Praga: dicas práticas

33
dicas de praga

Apesar de Praga ser uma cidade facílima pra turistar, sempre é bom ter algumas dicas práticas pra evitar qualquer (ainda que pequeno) problema. Aqui, uma listinha de coisas que pode vir a ser útil quando você visitar Praga:

Idioma

  • O idioma tcheco é um verdadeiro desafio para a língua: como pronunciar consoantes com acentos? Pior: acentos que nem nunca usamos (ou sequer sabíamos que existiam?)! O tcheco é bem estranho para os olhos e ouvidos, mas para alívio geral da nação de turistas, não tivemos problemas para nos comunicar em inglês – todos os restaurantes que fomos tinham cardápio inglês também. Ok, só visitamos lugares “famosos”, e não estivemos fora do centro – mas acredito que se você vai pra uma área que não é famosa para os turistas, deve já se preparar um pouco mais!
  • Muita gente fala alemão – muita gente mesmo. Então, se alguém no seu grupo (como no meu caso, minha mãe), fala alemão, fica ainda mais fácil de se comunicar.

praga

Moeda

  • Apesar de fazer parte da União Europeia desde 2004, o país tem moeda própria, a Coroa Tcheca (CZK). Na época que eu fui, novembro de 2012, a conversão estava 10 pra 1 em R$ (ou seja, divida por 10 pra saber o valor em R$) e 30 pra 1 em Euros (divida por 30 pra saber o valor em Euros).
  • Não vi nenhum lugar que aceitasse euros, então não esqueça de comprar algumas coroas antes de ir!
  • A maioria dos lugares que fomos aceitava cartão, mas umas duas vezes fomos pegos de surpresa na hora de pagar a conta – então vale a pena perguntar antes, porque vai que seu “cash” acabou ou tá meio curto né?

O Seguro Viagem é Obrigatório na Europa

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Preços

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

  • Não achei os preços abusivos, nem para souvenirs, nem para alimentação. No lugar mais caro que comemos, o Café Imperial, a conta – para 4 pessoas,  ficou em 2130 CZK, ou seja, cerca de R$53 por pessoa. Lembrando que esse foi o lugar mais caro! Geralmente, os pratos nos restaurantes variam entre 150 e 250 CZK.

Transporte

  • Como já falei nos posts anteriores, andar por Praga é a melhor maneira de conhecer a cidade. É tudo muito perto,  fácil de achar. Mas, existem 3 linhas de metrô caso você esteja cansado ou queira ir para um ponto mais distante. Aliás, as estações são bem localizadas, existe uma até que te deixa ao lado do Castelo (na linha A – verde).
  • Nós usamos o metrô pra ir no cemitério onde Franz Kafka está enterrado. Pagamos 24 CZK no bilhete que dura 3o minutos (R$2,40)

metro praga

metro Praga

metro praga

  • Conexão do aeroporto com a cidade: nenhuma das linhas do metrô chegam até o aeroporto. Você precisa pegar um ônibus no desembarque, que vai te levar até uma estação de metrô.  O ônibus 119 te deixa na estação Dejvická (linha A – verde), o 100 (que eu peguei) te deixa na estação Zličín (linha B – amarela) e 0 179 te leva até a estação Nové Butovice (linha B – amarela).  Li no site do aeroporto que há tambem um ônibus chamado Airport Express, que vai até a estação central de trem. Então, é só uma questão de ver no mapa onde é seu hotel, e verificar que linha de metrô é conveniente pra você.
  • Pagamos 32 CZK por pessoa no transporte do aeroporto até o hotel – compramos o bilhete que vale por 90 minutos, o que incluiu o ônibus até o metrô e a viagem de metrô até nossa estação.  O Airport Express custa 50 CZK.
aeroporto praga
“a gente tá aqui e vai pra cá” : )

 

  • Compramos os bilhetes num quiosque logo no desembarque, é super fácil de achar. Já aproveitamos e compramos os da volta também. O vendedor te indica da onde saem os ônibus, mas também não tem como errar: saindo do desembarque, há sinalização falando o número do ônibus, em que ponto ele para e quanto tempo falta pra chegar.

 mapa do metro de Praga

  • Praga conta também com uma rede de trams – mas nem tentei usar – alguém aí andou de tram por lá e quer deixar a dica? Achei esse site aqui com algumas informações.
  • A Ana Maria deixou um comentário contando da sua má experiência com os taxistas – também não usei táxi então gostaria muito de ouvir mais opiniões. Você pegou táxi em Praga? O que achou?

Já leu todos os outros posts que escrevi sobre Praga? Veja aqui a lista completa!


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


33 COMENTÁRIOS

  1. Estive em Praga no final de 2012 e me deliciei com os seus posts sobre a cidade. Só faço uma ressalva: no tópico de transporte faltou, a meu ver, uma dica sobre os taxis. Os taxímetros com seis tarifas diferentes e a postura não muito amigável de muitos taxistas tchecos mereceriam registro.

  2. Ohhh saudade de Praga!!!

    Estive na Semana Santa/2012. Muito frio, mas valeu a pena ver as feirinhas públicas repletas de artesanato e boas comidas.

    Quanto ao táxi, já havia lido sobre a má fama dos taxistas e não precisei usá-los.

    Tenho uma foto igual a sua na estação Staromestská (faltou o acento inexistente em meu teclado hehehe)

  3. Oi, Heloísa.
    Estou indo fazer um tour pela Europa oriental no dia 2 de fevereiro e adorei as dicas de Praga.
    Vou passar uma semana lá e queria saber se você tem alguma dica de restaurantes ou cafés para conhecer.
    Obrigada =)

  4. Cheguei em Praga ontem a noite, de trem. De fato, os taxistas daqui sao muito enrolados, coisa que eu ja tinha notado da ultima vez que estive aqui, mas achava que em 7 anos alguma coisa tinha mudado, que nada… Quando chegamos na estacão de trem, fomos ate o ponto de taxi e perguntamos quanto era a corrida ate o nosso hotel, que fica a somente 2km de distancia da estacao, me cobraram 600 coroas!! Piada, ne?? Fomos saindo e eles gritando precos mais baixos, chegaram ate a 250 coroas, que eu ate pagaria pelo cansaço que a gente tava, mas como ja tinham tentado me enrolar e eu odeio essas coisas, dei as costas e saí! Agora fica a dica: foi só descer ate o escritorio de turismo da estacao que a moça de lá chamou um taxi pra mim por 8 euros (vc ja sabe a tarifa na hora que chama o taxi), quando chegamos no hotel o taxista disse que era um pouco mais perto do que ele pensava e me cobrou so 180 coroas, bom demais! Fora que ele era super educado, totalmente diferente dos brutamontes que estavam na estacao!

  5. Quando estive em Praga pela 1a. vez, em 1997, a recepção do hotel nos recomendou (a mim e meu marido) que não pegássemos táxi, porque eles costumam ser bem desonestos com turistas. O que quiséssemos ver no Centro Histórico poderia ser visto caminhando pelas belas ruas. No caso de querermos ir ao Castelo de Praga, do outro lado do Rio Vltava, poderíamos pegar o Tram 22. E assim o fizemos. Muito, muito bom! É um “bonde”, digamos, elétrico, mas é perfeito. Quando voltei em 2011 e 2012 todas as experiências com Tram e Metrô foram perfeitas. Aliás, Praga é uma cidade perfeita!

  6. Eu fui a Praga no final de 2012 com a minha mae que tem quase 70 anos, por isso achei mais facil reservar um taxi do aeroporto pro nosso hotel, que ficava bem no centro. O servico foi otimo! Quando saimos o motorista jah nos esperava com uma plaquinha com o nosso nome e o trajeto q levou mais de 40 minutos, saiu por 16 libras (moro em Londres e reservei daqui). Na volta tbem pedi no hotel pra q nos chamassem um taxi e saiu pelo mesmo preco.
    Quanto a andar de tram, pegamos a linha 22 q nos levou ateh bem proximo do castelo e a vista quando o tram esta subindo o morro, foi linda! Saudades de Praga, quero muito voltar lah!

  7. Estive em Praga em novembro de 2013 e a cidade é mesmo maravilhosa, uma verdadeira viagem no tempo. Andamos de táxi e realmente tive uma experiência de darem voltas com a gente pra cobrarem mais. Mas na maioria das outras vezes foi razoável. O que ocorre é que a maioria dos taxistas só fala tcheco, não falam inglês nem alemão, nem outro idioma, então recomendo que andem com o cartão do hotel no bolso pra mostrarem o endereço pra eles. A comunicação é difícil, tem que ser por escrito mesmo. E pode ser que estejam dando voltas até por causa de alguma obra ou acontecimento específico e não tem como explicar pro passageiro, por conta da barreira da língua.

    • Olá, gostaria muito de saber o nome da agência q vc usou com o guia q fala Português. Estou indo com meus pais q já são idosos e será ótimo p q fiquem mais à vontade por lá.
      Agradeço desde já.

  8. Fui a Praga em setembro de 2012 com um grupo de 4 amigos. Chegamos à noite no aeroporto vindos de Lisboa. No aeroporto mesmo combinamos com a empresa que nos levaria de shuttle até o hotel na Cidade Velha. Combinamos mil coroas por passageiro. Como todos estavam muito atordoados por causa das conexões e fuso, nem fizemos a conversão. nos pareceu um bom valor rsrs. Na chegada ao hotel, o motorista ainda tentou nos fazer pagar mais pela corrida, mas falava num inglês tão enrolado que não entendíamos nada. Ele acabou desistindo!
    Descobrimos uma agência de turismo com guias que falam português e foi uma maravilha!!! Fizemos um tour guiado pelos principais monumentos, fábrica de cristais e a fábrica de cerveja em Pilsen. Combinamos com eles a volta pro aeroporto.

    • Boa noite Christiane Vasques !!

      Gostei das suas dicas. Tente lembrar o nome da agência e onde fica.
      Estarei lá em Outubro e ter uma referência que fale nossa língua é sempre bom.
      Agradeço sua atenção.
      Alexandre

      • Oi Christiane Vasques,

        Adorei suas dicas. Iremos passar o natal (eu, esposa e duas filhas), em Praga, gostaria de saber o nome da agencia e onde fica, do pessoal que fala português. Para evitarmos cair no conto do vigário.

        Grato pela atenção,

        Franzé.

    • Oi Christiane Vasques,
      Estou indo para Praga e gostaria da indicação dos guias que falam português. Meu marido e eu temos mais de 65 anos e sua ajuda seria fundamental.
      Muito obrigada,
      Adriana Padilha

    • Oi Christiane Vasques… você poderia me enviar telefone e email dos guias que falam portugues?
      Desde já muito grata!

    • Olá Christiane tudo bem? Vou pra Praga em julho. Vc poderia me informar os contatos dos guias que falam Português? Muito obrigada!

  9. Estive em Praga em Julho de 2013, durante um tour pela Europa. Como estávamos em Viena, resolvemos alugar um carro até Praga, passando por Bratislava (Eslováquia). As estradas são ótimas e a paisagem idem, ou seja, valeu muito a pena. Por estarmos de carro, nós hospedamos em um hotel mais afastado do centro. Lá deixamos o carro no estacionamento e usávamos diariamente os trains para o deslocamento. Não tivemos nenhum problema, as linhas funcionam bem, e seguem pontualmente os horários informados nos pontos, além da praticidade. O único problema são os horários de funcionamento no final do dia, uns poucos param de circular as 12 p.m. Sobre o metro, um adendo, vale uma corrida, mesmo curta, porque as estações são lindíssimas. E Praga, ah Praga, loucamente inesquecível!

  10. Uma ótima dica para almoço é o restaurante que fica nos jardins do Castelo. Bom e barato, local agradável no meio do jardim. Quando fui, praticamente não havia turistas, só moradores, o que dá um carater diferenciado.

    A cervejaria Slavia é um programa imperdivel, cheia de historia e fotos. A cerveja é ótima e a comida também, com pratos tipicos que voces poderão experimentar sem surpresas desagradáveis.

  11. OI, tudo bem !

    Valeu pelas dicas.

    Eu fui para um festival em 2011. E peguei um táxi mais caro, tipo aqueles azuis do Galeão. Não me aborreci, paguei mais caro e deixei a reserva feita de transfer para o Hotel, feita aqui do Brasil mesmo.
    Achei que valeu a pena, pois gastei uns 40 reais, 400CZK.
    Abraço, e parabéns pelo blog!

  12. Fui em praga mes passado e não curti muito, uma dica muito importante e que se der mole o povo la tem uma mao meio leve, robaram o iphone de um amigo e 50 euros meu

  13. Oi Heloísa!

    Por favor, quando você chegou no aeroporto e foi pegar ônibus em direção a cidade você já possuía coroas checas ou é possível comprar os bilhetes com euros?

    Desde já muito obrigado!

  14. Fui a Praga em 2012. Fiquei num BOTEL muito bem localizado chamado MATHILDA. Olhem no site e vale muito a pena. Pegamos um taxi, e me lembro não ser caro. O Taxista foi providenciado pelo Botell , pois pedimos na reserva. Conversamos muito com ele. Bem simpático. Na minha visão , Praga é a cidade mais linda da Europa. Falta mais estrutura, pois eram há pouco tempo da extinta cortina de ferro. Vão chegar lá.

  15. Estive em Praga em setembro de 2012. Foi minha primeira cidade nessa viagem.
    Chegamos de Frankfurt de avião e tomamos um táxi da companhia AAA, que tinha sido muito bem recomendada. Na cabine da empresa pedimos um táxi grande que coubesse 4 malas médias e 4 pessoas e que aceitasse cartão. Chegou uma perua Škoda grande. O motorista não falava inglês, mas tínhamos o endereço do hotel anotado num papel e ele nos levou sem problemas. Minha experiência com esse táxi foi muito positiva.
    E quanto aos Trams, também usamos. Da na mesma que o metrô. Na verdade é um metrô de superfície que anda no trânsito. Os bilhetes para o metrô, tram e ônibus são exatamente os mesmos. Podem ser comprados em qualquer banca de jornal. E é só validar nas máquinas amarelas no interior dos trams e ônibus ou na entrada do metrô. Nos informamos qual linha deveríamos pegar e foi tudo muito sossegado.

  16. Eu e minha irmã visitamos Praga em set/14 e utilizamos muito o tram. Compramos um passe válido por 24hs e visitamos várias partes da cidade. O mapa de tram é bem fácil de entender e usar.

    Outra dica é visitar o parque Petrin, onde fica a torre Petrin. O parque tem subidas e descidas em que é possível ver Praga do alto: a vista da cidade é impressionante.

    A entrada no parque é grátis e as pessoas podem ir andando pelas trilhas ou usar o funicular até a torre. Funicular é um tipo de bondinho parecido com o bondinho do Corcovado no Rio de Janeiro, e o ingresso deve ser pago separadamente.

    Eu já tinha visitado outros pontos turísticos e visto a Praga do alto em diversos angulos. É necessário pagar para subir na torre, por isso não achei necessário. Eu nao subi na torre apenas visitei o parque que já valeu a pena.

    Dica: o passe de 24hs do tram também é valido no funicular, por isso eu nao paguei para chegar até a torre.

    • Olá Juliana!
      Gostaria de saber onde você comprou esse passe de 24h? É válido somente para o tram ou serve também para o metrô?
      Obrigada!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui