O Que Fazer em Berlim em 6 Dias

30

Berlim pra mim sempre pareceu uma realidade tão distante, que ficou parecendo uma daquelas cidades que só existem nos livros.Eu tinha pouco mais de 16 anos, estava terminando o 2º grau(sim, eu sou da época que era chamado o segundo grau) quando o muro de Berlim caiu. Devo ter visto no Jornal Nacional, não lembro exatamente onde estava e a imagem que tenho na minha cabeça é aquela repetida mil vezes nos anos subsequentes… jovens depredando e dançando em cima do muro.

Num passado mais recente, Berlim começou a se apresentar repetidamente na minha vida. Na época da Copa do Mundo na Alemanha, a cidade que eu via na TV não condizia com a cidade que eu tinha conhecido nos livros.  No último ano talvez o maior culpado da minha vontade de ver a cidade seja o Oscar que tem o blog MauOscar.com . Ele que morou e estudou na Alemanha, fez uma apresentação no #chatdeviagem que mostrou pra mim uma Berlim fascinante. Quando descobri que a maior feira de turismo do mundo acontecia por lá, ela entrou na lista dos destinos possíveis a curto prazo. Eis que em Março ela finalmente virou realidade.

O Seguro Viagem é Obrigatório na Europa

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

“Berlin ist arm, aber sexy.” (“Berlim é pobre, mas é sexy”)

 

berlin_bag
Pobre, mas sexy

 

A cidade é encantadora como eu achei que ia ser, mas não é fácil falar dela. Tudo lá é muito intenso e diferente. A começar pelo slogan “Berlim é pobre, mas é sexy” que está em toda parte. A frase, dita pelo prefeito da cidade há alguns anos atrás virou quase um mantra e é adotado sem preconceitos. As meninas descoladas, com seus casacos de pele e roupas da moda, usam as bolsinhas de pano reusáveis com o slogan. Há muito pra se falar de Berlim, mas pra começar, vou fazer aqui um resumão dos meus seis dias por lá com links para os posts que já saíram.

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom exclusivo para leitores do blog APRENDIZDEVIAJANTE e receba frete gratuito! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

Quando eu fui: Março de 2012. Era fim de Inverno, na semana da ITB Berlim. Verifique esta semana no calendário para fugir dela, porque os hotéis ficam lotados e preços caríssimos. A temperatura estava ótima, na casa dos 13 a 16 graus. Nos 6 dias que fiquei lá fez sol, choveu, e ficou nublado, mas estava muito tranquilo de andar pelas ruas. Não passei frio nenhum dia, teve dia que saí com um casaquinho bem leve.

Com quem: Sozinha. Mas tinha vários amigos na cidade visitando a mesma feira e alguns deles moravam na cidade o que me deu um pouco do sabor “local” da cidade.

Quanto tempo: 6 dias (três estava na feira de turismo ITB, então nestes três dias não foram dias inteiros fazendo turismo e três inteiros só fazendo turismo)

Ar/Trem/Mar: Voei de Air Canada para Bruxelas e Easy Jet de Bruxelas para Berlim, a empresa “low cost” que nem foi tão barata assim. Tinha esquecido do detalhe que só podia uma mala de mão, sem nenhuma outra bolsa adicional e queriam cobrar pela minha bolsa de mão, 50 doláres no embarque, porque minha bolsa de mão não cabia na mala. Na volta, comprei a 2a bagagem online, 11 euros.

Berlim_Zoo
Berlim_Zoo

 

Para se locomover na cidade: Use e abuse do transporte coletivo  e táxis quando necessários são bem baratos.

 

Trem
Trem

 

Hotéis: Fiquei uma noite do albergue The Circus num quarto coletivo com mais 2 pessoas, 3 dias no hotel Pestana no Tiergarten e 2 no albergue East Seven num quarto privado. Gostei muito do The Circus, super organizado, bem localizado, muito limpo e tem elevadores, mas não ficaria novamente se a opção fosse apenas quarto coletivo. Para conseguir reservas em quarto privado é preciso meses de antecedência. Há também a opção do hotel The Circus, que na semana que eu queria não tinha vagas. Os dois ficam na Rosenthaler Platz, do ladinho do metrô.

O Hotel Pestana eu adorei, consegui por um preço maravilhoso (US$65.00) e fiz um post bem detalhado sobre ele. O East Seven, que eu acabei ficando nos últimos dois dias porque vários blogueiros estavam lá, tinha quarto privado, com WiFi. Paguei US$46.00 no quarto privado e ele também fica muito bem localizado, perto do Metrô Senefelder Platz. Só não gostei porque não tinha elevador e subir escadas com mala é um saco. Mas fora isso, bem limpinho, simples, mas organizado. Foi super conveniente nos dois últimos dias pra sair com a turma toda.

 

Hotel_Pestana_Berlin_cama
Hotel Pestana Berlin

 

Atrações: O que não falta em Berlim são atrações, para todas as idades e gostos. Gosta de museus, aqui tem! História, também. Está com crianças? Tem muito o que fazer. Mas uma coisa temos que concordar… tem cartões postais imperdíveis para todas as idades na cidade. Aqui estão 10 dos principais pontos turísticos que visitei durante os 6 dias que estive na cidade:

  • Muro de Berlim: Provavelmente o ponto turístico mais conhecido de Berlim, o Muro de Berlim pode ser visto em quatro lugares diferentes em Berlim. O mais conhecido é o que fica na East Side Gallery, mas neste post especial sobre o Muro de Berlim, conto quais são os outros lugares para ver o muro.
Berlim_Muro_Topografia do Terror
Muro de Berlim

 

  •  O Sony Center na Potsdamer Platz com seu teto futurista e multi colorido é um complexo de restaurantes e entretenimento que vale a visita.
Berlim_SonyCenter
Sony Center

 

  • Portão de Brandenburgo – Outro dos cartões postais mais famosos de Berlim, fica próximo a outras atrações. O fim de tarde é um dos períodos mais interessantes para visitar o portão, quando dá pra fotografar com a luz do dia, pôr do sol e quando a noite chega, o portão é iluminado, conferindo as fotos um brilho especial.
Berlim_Portao_Bradenburg_Frente
Portao Brandenburgo

 

  • A torre de TV – além de ser uma ótima referência para que a gente se ache pela cidade, para quem se aventurar a subir na torre o que o espera uma visão privilegiada de Berlim.
Berlim_TorredeTV3
Berlim Torre de TV

 

  • Reichstag, o prédio do parlamento Alemão com seu domo de vidro transparente. É preciso fazer reserva online com antecedência para visitar por dentro.
Berlim_Reichstag
Reichstag

 

  • Tour a pé pela cidade passando pela ilha dos museus com o maravilhoso Pergamon e outros. Vale a pena separar mais de um dia só para os museus.
Berlim_IlhadosMuseus
Ilha dos Museus

 

  • Berliner Dom – a  igreja protestante toda enfeitada que até parece uma catedral que fica na Ilha dos Museus.
Berliner Dom
Berliner Dom

 

  • Memorial do Holocausto – Prepare-se..apesar do monumento não ter inscrições ou nada que lembre visualmente os judeus massacrados, é muito intenso entrar no labirinto de blocos.
berlim_Holocausto
Memorial do Holocausto

 

  • Checkpoint Charlie – bem turistão, os guardas são atores e cobram pra tirar fotos. Mas tem que estar no roteiro para saber como e onde funcionava a passagem da Berlim oriental para a ocidental.
Berlim_CheckPoint_Charlie
CheckPoint Charlie

 

  • Gendarmenmarket  uma praça linda, com duas igrejas, uma protestante e uma católica, de frente pra outra. Há varios restaurantes bacanas em volta da praça e a loja de chocolates Fassbender & Rausch que fica na praça é uma perdição.
GendarmenMarkt
GendarmenMarkt

 

  • Há outras atrações como o  Tiergarten que é o parque de Berlim e o Zoológico de Berlim que é perfeito para quem vai com crianças.

Restaurantes e Cafés para anotar: 

A comida em Berlim é muito barata e come-se muito bem por lá. A cidade tem restaurantes variadíssimos, desde o tradicional prato alemão com linguiças de todos os tipos(wurst) passando por culinárias do mundo todo. Meu favorito foi um indiano e olha que eu nem sou tão fã assim de indiano, pois normalmente não gosto de comida apimentada. E café da manhã é uma tradição em Berlim. Em alguns lugares eles servem café da manhã o dia inteiro no domingo por exemplo. Aqui uma lista dos restaurantes que experimentei nestes dias em Berlim.

 

Berlim_Cafe_da_Manha
Café da Manhã no Entweder Oder

 

  • Curry Mitte ( Torstr. 122, Rosenthaler Platz  – Em frente ao The Circus, para comer o prato tradicional da cidade, o Currywurst.
  • Café M – ( Goltzstr. 33,  Schöneberg) Bar frequentado por locais, esfumaçado porque todo mundo fuma, mas perfeito para um drink no fim de noite. Sanduiches bem gostosos.
  • Amrit (Oranienstrasse 202 Berlin – Estação UBahn – Gorlitzer Bahnhof ) – Restaurante Indiano. Super delicioso e muito barato.
  • Einstein Kafe – Fica em frente ao Checkpoint Charlie. Fui nesse café duas vezes.. ponto de encontro com os outros blogueiros que estavam em Berlim… tomei um prosseco muito bom e no outro dia quando estava fazendo o tour a pé. Comi um sanduiche bem gostoso por lá. Ele tem em vários outros locais da cidade.
  •  Entweder Oder (Oderberger Str 15, estação Eberswalder Straße ) – Fomos tomar café da manhã/brunch lá no domingo, uma delícia. Pedimos uma tábua com queijos e frios e também pancakes com nutella. Ótima pedida para antes do Flea Market no Mauerpark.
  • Due Forni (Schönhauser Allee 12, estaçao UBahn Senefelderplatz) – Restaurante Italiano. Pizza e Massas. O lugar é surreal, lotado e cheio de cartazes e coisas escritas na parede.
  • Sappori Italiani e Café Rontgen – Dentro da Galeria Kaufhof em Alexanderplatz. A loja de departamentos tem uma Galeria Gourmet no 1o andar, com muitas guloseimas e esse restaurante e café.
Berlim_Amrit_Restaurante Indiano
Amrit Restaurante Indiano

 

Imperdível: Fazer o tour gratuito (mas que você dá gorgeta no final)  a pé pela cidade da Brewer’s Tour. São muito bons, recomendadíssimos. É um daqueles lugares que tem tanta história, que precisa ter um guia te explicando e apontando uns lugares que você deixaria passar se estivesse vendo sozinha ou com um livro. Visitar os diversos locais onde ainda tem o muro. O Centro de Documentação do Muro de Berlim  foi uma das partes mais emociontantes da visita a cidade e fica bem perto do Flea Market que acontece aos domingos.

 

Berlim_Wall_CentrodeDocs2
A marca do Muro e a vista de cima do Centro de Documentação

 

Onde Comprar souvenirs: O Flea Market do Mauerpark no domingo foi o meu lugar favorito. Se você estiver na cidade num domingo, não perca e vá fazer uma visita. Comprei postais, fotos, camisas. Todas diferentes das que você encontra nas lojas tradicionais de souvenirs. O 3o andar da loja de departamentos Kaufhof em frente a Aleksanderplatz também é um lugar interessante para comprar souvenirs legais.

 

Berlim_Flea_Market
Berlim Flea Market

 

Não repetiria jamais: Deixar para reservar o hotel tão em cima da hora nesta semana lotada em Berlim. Acabei ficando num albergue de quarto coletivo no 1o dia, que detesto. Não ter programado a ida com antecedência o Reichstag, nos dias que me dispus a ir estava fechado para o público. Ter ficado tão poucos dias. Berlim merece mais, muito mais.

 


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


COMPARTILHAR
Artigo anteriorEra Uma Vez o Muro de Berlim
Próximo artigoLondres: As Dicas do #ChatdeViagem

Claudia Beatriz trocou as praias do Rio de Janeiro pela vizinhança da Casa Branca em Washington DC em 2004 e se mudou em 2014 para Orlando, onde vive atualmente. Apaixonada por Viagens e Fotografia, criou esse blog e a revista Aprendiz de Viajante. Quando não está escrevendo sobre viagens ou fotografando, a “nerd confessa” dá consultoria, treinamento e escreve sobre tecnologia, gerenciamento de conteúdo e mídias sociais.

30 COMENTÁRIOS

  1. Frase perfeita para descrever Berlim: tudo muito intenso e diferente. Só agora dei conta do mix que é essa cidade!

    P/ mim, a parte mais marcante foi o Memorial do Holocausto. Não tem como sair sem ficar comovido com aquelas cartas no chão.

    • É demais né Thyago? Eu estou com este post pronto desde março. Mas faltavam fotos e não consegui achar o tom. Resolvi fazer o resumão e vou escrevendo de cada experiência depois com calma.

      • Estou começando hj meu roteiro aqui em Berlim, mas o pouco que já vi é fascinante, a cidade parece te envolver ! Tenho certeza que meus dias aqui serão marcantes!!

  2. Vou para Berlin no início de outubro. Sempre leio teu site, e adoro. Este post veio muito a calhar. Vou levar comigo! Obrigado!

  3. Fizemos um tour de bicicleta para conhecer os pontos turísticos.
    Os hoteis estão em conta hein, quando fomos, por estes preços ficamos em um etap na Postadmer Platz. Gostei de ficar nesta área.

  4. Também fui em Berlim em Março. Fui em todos os lugares citados e mais um pouco 🙂 Não tinha percebido quando coisa tinha feito.
    Amei Berlim, cidade bonita, boa comida, bons preços, várias atrações e com gente como a gente, cidade com vida própria que não vive só de turismo.
    Quero voltar um dia.

  5. Gostaria de saber se é comum por lá oferecer café da manhã nos hoteis ou se devemos procurar um café ou coisa parecida para fazê-lo. Gostei muito do Hotel Pestana que vc falou mas lá oferece o café da manhã?

  6. Claudia, estarei em Janeiro por lá, tudo que eu precisava era desta sua página e fotos, agora montarei meu roteiro, caso tenha algo mais para colocar ou outras dicas sobre Berlim, por favor, me passe, abração.

    • Eu morei quatro meses em Berlin. Em janeiro, prepare-se para muuuuito frio e neve! Então leve roupa de frio, sério mesmo. Pode pegar até menos 20 graus… E pare de vez em quando para tomar um chocolate quente ou qualquer outra coisa que aqueça. Não bobeie pois o frio não é daquele que corta os ossos, mas do tipo de tira as forças sem que se sinta.
      Mas não desanime, é só um alerta, fica tudo lindo com neve (eu acho…rs…) e escurinho as quatro da tarde!

  7. Estivemos em Berlim nos dias 29,30 e 31 de dezembro de 2013 a cidade estava uma loucura em função dos preparativos da virada do ano, foi ótimo. Visitamos todos os locais citados e alguns mais, utilizamos o metrô é super fácil e barato para se locomover por lá. Ficamos com gostinho de quero mais, queremos voltar em breve, três dias é pouco!

  8. fui com minha familia em julho de 2013 e realmente amamos a cidade.tudo é lindo. anda-se pela cidade com tanta segurança….risco quase nulo. Passeamos de bike pelo Tiergarten e pelas margens do rio Spree….quero voltar!!!

  9. […] No filme Bridge of Spies – Ponte dos Espiões, Tom Hanks interpreta James Donovan, o advogado americano que negociou a liberação do piloto Gary Powers junto à União Soviética. O piloto foi capturado em 1960 após a queda de seu avião de espionagem em território soviético. No cenário está a Glienicke Bridge – um ponto crucial do rio Havel que fica bem pertinho de Berlim. […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui