Jet Lag: Como Minimizar os Efeitos ou Evitar?

21

Estou escrevendo este post as 3:30 da manhã, horário local em Washington DC. E não é que ainda não fui dormir. Já fui dormir e acordei. Se você ainda não sabe, eu acabei de voltar da Jordânia e lá são 7 horas a mais que aqui, ou seja, 3:30 da manhã já seriam 10:30 da manhã por lá. Os dois últimos dias foram assim.. acordei exatamente na mesma hora e nada do sono voltar.

Já li vários artigos, dizendo que o pior é quando você vai de Oeste para o Leste e a explicação é que o dia acaba mais cedo e o seu corpo ainda não está preparado para liberar os altos níveis de melatonina necessários para uma boa noite de sono, mas o jet lag pra mim acontece de maneira mais pronunciada quando vou de Leste para Oeste. Vai entender? Exemplo, estando aqui nos Estados Unidos, se vou pra Califórnia, sofro com o jet lag quando chego lá. Mas como a diferença é de apenas 3 horas, não fica tão ruim. Vou pra Europa e fico super bem quando chego lá, o problema é na volta. E agora com a Jordânia, foi a mesma coisa, me adaptei facilmente quando cheguei por lá, mas a volta pra casa está difícil.

O problema é que fico irritada facilmente, o corpo está cansado e não consigo me concentrar, fazer as coisas que eu preciso. Todos esses sintomas de jet lag, que ainda podem incluir dores de cabeça, nauseas e etc.  Estou tentando seguir algumas dicas de especialistas, principalmente de pilotos e aeromoças que convivem com isso o tempo todo:

– fazendo as refeições no horário local

– indo dormir no horário normal(indo uma ou duas horas mais cedo do que normalmente iria pq não aguento tanto)

Viaje com internet no seu celular - PROMOÇÃO DE BLACK FRIDAY 30%

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom de desconto da BLACK FRIDAY para ganhar 30% de desconto APRENDIZDEVIAJANTE ! Esse é o maior desconto que eles dão no ano! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

– não estou dormindo durante dia ou tirando cochilos

– estou evitando coca-cola e qualquer coisa com cafeína

Mas quem disse que está adiantando?

Há uma continha que se faz para ver quantos dias você precisará para se recuperar… se estiver viajando de Leste para Oeste, é só multiplicar o número de timezones que você vai cruzar por 2/3. No caso de cruzar 6 timezones, você levará 4 dias para se recuperar. E no caso do Oeste para Leste, você divide o número de timezones por dois.. então 6 timezones = 3 dias para se recuperar.

Além de esperar passar, o que deve levar ainda um dia ou dois, acabaram de me sugerir cerejas, que tem uma alta concentração de melatonina. Vou tentar e depois conto se melhorou em alguma coisa.

Mas enquanto a minha não passa, me conte… você sofre com Jet Lag? O seu acontece quando vai de Oeste para Leste ou o contrário? O que você faz para minimizar os efeitos?


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


21 COMENTÁRIOS

  1. Pois é… A galera que trabalha de noite e dorme de dia, acaba sentindo sintomas semelhantes. Felizmente, a luz do dia facilita um pouco a botar as coisas nos eixos, mas às vezes vem outra noite trabalhada no meio, e aí danou-se.

    Então… eu que faço plantões noturnos e diurnos na mesma semana, estou num eterno jetlag.

    A única dica que eu tenho é: nunca volte de uma viagem dessas direto para o trabalho, reserve os 3-4 últimos dias das suas férias para se readaptar porque não tem jeito: quando a gente bagunça o sono não é nada fácil endireitar as coisas…

    • Essa dica da volta das férias é boa.. mas mãe não tira férias não, então já tem q estar de pé logo cedo! hehehe

  2. Eu também sofro do jetlag quando saio de oeste pra leste, fico toda sambada quando chego ao Brasil enquanto vigora o horario de verão da Europa, porque a diferença é de 5 horas. Posso ir dormir um pouco mais tarde que não tem jeito, dia seguinte to eu la, acordando com as galinhas. Ano passado eu fiz um teste: logo que chegamos ao Rio, caimos da cama às 6h, tendo ido dormir à 1h, me arrumei e fui correr (eu era um zumbi na orla, mas tudo bem). Acho que quem tem conhecimento médico pode explicar direitinho se tem alguma relação, mas pra mim a atividade fisica como remédio pro jetlag funcionou muito bem e vou repetir a formula este ano!

  3. Pra mim leste pra oeste sempre é pior do que o contrário. E a mesma coisa é verdade pras crianças aqui em casa. Quando voltamos do Japão em julho levou uma semana pro Eric voltar ao horário normal! Mas pelo menos pra gente pegar sol ajuda muito!

    • Igual a mim então. 🙂 E sabe que deve ser por isso que estou sentindo tanto dessa vez? Voltei com tempo nublado, muita chuva e hj abriu sol, mas está 8 graus. Estou colocando a cara do lado de fora o mínimo possivel.

  4. Eu também sofro horrores com jet lag, na ida de minhas viagens não sinto nada, tipo Brasil Europa março ou maio e Estados Unidos – Ca, em outubro mas, quando voltei cheguei um trapo.
    Não sei se na ida a adrenalina de estar em um lugar diferente e de passear nos estimulam muito e não sentimos nada de jet lag mas, só sei que a volta é terrível sempre.

    Já quando saio de um país para outro no avião antes de tombar com dramin 🙂 mudo o horário do relógio assim chego já seguindo aquele horário mas, o corpo não responde 🙁

    Tentar tirar um dia pelo menos pra dormir bem e muito se possível 🙂
    Antes de retomar a rotina normal. Tomar bastante água e comer bem me ajudou bastante. E tentar esquecer os horários que seu corpo sente procurar se manter conectado ao horário local.

    Acontece algo parecido com a troca do horário normal para horário de verão, acho um inferno, fico irritadíssima e olha é só uma horinha hein…

    • É.. sei como é. Mas eu adoro quando vai começar o horário de verão.. mais sol! 😉 Quando termina é que eu não gosto. 🙁

  5. A minha estratégia para minimizar o jet Lag:
    Faço muitas vezes BOSTON / CABO VERDE, aproximadamente 8 horas de voo e resultou sempre:

    1º Prefiro sempre voos que cheguem ao destino de manhã para que me seja mais fácil dormir nessa noite.
    2º Nas vésperas do voo, faço exercício físico para aumentar o cansaço. Se o voo é noturno, peço um copo de leite morno que me ajudará a dormir.
    3º Assim que entro no avião, acerto o relógio pela hora do local de destino para me ir adaptando.

    cpts
    alcinda delgado

    • Boas dicas Alcinda!

      Eu tb prefiro voos a noite, já q durmo no avião mais facilmente.. e a viagem pra mim passa mais rapido assim.
      Essa de fazer exercício pra aumentar o cansaço, meu filho tentou na ultima.. mas coitado, nem dormiu e só se cansou.

  6. Começar a ajustar o relógio biológico antes da viagem também ajuda. Acordar 1 hora mais cedo faltando 2 semanas para a viagem e depois acordar 2 horas mais cedo faltando uma semana. O problema é ter disposição para isso…

    • Já me aconcelharam a quando você chegar o lugar… ficar no sol de 15 a 20 minutos.. (se for dia, não é) Parece que o sol, além de ter vitaminas reorganiza o cérebro! hahaha.. Fiz isso na Turquia.. pelo menos amenizou um pouco em relação as outras viagens, mas sempre fico 2 dias sentindo os efeitos.. tontura.. enjôo.. é uma beleza! :/

    • Outra coisa que piora bastante é não se hidratar muito no vôo… é incrivel como eu desidrato e minha pele fica super seca em vôos longos.. nesse de 15 horas para a Turquia eu tomei muiiiito líquido.. e passava hidratante nos braços e mãos..

  7. Eu passo a faZer tudo pelo horário local mesmo que me custe horrores aguento até ser hora de deitar. Quando não segui essa regra andei vários dias com jet lag. Mesmo em termos da alimentação, ainda que por vezes não tenha muita fome, como segundo o horário. Quando consigo preparo o jet lag antes de voar. Se pesquisar encontrará artigo de aviação sobre isso. Os banhos quentes ou frios, consoante o objectivo, são uma ajuda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui