10 coisas para fazer em Florença

48
Florença

Apesar de eu ter colocado meus pés em Florença pela primeira vez em março de 2013, minha relação com a cidade é mais antiga: participei de um projeto que unia estudantes de Design da Universidade que eu estudava em São Paulo com os da Universidade de Florença há quase 10 anos.

Por causa disso, a cidade pra mim sempre teve um link com arte e criatividade – e eu estava certa! Minha câmera não descansou: não conseguia parar de clicar pois a inspiração está mesmo por todos os lados, do maravilhoso desenho do piso do Duomo (que ficou de fora dessa lista por ser hors concours!) e sua fachada de cair o queixo até a pintura descascada das casas fiorentinas. Aqui estão 10 coisas que pra mim foram essenciais nessa visita, quem sabe inspiram você também!

O Seguro Viagem é Obrigatório na Europa

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

1. Ver o David de Michelângelo na Accademia

O David é a estrela da Galleria dell’Accademia, e não é por menos: essa obra prima de Michelângelo, feita entre 1501 e 1504 a partir de um bloco de mármore, é uma das coisas mais impressionantes que você vai ver em toda sua vida. O gigante de 5,17 metros tem efeito hipnotizante, é muito difícil desviar o olhar de tantos detalhes e não questionar como alguém pode ter esculpido curvas tão perfeitas em algo tão sólido quanto o mármore.

2. Atravessar a Ponte Vecchio várias vezes ao dia

A ponte medieval que cruza o Rio Arno é uma das jóias de Florença, e apesar de estar sempre cheia de turistas, passar por ela é como atravessar um túnel do tempo – basta um pouco de imaginação pra visualizar o burburinho da ponte alguns séculos atrás. Hoje em dia as lojas que ocupam a ponte de ponta a ponta vendem jóias quase que exclusivamente, mas quem antes fazia comércio ali eram os açougueiros da região. A assimetria das lojas e o jogo de cores fazem com que a Ponte Vecchio seja um prato cheio para fotos.

2-ponte vecchio
Ponte Vecchio

3.Panini e gelato, gelato e panini

As longas caminhadas para explorar a cidade e arredores exigem muita energia! E nada melhor pra dar um “up” nessa energia do que comer um panini de presunto e queijo em qualquer cantinho de Florença. E claro, finalizar com um gelato. Ou então, começar com um gelato, também não é problema né? Florença tem sim ótimos restaurantes, mas essas pausas estratégicas são essenciais e deliciosas!

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom exclusivo para leitores do blog APRENDIZDEVIAJANTE e receba frete gratuito! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

3-gelato
Gelato!

4. Visitar o túmulo de Michelângelo na Basílica de Santa Croce

Se você se emocionou ao ver o David na Accademia, precisa visitar a Basílica de Santa Croce, onde está o túmulo de Michelângelo. Criador e uma de suas mais belas criaturas descansam na mesma cidade, e pra mim isso foi bastante emocionante. A Basílica de Santa Croce não é tão conhecida quanto o Duomo, mas (correndo o risco de provocar a ira alheia!) é tão ou mais linda quanto, principalmente seu interior. O ingresso de 6 euros vale demais a pena: além de Michelângelo também está lá Galileu Galilei, e outras dezenas de tombas espalhadas no chão (algumas bem maltratadas pelo tempo). Aproveite também para visitar a loja de souvenirs da Escola do Couro, que funciona lá dentro.

4-tumulo michelangelo
Basílica de Santa Croce

5. Experimentar a famosa bistecca fiorentina

Apesar de imeditamente pensarmos em massa quando falamos em gastronomia italiana, a estrela da “mesa” de Florença é a bistecca fiorentina (assim, como dois “c” mesmo!). Ela nada mais é que um t-bone grelhado, quase sem tempero, apenas com um pouco de sal e pimenta. O restaurante que escolhemos para experimentar essa maravilha foi o Il Latini: ambiente super agradável com a típica baguncinha italiana que te faz sentir em um grande almoço de domingo!

5-bistecca
Bistecca fiorentina

6. Ficar cara a cara com a Vênus de Botticelli

O Nascimento da Vênus, tela pintada por Sandro Botticelli no fim do século 15, é uma daquelas obras que todo mundo conhece ou já ouviu falar, independente se gosta ou não de arte. Existem centenas de explicações para cada milímetro quadrado da pintura – aparentemente tudo que está representado ali tem uma explicação de ser. Eu lembro direitinho quando em uma aula de história na escola minha professora a usou como referência para falar sobre o Renascimento. Pois ela fica na Uffizi, o maior e mais famoso museu de Florença. Para não enfrentar a fila quilométrica, compre o ingresso com antecedência pela internet.

7. Ver a cidade do alto na Piazzale Michelângelo

Pra tirar foto “cartão postal” de Florença, não tem erro: suba até a Piazzale Michelangelo. Vale muito a pena sair do burburinho do centro da cidade e caminhar até lá. A subida pode até ser um pouco cansativa, mas chegando lá em cima você esquece o esforço. Depois de tirar muitas fotos, dê uma paradinha numa espécie de quiosque que fica quase ao lado da escadaria e tome um latte macchiato.

7-piazzale michelangelo
Piazzale Michelangelo

8. Reservar uma mesa para jantar no divino Il Santo Bevitore

Raramente eu lembro dos nomes dos restaurantes que vamos quando viajamos. Mas fiquei totalmente obcecada pelo Il Santo Bevitore – tentamos inclusive repetir a dose de tanto que gostamos, mas infelizmente estava lotado. Tudo ali é bacana: o ambiente, o atendimento, a comida, o vinho e até o preço (comparando com outros restaurantes que visitamos, o Il Santo é disparado o melhor em custo benefício). Não deixe de começar com uma tábua de frios ou queijos, e intercalar a entrada e o prato principal com uma garrafa de Chianti clássico, que é produzido ali pertinho em vinícolas orgânicas.

8-il santo
Il Santo Bevitore

9. Comprar massas, temperos e outras delicinhas gastrônomicas no Mercado Central

O Mercado Central pode não ter nada de extraordinário: é um mercado de comida como os de tantas outras cidades, onde você pode comprar várias coisas pra levar pra casa, como massas, temperos, pães e bebidas. E o bacana é justamente isso, ele serve os moradores da cidade também, não é apenas pra turista ver. É possível almoçar por lá em um dos restaurantes, por um preço bem honesto. Sem frescuras, mas a certeza de um prato super bem servido.

9-mercado
Mercado Central

10. Apreciar arte em um espaço público, na Piazza della Signoria

A Piazza della Signoria fica em frente ao Palazzo Vecchio e é uma verdadeira galeria de esculturas a céu aberto. Por ali você vai encontrar uma réplica do David de Michelângelo e também do Marzocco de Donatello – o leão que é símbolo de Florença. A praça é também uma espécie de “ponto de encontro” para eventos políticos e manifestações. Li em algum lugar que muita gente a considera a sala de estar de Florença, achei essa descrição perfeita!

10-piazza della signoria
Piazza della Signoria

 Clique para ler todos os post sobre Florença 

Essa matéria foi originalmente publicada na edição número 4 da nossa revista gratuita, clique para baixar.


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


48 COMENTÁRIOS

  1. Oi Helo,
    DEmais as dicas q vc deu sobre Firenze! Tb adoro o rest. Il Santo Bevitore, a atmosfera dali è mt gostosa! Postamos hj no Grazie a Te 15 locais para quem visita Firenze por dois dias. VEnha dar uma olhada, espero q vc goste!!! Un bacione, Denya

    • Existem ônibus na Estação Central SANTA MARIA NOVELLA que levam os passageiros até o AEROPORTO . Outra opção é taxi.

    • Olá.

      Fui de Londres para Florença pela cia. aérea Vueling.
      Um truque que descobri, parece bobo, mas eu não sabia e me ajudou muito no planejamento, foi dar um google: voo de X para Y. Vem uma página com todos os vôos de todas as Cias. Aéreas.
      Antes eu usava sites como o decolar para pesquisar os voos, mas percebi que o decolar só lista as Cias parceiras.
      Espero ter ajudado.

  2. Olá Helo. Ótimas dicas. Morei 6 anos lá e morro de saudades.

    Bisneta Fiorentina, gelatto artesanal são os melhores que já comi na minha vida.

    O legal tb é conhecer um pouco da história dos Médici e dos Pitt e do túnel que liga os 2 palácios.

  3. Obrigada pelas Dicas!! Vou amanhã para lá! fui fisgada pelo livro do Dan Brown – Inferno, e acho que todos que querem conhecer Florença ou já conheceram vão amar ler o livro. minha recomendação e boa viagem a todos os aprendizes

  4. Firenze é mesmo linda! Adorei o post, reflete bem o que tem pra fazer na cidade! Só uma correção (e dica): panini é plural; melhor seria dizer panino, que é a forma singular da palavra.

  5. Heloisa, seguimos fielmente 9 de suas dicas, foi o que o tempo em que estivemos em Firenze nos permitiu. E foi PERFEITO! Julho/2014. Obrigada, seu blog nos ajudou bastante, testei e aprovei!

  6. Olá Heloisa, estarei no fim desse mês indo a Italia e dentro da minha programação terei 2 dias em Florença. Com certeza irei pegas suas dicas para aproveitar a minha passagem por lá. Você saberia me informar dos temperos que possso encontrar no mercado, poderia trazer sem problemas para o Brasil na bagagem? Obrigado pelas dicas. bjs, Taciano.

  7. Caros que já viajaram para Florença, poderiam me dizer como o turista é tratado por lá? Já ouvi dizer que os locais são hostis, mas espero que seja só mais um mito.
    Agradeço.
    Vanessa, de SC

  8. Olá pessoal!
    Preciso mais uma vez da preciosa ajuda de vcs!
    Nos nossos 8 dias (em janeiro próximo) na Toscana/ Florença, pretendemos ficar 2 dias e meio (este é o dia da chegada de Roma) em Florença.
    1 dia para Assis,
    1 passeio guiado (em Siena, San Gimignano e Pisa),
    1 em Perugia,
    1 em Cortona e Arezzo,
    e eis a minha grande dúvida: temos 2 dias sobrando! E, gostaria de saber o que fazer: Bologna, Modena ou outro lugar? Qual? O que vcs nos aconselham, já que NÃO vamos alugar carro! Temos que ver algo que possamos fazer de trem ou ônibus. Ficaremos em Florença…
    Desde já agradeço as dicas…
    Só mais uma coisa: Já que vamos em janeiro (baixa temporada, né?) è necessário mesmo comprar os ingressos antecipadamente?
    roberta.trezza@gmail.com

  9. Preciso voltar a Firenze para tirar a má impressão da cidade, pois não gostei, não sei se por conta de ser a última de uma viagem de um mês pela Europa ou sei lá.
    Acho que vale muito a pena focar na Toscana como um todo, San Giminiano, Piza e outras cidades.

  10. Não deixem de visitar o Museu de Antropologia e a casa onde viveu Michelangelo (são proximos, dá para fazer em uma parte do dia). Também o Museu de Sapatos – Ferragamo é sensacional, peças dos seculos XVII e XVIII. Os ateliers e perfumarias são uma atração à parte e em algumas épocas do ano são abertos à visitação.

  11. Boas dicas…Unsa 10 anos atrás fiz uma boa parte dessas sugestões (incluindo una Bistecca Fiorentina e um bom chianti), Mas gostaria de acrescentar outras dicas, que iriam muito bem, como conhecer por dentro a Duomo de Firenze e passear pelas galerias e interminàveis escadarias que acabam te levando ao topo de uma das cúpulas. Além disso (que já é uma grande empreitada) tem o Palazzo Pitti, a Galleria Palatina, a Galleria del Costume e o Museo degli Argenti, esses todos no mesmo lugar, uma colina com uma vista maravilhosa de Firenze…

  12. MUSEU GALILEO ! Amei! Fantástico! Indo a Florença, não percam!

    Trata-se de um museu onde as criações do gênio Galileu são expostas, além de outros inventores da época.

  13. Parabéns, pelas ótimas informações, pretendo (vou) para Itália em julho/15, e Florença será uma das minhas prioridades, mais um vez, parabéns e abraços., seja feliz.

  14. 11. Faltou colocar a mão no Javali.
    Superstição dos moradores locais.
    Mas como bom turista não poderia deixar de fazer. Abraços

  15. Ola! Super legal sua lista! Pretendo ir a Itália em janeiro do ano q vem. E queria me hospedar em Florença por alguns dias pra conhecer a cidade e outras ao redor, como Pisa e Milão. Quantos dias VC sugere q eu permaneça na região??

    Outra coisa. Algumas pessoas me disseram q as cidades italianas são mais violentas q as outras européias! Isso procede??

    Obg

  16. Em janeiro fui para Florença e encontrei um restaurante que me apaixonei, o Ristorante Zaza, foi uma experiência tão maravilhosa que voltei lá para jantar, super recomendo.

  17. Um bom e diversificado resumo, principalmente para quem está com pouco tempo na cidade. Sobre o décimo item, vale mencionar que o Palazzo Vecchio em si merece demais ser visitado (antiga sede do poder dos Medici, repleto de arte e cultura) e que na mesma Piazza della Signoria se encontra a Loggia dei Lanzi, minimuseu aberto e gratuito com algumas incríveis esculturas, como o Ratto delle Sabine de Giambologna e o Perseo do Cellini.

  18. Estive em Florença em Fevereiro deste ano e fiz várias coisas dessa lista, ler isso aqui me fez reviver muitas delas, que delícia!
    A Itália é um país incrível e Florença uma das cidades mais encantadoras de lá!

  19. Heloisa, muito legal seu post e rico em detalhes. Estamos programando uma ida para região em abril. Você tem alguma dica de hotel em Florença?

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui