10 Dicas para quem vai pra Suíça pela 1a vez

102
suica

Eu fui pela primeira vez à Suíça no começo de Agosto de 2014 como parte do projeto #SWISSExperience e algumas coisas eu já tinha pesquisado ou ouvido falar e outras eu fui aprendendo enquanto estava lá. Então estou aqui dividindo com vocês algumas dicas básicas e impressões de quem foi pela primeira vez para tornar o seu planejamento muito mais fácil. É claro que algumas dessas dicas também servem para quem já foi e se você é um desses privilegiados que já conhece o país, dê uma lida, veja se concorda ou não comigo e deixe suas dicas no fim do post.

O Seguro Viagem é Obrigatório na Europa

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

1. Localização privilegiada

mapa suica

A Suíça fica no “centrão” da Europa e é um ótimo lugar para começar explorar o continente. É um país relativamente pequeno, são pouco mais de 8 milhões de habitantes e  faz fronteira com a França, Alemanha, Itália, Áustria e Liechtenstein. A SWISS que foi quem nos levou para Suíça, voa de São Paulo para a Zurique ou Genebra e de lá é facílimo para ir para outros lugares.

A Suíça é um país que tem de tudo um pouco… centros urbanos, vilarejos fofos, algumas das melhores estações de ski do mundo, lagos navegáveis e um paisagem incrível, daquelas de ter que deixar o dedo no disparador da câmera para não perder nenhum momento. Algumas das cidades mais populares: Berna (a capital), Zurique, Genebra, Lucerna, Basiléia, Lugano, Lausane. Para ver mais sobre a Suíça, um bom ponto de partida é o site MySwitzerland, que tem informações em português.  A Basiléia, minha primeira parada, tinha uma rua que se dividia entre os três países e fica bem pertinho da Floresta Negra, Casa da Vitra que a Helô já contou aqui no blog também na Alemanha, a região da Alsácea na França e de TGV são apenas 3 horinhas e meia de Paris.

2. Swiss Pass

SWISS PASS

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom exclusivo para leitores do blog APRENDIZDEVIAJANTE e receba frete gratuito! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

O Swiss Pass foi algo que fez a maior diferença na minha viagem pela Suíça e eu vou contar em detalhes num post. Mas por agora é bom saber que além de poder pegar os trens pra qualquer cidade da Suíça, nas cidades é possível usar os trens, trams, ônibus e até barcos sem pagar mais nada por isso e sem precisar ficar comprando bilhetes separados. Ele também dá descontos de 50% na subida de algumas montanhas e em museus e atrações. Para quem vai viajar com a família então, tem muitas vantagens, já que as menores de 16 anos não pagam se estiverem acompanhadas de um dos pais.

3. Transporte / Deslocamento

Mobility Card – Em algumas cidades da Suíça, quando você faz checkin no hotel, você recebe um cartão de mobilidade urbana que te permite usar os trens locais, trams e ônibus. Então se você não tem o Swiss Pass (que funciona pra tudo isso) fique de olho se seu hotel oferece isso. Em Basel/Basiléia, Genebra e Bern são alguns lugares que eu sei que tem e ajudam a economizar uma boa grana.

A malha de transporte no país é toda conectada e a maior parte das cidades que eu visitei são excelentes para andar a pé ou de bicicleta. Para entrar nos trens, trams e ônibus, se você não tem o Swiss Pass ou o Mobility Card, compre seu bilhete em uma das máquinas que ficam nos pontos. Não existem “catracas” ou cobrador, mas há um controlador que aparece para verificar se você tem o bilhete e se não tiver você recebe uma multa. Dependendo da cidade pode ser em torno de 100 CHF, ou seja, não vale a pena!  Nos pontos de tram e ônibus mais populares normalmente eles tem um display eletrônico avisando em quanto tempo passará o próximo.

4. Comida

O café da manhã na Suíça eu achei bem normal e parecido com vários outros locais no mundo. Com a influência francesa, há muitos itens de padaria como pães variados, croissants e tortinhas. Suco de laranja natural é bem comum, além do café, chá e leite. Percebi que muitos dos pratos suíços têm batata. Quando não é a batata rosti, é a batata frita ou salada de batata. Mesmo quando é um prato com vegetais, eles incluem uma batata frita. Os pratos com carne em geral são bem caros. Há muita influência Alemã, Francesa e Italiana na Culinária. Como em todo lugar, há restaurantes mais sofisticados onde os preços são mais caros, restaurantes fast food e restaurantes mais populares com preços medianos. Há super mercados ou mini mercados em toda parte e comprar comida ou bebidas neles certamente é mais barato que nos cafés ou restaurantes. Queijos são outra coisa que tem uma enorme variedade na Suíça. E tem o famoso fondue, que aqui é normalmente de queijo e servem com pão e… batata!!! Não tem as nossas mil e uma variedades de fondue, mas tem o de chocolate com frutas, que nesse dia não experimentamos!

fondue

Chocolates, ah os chocolates… esses com certeza merecerão um post pra eles, mas pra matar a curiosidade, sim, na Suíça tem chocolates maravilhosos por toda parte. As principais marcas são: Cailler, Lindt, Sprungli, Frey, Toblerone, Ovomaltine.

5. Bebidas

As cidades na Suíça tem fontes por toda parte e a água é boa para beber. Então é só carregar uma garrafinha. encher e tomar quando tiver vontade. O país produz vinhos, inclusive alguns muito bons, tomei vinho praticamente todos os dias e sempre optando pelos suíços. Na maior parte dos restaurantes às vezes é mais barato ou quase o mesmo preço tomar vinho que beber água (engarrafada) ou refrigerante por exemplo. Peça Wine by Glass (vinho no copo). A água normal eles perguntam se você quer com gás ou sem gás. Em alguns lugares, você pede coca-cola e eles te trazem a cola local da Sinalco, que tem outros refrigerantes com sabores como maracujá (que eu não curti, mas eu sou chata pra bebidas!).

photo

 

6. Preços

Antes de vir pra cá, a minha impressão como acho que é a de muitos é que a Suíça é muito cara. A Suíça tem um custo altíssimo de vida para quem vai morar, mas para quem vai visitar comparando os preços com outros grandes centros, vi que os preços na Suíça são bem razoáveis e arrisco dizer que melhores do que em Londres ou Paris em determinados produtos e locais. O que eu achei caro aqui foram as entradas de museus e atrações turísticas, por isso, sempre que possível, compre um passe que dá descontos (o Swiss Pass que falei acima dá descontos em museus e atrações e as cidades normalmente tem seu próprio passe com atrações). Pra vocês terem uma ideia, uma garrafinha de água ou refrigerante custa em torno de 1.80 CHF nos mercadinhos e supermercados, mas nos restaurantes podem custar 4.00 ou até 8.00 nos mais chiques (daí que falei que as vezes é melhor tomar vinho que água ou refrigerante). Tirei várias fotos de menus por várias cidades e prometo fazer um post contando mais sobre esse assunto.

image

7. Moeda

A moeda na Suíça é o Franco Suíço ou CHF que equivale a mais ou menos R$2,50. Um pouquinho mais que o dólar, menos que o Euro e muiiiito menos que a libra (usada em Londres, por exemplo). É portanto uma das melhores conversões para o seu Real nessa parte da Europa. Eles aceitam também notas de Euros (moedas não são aceitas), mas o troco é dado em Francos Suíços. Como esse é o país dos bancos, não há dificuldade nenhuma de achar um com máquinas pra sacar dinheiro. Elas estão em toda parte.

8. Língua

A Suíça tem 4 línguas oficiais: Alemão (tem um alemão-suíço aí), Francês, Italiano e Romanche (uma mistura). Nas cidades maiores e mais turísticas, tem sempre quem fale inglês. Dependendo da cidade, as placas estarão em duas línguas diferentes. Em algumas francês e alemão, outras alemão e italiano. Nas lojas, restaurantes às vezes tem uma mistura… falam Merci e Danke (obrigado em francês e alemão) na mesma proporção. Aliás, é sempre simpático saber falar pelo menos Bom dia, Boa tarde, Boa noite e Obrigada nas línguas. Não tive nenhum problema e quando a pessoa não falava inglês, dava pra ir na mímica sem problema nenhum.

9. Visto

Brasileiros não precisam de visto e podem ficar até 90 dias no país. A Suíça também está no tratado de Schengen e as regras para entrada são as mesmas que na maior parte dos países da Europa. Eu achei a imigração uma das mais simpáticas na Europa.

10. Internet

Chip de celular – Dá pra comprar um chip por 10 CHF para 2GB de dados por dia ou 20 CHG para além do pacote de dados também fazer ligações. As duas empresas que eu vi na cidade eram a Swisscom e a Orange.

Wifi – achei wifi free em vários lugares , mas muitos deles pedem que você digite o número do seu telefone para receber um código de SMS para ativar. Dizem eles que esse SMS vai te custar 20 centavos, mas muitas vezes o SMS não chegou pra mim.

Dica Extra

Há vários brasileiros que moram na Suíça e têm blogs por lá!

A Monique Ribeiro do blog Diário Radical acabou de se mudar pra lá.
A Liana mora na Suíça há 5 anos e tem o blog Ela é Americana… da América do Sul.
Além disso, durante essa viagem, outros amigos blogueiros foram explorar outras partes da Suíça e já estão preparando posts sobre o país. Veja os posts super bacanas do Café Viagem.

Bom, essas foram as minhas dicas que eu anotei. Se tiverem alguma outra dúvida específica sobre esse assunto, deixem nos comentários. Se você conhece a Suíça e tem alguma dica legal para deixar aqui pra gente, por favor, use os comentários também!

 

Essa viagem faz parte do projeto #SWISSExperience idealizado pela SWISS International Airlines e Agência Pthax | MindGo com apoio do MySwitzerland. Todas as opiniões expressadas aqui são minhas.

 


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


102 COMENTÁRIOS

  1. Oi Clau!!! A Suíça é um lugar incrível mesmo…. viajei por lá no ano passado e conheci lugares incríveis. Um deles, que não é tão famoso e achei fantástico, é um lugar onde podemos ver cachoeiras subterrâneas: são as Trummelbach Falls.

    Você sobe em um elevador por dentro de uma montanha e depois vai descendo a pé, passando ao lado das quedas d’água.

    Elas ficam em Lauterbrunnen, próximo de Interlaken…. Já comentei sobre elas no blog, super recomendo a visita para quem estiver na região… http://bit.ly/Lauterbrunnen

    Beijooo!! 😉

    • Boa noite , pretendo ir em 2017 para Suiça visitar amigos , primavera viagem pra fora do Brasil , queria umas dicas de valores , passagens . Att obrigada

      • Ola Mayara,
        Seja bem vinda …

        Se voce comprar passagens pela interne fica no minimo 40 % mais barato moro aqui desde 2016 e trabalho com seguros e planificaçoes financeira.
        entra em contato para dicas mais detalhadas.
        hoje 1 FR = 3,40 Rs

        Silva loureiro

  2. Ola Claudia,
    Seu post veio bem a calhar, estou de viagem marcada mes q vem para Austria e Suiça e estou te acompanhando pelo instagram tambem! Aguardando novos post e adorando as novidades.
    Voce esteve em Interlaken? Subiu ao Jungfrau? Estou um pouco apreensiva quanto ao tempo, sera que estará inclemente em setembro?
    Grande abraço e parabens pelo blog
    Rita

    • Olá Claudia,

      Estive visitando a Suíça em abril e subi no Jungfrau. Ficamos três noites em Interlaken e todos os dias acordávamos pensando na possibilidade de subir (acesse a webcam de lá http://www.jungfrau.ch/en/tourism/travel-information/webcams/winter-webcams/ ). Acabamos indo no penúltimo dia, mas não se prenda ao tempo no topo, que no dia em que fomos não estava com a vista aberta. O passeio é lindo e terás vários lugares e paisagens para apreciar. Suba por um lado e desça pelo outro. Visite a cidade de Thun, ao lado de Interlaken, de barco pelo lago de Thun. Também tem o mirante Harder Kun por lá. Lugares lindos!!

  3. Copiando o comentário do Instagram… hehehe:
    obrigada pela recomendação 😉 Acho que pra começo de conversa ta bom demais hehe So uma coisa que mta gente nao faz nem ideia e eu acho interessante sobre os idiomas… o romanche, o 4. idioma oficial daqui eh uma mistura de alemao e italiano mas eh falado apenas por 6% da populaçao numa pequena região do cantao de Graubünden. Normalmente tb recebo perguntas da aceitacao do francês na parte alemã… Alemão é maioria, e não eh comum falar frances aqui em Zurich por exemplo mas ja em Bern que eh uma cidade “grande” mais proxima da parte francesa, se fala oficialmente alemao mas normalmente se ouve frances tb. E ha cidades oficialmente bilingues como Biel/Bienne! Ah! E claro, o Alemão falado aqui eh o suíço-alemão, cada cantão tem seu dialeto, que eh diferente do Alemão clássico (falado na Alemanha), embora todos aprendam (e falem) Alemão classico originalmente na escola. Ansiosa pra ler os proximos posts!!

  4. Fui à Suíça em 2011 durante um intercâmbio. Foi o país que mais gostei! Lindo, como saído de um sonho….
    Fui em Genebra, Montreaux, Lucerna, Interlaken e Zurique.
    Meus lugares favoritos foram Montreaux (recomendo a visita ao Chateau de Chillon – tem áudio para visita em Português – amei a atenção com a nossa língua, o que é meio raro em outros lugares), Lucerna (a cidade toda é linda!!!!) e o Jungfrau em Interlaken (peguei o primeiro trem que tem tarifas reduzidas). Adorei tb o queijo Gruyère. 🙂

  5. Olá, fascinada com as Vossas experiências… Estou a planear uma viagem de Lisboa, em Portugal, para a Suiça e gostava de dar um pulinho a França ,só tenho 8 dias de férias para o fazer em Outubro proximo. Gostava muito de ler as Vossas opniões sobre a altura do ano, será que é a melhor? e dicas please! O que não posso deixar de visitar nas cidades que indicarem Obrigada:)

  6. Realmente a Suiça é linda e nem tão óbvia, quanto mais a conhecemos mais linda fica. Só achei que essa sua cotação está muito abaixo, hoje não sei, mas normalmente passa o valor do Euro, ou seja, mais de tres reais para cada franco. Gosto de conhecer também sobre a Suiça nos vídeos da Clau, no youtube, o vivendonasuica, muita informação, assim como o da Liana que já sou fã,rsrs.
    Quanto a subida ao “Jungfrau” deve-se ficar atenta as mudanças climáticas, ou ficar hospedada em Interlaken como base, pois quando fui não pude subir e como estava distante, não voltei.

    • Oi, acredito que o o franco suíço é mais barato mesmo. Lembro bem de quando fui, que o euro era R$2,80 e o franco suíço R$1,70. Olhando nos valores de hoje, euro R$3,00 e Franco suíço R$ 2,50.

      • Sim o franco é sempre mais baixo que o euro, só nos ultimos meses do ano passado é que o euro deu uma ligeira ultrapassada.

  7. Olá Claudia, bacana o seu post. Também tenho um blog sobre viagens e comecei com várias informações sobre a Suíça. A dica da semana passada foi, inclusive, sobre como economizar com transporte em Genebra e falei do cartão de mobilidade e também do ticket gratuito no aeroporto. Estou com problemas com o meu servidor, mas espero que você consiga acessá-lo:

    http://meusroteiros.com/genebra-duas-dicas-para-quem-quer-economizar-ao-se-deslocar-pela-cidade/

  8. A Suíça é um país maravilhoso, quero muito voltar. Fui para várias cidades, mas com foco na cidades pequenas, nas grandes era só de passagem ou para trocar de trem. Les Diablerets é maravilhosa, foi a minha preferida, ver algumas casas no meio de um vale de grama verde é lindo. Mas subir o Glacier 3000 e ver todo os alpes lá de cima é uma emoção indescritível, da pra ver até o Mont Blanc na França. Ah, sempre tem neve lá em cima, era verão e tinha nevado muito durante a noite. Gstaad é outra cidade encantadora, 1/2h de ônibus de Les Diablerets, e chegando lá, nos deparamos com uma cena nunca imaginada. Estava tendo um desfile de vacas, todas enfeitadas com coroas de flores na cabeça, era o “Desalpes”, uma comemoração do fim do verão. Zermatt é outra cidade encantadora, só tivemos o azar de não conseguir subir todo o Matterhorn, o tempo estava muito ruim no dia, muito vento e fomos até a metade, mas foi o suficiente para pegarmos a nossa 1° neve da vida! Sem contar que era verão… Uma boa dica, além do Swiss Pass, que vale muito a pena, e até para economizar um pouco, é dormir nos “bed&breakfast”, tem muitos por lá, e somos muito bem recebidos dentro da casa das pessoas. A única tristeza da viagem, é ver tanta pontualidade (nos trens), tanta limpeza pelas ruas, e tanta honestidade nas pessoas (o lugar onde fica o jornal é aberto, sem precisar colocar moeda antes para acessar o jornal), entre outros, e ver que não são apenas muitos quilômetros de distância que nos separa, mas um “distanciamento” que acredito que nunca conseguiremos alcançar…

  9. Olá! Fui a Suíça no ano passado. Me apaixonei. Não deixe de ir a Vevey e Montreux são maravilhosas. O povo é muito educado. Adorei o passe de trem, ele te dá direito ao trem, transporte local nas cidades, passeio de barco e desconto nos trens particulares que sobem a montanha. É cara mas ainda acho o Brasil muito mais caro.

  10. Amei a Suíça,fiquei na Basileia,q deu p conhecer algumas cidades da França(fronteira).A única coisa chata é eles ñ usarem o euro,mas tudo compensou c um bom chocolate suíço.Vale mto a pena conhecer.

  11. Lugano é o lugar mais bonito e harmônico que visitei na Europa. Só um detalhe, paguei em euro e recebi o troco em euro, aí pedi pra receber em francos para trazer como recordação. Mas não foi assim em todas as lojas.

  12. Voltei a 15 dias de um tour pela Europa,amei a Suíça,estive em Zurique e Lucerna,achei tudo lindo,os alpes suíços indescritível,o povo super educado,enfim um país de primeiríssimo mundo.

  13. Adorei e dando uma contribuição, em Lugano tem loja que tem atendimento em português. O monte Rigi é demais. A travessia de barco no lago quatro cantões é imperdível.

  14. Foi bem escrito e falou verdades. So quero corrigir uma coisinha: O tal Fondue de chocolate, é so para turistas mesmo. Suiços nao comem este Fondue.
    Outra coisa, temos muitos restaurantes chineses, tailandeses e italianos onde podemos comer bem e nao tao caro, alem das bancas onde se pode comer sanduiches deliciosos turcos, como o Kbab ou a Falafel vegetariana e por um preço bem razoavel. Quase todos os supermercados tem restaurantes onde a comida tambem costuma ter um bom preço, como o da Migros ou Coop. Nao va no Globus,no Jelmoli ou na Grieder, nestes voce paga os olhos da cara.
    Quanto a internet e telefone, voce pode comprar no Kiosk (banca de revistas)cartoes muito mais baratos para internet, telefone que na Suiscom, Orange ou Sunrise. Voce pode comprar tambem nas maquinas de vender passagens da SBB (cia. ferroviaria suiça) e pode pagar com cartao de credito ou dinheiro.
    Eu moro aqui ha 35 anos e a cada dia descubro mais coisas sobre este pais lindo.

  15. Vocês falaram em Swiss Pass, mas o que eu utilizei e recomendo é o L’abonnement général – un abonnement pour tout da CFF da companhia ferroviária que custa 500 francos suíços e permite que a pessoa utilize por um mês uma permissão que possível andar de trem, metro, ônibus, barco etc.Para quem vai ficar um mês na Suíça creio que seja uma boa ideia.

  16. Fiquei 10 dias na Suíça em abril e não usei o Swiss Pass. Através do site da empresa de trens de lá http://www.sbb.ch/en/home.html você consegue comprar bilhetes com desconto. O pass vale para grupos e quem fará várias viagens em pouco tempo. Além disso, algumas cidades como Berna e Genebra, disponibilizam um passe para transporte público aos que estão hospedados nelas. Façam os cálculos, mas na maioria dos casos, não vale a pena o passe.

  17. Boa dia, adorei as dicas.
    Tenho uma dúvida. Estou indo agora em Dezembro de 2014 para Suíca, com o meu namorado.
    Gostaria de saber como funciona o Swiss Server Pass. Pelo o que entendi no site, ele serve para 2 pessoas. É isso mesmo? Se estaremos viajando em 2 vale a pena comprar esse?
    Obrigada e parabéns pelo site!!!

  18. A Suíça é realmente um país fantástico! Me conquistou! Atualmente estou morando na parte francesa e com o bônus da vista pra França, ô coisa feia! hehehe
    Claudia, queria deixar só meu adendo: muitas cidades fazem parte do sistema de publibike, que é um sistema de aluguel de bicicletas, você entra no site e se cadastra e pode fazer os aluguéis diários (10 CHF) (há também a opção de inscrição anual, mas acho que não vale muito a pena pra quem tá de passagem, né?). Pra quem tem o SwissPass ou o RegioPass há uma opção tarifária diferente tbm!
    Deixo aqui o site com mais infos: https://www.publibike.ch/en/rates.html

    Beijos

  19. Tenho um filho e esposa que moram em Zurich , passamos 22 dias em setembro deste ano viajando pelo pais. A conclusão que cheguei é que não tem nada haver com o resto da Europa, o povo, o governo enfim o pais dá de deis a zero no resto da Europa. Por exemplo, achava meio estranho meu filho não ter automóvel na Suiça, depois destes dias por lá entendi, o governo lhe dá a mobilidade melhor que você espera, trans, trens e ônibus é no horário, na quantidade e uma limpeza absurdamente correta, claro que o Swiss Pass foi a pedida. Só não concordo muito com os preços, não em comparação com Londres ou Paris, mas comparando com o Brasil é muito caro. Esta semana saiu na veja que a cidade mais cara do mundo é Zurich. Em um restaurante paga – se o equivalente a R$12,00 uma coca-cola e o cardápio acompanha este preço. Mas como diz meu filho e sua esposa, a gente concorda com o custo de vida alta porque o pais lhe dá tanto beneficio que as coisas tem que ser mais cara para sustentar isto.

    • Oi Luiz Paulo,
      Vou em maio para a Suiça e estou com uma dúvida:
      vale a pena comprar o Swiss pass aqui no Brasil antes de ir ou é melhor comprar quando chegar lá na Suiça?
      Obrigada!

  20. Passei 2 meses de ferias em Genebra (dezembro de 2013 a 01/02/2014) foi maravilhks.. recomendo as piscinas termicas nos alpes, simplesmente perfeitas. Passear no.lago q fica no centro de geneve tb he otimo. Recomendo tudo he otiml!!!

  21. Olá!
    Eu e minha esposa iremos passar 3 dias na Suíca, ZUrique, Lucerne e Locarno. Pretendemos fazer tudo de trem e barco. Por esse período vale a pena comprarmos um swuisspass?
    O que achas?
    Obrigado

  22. Oi Claudia, amei as dicas. Vamos pra Suíça em maio e gostaria de saber se é mais vantagem comprar o swispass ou comprar separadamente. Vamos ficar 11 dias por lá.
    Obrigada.
    Elba

  23. Tenho uns 4 dias para ficar na suiça, mas não sei para qual cidade ir… O que vocês me indicariam para ver aquelas paisagens deslumbrantes dos lagos e alpes?

    Obrigado!

  24. Olá Claudia, ótimas dicas.

    Estarei na suíça em abril e pretendo visitar Lucerna, Interlaken, Berna e Montreaux.

    Aluguei um carro e estou com dúvida em relação a locais para estacionar. Vi que existem lugares nas ruas chamados de “Blue zone”. Sabe dizer se é permitido estacionar nesses lugares ou preciso comprar algum cartão? Existe tempo determinado?

    Obrigado.

  25. Obrigado pelas dicas. Tenho uma dúvida : estarei em Praga e de lá pretendo ir pra Suíça. De trem. Creio que é possível né? Tendo poucos dias pra ficar na Suíça, depois de lá vou pra Paris ou aquelas cidades sugeridas nesse post como Annecy. Da Suíça tb posso ir de trem pra Paris? Vou dia 10/04 meu instagram @ dennisalbach

    • Denis,

      é bem longe… você vai perder um bom tempo de trem e atravessar a alemanha inteira de Praga a Suiça, além de fazer baldeacoes – quase 12 horas de viagem se for pra Lucerna por exemplo. De Basel na Suíca pra Paris é bem pertinho. Dá pra ir de trem tranquilamente.

  26. Olá Clau! Eu e meu marido estamos programando nossas férias em junho e chegamos ao destino – Suíça. Teremos 10 dias, chegando em Milão, dia 05 jun (11 hs) e retornando por Zurique dia 15 jun (20 hs). Pensamos nas seguintes cidades base:
    1) Lugano – com passeio em St. Moritz
    2) Interlaken – com passeio em Top of Europe
    3) Berna – com passeio em Montreaux, Lucerna, Genebra e Zurique
    Per favore, S´il vous plaît, Please (olha eu treinando…kkk), este roteiro é viável, quantos dias despendo em cada lugar? Poderia incluir na chegada um passeio em Bellagio (já que pegaremos trem em Milão), vale a pena considerando que vamos para Lugano? Outra dúvida, li que vc encontrou amigos blogueiros brasileiros, nós não falamos italiano, nem francês, nem alemão… apenas inglês… seria necessário contatar algum guia local? Valeuuuuuuuuuuuuuu…. Bjs. Adri

    • Olha é bem puxado… porque você está com planos de visitar uma cidade por dia. Se os 10 dias são já contando os dias de viagem fica ainda mais apertado.
      Inglês é suficiente… eu gosto de encontrar locais, amigos ou guias, porque enriquece muito a viagem

  27. Olá Clau,
    Estou com muita vontade de visitar a Suíça e depois das suas dicas fiquei ainda mais animada. Do exterior conheço Paris e Lisboa. Mas desta vez pretendo ir sozinha pois meu marido ficará tomando conta das crianças. Faço meus planos com muita antecedência, minha viagem será em novembro/16 se tudo der certo. O que você pode me dizer para acrescentar aos meus planos de ir sozinha, alguma dica especial, tenho receito de me sentir só e não aproveitar. Dos vários lugares que andei pesquisando acho que a Suíça é a mais adequada para ir sozinha. O que você acha? Pretendo fazer um roteiro de 10 dias no máximo. Por razões familiares e profissionais não posso ficar mais que isso. Me ajuda! Desde já agradeço, Bárbara

  28. Oi Cláudia, tudo bem? Realmente a Suiça é encantadora. Pena que só fiquei umas 5 horinhas por lá, indo para Chamonix Mont Blanc, no território francês. Aliás, minha dica é para quem vai passar por Genebra fica fácil dar um pulinho em Chamonix (são cerca de 80 km de distância). A cidade é linda de morrer e perfeita para casais.E vale a visita se você esquia ou não, porque há muitos outros passeios. Eu estive por lá e escrevi um post no meu blog com dicas da cidade. Para quem se interessar o link é esse:http://www.porondeandamos.com/chamonix-mont-blanc-dicas/.
    Adoro o Aprendiz e também acho muito bacana o trabalho que você faz lá na RBBV!
    Abraços

  29. Olá. Gostei muito da materia. Estou planejando minha viagem para Suiça para Junho de 2016. E se possivel gostaria de tirar umas duvidas.

    Minha ideia é chegar pelo aeroporto de zurich e seguir de trem a Interlaken onde vou me hospedar (de la partir em bate volta p conhecer Bern, Lucern, Thum e Lauterbrunnen). Vou usar muito o trem. E esta é minha preocupação. Nunca estive na Europa. Não falo Alemão e nem Frances, mas tenho o Inglês. é facil se localizar nas estações de trem da suiça? Minha maior preocupação é conseguir chegar de zurich a Interlaken (o trajeto ja pesquisei, mas e as estações? são faceis de se localizar?)

    Obrigado

  30. Gostaria de cohecer a Suiça em julho de 2016 pretendo conhecer uma cidade especifica chamada Kreuzling depois as outras tenho 30 dias de férias. Gostaria de saber como chegar e hanhar tempo pa conhecer outras cidades .
    Gostaria de ter
    Gostaria de dicas de como chegar a Suiça e essa cidade.

    Obrigada

  31. Bom dia, estou indo para Suíça no final do mês, chego por Zurique, e tenho passagem pra ir de trem pra Lucerna onde me hospedarei. Se você puder me ajudar, gostaria de saber algo bem básico, tão básico que não encontro essa informação em nenhum lugar. Como faço pra ir do aeroporto até a estação HB de onde sai meu trem? Parece tão perto, que estou na dúvida, se tenho que sair do aeroporto e ir a pé, se pego um táxi, ou pego um trem regional (e aí como devo proceder, passando pela imigração, vou pra onde, vende-se bilhetes de trem dentro do aeroporto, etc?). Desculpe, sou uma senhora, não falo inglês, mto menos alemão, então, se tivesse umas dicas sobre isso, chegaria mais segura lá!

  32. Hola. Soi cubano. Moro em brasil e suica. Face ano. Moro em a region de au. St magret. Es um lugar maravilhoso. Perto dos alpes suico. Amei monica. Seu comentario . So gueria agumentar. Gue tem algunos lugares gue son carisimo. Como algumento. Algunas persoas agui. Um beijo. A tudo e vale a pena visitar.

  33. Olá Clarissa!
    Estarei na Suíça com minha família e amigos – 9 pessoas – do dia 05NOV a 15NOV.
    Pretendo passar 8 dias na Suíça, um em Innsbruck (Austria) e um em Fussen (Alemanha).
    O objetivo de minha viagem é fotografar e filmar as mais belas paisagens do país.
    Minhas dúvidas são:
    Os jardins e campos ainda estarão floridos ou já estarão secos pela aproximação do inverno?
    Os topos das montanhas estarão nevados?
    Os pastos ainda estarão verdejantes?
    Há mais dias de sol ou nublados nesta época?
    As atrações com belezas naturais (teleféricos as montanhas, mirantes, etc) estarão abertos nesta época?
    Será fácil encontrar aquelas vistas com os pastos, as vaquinhas, o gramado e a montanha de fundo com neve em novembro?
    Muito obrigado e parabéns pelo blog!

  34. Boa tarde…

    Irei à Suiça com minha noiva em 2018 (setembro). Quero andar nos trens Bernina e Glacier quando estiver por lá, porém não consigo achar uma logistica boa.
    Partiremos de Tirano e nossa intenção seria de pegar o Bernina de Tirano e ir até Chur, e de Chur pegar o Glacier e fazer todo o trajeto até chegar em Zermatt. Pernoitar em Zermatt e pegar um trem para Zurique.
    Alguém poderia me ajudar e informar se esse meu planejamento está bom, ou se há outra forma de aproveitar tanto o Bernina quanto o Glacier?
    Obrigado

  35. Olá, conheci a Suisssa , Friburgo e os 4 cantoes da Suissa. Amei, é um país maravilhoso fui no inverno, muita neve. mais aproveitei muito…tirei várias fotos.Estou pretendendo voltar no verão,já que conhecio o inverno Suisso. Na verdade fiquei em Bulle, tenho um casal de amigos que moram lá.

  36. Olá, qual seria a melhor época para conhecer a Suíça e se possível brincar um pouco na neve?, não somos esquiadores mas queremos dar uma escorregadelas rsrs subir apenas um dia ou dois nas montanhas. Porem ao mesmo tempo estamos tentando fugir do frio intenso, para aproveitar melhor todo o resto que a Suíça tem para oferecer…acho que teria que ser o finzinho ou o comecinho da neve…quais seria os melhores meses para isso, Grato e parabéns pela matéria!!

  37. Chegando por Milão qual seria o melhor roteiro de 12 dias para conhecer o melhor da Suiça no mes de junho 2017 com saída por Zurique ?

  38. Olá Cláudia!
    Estou indo com minha esposa no final de outubro pra Suíça, ficaremos na Capital em casa da tia de minha esposa. Ou seja, não teremos comprovante de estadia, o que preciso solicitar a tia, para apresentar como comprovante de estadia ou não preciso? Vamos ficar de 27 OUT ATÉ 23 NOV 16, entrada e saída final será Zurich.
    Nesse período, pretendemos ir a outros países, como França, pelo menos 5 dias(tenho Amiga que mora lá a mais de trinta anos, é na casa dela que ficaremos), Alicante-Espanha por uns 5 dias (onde ficarei na casa da tia da esposa), os quase 20 dias que sobraram, queremos ir em: Barcelona, Madri, Alemanha, Itália, Áustria, talvez Noruega e onde mais conseguir e a grana deixar, kkkk.
    É a primeira vez e queremos conhecer o máximo, por isso te peço todas as informações e dicas possíveis, kkkkk.
    Agradeço desde já a atenção e aguardo seu retorno.
    Abraços…
    Jorge Claudio.

  39. Então, estou com viagem marcada para fim do mês de outubro desse ano e ainda não comprei os francos. Seria melhor comprar aqui ou lá? E se lá, melhor levar em real mesmo ou comprar dólar aqui e trocar por Franco lá? Quem souber e puder responder agradeço.

  40. Boa tarde Claudia,
    gostaria de lhe parabenizar pelo blog, é bastante prático .
    Vi tanta coisa legal que não estou conseguindo fazer meu roteiro rsrs, principalmente pq na época que irei não tenho certeza da possibilidade dos passeios.
    se você puder me dar uma luz ficarei muuuuito agradecida
    viajaremos eu, meu marido e meu filho de 9 anos ( cuja intenção é esquiar)
    ida e volta por Zurique, chegando 23/02/17 as 14:30 e saindo 05/03/17 as 20:40
    acho que ainda estara muito frio né?
    queria colocar no roteiro Berna, Lucerna, Interlaken ( esquiar em Wengen ? ), Zurique com bate e voltas para Basel e Baden.
    Minha duvida é quantos dias em cada e se é melhor fazer 4 bases ou ficar em Interlaken e Zurique apenas com fazer bate e volta ? ou se devido ao frio algumas dessas não vale a pena
    Please help me!!!!
    Abraçosss
    Leyla

  41. Nossa obrigado pelas informações, foram de grande ajuda! Pretendo ir a França e Alemanha Tb, você poderia me informar se da Suíça para Londres haveria a possibilidade de ir, se necessitar ia visto, desd já agradeço.

  42. Dá pra fazer um tour pela Suiça de 18 dias com malas usando trens? Quais seriam as cidades bases ideais para hospedagem a fim de facilitar deslocamentos ?

  43. Estou louca para ir entre julho e Agosto com meu filho de 7anos ficar uns 15/20 dias mas estou com receio de qnto devo gastar em tão pouco tempo. Super curti o post. Estou pesquisando e calculando. Vale as dicas.bjs obrigada!

  44. Boa noite! Gostaria de saber mais a respeito do seguro saúde. A contratação é feita antes no Brasil ou na chegada a Suíça? Alguém teria o nome de uma seguradora de saúde confiável no Brasil?

  45. Gostaria de saber sobre o Natal na Suíça! Pretendo ir em Dezembro deste ano e gostaria de saber o que é legal para fazer nessa época, qual cidade ir, estações de ski, etc

  46. Vou a Suíça um dia apenas em viagem rapida de passagem londres Amsterdã e paris.o que e recomendavel fazer em um dia?

  47. Boa tarde a todos.
    Achei a hospedagem em Zurique cara.
    Vocês teriam outra cidade bem encostada à Zurique e de fácil acesso que seja mais barata?
    Grato.

  48. Moro na Itália ha 22 anos e sempre que posso visito a Suíça! Um País maravilhoso, de pessoas muito educadas! É realmente um ótimo local para começar um tour de poucos dias pela Europa e o Swiss Pass é uma ótima ideia.

  49. boa tarde, farei um tour pela europa no mes de dezembro, Holanda, Bélgica, França e Suiça. Gostaria de algumas dicas referente ao o que fazer.

  50. Muito bom suas dicas.
    Moro na Suiça a 13 anos e amo o país e cultura.
    Meu desejo é que todos os brasileiro desfrute de uma boas férias por aqui.

  51. Boa tarde!
    Estava programando viagem à Europa ano que vem novamente.
    Ia entrar por Milão, passar pela Toscana, e depois seguir pra Suiça e depois terminar na Grécia.
    Na Suiça havia pensado apenas em Zurich e Grindelwald, pra conhecer os Alpes Suiços. Mas lendo os comentários fiquei meio perdida e acho que vou abrir mão da Itália haha, pois já conheço bastantes lugares lá. Em 2012 entrei por Milão e fui descendo até Capri.
    Mas agora nesse momento estou pensando em conhecer outras cidades dentro da Suiça. Se eu abrir mão da Itália, ganho mais 5 dias. Então minha pergunta é: Quais as cidades mais recomendadas para se fazer a Suiça no total de 8 dias? Obrigada!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui