Rota das Emoções: Ceará, Piauí e Maranhão

Foto: @GuiTetamanti

O nome “Rota das Emoções” não pode ser por acaso já que os três estados que estão inclusos são Ceará, Piauí e Maranhão. Começamos exatamente por essa ordem, e a viagem é realmente emoção pura do início ao fim!

Foram apenas 6 dias no total (e eu digo apenas porque saí de todos os destinos com um gostinho de quero mais), e cada lugar que conheci me fez fazer planos para voltar.

Ceará

Dia 1

Começamos pelo Ceará, cheguei direto no Aeroporto em Jericoacoara uma cidade pequena que vem crescendo muito por conta do turismo, e me deparar com um vilarejo totalmente pé na areia me fez ficar ainda mais animada e ansiosa.

Primeiro fomos direto para a Praia do Preá, o transfer do aeroporto até lá foi feito pela Jeri Off Road que nos levou ao Rancho do Peixe onde assistimos uma demonstração de Kite Surf e experimentei um drink de Cajuína (refrigerante de caju típico da região) que estava uma delícia!

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior e quer manter seu número no whatsapp? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 210 países, para que você fique conectado a internet. E o novo chip 4G Europa garante velocidade e tem ligações para o Brasil! Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

Logo após ter assistido um pouco do Kite Surf fomos para a Pousada Surfing Jeri, onde fiquei hospedada no primeiro dia, o local é bem aconchegante, e apesar da simplicidade a pousada é linda e muito bem localizada.

Uma das coisas super importantes de dizer é que você paga uma taxa diária de 5 reais por pessoa para permanecer no vilarejo, e não é permitido entrar com o carro, então se for com o mesmo terá que deixá-lo no estacionamento que custa 30 reais (taxa única), e um transfer gratuito levará suas malas até a pousada onde for se hospedar. 

SEGURO VIAGEM COM 5% de desconto + 5% no boleto

Vai viajar? Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e recomendado na maior parte das viagens para o exterior. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5 e ainda mais 5% se você pagar no boleto.

Depois de um breve descanso a fome bateu, fui andando até a escolha da noite, o Restaurante Dona Amélia que serve um delicioso camarão no abacaxi que é criação e especialidade da casa!

Dia 2

Assim que acordei tomei um café da manhã maravilhoso na pousada antes de sair para o primeiro passeio do dia.

O Bugue  da COOPBTURJERI me buscou 8 da manhã para ir conhecer a Pedra Furada, e foi ótimo ter saído bem cedo, por que a Pedra Furada é um ponto turístico muito disputado, e conforme as horas vão passando, vai enchendo de turistas no local.

Uma dica super interessante dada pelo bugueiro/fotógrafo/guia Sérgio é que entre o dia 15 de Julho e 15 de Agosto é a época em que o pôr do sol fica bem no meio da Pedra Furada, um espetáculo único, entrou na minha lista de desejos sim ou com certeza?!

Esse passeio até a Pedra Furada de Bugue fica entre 150 e 180 reais para até 4 pessoas.

Após aproveitar a vista e beber uma água de coco geladinha que vende ali mesmo por 5 reais, fomos para o nosso próximo destino, a famosa Lagoa do Paraíso. Imagina uma lagoa verde clarinha, com algumas redes para você deitar dentro da água que além de quente é cristalina. Passa uma sensação de relaxamento né?

No momento em que cheguei eu só queria ficar ali naquela rede, cada segundinho conta. Depois de algum tempo curtindo o paraíso saí dali mais leve, e com fome (mas isso não é novidade).

Fomos comer no Restaurante Lagoon que fica ali mesmo, com vista para a Lagoa do Paraíso. Comemos Baião de Dois (uma versão mais incrementada pela casa), e peixe pargo com aipim frito, estava tudo uma delícia!

Depois do almoço partimos com a Experimente Jeri em direção a Camocim onde ficamos hospedados na Pousada Vila Mares, descansei bem e no dia seguinte experimentei um delicioso café da manhã antes de sair para explorar!

Dia 3

A Extremo Nordeste Expedition nos levou primeiro até as Dunas da Praia de Maceió, e ficamos por ali algum tempo curtindo a paisagem, até que o tempo fechou e resolvemos pegar a estrada em direção a Chaval, uma cidade bem pequena que possui belezas exuberantes!

Fomos com a Chaval Tour fazer um passeio até a Pedra de Carnaúba, que é rodeada de viveiros de camarão, e além da vista ser encantadora, desse ponto conseguimos ver a divisa entre Ceará e Piauí.

Fiquei encantada com o lugar, mas a trilha é difícil, com subidas bem íngremes, se não estiver com o preparo físico em dia pode ser complicado. Mas vale a vista!

Piauí

Seguimos para Barra Grande no Piauí, onde o almoço foi no restaurante da Pousada BGK que fica de frente para praia, fomos muito bem recebidos (assim como nos outros destinos), a energia do lugar era ótima, e a comida estava muito saborosa, confesso que precisei repetir os pratos!

Não mencionei mas além de mim tinha um grupo, estávamos no total de 15 blogueiros de viagem, fora os organizadores. E sempre é maravilhoso viajar com um grupo. Mas na Rota das Emoções a galera estava muito animada isso fez da viagem uma experiência super leve, mesmo com o convívio constante. E os almoços e jantares eram momentos muito divertidos!

Enfim… voltando para a parte que interessa, passei o resto da tarde relaxando na piscina da pousada aproveitando aquele lugar maravilhoso. Estava se aproximando da hora do pôr do sol, então fui para a Praia de Barra Grande assistir o mesmo, fiquei no mar esperando o espetáculo acontecer e não decepcionou, foi lindo de mais!

Almoço e Pôr do Sol na Pousada BGK

Depois de finalizar o dia em grande estilo, voltei para o meu quarto (que era incrível por sinal), tomei um banho e descansei um pouco antes de me arrumar para ir jantar.

A escolha da noite foi o Restaurante Manga Rosa que serviu de entrada bolinho de peixe, e de prato principal um escondidinho de peixe que é de comer rezando, é a especialidade da casa, e merece esse título!

Após o jantar voltamos para pousada para descansar, porque o dia seguinte prometia mais emoções!

Dia 4

Acordei muito bem disposta depois de ter dormido super bem, tomei café da manhã na pousada, e partimos para Ilha Grande para fazer um passeio de barco no Delta do Rio Parnaíba com a Clip Ecoturismo.

Fomos para o Porto dos Tatus que é o principal local de embarque e desembarque para esse passeio, mas antes fizemos um tour com a Natur Turismo passando pela Praia de Macapá, a Árvore Penteada, e pela Praia do Coqueiro.

Praia de Macapá
Praia do Coqueiro

Depois encontramos com as mulheres rendeiras em Ilha Grande, e logo em seguida partimos para o Porto para começar o passeio, que daria mais vida ainda a Rota das Emoções.

Nossa primeira parada foi na Pousada e Restaurante Casa de Caboclo que fica nas Ilhas Canárias, onde experimentei pela primeira vez um pastel de caranguejo, e comi vários… estavam deliciosos!!

De barriga cheia e com muita vontade de explorar, fomos para as Dunas da Ilha do Caju que é um paraíso, de um ponto para o outro do passeio, demora um tempinho… por isso já saímos de lá direto para assistir o pôr do sol em conjunto com a Revoada dos Guarás!

Essa parte do passeio é a mais admirável, temos que ir até uma ilha dormitório para onde os Guarás vão todos os dias no pôr do sol, e o espetáculo é encantador! Os Guarás são pássaros vermelhos majestosos que tem essa coloração viva por conta dos caranguejos dos quais eles se alimentam!

E a revoada é de cair o queixo, os guarás são deslumbrantes, agregado ao pôr do sol fica ainda mais incrível. Os barcos que param perto da ilha onde os pássaros ficam, existe uma distância que precisa ser respeitada, e precisamos fazer silêncio para não espantar os animais.

Fiquei encantada com tudo que vi no passeio do Delta do Parnaíba, foi maravilhoso do início ao fim… saímos de lá e voltamos para o ponto inicial, que é o Porto dos Tatus. De lá fui para a Casa de St. Antônio Hotel onde fiquei hospedada e onde seria o jantar.

O hotel é lindo dentro e fora, um daqueles lugares que você ama cada detalhe. Descansei um pouco antes de me aprontar para o jantar, mas logo desci para o restaurante para encontrar todos e comer.

Primeiro fomos recebidos no bar da piscina com deliciosas caipirinhas, eu experimentei a de banana que estava incrível, nunca tinha tomado caipirinha desse sabor, e já se tornou meu drink favorito!

Sentamos no restaurante do hotel que fica em Parnaíba e aguardamos nossa comida que foi feita pelo Chef Chiericatti. Foi servido de prato principal o tradicional frango com quiabo só que reinventado! E estava uma ótimo, além da entrada e da sobremesa que também estavam divinas!!

Depois de comer horrores, voltei para o meu quarto e descansei até o dia seguinte porque iríamos pegar a estrada bem cedo em direção ao Maranhão.

Dia 5

Acordei e fui direto experimentar o café da manhã do hotel, e tinham muitas opções, tudo que eu provei estava muito bom!

Maranhão

Entramos no ônibus da EcoAdventure para pegar a estrada em direção ao Maranhão, e fomos rindo e conversando o caminho todo (coitada da galera que queria dormir, já que foram umas duas horas de trajeto até o destino final).

Chegamos na cidade que é porta de entrada do estado, ela se chama Tutóia, e é um lugar com belezas naturais sensacionais. Então partimos para explorar o local fazendo o Tour Panorâmico com a Baluarte Ecoturismo!

Passamos por dois lugares que são chamados de Pequenos Lençóis Maranhenses um deles foi nossa primeira parada, seguimos para a Praia do Arpoador, em seguida Lagoa de Maceió, e a última parada foi na Praia dos Amores!

Pequenos Lençois Maranhenses em Tutóia
Pequenos Lençois Maranhenses em Tutóia
Praia do Arpoador
Lagoa de Maceió

Depois desse tour incrível fomos almoçar no restaurante da Pousada Baluarte, onde foi servido camarão no abacaxi, e o almoço todo estava gostoso de mais!

Com o tempo sempre apertado saímos de lá e pegamos a estrada a caminho Rio Preguíças, onde iríamos de barco com a São Paulo Ecoturismo até Barreirinhas!

Chegando no rio nos deparamos com o pôr do sol se iniciando, e um arco íris do outro lado do céu, um verdadeiro espetáculo, Maranhão nos recebeu de braços abertos, com muito sol, e paisagens sem igual!

Arco Íris e pôr do sol Rio Preguiças
Arco Íris e pôr do sol Rio Preguiças

Pegamos mais ou menos umas duas horas de barco até barreirinhas, jantamos no Restaurante Bambaê, que tem um ambiente super aconchegante (com redes na área externa que foi o primeiro lugar onde me joguei ao chegar) e uma músiquinha ao vivo para deixar tudo ainda mais gostoso!

A comida estava ótima, curtimos tanto à noite que um dos integrantes do grupo foi no palco e até cantou e tocou violão! Depois de toda diversão, saímos de lá para descansar porque dessa vez nosso dia não ia começar cedo, e sim de madrugada!

Dia 6

Fui para a Orla Náutica, descansei, e as 3 da manhã estávamos de pé prontos porque a Caetés Expedições ia nos buscar para ir até os Lençóis Maranhenses assistir o nascer do sol!

Ir nesse horário tem super vantagens… ainda não está quente, da para caminhar tranquilamente descalço pela areia que normalmente é escaldante, e tem pouquíssimas pessoas! Exclusividade nos lençóis é uma coisa bem difícil, e nesse horário é o que tem de mais próximo a isso!

Chegamos lá e ainda estava escuro, a sensação é de liberdade, aquela imensidão de areia que parecia infinita se juntava ao céu super estrelado, foi emocionante o nascer do sol, fiquei apaixonada pelos Lençóis Maranhenses, que me surpreendeu mais ainda quando o sol chegou e iluminou suas lagoas!

Tomamos nosso café da manhã lá mesmo, foi tudo preparado pela Caetés Expedições, e depois de alimentados fomos nadar nas águas dos Lençóis que além de cristalinas, são quentinhas, um sonho de lugar!

É um destino com o qual eu sonhava faz tempo, e depois de enfim realizar esse sonho só posso dizer que ainda não estou satisfeita, preciso voltar muitas outras vezes para admirar de novo esse paraíso que me ganhou meu coração!

Lençois maranheses

Voltamos para a Orla Náutica onde fomos recebidos com outro café da manhã (como não dispenso uma boa boquinha, comi de novo), e ficamos na piscina relaxando por um tempo.

Depois nos arrumamos e fomos almoçar na Pousada do Buriti, a comida estava incrível, e tinha o famoso Guaraná Jesus que é típico do Maranhão a vontade, será que eu amei?!

De lá fomos para São Luís, onde estava rolando a festa de São João… É cultura e diversão pra todo lado, não tem como não se animar no meio de tanta alegria e cor! Aproveitamos a festa, e tudo era muito encantador, foi lindo ver as tradições sendo mostradas na rua!

Nosso jantar essa noite foi na Barraca do Chef que foi responsável também pela nossa programação cultural, fica em frente à Praia do Calhau em São Luís que tem um pôr do sol maravilhoso! A comida é realmente deliciosa, e o visual é lindo!

Saindo de lá a tinha aquela sensação de fim do passeio, porque no dia seguinte eu já iria embora. Me despedi dos meus parceiros de viagem e fui descansar no Veleiros Hotel, onde meu quarto ficava de frente para a Praia da Ponta da Areia!

Acordei no dia seguinte, tomei um café da manhã muito bom no hotel, e fui me preparando aos poucos para ir embora.

A sensação de alegria mesclada com tristeza estava ali, porque eu amei conhecer todos esses destinos, mas eu ainda queria ficar mais! Já é um ótimo incentivo para voltar em breve.

A Rota das Emoções foi realizada pelo Sebrae Ceará, Sebrae Piauí e Sebrae Maranhão. O planejamento técnico e acompanhamento da Rota foi feito pela Prisma Consultoria. Todas as opniões aqui expressadas são minhas.

Outros posts:


Vai Viajar?

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular. Com ele você poderá utilizar seus aplicativos e mídias sociais, usar como GPS, fazer ligações por whatsapp e skype.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.


13 COMENTÁRIOS

  1. Um lugar que deixou saudade…muitas saudades pela sua beleza natural, pela humildade e carinho de seu povo, pela cidadezinha acolhedora e linda, sim, BARREIRINHAS!…”LENÇÖIS MARANHENSES”…Gente…Incrīvel e inacreditåvel pela beleza em tudo!

  2. Jericoacoara? Um lugar que não recomendo pela exploração. Um lugar bonito, mas se vc quer conhecer tem que ir preparado(ir com muito dinheiro). Para deixar o carro no estacionamento vc paga 40,00. Para entrar são mais 20,00 reais por pessoa. E tudo lá é tres vezes mais caro do que em qualquer outro ponto tirístico do Ceará, sem contar que se vc vai de carro, tem passar por dunas, e se vc não conhece o caminho tem que pagar mais 80,00 reais para um guia, que vai na frente de moto. Conheci outras praias do Ceará que são bem mais bonitas e não se gasta tanto. Fui lá em 10 de julho de 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui