Food tour em Austin (de bicicleta elétrica!) com a Austin Eats

3

No dia 26 de abril eu fiz um passeio aqui em Austin que estava na minha lista há tempos: um food tour! Se você nunca fez um food tour: é um passeio gastronômico, normalmente um pequeno grupo sai com um guia para visitar um número pré-determinado de restaurantes e bares pra comer e beber (a pé, que é mais comum, ou numa van). O guia fala sobre os estabelecimentos, os pratos, e o valor que você paga pelo food tour inclui a comida, e em certas ocasiões, a bebida também. O legal de um food tour é que você acaba provando a comida ou bebida de vários restaurantes legais por um preço bem razoável, enquanto conhece gente nova, que como você, gosta de comer e beber! Os pratos servidos num food tour normalmente são um pouco menores do que é normalmente servido no menu, justamente pra você conseguir comer um pouquinho em cada lugar.

Aqui em Austin a Austin Eats tem vários tipos de food tours: restaurantes, food trucks (já escrevi sobre o fenômeno dos food trucks de Austin lá no meu blog pessoal), tours só de churrasco e cerveja, só de sobremesa, e o que eu fiz, o “diferente” – um tour por restaurantes e food trucks no East side usando bicicletas elétricas! Eu entrei em contato com a Austin Eats perguntando sobre os tours (eu queria fazer o tour de food trucks, que é novo, mas primeiro eles tiveram que mudar a data e depois a nova data lotou) e o Andy, que é o dono e super simpático, topou me encaixar gratuitamente nesse tour de bicicleta pelo East side. Sorte a minha, porque eu nunca tinha visto e muito menos andado numa bicicleta elétrica e achei o máximo, foram 2 experiências bacanas em uma!

Numa sexta-feira as 12h45 lá estava o nosso grupo de 8 pessoas na loja Rocket Electrics, que vende ou aluga as bicicletas elétricas. O Andy estava lá nos esperando, e foi falando do tour e das bicicletas. O nosso grupo era todo de moradores de Austin, não tinha nenhum turista (mas também, numa sexta-feira sem nenhum feriado não era de se estranhar). A maioria jovens, um casal mais velho comemorando o aniversário, no total três casais e duas mulheres sozinhas (eu e mais uma, que já estava na sua quarta food tour!). Todo mundo muito simpático, e guiados pelo Andy, o papo fluiu desde o início. As 9 bicicletas que o nosso grupo ia usar estavam já na frente da loja, cada um escolheu uma e tivemos uma aulinha de como essas bicicletas funcionam. Pra resumir: você usa a bicicleta elétrica igual a uma bicicleta normal, com a diferença que quando você não quiser pedalar, tem um dial pra acelerar no manete direito, parecido com uma moto. É uma delícia, a bicicleta elétrica chega até 32 km/h, e é super silenciosa. Depois de darmos uma volta no quarteirão pra nos acostumarmos com as bikes, partimos pro que interessa: o food tour.

Escolhendo as nossas bicicletas elétricas e aprendendo como elas funcionam
Escolhendo as nossas bicicletas elétricas e aprendendo como elas funcionam

O East Side de Austin é uma área “alternativa” vamos dizer assim. Sempre foi considerada a parte mais barra-pesada da cidade (leia-se mais pobre, porque o índice de criminalidade mesmo é bem baixo). De uns anos pra cá, com o crescimento da cidade e as áreas mais nobres já saturadas e com preços muito altos, o desenvolvimento de novos projetos imobiliários está chegando ao East side. Então apartamentos novinhos bacanas estão aparecendo ao lado de casinhas caindo aos pedaços, e a vizinhança ainda está em pleno processo de mudança.

A nossa primeira parada foi em um café + cervejaria chamado Buzz Mill Coffee que tem um food truck servindo churrasco texano no pátio, o Blue Ox Barbecue. É um arranjo interessante: eles vendem só a bebida enquanto o Blue Ox serve a comida, uma simbiose culinária. O café + bar tem um estilo antigo bem bonitinho, o pessoal foi logo pedindo uma cerveja (inclusa), mas eu comecei com ice tea – pegamos as nossas bebidas e fomos pra uma mesa lá fora. O pessoal do Blue Ox já estava nos esperando, e tinham colocado a salada de batata Alemã nuns copinhos pra gente comer enquanto esperava as carnes. Gostosinha, mas estávamos enlouquecendo com o cheiro do churrasco, e quando ele chegou não decepcionou: brisket, pulled pork e espresso rubbed pork tenderloin (lombo de porco esfregado com café espresso), tudo muito gostoso, mas eu sou fã de pulled pork e esse estava ótimo. Só não dei nota 10 pro molho barbecue deles, mas eu realmente não sou fã de molho barbecue, então não tirem por mim. O churrasqueiro me mostrou o seu barbecue pit, ele estava colocando uma peça pra cozinhar, as carnes ficam lá dentro por mais de 10 horas cozinhando e defumando lentamente. Empacotamos as sobras, um “voluntário” do grupo disse que levava pra casa, e partimos pra nossa segunda parada.

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom exclusivo para leitores do blog APRENDIZDEVIAJANTE e receba frete gratuito! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

Primeira parada: churrasco texano e cerveja!
Primeira parada: churrasco texano e cerveja!

Fomos então para o Rio’s Brazilian Café, um restaurante brasileiro simples e coloridíssimo. Sentamos no pátio bem bonitinho e aguardamos a nossa comida: strogonoff de frango com arroz branco e ao invés de batata-palha, lascas de aipim frito. Cada um ganhou também um pão de queijo pra provar, e eles tem uns pães de queijo “com sabor”: o meu foi de pimentão vermelho. Foi OK, não morri de amores. O strogonoff estava bem-feitinho, mas nem comi tudo, porque achei a porção grande (ainda mais por causa do arroz) pra um food tour (afinal, ainda tínhamos 4 restaurantes pela frente!). O menu tem comida brasileira caseira, salgadinhos, feijoada, picanha, ótimo pra brasileirada que mora aqui matar a saudade de casa (vou ter que voltar lá pra provar outras coisas, e sei que o meu marido vai querer comer a picanha). Minha sugestão pro Andy foi trocar o strogonoff por salgadinhos diversos em food tours futuros!

Segunda parada: restaurante brasileiro com comidinha caseira
Segunda parada: restaurante brasileiro com comidinha caseira

A terceira parada foi a hora do doce: Sugar Circus, uma lojinha de cupcakes fofíssima (que faz cupcakes tradicionais e veganos). O difícil foi escolher: eles tem uma variedade bem grande de combinações inusitadas, e todas me pareceram tentadoras. Acabei escolhendo um cupcake de Pistache com cobertura de Cereja, que estava bem gostoso, mas devia ter escolhido uma coisa menor, como um cake pop por exemplo. Fiquei morrendo de vontade de provar os outros sabores, como Churros, Limão e Framboesa, French Toast, Chocolate com Morango, Laranja com Goiaba, o problema é sempre a vontade de experimentar todos (e esse tamanho era um pouco grande pro food tour, hehe).

Hora do doce: cupcakes na Sugar Circus
Hora do doce: cupcakes na Sugar Circus

Depois dos cupcakes, seguimos para o Hops & Grain, uma cervejaria que abriu há pouco tempo mas já ganhou vários prêmios. Eles tem uns 7 tipos de cerveja e oferecem degustação grátis alguns dias da semana (tem uma lei estranha aqui no Texas que não permite que eles vendam a cerveja no local). Eu provei algumas: a Alteration, que é a premiada, mas não gostei muito; a Zoe, que é super diferente, parece meio “picante” e gostei, e umas outras duas que não vou lembrar os nomes mas achei muito amargas pro meu gosto. Eram 3 da tarde e o lugar estava lo-ta-do, nem imagino como fica lá pelas 5-6 da noite, mas é isso aí, cerveja de graça atrai multidões!

Hops and Grain: degustação de cerveja artesanal
Hops and Grain: degustação de cerveja artesanal

Fomos então para o East Side King, que é um dos food trucks famosos de Austin, porque é do chef-celebridade Paul Qi, do fantástico Uchiko do qual já falei aqui. Com a sua comida asiática criativa o chef já abriu 4 trailers pela cidade, esse divide o terreno com o bar Grackle, e foi lá que nós pegamos as bebidas (pagas separadamente) e nos sentamos pra comer. Trouxeram pra gente um Chicken Yakitori, os pedaços de coxa de frango grelhados com tarê, pele crocante, sunomono e cebolinha grelhada com arroz de sushi. Estava muito bom, mas novamente eu não comi o arroz todo pra guardar espaço pras próximas paradas. Ainda provamos umas Chicken Wings Tailandesas que trouxeram pro nosso guia, gostosas mas muito picantes pra mim, dei uma mordida e só!

austinfoodtour5aparada

Antes da gente chegar no East Side King, o Andy recebeu uma ligação da nossa próxima e última parada, o food truck Via 313 (de pizza), que eles tinham tido um problema com a máquina de fazer massa e não poderiam nos receber. Ele ligou então pro pessoal do Way South Philly, que é outro food truck legendário de Austin, especializado em sanduíches Philly Cheese Steak, e eles disseram que poderíamos ir pra lá. Na hora que estávamos saindo, o pessoal do Via 313 ligou de volta dizendo que a máquina estava funcionando de novo e eles estavam nos esperando. Pensam que tivemos que escolher entre os dois? Que nada, acabamos comendo pizza e Philly Cheese Steaks!

Bem na hora que a gente estava indo pro Via 313 a chuva que tinha ameaçado cair o dia inteiro começou. Primeiro só chuviscando, e bem na hora que estacionamos as bicicletas em frente ao trailer, a chuva começou a cair forte. Sentamos no pátio coberto do The Violet Crown Social Club que é um bar que divide o terreno com o Via 313 (já viram que essa relação bar + food truck aqui se repete né). Compramos as bebidas lá, e sentamos pra esperar as nossas pizzas.

Eis que chega o cara do Way South Philly com os sanduíches Philly Cheese Steak pra gente provar – ele trouxe o Balboa (sacou a referência?). Ainda bem que estavam cortados em pedacinhos, e realmente estavam muito bons. Disse ele que o sanduíche é autêntico, que eles recebem o pão direto da Philadelphia, e todos os sanduíches tem nomes baseados no filme Rocky (que pra quem não sabe se passa na Philadelphia). Ele fez um quiz rapidinho sobre o filme e uma das mulheres do grupo acertou a resposta e ganhou um vale pra um sanduíche grátis. Eu nem me lembro a última vez que assisti Rocky, então realmente esse quiz não era pra mim…Enquanto a gente comia ele contava duas coisas engraçadas sobre o food truck: 1) eles tem um pacote de casamentos – não você não leu errado – você pode chegar lá e dizer que quer casar, toda a equipe que trabalha no trailer é registrada pra fazer casamentos (!?). O “pacote de casamento” inclui 2 Balboas, 2 Tots, 2 bebidas e 1 cerimônia, haha. Surreal, e tem gente que faz mesmo! 2) eles tem um “desafio”: um sanduíche gigante chamado Italian Stallion, que vale por 4 Balboas. Quem comer esse monstro em 12 rounds (36 minutos) é declarado campeão e pode criar e nomear o seu próprio sanduíche que será adicionado ao menu. Até agora somente 2 malucos conseguiram a façanha! Então tá, você come e ainda ri um pouco com esse pessoal. 😀

E aí, enquanto estávamos comendo os sanduíches, chegaram as nossas pizzas, Detroit-style: The Detroiter, de pepperoni tradicional e muito queijo, muito gostosa, e uma pizza espetacular chamada The Cadillac, de gorgonzola, prosciutto, geléia de figo e redução de balsâmico. Só digo uma coisa: MINHANOSSA!!!! (notem que eu nunca uso mais que um ponto de exclamação) Essa pizza foi a minha preferida de tudo que a gente comeu hoje, realmente amei e já vi porque esse food truck é um dos famosos da cidade. Uau! Pra quem está se perguntando que raios de Detroit-style pizza é essa, confesso que mesmo eu tendo morado em Michigan nos arredores de Detroit nunca tinha ouvido ninguém usar o termo, muito menos visto uma dessas pizzas por lá (agora que eles me falaram os nomes dos lugares originais vou procurar em Michigan da próxima vez que estivermos visitando a família). A pizza é quadrada, porque originalmente era assada em peças de metal das fábricas de automóveis; ela tem uma massa que não é nem fina como a pizza brasileira nem grossa como a pizza de Chicago, é uma massa fofinha aerada que parece de focaccia; e a original é feita “ao contrário”: em cima da massa vai o pepperoni, depois o queijo e por cima o molho, pra não queimar o pepperoni. Gostei bastante da massa e os ingredientes eram obviamente de ótima qualidade, estou aqui salivando só de lembrar.

A última parada do dia foi dupla: pizza do Via 313 e Philly Cheese Steak do Way South Philly
A última parada do dia foi dupla: pizza do Via 313 e Philly Cheese Steak do Way South Philly

Pra nossa sorte a chuva parou, então depois que encerramos a mega-comilança pudemos voltar sãos e secos para a loja das bicicletas, um pouco depois das 17h. Meu veredito: AMEI! Super recomendo pra todo mundo que vem visitar Austin e pra quem mora aqui também, não só pra provar um monte de bons restaurantes mas também pela experiência com as bicicletas elétricas, que são muito legais. Como falei no início do post, fiz esse passeio gratuitamente, sem garantia nenhuma pra empresa de escrever uma review positiva ou negativa – a opinião é minha e eu só recomendo o que gosto. Já indiquei esse tour pra todos os meus amigos que moram na cidade e estou louca pra voltar nos restaurantes.

Informações úteis:
Austin Eats Food Tours
Reservas pelo site, tours em downtown Austin e no East Side, os restaurantes variam. Infelizmente eles não fazem nenhum tour na semana do festival South by Southwest. Idade mínima: 15 anos.
East Side Electric Bike Tour, que foi o que eu fiz: USD$ 75, de setembro a maio.

Rocket Electric
Aluguel de bicicleta elétrica: USD$ 38 das 11h-18h30.
Eles entregam as bicicletas direto no hotel, por uma taxa de entrega de USD$20.
Pra ver outros pacotes de aluguel, clique aqui.


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


3 COMENTÁRIOS

  1. Oi, muito legal esse food tour, o Andy eh bem meu amigo, e pediu pra eu ler seu blog pra ver o que vc falou. Sempre vou aos Estados Unidos, mas nunca para Austin, vc me deixou morrendo de vontade de conhecer.

    Muito legal.

    Abraços
    Julio

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui