Mini guia de Buenos Aires

44
guia buenos aires

Escrever qualquer coisa sobre Buenos Aires é arriscado: não sei bem porque, mas nós amamos aquela cidade, não? Ai de quem falar mal! Viajamos pra Europa, Estados Unidos e lugares mais exóticos e afastados na Ásia, África e Oceania; mas volta e meia retornamos pra Argentina só pra redescobrir Buenos Aires.

Estive lá a última vez em outubro de 2012 e achei a cidade descuidada, lutando pra continuar charmosa, mas mesmo assim continuo apaixonada. E estava mais que na hora de eu reunir aqui no Aprendiz alguns dos lugares que conheci lá – também contei com a ajuda da turma portenha da família: meu marido e meus sogros!

A lista está dividida em 4 partes: museus & galerias, lojas, restaurantes e hotéis. E no fim do post tem um mapinha com todos os locais citados, é só abrir e imprimir! E claro, sintam-se a vontade pra deixar mais dicas na caixa de comentários, afinal a minha Buenos Aires pode ser muito diferente da sua.

 

>>>MUSEUS & GALERIAS<<<

Viaje com internet no seu celular - PROMOÇÃO DE BLACK FRIDAY 30%

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom exclusivo para leitores do blog APRENDIZDEVIAJANTE e receba frete gratuito! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

Fundación Proa
Tudo bem que a região de La Boca (onde fica o famoso Caminito) hoje em dia já não é mais tão original assim. Mas ainda vale a visita, e se você gosta de arte aqui está uma bela desculpa pra ir até lá: visitar a Fundación Proa, galeria que serve de palco para mostras de arte moderna e contemporânea. Eles também colocam a disposição do público uma invejável biblioteca e um café/restaurante comandado pelo chef Lucas Angelillo. A entrada é gratuita, e há visitas guiadas com duração de uma hora, diariamente.

MALBA
Fundado em 2001, o Malba rapidamente tornou-se referência em sua especialidade: colecionar e difundir a arte latino americana do início do século 20 aos dias atuais. O acervo do museu conta com obras de artistas como Tarsila do Amaral, Xul Solar e Diego Rivera, mas nem sempre é possível ver todas as obras, já que as exposições são temporárias (Valor da entrada: 30 pesos – professores, aposentados, crianças e estudantes tem desconto, consulte o site).

guia buenos aires
Malba

 

Museo Nacional de Bellas Artes
A coleção permanente do museu é bem abrangente: possui desde obras de Degas, Toulouse Lautrec, Rodin, Cézanne e Velázquez a uma ótima seleção de artistas contemporâneos argentinos. E o melhor: a entrada é gratuita.

Museo de la Pasión Boquense
O estádio do Boca Juniors (mais conhecido como La Bombonera) é conhecido no mundo todo, talvez pelo fato de ser um dos poucos estádios no qual a torcida fica bem próxima ao campo. Dentro do estádio existe um museu dedicado a história do time, que mexe com as emoções mesmo de quem não curte muito futebol: é impossível não se arrepiar com a experiência audiovisual “La Pasión”, além de outras instalações e um tour pelo estádio (o valor da entrada fica em torno de 40 pesos ou 55 pesos incluindo o tour guiado pelo estádio).

 

>>>COMPRAS<<<

Winery
Não dá pra voltar de Buenos Aires sem uma caixa de vinhos né? Procure uma das lojas Winery (existem várias, em bairros conhecidos como Puerto Madero, San Telmo, Microcentro, etc), eles tem uma grande seleção de vinhos argentinos e internacionais. E não esqueça de solicitar a embalagem especial, assim fica fácil despachar no avião.

Galerías Pacífico
A conhecedíssima Galerías Pacífico é mais que um shopping, é uma atração turística que fica na famosa rua de compras Calle Florida. Além de ter lojas lindas, a galeria tem arquitetura e interiores de encher os olhos, e é considerada um Monumento Nacional. Também uma boa opção para lanche/almoço, graças a praça de alimentação.

Dica extra: dentro das Galerías Pacífico fica o Centro Cultural Borges – entre no site e confira a programação, eles tem uma programação cultural rica, como shows de tango, concertos e exposições.

Calle Florida
A Calle Florida é famosa pela quantidade de turistas em busca de artigos de couro e souvenirs. Além das lojas, existem muitos camelôs, vendendo de tudo um pouco. A Florida está longe de ser charmosa e bastante gente que visita Buenos Aires evita passar por lá. Mas se é sua primeira vez na cidade, não deixe de ir, faz parte da experiência portenha.

Avenida Santa Fé
A Av. Santa Fé é imensa: começa na Plaza San Martin e vai até a Plaza Italia, já no bairro de Palermo (onde ela muda de nome e torna-se Cabildo, mas continua bem comercial). Não é necessariamente a rua mais bonita ou charmosa da cidade, mas é uma boa pedida para fazer compras, já que lá você vai encontrar filiais de lojas como Zara, Nike e Adidas assim como marcas locais.  Caminhando pela extensão da Santa Fé você vai ter ainda outro centro de compras, o Shopping Alto Palermo, além de passar pela livraria El Ateneo.

Shopping Paseo Alcorta
Também uma boa opção pra quem está atrás do mix marcas internacionais + lojas locais. Como um bom shopping, tem de tudo um pouco: moda, praça de alimentação, eletrônicos, etc.

Shopping Patio Bullrich
Comparando com os outros shoppings da cidade, o Patio Bullrich é super pequeno, mas e de longe o mais luxuoso. Hugo Boss, Max Mara, Salvatore Ferragamo, Osklen, Diesel, Lacoste e Timberland são algumas das lojas que você vai encontrar por lá. A praça de alimentação é pequena, mas tem opções bem distintas: de McDonald’s e Starbucks a restaurantes mais chiquezinhos.

Isadora
Bijuterias, bolsas, lenços e todo tipo de acessórios de moda. Existem várias lojas pela cidade, e a variedade de estilos é bem grande.

Picnic e Picnic Kids&Pets
O forte da Picnic são os papéis de parede com estampa retrô, mas a coleção tem também produtos bacaninhas como capas para lap tops e almofadas. A marca tem também outra loja, voltado pro mundo infantil e também acessórios para bichinhos de estimação. Os jogos para berço são uma ótima opcão para os pais que querem fugir dos óbvios temas infantis nos quartos de seus filhos, e as roupinhas para cachorro são simplesmente irresistíveis.

guia buenos aires
Picnic

 

Sopa de Príncipe
Todos os simpáticos bonecos vendidos por lá, que esperam por seus futuros donos em caixas de madeira, são feitos a mão e saíram do imaginário de Verónica Longoni, dona da loja. Os brinquedos parecem ser feitos em casa, mas isso não significa falta de capricho ou atenção aos detalhes de acabamento.

Pehache 1418
A Pehache é um novo conceito de loja,  que pode ser definida como uma mistura de galeria com show room e tem como objetivo promover o design argentino. Os produtos – peças de décor, arte e moda – estão espalhados por diferentes ambientes de uma casa: você passa pela sala de estar, quarto, banheiro, e tudo que vir está a venda.

guia buenos aires
Pehache 1418

 

Maria Cher
Loja de roupas femininas, todas desenhadas pela estilista Maria Cerñajovsky. Existem vários pontos de venda na cidade, mas o showroom de Palermo é a flagship store da marca

Casa Chic
A loja é um charme, com uma vibe bem feminina. A coleção é um mix de roupas, acessórios e objetos de decoração.

Livraria El Ateneo
A livraria, que ocupa o espaço que um dia foi um teatro (fica fácil descobrir isso ao entrar lá) foi eleita pelo jornal The Guardian como uma das dez mais bonitas do mundo. Ótimo passeio não apenas para os ávidos leitores mas também pra quem curte arquitetura.

El Ateneo
El Ateneo

 

Feira de antiguidades de San Telmo
O bairro de San Telmo é conhecido justamente pela feira de antiguidades que acontece todos os domingos das 10 às 17 horas.  Como toda feira do tipo, é preciso de calma e paciência para encontrar peças legais, que realmente valham a pena. Um dos produtos mais comprados pelos turistas são os sifões de água – é quase um souvenir portenho!

 

>>>BARES, CAFÉS & RESTAURANTES<<<

a’Manger
Restaurante no Palermo especializado em pinchos (pequenas porções, como as tapas espanholas) e picadas (tábuas de frios). Servem também pratos individuais.

Los Inmortales
Uma das pizzarias mais tradicionais da cidade, que completou 60 anos anos em 2012. Existem 5 endereços, mas tente ir na da Av. Corrientes. Além da pizza, peça também uma porção de Fainá, massa feita com grão de bico.

Fainá, para pedir com pizza
Fainá, para pedir com pizza

 

Cabaña Las Lilas
O Cabaña Las Lilas não é famoso por acaso: foi ali que comi a melhor carne da minha vida, mas paguei bem caro por isso. Os proprietários são os mesmos do tradicional Rubayat (que fica em São Paulo), e tanto o atendimento quanto a decoração são impecáveis. Uma experiência que dói no bolso, mas vale demais a pena – chegue mais cedo e caminhe pelo delicioso “calçadão” de Puerto Madero.

Siga la Vaca
Outro restaurante de parrilla em Puerto Madero, um dos favoritos dos turistas brasileiros. O bom aqui é que o preço é fechado e você come a vontade.

Café Tortoni
O Tortoni foi considerado pelo UCityGuides um dos 10 cafés mais bonitos do mundo – o espaço é mesmo lindo, além de ser uma espécie de túnel do tempo graças a decoração que mantém o aspecto original e da atmosfera que evoca os antigos frequentadores, como García Lorca e Jorge Luis Borges. Entre nem que seja pra tomar um cafézinho – ou fique para uma apresentação de jazz ou tango, que acontece no subsolo.

Café Tortoni
Café Tortoni

 

Las Violetas
O Las Violetas é um daqueles cafés suntuosos, cheios de história, que precisa ser visitado não apenas por causa da refeição, mas pela sua história. O lugar, que tem 125 anos, chegou a ficar fechado durante 3 anos, mas por sorte foi reaberto em grande estilo e continua na ativa. Mesmo que você não vá lá para almoçar, pegue uma mesa e se delicie com os doces.

Gran Bar Danzon
O Gran Bar Danzon é famoso por seu wine bar, que oferece não apenas uma ótima seleção de vinhos argentinos  mas também uma ótima seleção de coquetéis. Caso a ideia seja emendar os drinks com um jantar, o menu japonês é uma excelente opcão. O interior é todo iluminado por velas e tem uma atmosfera bem romântica.

guia buenos aires
Gran Bar Danzon

 

Pipí Cucú 
O restaurante Pipí Cucú é um daqueles lugares que fazem a gente vibrar quando o “descobrirmos”: lá dá pra comer bem, barato e ainda por cima tem uma decoração muito bacana, cheia de peculiaridades e toques divertidos, como cadeiras e talheres díspares. Esse mix é que faz do Pipí Cucú um lugar tão especial.

guia buenos aires
Pipi Cucu

 

La Biela

Um típico café portenho em um dos bairros mais tradicionais da cidade, a Recoleta. Junte-se aos locais e sente sem pressa para tomar um café (ou vários) ou chá e comer a deliciosa medialuna argentina.

La Biela
La Biela

 

Café de los Angelitos (com show de tango)
Pode soar como furada turística, mas ver um show de tango durante o jantar é um programa divertido e não tem como não ser tomado pela emocão do tango. O Café de los Angelitos oferece um preço fechado, que inclui entrada, prato principal e sobremesa.

El Viejo Almacén (com show de tango)
Um dos lugares mais conhecidos para o combo jantar + show de tango, localizado no Palermo. É possível solicitar a reserva pelo site, o valor também é fechado (eles tem menu vegetariano).

L’Orangerie – Alvear Afternoon Tea
Um programa um tanto quanto inglês: tomar um chá da tarde no restaurante L’Orangerie, que fica dentro do lindíssimo Alvear Palace Hotel. Um programa pra quebrar a canseira das andanças – e adicionar um toque de luxo a viagem.

Campo dei Fiori
Esse restaurante italiano é recomendado pelos locais, já que além da massa de excelente qualidade ele é um pouquinho (mas bem pouquinho) afastado da rota turística. Vale a pena conhecer e “dar um tempo” da parrilla argentina! A cozinha é envidraçada e fica a vista dos clientes.

Plaza Mayor
O Plaza Mayor fica  em frente ao Campo dei Fiori mas é mais famosinho, pois caiu no gosto das celebridades internacionais que visitam Buenos Aires, como a Lagy Gaga. O restaurante é espanhol, não apenas no menu mas também na decoração de atmosfera vibrante.

Sucre
O Sucre caiu no gosto dos brasileiros por causa do ambiente moderno e do menu bem variado, que oferece de massa a frutos do mar e grelhados. Caso você queira ir apenas pra matar a curiosidade, não precisa almoçar/jantar: observe o movimento tomando um drink no bar.

 

>>>HOTÉIS<<<

Own Hotel
O Own Hotel é perfeito pra quem quer curtir o burburinho de Palermo Hollywood, pois fica no coração do bairro, perto de lojas e restaurantes bacaninhas. O hotel promete atendimento individualizado e até oferece personalização da decoração do quarto caso seja o desejo do cliente.

guia buenos aires
Own Hotel

 

Faena Hotel+Universe
O sucesso do Faena se deve principalmente ao nome do designer por trás do projeto de interiores: o francês Philippe Starck. O décor opulento e dramático está por toda parte: nos chandeliers de cristal, na cor vermelha, nos móveis de época misturados a algumas peças chave desenhadas pelo próprio Starck. Isso, é claro, custa caro. Uma média de 500 dólares é o valor para mergulhar no mundo starckiano. A boa notícia é que é possível vivenciar um pouco do hotel sem ser hóspede: aí que entra a palavra “Universe”. Existem vários ambientes abertos para o público, sem falar que os funcionários estão super acostumados com os visitantes ocasionais, apaixonados por decoração e design que não resistem a uma espiadinha.

guia buenos aires
Faena

 

Hotel Querido
O Querido é um Bed&Breakfast de apenas 7 quartos, todos com banheiro privado e WiFi gratuito. Os donos recebem todos os hóspedes com ótimas dicas da cidade, e o atendimento funciona 24 horas todos os dias.

Mio Hotel
A tradição e o luxo do bairro de Recoleta é pano de fundo para o hotel boutique Mio. Esse é o hotel perfeito pra quem gosta de ser paparicado: cada um dos 30 quartos possui uma banheira imensa, cafeteira Nespresso, produtinhos L’Occitane e, é claro, WiFi gratuito.

BoBo
Hotel e restaurante no Palermo, um dos primeiros da cidade a entrar na onda dos “hotéis boutique”.  O hotel foi recentemente reformado e passou de 7 a 15 suítes.

Todos os locais citados aqui estão no mapa abaixo (clique para abrir no Google Maps):


View Mini guia de Buenos Aires – Aprendiz de Viajante in a larger map


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


44 COMENTÁRIOS

      • Dicas muito boas e muito bem organizadas, mas em relação a compras em Buenos Aires, sei que tem praticamente todas as marcas que tem no exterior e com um preço menor que o nosso no Brasil. Mas lá, você encontra tamanhos grandes para roupas (tipo que se encontra nos EUA) ou só tem os tamanhos normais iguais aqui no Brasil (que quando muito tem tamanho GG).
        Abraços e ótimas DICAS para todos

  1. Heloisa, já fui 4 vezes a Buenos Aires e cada vez que vou descubro algo novo, é uma cidade que quanto mais você explora mais encontra coisas. Algumas dicas que posso compartilhar é:

    Se você quer um hotel bom e barato, Olmo Dorado é simples, e bem familiar http://www.malapronta.com.br/hotel/olmo-dorado-wellness-business-hotel, eles te indicam um tour que vale a pena pagar um pouco mais para fazer que é tour pela cidade + almoço navegando pelo rio da prata. Se você ainda tiver tempo pode pegar o ferry boat que custava 56 pessos e ir a Buenos Aires a Colonia del Sacramento (Uruguai), que fica 1 hora de Montevidéo (Uruguai). É um passeio muito bonito e que vale pois o custo é barato e você consegue conhecer 2 paises e 3 cidades lindas.

    Em Puerto Madero tem um restaurante próximo ao Siga la Vaca que é mais barato e tão bom quanto, para ser mais Soffee, o dono já morou no Brasil e sabe bem como agradar os brasileiros.

    Se você curte pão doce, não deixe de dar uma passada também em La Boca, ao lado da quadra de futebol, existe uma padaria muito bonita, que tem deliciosos folhados doce.

    • quanta dica boa Rafael! valeu por compartilhar! realmente Buenos se renova muito rapidamente no quesito lojas/restaurantes, o cenário sempre muda!! bj grande e muito obrigada

    • Oiiiii ! vou pela primeira vez a buenos aires, e gostaria de saber algumas dicas essenciais, pois estou meio perdida .. rs Obrigada!

  2. Olá! Adorei o blog, parabéns a todos! Super fácil de encontrar informação e coisa boa de se ler. Obrigada!!

    Bom estou indo a Buenos Aires na semana que vem. Também iremos a Mendoza. Alguma dica de lá? Beijos!

  3. Não ande no Metro. Perdi minha Nikon num golpe de gang mesmo.Embarquei numa estação proxima da Florida.Tinham poucas pessoas no trem.Começa o percurso e não sei de onde um sujeito vem pra cima de mim, e passa mal e vomita nos meus pés. Todos abrem espaço para o sujeito cambelar para lá e para cá.E o sujeito continua assim espalhando-se pelo vagão.Nesse tumultuo todos se juntam num canto e noutro.Descemos do trem na primeira estaçao,sinto a falta de minha camera que estava guardada em minha bolsa a tiracolo com ziper fechado.Dias depois estou na La Martina comento o assunto.O vendedor diz “Vi essa reportagem na Tv ontem. É um novo golpe que estão pregando no metro,um sujeito finge que passa mal e o vomito é falso,ele comrpime uma bolsa debaixo do braço e finge ser epileptico!”.Perdi a camera mas as fotos não,trocava o chip todo dia.Fica a dica.

    • Nossa!!
      Aconteceu algo bem parecido comigo. Eu e meu marido pegamos o metrô na estação próxima ao Congresso e quando saltamos duas estações depois, nossa câmera filmadora Sony havia sido furtada dentro do metrô, que estava lotado!
      Uma pena. Isto quase esteagou a nossa viagem.

  4. oi Helo,acredito q vc pode ser uma boa pessoa para me dar dicas de buenos aires,quando estive de passagem por lá indo para o chile não tive boa impressão,mas estou pretendendo ir em julho deste ano para buenos aires e pretendo ficar próximo ao centro e preciso de dicas de quem conhece bem,dicas de:restaurantes preços bons e comida boa,lugares para compras (de tudo um pouco) tipo a jonson´s,falabella,Ripley (chile) bons preços,onde tem shopings legais,enfim…um conselho de quem já esteve mais de uma vez por lá,agradeceria muito se puder me ajudar 🙂 fico no aguardo de uma resposta ok? muito obrigado.

    OBS: não sou muito fã de tango.

  5. Olha outra coisa linda e uma loja de vinhos que esta em Buenos Aires, bem do estilo antigo mais com muitisimas etiquetas de vinhos que nao chegao ao Brasil.

    Outra Dica de Buenos Aires. Poder participar de uma degustação de vinhos sofisticada, mas não formal.
    Muito indicado para casais em viagens românticas, mas também para famílias, curiosos e grupos de amigos. A apresentação (em portugués e ingles) das bebidas é divertida e envolvente. Esqueça a figura do enólogo chato.
    O Passeio pelos sabores é acompanhado de comidinhas e você pode repetir as taças.
    No final, dá para comprar os rótulos apresentados e outras opções. Os preços são interessantes, há desde garrafas baratas até vinhos mais caros mas bastante sofisticados, de lotes reservados.

  6. Eu amo Buenos Aires! Fui duas vezes e não vejo a hora de voltar… Na primeira vez fiquei no Hotel Republica Wellness & Spa, exatamente em frente ao Obelisco. A localização é perfeita, perto de tudo e de fácil acesso ao que não é tão perto.
    Achei as diárias bem baratas e é tudo muito limpo e novo, o quarto tipo deluxe tem uma vista linda! Fui com o meu namorado, mãe e pais dele, todos adoraram! Vale a pena ;D

    Um passeio que gostei muito foi o de barco pelo Rio Tigre, é maravilhoso!! A gente vê um outro lado da Buenos Aires e região, leva uma manhã inteira, mas é super proveitoso, recomendo 🙂

  7. Muito legais as dicas, à exceção do siga la vaca, que é um dos piores restaurantes que já fui na vida. gostaria de matar o brasileiro que inventou que isso é um must-go lá de buenos aires, e desejo uma morte lenta e dolorosa tb pra aquele que inventou que ir no zoológico de lujan é imperdível! deusmelivre, não caiam nessa roubada!!

  8. Oi gente, que delicia de dicas! Pretendo conhecer Buenos Aires em breve e vou anotar tudo. Muito obrigada! Parabéns, pela página, Heloisa! Sucesso!

  9. Ameiiiiiiiii me preparando para conhecer de verdade Buenos Aires, pq qdo fui no começo do ano foi simplesmente um diazinho só, numa das paradas do cruzeiro que fazia então não deu pra conhecer nada, só ver tudo.

  10. En Buenos Aires hay mucho mas que eso. Pasear por lo Lagos de Palermo,por Los Rosedales, en Palermo tambien, Paseo de la costa en Vicente Lopez, Puerto madero, Iglesia Redonda en Belgrano, Caminar por Palermo holiwood, Los comercios de la Avenida Cabildo, en Belgrano. Uf, Buenos Aires tiene todo lindo para conocer.

  11. Olá!! vou pela 1° vez a Buenos Aires, to preocupada porque vou com meu marido que é idoso, 78 anos ele gosta muito de tango, quero ir á ´vários lugares , só que ele tem dificuldade em andar, vou ter que andar de taxi . como fazer para fazer os passeios turisticos sem que eu tenha que usar metrô?. è minha 1° vez que faço viagem internacional TO CONFUSA E PERDIDA KKKK

  12. Olá! Sou arquiteta e amei o site! Ótimas dicas!!!
    Estou indo para lá quinta-feira agora!
    As dicas já estão entrando no meu roteiro. 🙂
    Qual o endereço da El Ateneo?
    Soube que tem duas lá em Buenos Aires… E quero ir para esta da foto que você postou.
    Obrigada!!!
    🙂

  13. Boa tarde, Heloisa! Embarcaremos no próximo dia 07 e seu suas dicas foram imprescindíveis para a finalização de nosso roteiro. É nossa primeira viagem pra lá e e estamos muito ansiosos! Voltaremos em breve para deixar nossas considerações sobre o passeio. Obrigada por compartilhar suas experiências. Um beijo.

  14. Ola ! Adorei suas dicas , gostaria de saber se conhece o hotel esplendor palermo se é um local bom para se hospedar . Esse Tango no Tortoni precisa reservar? obrigada

  15. Passei 10 dias em Buenos Aires durante Janeiro/2015. Fui com meus pais e fizemos programas bem família.
    Ficamos em San Telmo no hotel Scala que é excelente. Fomos a feira de San Telmo (domingo), teatro Colon, Jardim Japonês (é lindo!), Cemitério (curioso), feirinha da Recolete (sábado), zoológico no centro de Buenos Aires mesmo, Zoo Lujan (particularmente não gostei e não recomendo), Calle Florida, Tango no Café Tortoni, Lá Boca e diversos restaurantes.
    De modo geral a cidade é bem planejada e com bela arquitetura. Tem muitos taxis, mas a grande maioria de carros velhos e mal conservados, ar condicionado era luxo (rs). O atendimento portenho de modo geral também achei muito ruim, em 10 dias, em apenas 2 ou 3 restaurantes fomos bem atendidos, de resto, tudo foi muito demorado e nenhum pouco cortes. Fiquei bem decepcionada com a cidade diante de tudo que já ouvi falar.

  16. Olá! Eu amo Buenos Aires! Já estive lá por 2 vezes (uma em 2006 e outra no ano passado), e sempre tive dias ótimos e tranquilos por lá! Na primeira vez fiquei no centro, perto da Florida, mas não recomendo, pois se quiser sair à noite, sempre terá que ir de táxi… Quando fui no ano passado fiquei em um hotel em Palermo, chamado Infinito Hotel, super novinho, clean e moderno, e não era tão caro. Recomendo! Para quem gosta de arte, não deixem de ir no MALBA, que é lindo por fora e por dentro. Para quem gosta de parques e dar um descanso depois de bater muuuita perna, dê uma passadinha no Jardin Japonés, que fica bem pertinho deste museu, é muito bonito e agradável. E da última vez que estive por lá, fui em um restaurante muito fofo e todo vintage, chamado Malvón, entrada mais prato principal e bebida, preço super em conta e comida boa 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui