população, uns falam melhor que outros, muito natural, mas eles aprendem na escola desde cedo, com a mesma carga horária que o árabe. Carros modernos e marcas comuns no mundo ocidental, estão por toda a parte. Foi interessante descobrir que eles produzem grande parte dos vegetais consumidos aqui e até exportam.. passamos por plantações de tomates, banana, morango, azeitonas e também produzem vinhos. Eu acho que Beduínos falando no telefone celular enquanto levam um rebanho de ovelhas pra pastar foi uma daquelas cenas mais surreais da viagem até agora.

;

Beduino falando no celular
Beduino falando no celular

;

Mas vamos ao diarinho… hoje é nosso terceiro dia no país e já fizemos bastante coisa e aqui vou só contar um pouquinho do que fizemos, mas volto depois pra postar sobre algumas das atrações em detalhes.

No 1o dia, como chegamos tarde, foi só mesmo o tempo de jantar no restaurante do hotel mesmo e cair na cama.

No 2o dia, fizemos um tour por Umm Qays que fica ao norte da Jordânia, na divisa com a Síria e que tem uma das cidades com ruínas greco-romanas. De lá, vimos o Mar da Galiléia que desemboca no Rio Jordão e foi uma introdução para o que veríamos mais tarde em Jerash.

Pôr do Sol em Jerash
Pôr do Sol em Jerash

;

Almoçamos num restaurante chamado Lebanese House bem pertinho da entrada do portão de Jerash, que foi um verdadeiro banquete. A parte curiosa ficou por conta do Nick, que foi vendo eles trazerem saladas e mais saladas (que é a entrada, Mezza) e ele, que é avesso a qualquer coisa verde, foi só ficando de cara emburrada. Até que o garçom trouxe batatas fritas e o sorriso abriu. Ainda teve kibe e o mixed grill que são as carnes, kabob e frango e ele se aventurou a experimentar tabule e outras coisinhas depois que viu que o almoço estava garantido. Ele também virou fã de uma tradição por aqui: limonada com menta.

E pausa para uma observação: Como se come bem neste país! Preciso fazer um post só das comidinhas pra vocês se deliciarem. Para quem está acostumado a comer comida árabe/libanesa no Brasil, é bem similar, com algumas diferenças de coisinhas mais locais, mas certamente ganharei uns quilinhos depois de toda essa farra alimentar.

Jerash foi um sonho com suas centenas de colunas, templos e arenas. Eu terminei o dia com mais quase mil fotos.

Jerash
Jerash

;

A noite, fomos jantar em um outro restaurante Jordaniano que fica na Rainbow street, onde rola todo o burbuinho de Amã e dá-lhe mais comida farta e deliciosa, desta vez na companhia de amigos que moram em Amã. E o Nick já estava preparado desta vez para quando começaram a colocar as entradas e saladas.

Hoje o dia começou cedo.. tomamos café no hotel, fizemos checkout e partimos logo cedo para Madaba, que é conhecida como a cidade dos Mosaicos. Lá visitamos um sítio arqueológico (e o meu querido filhote está torcendo o nariz cada vez que vê ruínas) que tem um mosaico de uma igreja que data de 700 AD. Visitamos também a Igreja Grega Ortodoxa que fica no centrão de Madaba e que tem um mosaico do mapa mais antigo da região. Almoçamos num restaurante Jordaniano bem fofo, chamado Haret Jdouna que significa Casa dos Meus Avós e é exatamente uma casa reformada, com mesinhas espalhadas pelo quintal, pelo terraço. Comemos um frango estilo galeto que estava delicioso.

De lá fomos a um dos centros de arte em mosaico que tem também uma grande loja que vende souvenirs e tudo o que você imaginar feito de mosaico, de porta copos a móveis. Fizemos um tour onde são feitos os mosaicos e acabei me rendendo as várias coisinhas da loja pra levar pra família. Os vendedores, apesar de ficarem por perto e atentos, não te enchem o saco para comprar, mas a barganha é comum(e eu sou péssima nessa arte, tenho que confessar). Uma pashmina que custava 20 JD, acabou saindo por 10 JD, mas quase todo o resto eu nem barganhei muito e ganhei descontos mixurucas.A cultura de colocar o preço só pra constar deve ser normal por essas bandas e depois fiquei me arrependendo, achando que podia ter comprado tudo pela metade do preço que paguei.

;

Pôr do Sol no Mar Morto
Pôr do Sol no Mar Morto

;

Nosso destino do dia era o Dead Sea, Mar Morto, que é o ponto mais baixo da terra, situado a 400m abaixo do nível do mar, onde estou agora, escrevendo esse post. Estamos num hotel maravilhoso, o Movenpick Resort & Spa Dead Sea do grupo Swiss que só tem hotel bacana, que ganhará com certeza um review bem detalhado. Se você me acompanha pelo twitter ou instagram, já viu algumas das fotos que postei. Do banho medicinal de lama do Mar Morto, ao pôr do sol incrível visto aqui da piscina do hotel, eu acho que a experiência de boiar no mar que tem um índíce altíssimo de salinidade e densidade está entre as mais divertidas da viagem até agora.

;

Boiando no Mar Morto
Boiando no Mar Morto

;

Jantamos aqui mesmo no hotel. Ele tem 9 restaurantes e bares e escolhemos o buffet de comida internacional. O motivo, um buffet lindo e delicioso de… acertou, doces! O jantar foi regado a vinho branco jordaniano.

;

Vinho da Jordânia
Vinho da Jordânia

;

Eu ia falar que estamos curtindo muito… mas eu posso dizer só por mim, porque pelo Nick, ele ainda não quer admitir que está se divertindo e quando eu pergunto ele diz: boringggg! Mas estou achando que é mesmo só pra torrar meu saco. Pelo menos, fora não querer tirar fotos a maior parte do tempo, ele está cooperando e não reclama. Até entrou no clima com a lama e boiar no mar morto. Não ficamos lindos???

;

Nosso tratamento de beleza com lama
Nosso tratamento de beleza com lama

;

Bom, mas vamos acabar com o papo por hoje, que era só pra dar um oizinho, me empolguei e aqui já são quase três da manhã. Amanhã cedo saímos para mais aventuras, mas não deixe de nos acompanhar no twitter@aprendizviajant e hashtag #AdVinJordan , na nossa página no Facebook e também no instagram @claudiabia ou http://web.stagram.com/n/claudiabia/ e voltem para conferir os próximos posts!

Estamos viajando a convite do Visit Jordan


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


37 COMENTÁRIOS

  1. Estava esperando você postar…. Estou acompanhando as fotos pelo Instagram e estou achando tudo o máximo. As fotos estão maravilhosas e vocês ficaram ótimos fazendo um banho de beleza! Mais uma vez, parabéns!

  2. Clau nem sei o que dizer… Que fotos maravilhosas!!!! To encantada com Jeresh, que fotos lindas!!!! Amiga certamente Nick ta curtindo, mas sabe como sao os adolescentes, nao dão o braço a torcer – rsrs. To amando as fotos e acompanhando tudo no instagram 🙂

  3. Oi meninas!
    Claudia, não sabia que vc ia pra Jordânia, que legal hein!! Ano passado meus planos era ir da Escócia pra Jordânia pra passar meu aniver, mas acabei desistindo por causa das confusões nessa região e fui pra Atenas.
    Tenho uma colega que estudo comigo na época do colegio que mora ai, não lembro exatamente qual a cidade, mas ela é dançarina (de dança do ventre) e se apresenta sempre num desses hoteis perto do Mar Morto. Se caso vc for num desses show, o nome dela é Mariana.
    Aproveite muito e na próxima viagem me leva junto hahahaha
    =)

    • Aqui acho que todos os hotéis devem ter dança do ventre 🙂 E venhaaaa! Pq vale muiiito. E olha, as confusões são em volta… por aqui é tudo tranquilinho. 😉

  4. Claudia, que lindas as fotos! Ai que vontade! Tô aqui dando risada do seu filho. Tenho uma enteada de 14 anos e é bem assim. Eles acabam curtindo várias partes das viagens mas não nos contam. Eu mesma já vi ela falando de Londres para as amigas com uma empolgação que eu não vi durante a viagem dela,rs. Ri secretamente e entendi o jogo! Aproveitem!

    • Esperando muito que seja o caso aqui tb… pelo que andei conversando com outros pais, é assim mesmo essa fase. aiai

  5. Oiiiiii, tenho sorte emte encontrar neste post. Hoje marquei minha viagem para a Turquia e Jordânia. Em 7/3 aí estou eu. Pode me dar dicas sobre que roupas levar para nao entrar em conflito religioso/ cultural? Passarei 20 dias e já estou ansiosa. As fotos estao lindas! Parabéns.

  6. Estou adorando tuas dicas. Vamos 04 adultos e um garoto de 9 anos para a Jordânia no final de fevereiro de 2016, Será uma época boa ou faz frio? Teu guia falava português ou espanhol ? Reservaram os hotéis pelo Hotéis .com ou outro similar? Um dia só para Petra é pouco? Foram de carro de alguma agencia de Amã ? Obrigada

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui