Restaurante em DC: 2100 Prime – Vinho, História e Deliciosos Produtos Locais

1
2100prime
2100prime

Quando se pede recomendação aqui em DC de um restaurante legal para comemorar aquela ocasião especial, tem sempre uns dois ou três indicados. O 2100 Prime é um deles e está na minha listinha faz tempo, porque tem praticamente tudo o que me agrada. Mas antes de chegar nesses detalhes, vale a pena entender um pouquinho da história dele que é fascinante.

Houve uma época em que ele era chamado “Jockey Club” e sua inauguração se deu nada menos que um dia antes da posse do Presidente John Kennedy. Como ele fica super bem localizado na Embassy Row com Dupont Circle, onde ficam as Embaixadas em Washington e bem pertinho da Casa Branca, logo virou o centro das atenções nos círculos políticos e da alta sociedade Washingtoniana.  Isso quer dizer que você vai sentar no mesmo espaço onde estiveram vários dos Presidentes dos Estados Unidos com sua primeiras Damas e figuras importantes no cenário político internacional e corre o risco de encontrar com um deles por lá (a ex Primeira Dama e atual(quase ex) Secretária de Estado Hillary Clinton é uma das clientes regulares por aqui.

Mas muita coisa mudou por aqui desde a época dos Kennedy e o restaurante, que pertence ao hotel The Fairfax passou por transformações para acompanhar o ritmo da cena gastronômica de DC, inclusive passando um período fechado.

Ele retornou renovado com o nome de 2100 Prime , um novo chef: Chris Ferrer que deu ao restaurante um toque mais moderno e trouxe o conceito de “Farm to Table”, usando ingredientes locais e menu de cozinha americana contemporânea e acessível. Por tudo isso ele agora é o restaurante queridinho dos foodies da cidade. Além disso o 2100 Prime tem uma seleção incrível de vinhos e parcerias com várias vinícolas em Capital DC(área que engloba DC, Virginia e Maryland) . Uma das coisas que eu mais gostei depois dessa renovação foi que o próprio restaurante está se promovendo como um ambiente mais relaxado, bem diferente de toda a pompa que fazia questão de mostrar na época do Jockey Club e eles mesmo dizem que aqui, você não precisa saber que garfo vai com que prato. 🙂

Vamos a nossa experiência por lá.. o jantar começou com um Prosecco Ruffino, direto da Toscana(tem como começar melhor???) enquanto fazíamos nossa escolha no menu.

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

 

Área dos Vinhos no 2100
Área dos Vinhos no 2100

 

Como éramos três, escolhemos uma entrada cada um: Crab Cake, Souflé de queijo chedar e a entrada especial do dia com camarão com escalopes e mais uma salada: Roasted Beet Salad. Todas as entradas custam de $6 a $12 no máximo pro Crab cake. Aliás  o Crab cake que o marido pediu foi o meu favorito… certeza que foi um dos melhores que eu comi nos últimos tempos.

 

entradas2100
Entradas

 

De prato principal eu fiquei em dúvida entre um Chattam Cod, mas acabei mesmo como boa carnívora num Seared Beef Tenderloin, que provou ser uma ótima escolha… super macio, no ponto certo. O marido escolheu o 1855 New York Angus Strip. Essa é sempre uma escolha que eu não recomendo pra ele, que não gosta de nenhum vermelhinho na carne, mas o garçom Jorge disse que ia conversar com o Chef. Tenho certeza que o Chef deu umas três piruetas na cozinha pra fazer essa carne, mas ela veio perfeita pro gosto do marido.  Como vocês podem notar, não tem fotos desses pratos. Estávamos tão entretidos comendo, bebendo vinho e conversando  que quando eu lembrei das fotos, os pratos já estavam  “destruídos”.

A sobremesa é sempre um problema pra mim… porque é difícil escolher. Fiquei em dúvida entre nada menos que quatro opções: Pumpkin Bread Pudding (pudim de pão de abobóra),  Strawberry Shortcake, Souflé de Grand Marnier e Chocolate Crème Brûlée. O marido escolheu sorvete, o que não ajuda o meu caso e eu fui de Crème Brûlée, uma escolha segura. Não teve nada de especial e eu me arrependi de não ter pedido o Souflé por exemplo, já que eu sou tão chata com Créme  Brûlée.

 

Sobremesas
Sobremesas

Além de jantar, o restaurante também oferece café da manhã.

E para quem vai estar na cidade nas próximas semanas até o final de Março, amanhã o restaurante inaugura o “Capital Wine Festival” com uma grande festa que vai reunir oito vinícolas e toda terça-feira até o dia 26 de Março, um menu especial será preparado para acompanhar uma degustação de vinhos de uma das vinícolas. É um evento imperdível se você gosta de vinhos e ótima comida!

 

Informações Úteis:

2100 Prime

Endereço: 2100 Massachussets Avenue, NW – Washington DC

Metrô: 2 quarteirões do Metrô Dupont Circle.

Reservas: podem ser feitas pelo telefone: (202) 835-2100 ou pelo Open Table: http://www.opentable.com/2100-prime-in-the-fairfax-hotel-reservations-washington?restref=26338

 

Nosso jantar foi cortesia como parte da nossa estadia no The Fairfax at Embassy Row Hotel


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


COMPARTILHAR
Artigo anteriorMianmar com a Marcela
Próximo artigoParis com crianças

Claudia Beatriz trocou as praias do Rio de Janeiro pela vizinhança da Casa Branca em Washington DC em 2004 e se mudou em 2014 para Orlando, onde vive atualmente. Apaixonada por Viagens e Fotografia, criou esse blog e a revista Aprendiz de Viajante. Quando não está escrevendo sobre viagens ou fotografando, a “nerd confessa” dá consultoria, treinamento e escreve sobre tecnologia, gerenciamento de conteúdo e mídias sociais.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui