Itália: passeio de balão na Toscana

5

No nosso roteiro de 5 dias na Toscana tinha um passeio que estava sendo aguardado ansiosamente por todos do grupo: um passeio de balão. Embora não fosse a minha primeira vez em um balão (já contei do nosso passeio de balão no Arizona aqui no blog), a paisagem toscana é lindíssima e perfeita pra ser apreciada do alto de um balão. Estávamos com medo do passeio ser cancelado pelo mau tempo, mas felizmente o dia estava apenas cinza e a chuva não veio, caiu só no dia seguinte (ufa!).

Saímos do hotel cedinho, as 7h da manhã. Encontramos o pessoal da Tuscany Ballooning as 7h30 em um ponto de encontro que eles combinaram com a guia (eles chegaram um pouquinho atrasados). Tivemos que sair da nossa van e ir no jipe deles, porque no campo de lançamento dos balões ali pertinho só passavam carros com tração nas 4 rodas. Chegando no campo os balões já estavam sendo inflados: primeiro com ventiladores e depois ligaram os maçaricos pra esquentar o ar. Eram 2 balões com capacidade para 8 passageiros e o piloto.

Enchendo os balões
Enchendo os balões
Hora de esquentar o ar!
Hora de esquentar o ar!
Balão quase pronto pra subir
Balão quase pronto pra subir
Esse aí é o "meu" balão esquentando
Esse aí é o “meu” balão esquentando

O cesto era dividido em 5, a área do piloto no meio e quatro compartimentos para os passageiros, dois de cada lado. Eu dei sorte e fiquei com um compartimento só pra mim, éramos 7 pessoas no total. Logo que entramos o nosso piloto, Pascal, deu as instruções de segurança: não mexer em nada, não puxar nenhuma corda, na hora do pouso guardar câmeras, celulares, qualquer objeto solto e seguir as instruções de se abaixar com as costas no cesto, na direção contrária ao balão. Tudo entendido, algumas fotos e lá fomos nós, subindo lentamente no meio do Val di Pesa.

Os balões já quase prontos pra subir
Os balões já quase prontos pra subir
Eu já no cesto com o piloto e os outros passageiros
Eu já no cesto com o piloto e os outros passageiros
O primeiro balão subindo
O primeiro balão subindo

Pra quem nunca voou de balão, a sensação é sempre surpreendente: mal parece que o balão está se mexendo. É tão devagar e praticamente nada se move, que você só sabe que está indo a algum lugar porque está vendo a paisagem mudar, não porque está sentindo o balão se mexer.

A van da empresa de balonismo lá embaixo, no meio do campo
A van da empresa de balonismo lá embaixo, no meio do campo
Subindo, em meio a plantações de uva
Subindo, em meio a plantações de uva
Dia de fog na Toscana
Dia de fog na Toscana

E aí ficamos lá apreciando a belíssima paisagem de colinas e mais colinas com plantações de uva, oliveiras, casas de pedra com centenas de anos, as linhas de ciprestes tão típicas da região. Pessegueiros, hortas, casas e prédios comerciais ladeando as ruas mais movimentadas; o rio passando no meio do vale. Cidades medievais e suas torres nos topos de algumas colinas. Florença, enorme, mal aparecendo no meio do fog atrás dos morros. Lindo!

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom exclusivo para leitores do blog APRENDIZDEVIAJANTE e receba frete gratuito! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

Passeando pelo Val di Pesa
Passeando pelo Val di Pesa

vistadovaldipesabalao

vistadovaldipesa

Só fiquei com pena de não estar fazendo um dia de sol e céu azul, pra paisagem (e as fotos) ficarem melhores. O tempo todo tinha uma neblina chatinha atrapalhando.

morrotorremedieval

casinhastoscanas

passandoporcimabalao

vistacasinhatoscana

vistacidadetorremedieval

vistavaldipesa2

Na hora do pouso, nosso piloto foi procurando um lugarzinho, a gente via a van de resgate seguindo o balão lá embaixo, estacionando quando achava que o balão ia pousar e o pessoal correndo de volta pro carro quando viam que o balão ia continuar até pelo menos o próximo campo. Nosso piloto escolheu uma fileira de árvores, mandou todo mundo se abaixar como combinado e usou as árvores como “freio” natural arrastando o cesto lentamente até que paramos suavemente do outro lado, com o cesto em pé mesmo (diferente da minha outra experiência, que foi uma parada muito mais veloz e o cesto ficou de lado).

estradinhatoscana

colinatoscana

pinturatoscanabalao

campostoscanosdeperto

balaosubindodenovo

ciprestetoscana

geometriatoscana

campostoscanos

Ficamos ali esperando a equipe de resgate chegar, no meio de um milharal que ainda não foi replantado. O piloto falou que essa época é fácil pousar, fica mais difícil no verão quando os campos estão todos com plantas altas e ele tem menos opções de lugar pra parar. O pessoal do resgate foi logo ajudando todo mundo a sair do cesto e iniciou o processo de esvaziar, dobrar e guardar o balão.

balaopousou

guardandobalao

dobrandoobalao

Enquanto isso uma outra pessoa da equipe ia arrumando em duas mesas um lanche delicioso cheio de queijos, embutidos, frutas e pães locais, e encheu os copos de todo mundo com mimosas – suco de laranja vermelha orgânico e champagne. Fizemos um brinde com o nosso piloto e nos deliciamos com a ótima comida!

campodepouso

mesadecafedamanha

paomaravilhoso

umbrindeaovoo

Aproveitei pra perguntar pro piloto que época ele acha mais bonita pra fazer o passeio, e ele respondeu no outono, em outubro principalmente, quando a paisagem está toda colorida em tons de laranja, amarelo e vermelho. Deve ser incrível!

Para quem quiser fazer o passeio, é recomendável reservar com a maior antecedência possível, já que são poucos os lugares nos balões. Mas eles sempre tentam acomodar reservas em cima da hora, só não é garantido. Os vôos são apenas pela manhã, eles não fazem vôos no final do dia nessa região, por causa das condições climáticas.

Informações úteis
Tuscany Ballooning
Os balões saem dos campos “Fattoria Corzano e Paterno”, perto de San Casciano Val di Pesa, 10km ao sul de Florença
Email para reservas tuscanyballooning@gmail.com
Fizemos o vôo de balão tradicional com “Prosecco brinde”, que tem a tarifa de 250 euros por pessoa mas eles fazem outros tipos de vôo também, consulte o site.

Minha viagem a Toscana aconteceu a convite do projeto My Tuscan Experience, falei sobre ele aqui.


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


5 COMENTÁRIOS

  1. Super interessante. Vou tentar me programar para outubro/setembro. Mas, será que a temperatura não estará muito baixa? Parabéns.

  2. Sensacional! É o tipo de coisa que não é barata, mas tenho certeza que vale a pena fazer pelo menos uma vez na vida! Minha viagem é no estilo mochilão. Queria saber sobre o preço. O pacote mais barato é 250 euros por pessoa?

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui