O que fazer em Austin, a capital do Texas

47

A maioria dos brasileiros que já encontrei por esse mundo afora já ouviu falar em Houston e Dallas, duas das maiores cidades do Texas. Mas quase todos se supreendem ao saber que nenhuma das duas é a capital do Estado. A capital é a minha atual cidade, Austin, a ovelha negra do Texas e a queridinha do pessoal descolado nos EUA.

Mas como assim ovelha negra, você se pergunta. Além de ser a capital do Texas, Austin é uma cidade universitária, sede da Universidade do Texas, onde fica o campus que abriga 50 mil alunos em cursos de graduação e pós-graduação. É um dos maiores campus universitários do país. Essa quantidade de gente jovem vinda de todos os lugares e o professorado garantem à cidade uma forma de ver o seu estado, país e o mundo já bem diferente do resto do Texas. Austin é a cidade mais progressista do estado, vota diferente do resto das cidades texanas, foi a primeira a ter um programa de reciclagem, não permite o fumo em nenhum local público, tem um forte movimento de comércio e cultura local, chamado Keep Austin Weird (algo como Mantenha Austin Estranha). Tem uma cena artística e musical fortíssima, e atraiu um monte de empresas de tecnologia que abriram operações aqui (AMD, Apple, IBM, Dell, Facebook, Blizzard, só pra falar de algumas). O famoso mercado Whole Foods espalhado pelos EUA foi criado e tem a sua sede em Austin.

É a quarta cidade mais populosa do estado e a 13a nos EUA. É uma cidade que pratica esportes em massa, o ciclismo aqui é fortíssimo (o Lance Armstrong mora aqui), triatletas e eventos esportivos acontecem o ano todo. Eventos de música gigantescos como o South by Southwest e o Austin City Limits atraem legiões de bandas e fãs de música para cidade anualmente (em março e setembro respectivamente). É uma das cidades que mais cresce nos EUA (foi a terceira cidade em crescimento no país entre 2000-2006!), foi eleita ou ficou nos top 10 várias vezes de melhor cidade para morar no país, e foi a cidade número 1 a “sair da crise” de acordo com alguns relatórios internacionais. Quem gosta de Fórmula 1 vai ouvir falar mais da cidade, porque um dos grandes prêmios do circuito vai acontecer aqui. Os texanos tradicionais conservadores acham os austinites moderninhos demais, esquisitos demais, daí essa história de ovelha negra.

Clima: Pra quem se animou de fazer uma visita à capital esquisita do Texas, é bom prestar atenção no clima que vai de friozinho suportável no inverno ao quente-forno-sauna do verão. No inverno a temperatura dificilmente chega a zero, quase nunca neva (e quando neva é uma piada), e dependendo do ano você pode estar de bermuda e camiseta lá fora fazendo um churrasquinho. Mas de um modo geral faz um friozinho, temperatura entre 5-15 graus, nada assustador. Primavera e outono são as melhores épocas em termos de temperatura, o outono é melhor porque não tem as tempestades que podem ocorrer na primavera. O verão é um calorão de rachar, temperaturas diariamente acima de 38 graus. Veja o clima de Austin mês a mês no weather.com.

Clima em Austin, gráfico do site weather.com
Clima em Austin, gráfico do site weather.com


Localização: Austin fica na área central do Texas (“no coração do Texas” como eles gostam de dizer por aqui), de carro até Houston são 3h, até San Antonio são 1h30 e até Dallas, 3h30 de viagem.

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.


View Cidades do Texas in a larger map

Pontos turísticos de Austin: Agora que você sabe um pouco mais sobre a cidade, você pode estar se perguntando o que tem de interessante para fazer em Austin. Vamos lá:

– o Capitólio do Texas: é mais alto do que o Capitólio Federal em Washington DC, fica em downtown na Congress Avenue. É lindo, você pode entrar, e tem jardins também muito bonitos. As crianças adoram correr no gramado por lá. Como é a sede do governo do estado, tudo quanto é manifestação ocorre no capitólio, então é comum você ver algum protesto acontecendo. A visita é grátis.

O Capitólio de Austin, sede do governo do Texas


– o Zilker Park: é o maior parque de downtown, abriga o Jardim Botânico e a piscina natural Barton Springs, que é formada por uma nascente e tem a água geladíssima. Tem um bom playground para as crianças com um passeio de trenzinho pago à parte. Muitos festivais acontecem no Zilker, como o de pipas e o Austin City Limits, festival de música que atrai 70 mil pessoas por dia em setembro. Você pode também alugar canoas e caiaques pra passear no rio Colorado que corta o centro da cidade. A visita ao parque é grátis, mas o Jardim Botânico e Barton Springs são pagos à parte, e o estacionamento é pago (mas baratinho).

O Gabe, a Julia e o meu irmão encarando a água geladíssima de Barton Springs, no Zilker Park


Hike and Bike Trail: é uma trilha para caminhada e bicicletas à beira do rio Colorado. É uma trilha bem bonita, bastante arborizada, com belas vistas do skyline da cidade. Ótimo lugar pra um passeio! Grátis.

Austin downtown, vista de um trecho da Hike and Bike Trail


6 Street: a rua mais badalada de Austin, onde ficam os bares de música ao vivo que tem shows todas as noites, de tudo quanto é tipo de música. Gente de todas as idades passa a noite de bar em bar bebendo e ouvindo as bandas tentando sua sorte. Cada bar determina seu preço, alguns cobram entrada, outros não. Duas vezes por ano a rua é fechada para o Pecan Street Festival, com muitas barraquinhas de comida, shows de música ao vivo, e artesanato local. Fica lotado.

A 6 Street em dia de Pecan Street Festival.


Morcegos de Austin: uma cidade com fama de esquisita tinha que ter uma atração estranha, certo? Uma colônia de mais de um milhão e meio de morcegos vive embaixo da Congress Bridge, que é a ponte que liga a Congress Ave de norte a sul. Todos os dias de abril a outubro (com o pico no mês de agosto) os morcegos saem para se alimentar ao anoitecer, e essa revoada é uma verdadeira nuvem de morcegos. Você pode apreciar a saída dos morcegos de cima da ponte, das margens do rio, de um Bat Cruise (cruzeiro no Lady Bird Lake pra ver os morcegos!) e de alguns restaurantes ali perto (mas o melhor lugar é o gramado chamado “observatório”, na margem sul). Nem sempre os morcegos saem, nós tivemos que ir quatro vezes pra finalmente conseguir vê-los (mas conheço gente que viu de primeira). Você pode ligar para a Bat Hotline pra saber as previsões de horário 512-416-5700 ext. 3636 (viu como o negócio é organizado!). Grátis, a não ser que você decida ir no passeio de barco.

A Congress Bridge é a “ponte dos morcegos” e essa área na margem sudeste do rio é o ponto de observação oficial


SoCo: abreviação de South Congress, é uma área ao sul do rio Colorado ao redor da rua de mesmo nome que foi recentemente revitalizada e virou point, com muitas lojinhas cool e bons restaurantes. Os hotéis pequenininhos e charmosos agora são disputadíssimos. Grátis.

– campus da Universidade do Texas: no coração da cidade, norte do Capitólio, você pode passear por um dos maiores campus universitários dos EUA, e ver a torre principal iluminada com luz laranja, a cor da universidade, em dias de jogo do time de futebol americano da universidade, os Longhorns. Grátis. Eu ainda não consegui ir a um jogo dos Longhorns, os ingressos são disputadíssimos.

Whole Foods Flagship Store: é a loja #1 da rede de supermercados Whole Foods, nascida aqui, e tem um monte de comidas prontas e sorvetes deliciosos para comer na hora. Se você nunca ouviu falar nesses mercados, eles são famosos por venderem produtos naturais, ecologicamente corretos e orgânicos (nem tudo lá é orgânico, mas eles tem regras sobre que tipo de produtos vendem – sem determinados químos, conservantes, etc- e grande parte dos produtos industrializados que você vê em supermercados tradicionais é barrado das prateleiras do Whole Foods). Pra olhar e grátis, mas não me responsabilizo pelo quanto você vai gastar lá dentro 😉

– assistir a um jogo da liga de roller derby: se você não tem a menor ideia do que seja isso, assista o videozinho abaixo que fiz no jogo que a gente foi ver, e leia o post aqui.

– coisas de cowboy: tem rodeio todo ano em março (mas eu nunca consegui ir, porque bate com a programação do South by Southwest) e pra quem quer ver aquelas danças de cowboy, onde todo mundo dança igualzinho (e aprender a dançar!) tem a Broken Spoke (eu não curto coisas de cowboy, mas é divertido e muito autêntico, veja meu post).

Country autêntico no Broken Spoke
Country autêntico no Broken Spoke


Thinkery: o museu de crianças da cidade é um ótimo lugar pra levar os pequenos. Não é um museu enorme como o de Chicago ou Houston por exemplo, mas é bem interessante e bem cuidado. São diversas áreas que estimulam a ciência, matemática, música, e o mundo ao nosso redor, tudo através de brinquedos e atividades lúdicas. Perfeito pra um dia muito quente ou frio.

A área com experimentos de iluminação do Thinkery
A área com experimentos de iluminação do Thinkery


Mount Bonnell: com um pouco mais de 200 metros de altura, é o ponto culminante dessa cidade plana. A vista lá de cima é bonita, principalmente do rio, mas pra ver o skyline da cidade tem que fazer um malabarismo e subir numas muretas, pular uma grade e tal. Estava bem largado quando visitamos há alguns anos, com lixo no chão, grades quebradas, não achei muito legal e não costumo recomendar. Vá por sua conta e risco, se estiver com muita vontade de ver a cidade de cima.

Austin vista do Mount Bonnell, mas pra ter essa vista você precisa fazer uns malabarismos


Food tour: se você gosta de comer bem e descobrir ótimos restaurantes nos lugares que visita, faça um food tour com a Austin Eats. Tem vários tipos de food tour, mas o básico pra quem nunca fez um: você vai de restaurante em restaurante, comendo um pouquinho em cada lugar, a comida está incluída no preço do tour e às vezes a bebida também (os tours podem ser a pé em downtown, de van pela cidade, de bicicleta elétrica, indo a food trucks ou a restaurantes, ou uma combinação dos dois), eu fiz um pelo East Side, usamos bicicletas elétricas, e foi uma delícia. Super recomendado!

Food tour com a Austin Eats
Food tour com a Austin Eats

– fazer um tour de arte de rua pelos muitos murais da cidade, parando pra comer nos food trucks e de quebra conhecendo várias vizinhanças de Austin.

Um dos muitos murais bacanas de Austin
Um dos muitos murais bacanas de Austin


Fora de downtown:

– Lago Travis: um dos reservatórios da cidade, enorme, onde os moradores vão passear de barco. Você pode alugar um barco por um dia ou algumas horas. Se quiser apenas apreciar a vista do lago, o melhor lugar pra isso é o restaurante Oasis, que fica no topo de uma colina e tem uma vista imbatível do pôr-do-sol. A comida lá não é essas coisas, então recomendo que você vá pra fazer um happy hour e depois jante em outro lugar.

Hamilton Pool: é uma reserva florestal com uma gruta, cachoeira e lago lindos. Fica 30 milhas (48km) oeste da cidade, e é um passeio muito bonito. No verão fica bem cheio e tem um limite de pessoas que eles deixam entrar, então é bom chegar bem cedo ou no finalzinho do dia.

A piscina natural Hamilton Pool, a oeste da cidade. Nesse dia a cachoeira estava quase seca


Wildflower Center: é como um jardim botânico, mas de flores silvestres nativas. Fica lindo na primavera, coloridíssimo. 17km do centro.

O Wildflower Center todo florido em abril, época da primavera


passar a noite em uma casa na árvore e fazer zipline na cidade de Spicewood, 1 hora de Austin. É uma experiência incrível, são 4 casas na árvore que você pode alugar, nós ficamos na The Nest que tem 2 quartos e até cozinha.

Passamos a noite nessa casa na árvore
Passamos a noite nessa casa na árvore


– o NLand surf park é um paraíso pros surfistas, uma das maiores piscinas de ondas do mundo especialmente para surf. Não é um parque aquático para tomar banho, e sim para surfar. Quem imaginava que dava para surfar no Texas?

Pegando onda no Texas no NLand surfpark


Leia nos próximos posts: onde comer em Austin, onde ficar em Austin e pro brasileiro consumista que existe em você, compras em Austin, incluindo um mega-outlet que é o sonho de todo brasileiro que vem fazer compras nos EUA.


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


47 COMENTÁRIOS

  1. Caramba, não imaginava que tinha tanta coisa para fazer em Austin 🙂
    Adorei, ela e Sto. Antonio estão na minha listinha já tem tempo, de repente quando a gente voltar para a America do Norte.
    bjos

    • Até lá eu vou acrescentar vários itens à essa lista 🙂 Tem um monte de lugares que eu ainda não visitei e que vou em breve, dá até vergonha de morar aqui e nunca ter ido…venha sim, lugar pra ficar você tem!

      • Eu gostaria de saber a possibilidade de falar com VC por email. Queria fazer algumas perguntas. Eu acompanho vc tuas matérias são lindas. Obrigado Deus abençoe Ricardo e família

    • Mari, exatamente o que eu estava falando pro meu marido…tem muito brasileiro passando por Dallas e Houston, então dá pra esticar até Austin e San Antonio 🙂 Vou postar muita coisa sobre todas essas cidades em breve! Bjs!

  2. Oiee Luciana,

    Bem, como falei no facebook, nada melhor do que comentar no próprio post. Como já deixei minha contribuição em Aruba, dei um pulinho em Austin. 🙂

    Confesso que nunca tinha ouvido falar..rsrsrs e desde que começou a postar venho acompanhando, incrível como o EUA surpreende!!! A cidade parece ser interessante, se neste post já pareceu ser bem divertida, imagina quando conhecer a cidade toda?? 🙂 🙂

    Beijo grande, estarei de olho nas suas aventuras familiares, que como sempre são inspiradoras! Ah! também adoro uma viagem de carro! 🙂

  3. Olá, Luciana! Poderia me adicionar no facebook, preciso de umas dicas urgentes, vou para Houston dia 16 agora e nem tenho noção do que visitar. Aguardo seu contato. Muito obrigada e parabéns pelo blog!

  4. Luciana,
    Achei o máximooooo seu blog! Vc escreve muuuito bem, é super detalhado, prático e cheiooo de dicas!
    Me ajudou muito, pois vou à trabalho e depois ficarei alguns dias na cidade para conhecer melhor!
    Obrigada!!!!

  5. Oi Luciana, muito bom seu blog. Vou visitar Austin pela terceira vez para conhecer minha netinha que vai nascer em outubro. Na sua foto do Barton Springs, Zilker Park, o rapaz segurando a meninha e igualzinho ao meu filho Andrew que mora ai em Austin. So que ele tem um menino de 2 anos e meio, pensei que poderia ser a filhinha de algum amigo que ele segura.
    Abracos e obrigada pelas informacoes.
    Esmenia

  6. Oi Luciana,
    Minha esposa, minha filha de 4 anos e eu vamos ficar alguns dias em San Antonio e vamos um dia para Austin. O que você sugere de conhecermos em um dia?
    Obrigado. Abc.

    • Fabio, vá andar por downtown, dê uma passada no Capitolio, um passeio na beira do rio pela Hike and Bike Trail, passe no Zilker Park e leve a sua filha ao playground. Se estiver muito quente, chovendo ou muito frio, aproveite para levá-la ao Children’s Museum, ela vai amar.

  7. Oi Luciana, tudo bem?
    Meu marido esta sendo expatriado para Austin e como ja deixei meu trabalho, tenho lido um pouco sobre a cidade para ir me familiarizando um pouco….ainda nao conheco Austin e devo ir nas proximas semanas procurar casa e escola para meus filhos (de 4 e 2 anos). Acho que ate final de setembro nos mudamos….Adorei o blog e pelo visto, voce gosta bastante da cidade!
    Um abraco
    Priscilla

  8. adorei o seu blog, mas vc não falou nada sobre compras em Austin. Tem lojas boas como Houston? Outlets???? ou compensa ir para outras cidades???

    • Afonso, pode fumar na rua, mas não pode fumar a menos de 15 pés de nenhuma porta de estabelecimento comercial por exemplo, então tem que prestar atenção onde você está e o que tem ao redor.

  9. nossa legal eu pretendo ir morar ai e fazer minha faculdade se voce poder de dar uma dica se ai é barato para morar de aluguel por uns meses voce me fala ou saber de intercambios bons por favor voce arrebenta

    • Julio, barato não é não, Austin é uma cidade que está crescendo muito e os aluguéis estão bastante disputados. Logicamente é mais barato do que morar em Nova York, mas não diria que é barato. As faculdades costumam indicar lugares pros estudantes por perto da faculdade mesmo, eu não tenho essas dicas de moradia porque não é uma área interessante pra quem tem filhos como eu, então nunca procurei nada por ali e nem conheço gente que more nessa área…eu tenho um post sobre escolas de inglês em Austin, aqui: http://luciana.misura.org/2013/05/29/dicas-para-estudar-ingles-em-austin/

  10. Parabens! Escreve muito bem e claro, ja apaixonei pelo local.
    Vou para os EUA com a familia de 26/12 a 10/1. Ja conheco bem a florida, california e ny city. Agora queremos conhecer o texas. Austin seria indicado para o reveillon?

  11. Oi Luciana, tudo bem ?
    Abusando da sua boa vontade em nos contar tudo, me diga: Austin é um bom lugar para se ir durante o carnaval ?
    Moro no RJ e sempre fujo neste período.
    Me parece que a 6th Street lembra muito a Bourbon Street de New Orleans, que eu curto bastante.

    Como fica a cidade durante o Carnaval ?

    Não me diga que tem samba !!!

    Abs.

  12. Olá Luciana! Obrigado por compartilhar suas experiências!
    Estou começando a segui-la agora e acredito não ter lido tudo ainda… Você já falou sobre escolas de educação infantil / fundamental em Austin? Há escolas brasileiras por aí?

    Obrigado
    Fernando

  13. Oi Luciana, gostei muito de seus comentários, bastante esclarecedores. Eu e meu marido estamos pensando em nos mudarmos para Austin. Temos dois filhos (10 e 14 anos) Qual melhor bairro para viver? Com escolas para ambas idades e que seja propício para familias com criancas. Obrigada,

  14. Luciana,

    Quantos dias você indica ficar em Austin?
    Que bares com música ao vivo você indica?
    Novembro é um bom mês para conhecer Austin?

    Desde já agradeço,

    Fernanda

  15. Luciana,

    tudo bem?
    Procurando mais informações sobre Austin cheguei no seu blog, muito legal, parabéns!
    Meu namorado está indo fazer PhD na UT, vai ficar 5 anos por aí, e eu devo passar os primeiros 3 anos na “ponte aérea”… Vamos fazer a mudança dele no fim de julho/começo de agosto, serão 15 dias e eu tô super perdida em relação à quantia que devo levar, você tem alguma ideia de gasto diário? Sem grandes compras e sem hotel.

    Continuarei acompanhando aqui.
    Muito obrigada,
    V

  16. Oi Luciana!!
    Minha filha está em Austin fazendo um intercâmbio. Preciso de dicas para ela se locomover lá, pois não há ubber e os taxis circulam somente no centro, é verdade??
    Ela mora com uma família no subúrbio.
    Poderia me ajudar, por favor??

  17. Olá Luciana. Parabéns pelo blog e textos. Eles tem sido bastante úteis. Estou precisando muito de sua ajuda (se possível obviamente). Passarei a semana do Superbowl no Texas e no dia do Supebowl (05/02) estarei em Austin. Ficarei hospedado no downtown e gostaria de indicações de restaurantes / barzinhos bons para assistir ao jogo ? Você conhece alguns ? Poderia me enviar algumas dicas para este dia tão especial.

    Abraço e parabéns mais uma vez

  18. Muito legal, so que aquele comentario de que em Austin faz um ” friozinho”, pegamos -7 com sensação termica de -12, nos dias 06 e 07/01/2017, frio de congelar o nariz e as orelhas.

  19. Eu nem sabia da existência dessa cidade, mas depois de ler sobre ela, já até entrou para a minha lista de viagens só pelas fotos

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui