Restaurantes testados e aprovados em Edimburgo

6

O que ficou mais marcado na minha cabeça da viagem a Edimburgo foi o quanto comemos bem! Bem que a Mari Campos tinha falado: é possível almoçar/jantar gastando pouco mas sem comprometer a qualidade. Maaaas, se você puder ou quiser gastar um pouco mais, o negócio fica ainda melhor.

Achar um cantinho bacana pra comer em Edimburgo é fácil demais: na famosa Royal Mile (em Old Town) as opções vão de pubs a restaurantes mais chiques, assim como na George Street e na Rose Street (New Town). Aqui estão meus top 3 – quais são os seus favoritos em Edimburgo?

Na nossa última noite na cidade decidimos comemorar e ir em um restaurante mais chiquezinho. A ideia era ir no The Witchery, mas no meio do caminho decidimos ficar no Angels with Bagpipes, que já tinha chamado nossa atençãos nos dias anteriores, toda vez que passávamos pela Royal Mile íamos lá namorar o cardápio de culinária escocesa contemporânea.

Comparando com os outros lugares que fomos, ele é sim bem caro. Mas, comparando com Londres, é normal, talvez até abaixo da média (considerando, claro, esse estilo de restaurante).

O ambiente é uma graça, nossa mesa era logo na entrada então não chegamos a ver como é o resto, na parte de trás. Atendimento também show. Apesar da comida estar ótima, os pratos não são grandes – nossa única crítica. Nós fomos de: venison (veado), lamb (carneiro) e risotto de cogumelos (servido com uma gema molinha no topo, delícia). Esqueci de anotar o valor exato, mas pagamos em torno de £120, incluindo serviço e bebidas (4 pessoas).

Ah, importante: os ingredientes são todos escoceses!

carneiro

 

veado

 

risotto

 

Definitivamente nosso favorito! Jantamos lá duas vezes – gostamos de tudo: atendimento, comida, ambiente, preço. Difícil encontrar um lugar assim ao acaso né? Na segunda visita, por exemplo, meu pai pediu um whisky qualquer e o garçom disse “esse não é bom, vou te trazer outro”. A gente achou o máximo!

O Ecco Vino fica numa rua fofa (Cockburn Street), travessa da Royal Mile na altura da Waverley Bridge. O espaço é minúsculo e eles não fazem reserva, portanto chegue cedo! A dica é fazer os pedidos aos poucos e ficar lá por horas: peça bebidas e algo pra beliscar, depois umas entradinhas e depois os pratos.

A cozinha fica no mesmo ambiente, atrás do balcão. São apenas 2 cozinheiros, correndo o tempo todo!

Apesar de ter um menu fixo, todo dia eles oferecem uns especiais diferentes, que não estão no cardápio – e são esses que você deve escolher. A especialidade é massa, cada uma com um molho maravilhoso.

 

Alguns dos nossos eleitos:

Como o próprio nome diz, o Ecco Vino é também uma enoteca e portanto tem uma seleção imensa da vinhos. As garrafas inclusive fazem parte da decoração, como vocês devem ter percebido pelas fotos. A conta saiu em torno de £80 para 4 pessoas, incluindo bebidas e serviço. Nada mal né?

A Nicholsons é dona de vários pubs na Grã Bretanha, mas isso não impede que cada pub tenha sua identidade própria. Fomos em 2 Nicholsons lá em Edimburgo, e o The Conan Doyle certamente foi o destaque. Apesar do menu ser o mesmo para todos os pubs da rede (muito bom, aliás), a decoração desse em particular é lindíssima, cheia de “character” como eles gostam de falar aqui.

Além disso, come-se bem e não é caro. Eu gosto demais de comida de pub, vem sempre muito bem servido e tem opções pra paladares diferentes: frango, peixe, carne vermelha, saladas e afins.

***

Dica extra para quem quer uma legítima experiência gastronômica escocesa: peça haggis (geralmente no cardápio vem como haggis, neeps and tatties – neeps é um apelido para turnip – nabo –  e tatties é o apelido de potatoes  – batatas). Você precisa gostar MUITO de carne e gostos fortes, já que haggis é essencialomente feito com coração, fígado e pulmão de carneiro. Caso você não tenha muita certeza de que vai dar conta, peça como entrada – eu experimentei na minha primeira vez na Escócia, quando fui pra Inverness, e achei ok. Não comeria um pratão de haggis, mas gostei de ter “testado” – não comi dessa vez em Edimburgo (mas meus pais provaram,). Assim você pode certamente falar que provou a culinária escocesa!

Olha a receita de haggis aí embaixo!


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


6 COMENTÁRIOS

  1. Posso voltar lá só pra ir nesses? Ameeeeeei! :))) Fui em um mointo bom também, chama Arcade Haggis & Whisky House. É super bom pra experimentar um Haggis bem tradicional, o ambiente é gostoso (embaixo é restaurante, em cima é um bar bem modernoso), a comida ótima, preço bom e localização excelente, na Cockburn St. beeem ali no centrinho! 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui