Era Uma Vez o Muro de Berlim

10

O céu de domingo estava cinzento e caminhávamos os cinco pela Bernauer Strasser, uma avenida larga de Berlim, depois de uma manhã conhecendo atrações locais guiados pela nossa amiga blogueira berlinense. Finalmente paramos no que parecia um terreno baldio e Yvonne, nossa guia, anunciou em tom sombrio  apontando para o chão: É aqui.

A placa não deixava dúvidas “Berliner Mauer -1961-1989” (Muro de Berlim 1961-1989)

Berlim_Placa_do_Muro_No_Chao
Placa indicativa no chão de onde ficava o Muro de Berlim

 

“O lugar que todo mundo vai, continuou ela no seu inglês perfeito, é o East Gallery Wall. Com seus painéis coloridos, lá é o cartão postal que corre o mundo. Mas quem vai lá e vê o muro e não se interessa por sua história, sai de Berlim sem nem saber do que se trata. Olhe a sua volta, não tem quase ninguém por aqui. Mas é aqui que você vai poder conhecer um pouco da história do que realmente aconteceu .”

Foi como fazer uma viagem no tempo. Lembro de ter visto na TV o pessoal em cima do muro, dançando e batucando e os jovens com martelos… e é quase inacraditável pensar que eu estou aqui, no lugar onde isso aconteceu.

 

 

Visitando a cidade, mais de 20 anos depois da queda do muro, é dificil visualizar a separação entre East e West, Berlim  Ocidental e Berlim Oriental. O que eu acho ótimo e mostra a capacidade do povo em se unificar novamente. Mas ainda há pela cidade traços do que aconteceu.. e é preciso lembrar para não deixar acontecer novamente. Depois de andar pelas ruas e aprender a identificar as “marcas do muro” aí sim, as coisas começam a fazer sentido.

Olho de um lado da rua, vários blocos de apartamento. Do outro lado da rua, menos de 100 metros, outros blocos de apartamento. Imaginei logo que os vizinhos e quem sabe parentes, foram separados durante o anúncio naquela noite em 13 Agosto de 1961. Foi todo mundo dormir sem saber o que os estava esperando no dia seguinte.

 

Berlim_east_west
Berlim East / West

 

O muro construído em 1961, tinha 154 km de extensão e 3.65 metros de altura e separava East e West Berlin na Alemanha. O portão de Bradenburgo, um dos símbolos da cidade, ficou “ilhado”  durante os 28 anos que a cidade ficou dividida.  Em Novembro de 1989, quando o muro caiu, foi nele que os berlinenses se agregaram para celebrar.

 

Berlim_Portao_Bradenburg_Frente2
Berlim - Portão de Bradenburgo

 

O Memorial ao Muro de Berlim (Berlin Wall Memorial) que fica na Bernauer Strasse, se estende por vários quarteirões. Nele é possível acompanhar passo a passo o que aconteceu durante os 28 anos que o muro separou East Berlim de West Berlim. É uma aula de história in loco desse período tão conturbado na Alemanha. Yvonne, que também é jornalista de TV, sabe de cor os fatos e responde as perguntas de cinco pessoas ávidas por informação.

 

Berlim_Wall_Memorial
Memorial ao Muro de Berlim

 

Esta é provavelmente uma das áreas mais sombrias em toda Berlim. Talvez por isso não seja tão divulgado, ou não interesse tanto aos turistas que vem em busca de cartão postal. Pedaços do muro se revezam com vigas de ferro, uma lembrança constante do que aconteceu. É uma lembrança doída, é um passeio sofrido, mas mostra também a resiliência de uma cidade e sua força.

 

Muro de Berlim_Memorial
Memorial ao Muro de Berlim

 

O centro de documentação tem um mirante, de onde se avista, além da torre de TV ao longe, um pedaço do muro original com toda sua estrutura de outros muros menores, exatamente como era, protegidos hoje por placas de ferro.  Lá de cima dá pra se ter uma idéia do que os berlinenses do lado ocidental tinham que passar para tentar chegar ao muro. A zona entre os muros menores(baby wall) e o muro propriamente dito, era onde os oficiais tinham ordem para atirar para matar se vissem algum fugitivo. A história é triste e pesada, mas necessária para botar em contexto anos de histórias que a gente leu nos livros.

 

Berlim_Wall_CentrodeDocs2
A marca do Muro e a vista de cima do Centro de Documentação

 

Terminamos nosso tour um pouco pensativos demais, mas muito agradecidos pela oportunidade de ter a perspectiva de alguém tão próxima dos acontecimentos. E Berlim continua surpreendendo, porque há que se respeitar uma cidade que não esconde sua história, por mais triste que ela seja.

 

Além do Memorial ao Muro de Berlim é possível visitar o Muro de Berlim em outros três lugares na cidade:

  • Topography of Terror ou Topografia do Terror, perto do Checkpoint Charlie e Postdamer Platz é um outro lugar onde se pode ver pedaços remanescentes do muro de Berlim além do local onde a Gestapo operava. O Muro, que teve parte de sua estrutura arrancada por turistas, hoje é protegido por uma cerca e uma lei que multa quem tirar pedaços dele. Neste local há também o prédio com a documentação do período nazista.
Berlim_Muro_Topografia do Terror
Muro de Berlim - Topografia do Terror


  • Potsdamer Platz , na estação do mesmo nome, tem várias placas que foram recolocadas onde elas deviam estar originalmente depois que a área foi revitalizada. Há um pouco de história entre as placas, em painéis informativos que ajudam a manter as placas no lugar.
Berlim_Potsdamer_Platz_muro
Berlim_Potsdamer_Platz_muro


  • A East Gallery  é o lugar mais famoso e também mais turístico e onde fica a arte que vemos sempre por toda parte quando se fala do muro de Berlim. Ela é considerada a maior galeria a céu aberto do mundo, com mais de 116 artistas de todo mundo que pintaram o muro de 1.3 Km de extensão entre Oberbaumbrücke e Ostbahnhof.
Berlim_Muro_East_Gallery
Muro de Berlim East Gallery

 Como chegar:

Para um tutorial sobre o sistema de transporte em Berlim, leia Como Chegar e Se Locomover na cidade.

Memorial ao Muro de Berlim: S-Bahn –  Nordbahnhof  S1, S2, S25  ou UBahn –  Bernauer Strasse (U8)   

East Gallery : S Bahn  – Ostbahnhof  S3, S5, S75, S9 

Topography of Terror e Potsdamer Platz : Potsdamer Platz U2 ou S-Bahn: Potsdamer Platz S1, S2, S25


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


10 COMENTÁRIOS

  1. Claudia, também vi tudo isso na minha recente viagem à Alemanha. É muito impressionante.
    Parabéns pelo seu post.

  2. Eu havia lido sobre esse Memorial antes de viajar, mas esqueci de anotar… Resultado: não lembrei de visitá-lo. Só agora vi que fica próximo ao apê que aluguei. Preciso voltar!!!

  3. Adorei o post…estou me organizando para visitar Berlin em 2015 e gostaria de saber se uma manhã é suficiente para visitar o memorial do muro? Ou quanto tempo seria necessário para a visita? Obrigada!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui