Malta: um dia na capital Valletta

2
Valletta

O foco da minha viagem a Malta foi explorar a ilha de Gozo, mas felizmente consegui tirar um dia para conhecer a capital Valletta, que fica ilha principal (Malta, que leva o nome do país). Valletta é uma cidade compacta (1km x 1.5km), portanto um dia dá e sobra para explorar seus cantinhos e ver suas atrações principais.

Valletta (3)
Uma das vistas mais famosas de Valletta

Valletta (4)

O melhor é que a capital maltesa foi construída como um ‘grid’, facilitando muito a vida dos turistas. É muito difícil se perder, e a possibilidade de você literalmente andar por todas as ruas (o que é claro depende da sua disposição) é grande. Caso você esteja hospedado fora de Valletta, é provável que você entre na cidade pelo City Gate e dê de cara com a rua principal e mais movimentada, Triq Ir-Repubblika. Ali estão a maioria das lojas, alguns restaurantes e também as atrações mais conhecidas, como a St. John’s Co-Cathedral, Republic Square e Palace of the Grand Masters.

O Seguro Viagem é Obrigatório na Europa

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

A Co-Catedral é uma das construções mais incríveis que já vi na vida. E não apenas entre igrejas, catedrais e basílicas, mas como um todo. Por fora, você nem imagina o quão maravilhosa ela é por dentro. São detalhes em todas as superfícies, que a gente não cansa de descobrir. Dá uma agonia, pois você se dá conta de que realmente não vai conseguir absorver tudo aquilo. É ver para crer, e aqui estão algumas fotos pra te deixar um gostinho:

Valletta (18)
St. John’s Co-Cathedral
Valletta (16)
St. John’s Co-Cathedral
Valletta (15)
St. John’s Co-Cathedral
Valletta (14)
St. John’s Co-Cathedral

No fim da rua, entre a cidade e o mar, está o National War Museum e o Fort St Elmo que, assim como a St John’s Co-Cathedral, é um legado da época dos Caveleiros da Ordem de St. John.

Bom, a rua principal meio que divide a cidade em dois lados: o lado Marsamxett (da onde sai o ferry para Sliema) e o lado Grand Harbour, de onde você vê as ‘três cidades’: Vittoriosa, Cospicua e Senglea.

Em ambos os lados, o que não faltam são ruas, escadarias, subidas e descidas, pra ir explorando sem pressa. Aliás, é importante ressaltar que apesar de ser em grid, Valletta não é plana, portanto exige um certo esforço. Sobe escada, desce escada, prepare-se!

Valletta (1)
As escadarias típicas de Valletta
Valletta (2)
‘Selfando’!

Fique de olho na arquitetura, não tem como não ficar fascinado pelas varandinhas coloridas e as referências religiosas na fachada das casas.

Valletta (10)
Muito amor pelas cores das varandas
Valletta (13)
Detalhes arquitetônicos
Valletta (11)
Referências religiosas por toda parte

Do na parte alta do lado do Grand Harbour fica o Upper Barrakka Gardens, de onde se tem uma vista incrível das ‘três cidades’ e tambem da própria Valletta. De lá, você pode pegar um elevador para a parte baixa e caminhar até o Lower Barrakka Gardens, mais na ‘ponta’ da cidade.

Valletta (8)
Upper Barrakka Gardens com vista para as três cidades
Valletta (7)
Upper Barrakka Gardens com vista para o Grand Harbour

Valletta: informações práticas

  • Para ir do aeroporto para a cidade, você pode usar as seguintes linhas de ônibus: X4, X5 e X7. Mais informações, clique aqui (em inglês)
  • O terminal de ônibus de Valletta fica perto do City Gate, e ali também é o melhor lugar para pegar táxi

Valletta (9)

Valletta (6)

Leia também:

Malta: top 10 coisas para ver e fazer em Gozo

Malta: a Lagoa Azul em Comino

Malta: primeiras impressões de Gozo

Próximo destino: Malta!

*****

Viajei para Malta pelo projeto Blog island, idealizado pelo MTA em colaboração com oiAmbassador. Todas as opiniões expressadas aqui são minhas, tenho total liberdade editorial.


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui