Diário de viajante: quando todo mundo está viajando menos você

6

Trabalhar escrevendo sobre viagens não necessariamente significa que eu viaje mais que todo mundo. A grande diferença entre um blogueiro de viagem e uma pessoa que viaja e não bloga, é o fato do blogueiro escrever sobre sua experiência. E gostar de fazer isso, claro! A gente fotografa, experimenta e faz certos passeios já pensando em pautas para o blog e como podemos fazer os posts ficarem mais dinâmicos e didáticos. Mas, obviamente, o blogueiro de viagem está sempre pensando em viajar. E, apesar de parecer que temos rodinhas nos pés e não paramos em casa, as vezes acontece o que pode acontecer com qualquer pessoa que não tem um blog: não ter nenhuma viagem em vista.

Leia também:

riserva dello zingaro (12)

Isso é mais ou menos o que está acontecendo comigo agora. Sim, eu tenho uma viagem grande planejada esse ano, mas justamente por causa dessa viagem (que vai fazer um buraco nas minhas finanças e sugar um monte de dias de férias), eu estou abrindo mão de viajar mais. E nessa época do ano, os meses de férias de verão no Brasil, isso é uma tortura pra qualquer pessoa que ama viajar!

Eu já falei aqui sobre restrições de viagem (não se pode ver tudo) e mudanças no meu estilo de viajar, mas isso não quer dizer que eu esteja livre de sentir aquela invejinha básica de todos os meus amigos e colegas blogueiros que estão passeando por esse mundão. E, de quebra, postando muitas fotos maravilhosas no Instagram e fazendo postagens mil no Snapchat!

O Seguro Viagem é Obrigatório na Europa

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

E o pior é quando todo mundo que você conhece te fala que você vai amar tal lugar e que deveria ir o mais rápido possível. “É a sua cara!”, “Pensei em você quando visitei esse lugar”, “Você deveria ir e aproveitar que tem passagem barata”. A intenção é das melhores, mas confesso que não ajuda! As vezes, nem passagem barata adianta, já que a gente depende de férias e o orçamento pode estar bastante apertado, não é mesmo?

pordosolsiestakeystanduppaddle

Pra tentar então escapar desse FOMO (fear of missing out) que não sai de mim, comecei a listar algumas vantagens em não viajar, e como posso transformar esse tempo em casa em algo produtivo para o meu lado viajante também!

  1. Economia: óbvio né? Por mais econômica que uma viagem seja, não viajar sai mais barato. Então estou aproveitando pra economizar uma grana, tanto para as próximas viagens como para projetos pessoais. Acho uma boa oportunidade pra também rever outros gastos. Quem sabe comprar menos roupas, ser mais consciente na hora de ir no supermercado? Já que a economia forçada da não-viagem traz esse benefício, vale a pena aproveitar o momento e poupar.
  2. Organização: a gente gasta bastante tempo em planejamento de viagem, e quando voltamos tem todo o processo de baixar fotos, desfazer malas, colocar a vida em ordem e ainda por cima cuidar do blog. Então é hora de aproveitar o tempo livre da não-viagem e finalmente fazer back up de fotos, fazer posts atrasados pro blog, e deixar as burocracias do dia a dia em ordem. Passaporte está na validade? Tem algum outro documento que precisa ser renovado ou tirado?
  3. Planejar passeios na minha cidade: a melhor parte de não viajar! Procure blogs que tenham matérias sobre a cidade onde você mora (já viu a lista de blogs da RBBV?) e se comprometa a conhecer lugares que nunca visitou antes. Museus, teatros, mercados, ruas com lojas bacanas, instalações de arte na rua, parques e um tanto de coisas que aposto que você sempre deixa pra depois porque está sem tempo.
  4. Planejar passeios bate e volta: você tem carro ou pode alugar um carro por um dia? Ou então é possível pegar um ônibus pra passar o dia em uma outra cidade perto da sua? Taí uma ótima oportunidade de explorar o mundo, conhecendo seu próprio entorno. Muita gente “conta países” em seu currículo viajante, mas eu gosto de contar cidades. Afinal, não posso dizer que conheço o Brasil se eu mal conheço o Nordeste e o Norte, certo? Então taí, coloque mais cidades na sua lista!
  5. Rever as prioridades “viajísticas”: mesmo que você não tenha a menor ideia de quando será sua próxima viagem, é bom saber pra onde você gostaria de ir. Priorizar, sabe? Listas infinitas todo mundo tem, mas quando a oportunidade surgir (e pode ser coisa de última hora), pra onde você quer ir? Pense no que você mais gosta de fazer quando viaja: ir pra praia? Visitar museus? Ir em restaurantes? Ir em festas? Andar muito o dia inteiro? Fazer compras? Então, em vez de ter uma lista de destinos que só te deixa deprimido por que parece impossível de cumprir, faça uma lista de prioridades. Assim, você sabe que a tão sonhada viagem não vai decepcionar!

Conta pra mim: você também “sofre” quando parece que todo mundo está viajando, menos você?


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


6 COMENTÁRIOS

  1. Tb sofro muito por não viajar principalmente qdo tá todo mundo viajando! :/ mas tb aproveito esse tempo, q normalmente é nas férias escolares dos meus filhos, para fazer passeios por São Paulo, onde moramos, visitar alguma patentes próximos e organizar a casa. Só não ficamos em casa! Aqui nessa cidade tem muita coisa legal p fazer sempre!

  2. Que texto gostoso de ler e com dicas muito valiosas que vou tentar colocar em prática quando não estiver viajando. Sofro muito sim quando parece que só eu não tô viajando. Ainda mais quanto tenho férias certas, mas não deu certo de fazer mais uma viagem e acabo não indo. No meu caso, já foram as coletivas e já estou pensando nas próximas quase no meio do ano.

  3. Oi, Helo

    Feliz 2017 pra ti e pra Claudia!

    To passando por isso nesse exato momento. Não viajei nem em dezembro e nem agora em janeiro, ainda nem sei se vou poder em fevereiro. Minha mãe tem que fazer uma cirurgia daqui uns dias, estamos em função de exames, consultas e tudo mais.. Mas enfim, é isso que vc disse, sempre tem alguma coisa pendente pra colocar em dia. To aproveitando os dias livres pra renovar todos os meus documentos, preencher papelada de vistos e atualizando vários posts e escrevendo novos posts no blog.

    Pra ti ter uma ideia, ontem foi ao ar um post que tinha deixado agendado, mas que nem tinha escrito ele direito. Quando vi ele publicado, quase desmaiei hahaha Mas faz parte!

    • Oi Bruna! feliz ano novo! mas menina, como assim, vc esta sem viajar há 2 meses só!! hahahha isso é super pouco! pensa bem como é um privilegio viajar com essa frequencia! tem gente q fica meses, anos, ou uma vida sem viajar! mas entendo sua agonia, pq é um estilo de vida teu né? mas então, por a vida em ordem nesse período ajuda super! e melhoras pra tua mãe, beijão

  4. Oi Helo, fiz uma viagem maravilhosa em 2016,mas agora… As finanças estão daquele jeito! Estou tentando não ficar deprimida,não pelo fato de todos estarem viajando,mas por achar que não irei a lugar algum esse ano 🙁 E para mim,não estar planejando uma viagem é muuito difícil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui