Restaurante em Austin: experiência gastronômica no Uchiko

9

Eu estava já há anos pra ir ao Uchiko, porque é do mesmo dono do Uchi, o melhor restaurante japonês de Austin. Todos dois restaurantes são japoneses “criativos” e tem pratos bem inovadores, a cozinha do Uchi tem um toque texano e a do Uchiko tem influências do Sudoeste Asiático e uma mistura de sabores mais fortes.

Ano passado o chef Paul Qui do Uchiko ganhou o James Beard Award de melhor chef do Southwest dos EUA, prêmio que em 2011 foi dado ao chef Tyson Cole, do Uchi, e criador dos dois restaurantes. Depois disso ficou ainda mais difícil conseguir jantar no Uchiko, e pra arrumar uma mesa em horário “nobre” tem que reservar com algumas semanas de antecedência, principalmente pro final de semana. Acabei reservando “o que tinha disponível”, que era o horário de 17h no domingo da transmissão do Oscar. Esse é o horário que o restaurante abre, então fomos dos primeiros a sentar.

Chegamos na hora que o restaurante abriu, fomos os primeiros a sentar
Chegamos na hora que o restaurante abriu, fomos os primeiros a sentar

Esse horário tem pelo menos UMA vantagem: eles fazem um menu especial de happy hour com pratos baratíssimos. Então a gente acabou comendo pra caramba e gastando pouco (deu $85 a conta pra duas pessoas, com sobremesa mas sem bebida alcóolica).

O menu do Uchiko para o Happy Hour, chamado Sake Hour, tem ótimos preços
O menu do Uchiko para o Happy Hour, chamado Sake Hour, tem ótimos preços

Deixamos as crianças com uma amiga, porque esse não é um restaurante muito indicado pra ir com os pequenos, nós não vimos ninguém jantando com crianças por lá. Mesma coisa quando fomos ao Uchi, naquela ocasião nós éramos os únicos com uma criança (na época só com a Julia, antes do Eric nascer).

Quando chegamos e nos perguntaram onde queríamos sentar, eu escolhi o sushi bar, pra ver os chefs em ação (e porque a luz era melhor pra fotografar, hah!). Ficamos de frente para o John, que veio da Califórnia pra trabalhar no Uchiko, e conversamos bastante com ele durante o jantar. Ele disse que o movimento estava “fraco” por causa da noite do Oscar, mas você não imaginaria vendo o salão: saímos de lá com todas as mesas devidamente ocupadas.

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

Minha visão do sushibar do Uchiko

Comecei com um nigiri chamado Kanburi (de winter yellow tail): um peixe delicado, quase que derreteu na boca, uma delícia. Já veio molhado com shoyu e com um tiquinho de wasabi pra colocar na boca em quantidade perfeita, pra não precisar fazer mais nada. Começamos bem.

Kanburi nigiri do Uchiko em Austin, Texas
Kanburi nigiri do Uchiko em Austin, Texas

Depois experimentei o Hamachi hand roll, que era o mesmo peixe com melão, côco e curry. Bem gostoso, mas não foi um “uau”.

Hamachi hand roll do Uchiko em Austin, Texas
Hamachi hand roll do Uchiko em Austin, Texas

Em seguida chegaram as brussel sprouts (couve-de-bruxelas) fritas com limão e chili, segundo o Gabe (meu marido) ele nunca mais vai conseguir comer couve-de-bruxelas na vida sem lembrar dessas. Eu achei muito bom também, mas não sou fã número 1 de couve-de-bruxelas então não mudou a minha vida pra sempre que nem a dele. A cara não era muito apetitosa, mas estavam gostosas, não estavam amargas, o tempero era leve.

Brussel Sprouts do Uchiko em Austin, Texas
Brussel Sprouts do Uchiko em Austin, Texas

Papo vem, papo vai, o nosso chef da noite resolveu nos dar um presentinho: ele trouxe um gyutoro nigiri pra cada um, pra gente provar. Essas coisinhas singelas são bife wagyu também conhecidos no Brasil como bife de Kobe, a mais famosa carne (e mais cara) do Japão.

A estrela da noite, gyutoro nigiri do Uchiko em Austin, Texas
A estrela da noite, gyutoro nigiri do Uchiko em Austin, Texas

Só posso dizer: MINHA NOSSA! Absolutamente delicioso e a textura incrível. Perguntei como eles faziam esse wagyu sensacional, ele me disse que além da carne muitíssimo especial, eles usam o método sous-vide e depois colocam na grelha rapidamente para “selar” o sabor. Mas nada disso interessa no final das contas (a não ser que você seja um chef), você só precisa saber que não pode sair de lá sem provar essa coisinha dos deuses 😉

Chegou então o prato de pork ribs (costela de porco) com molho de sweet chili e essas folhinhas de coentro por cima. O coitado do porco teve o azar de vir depois do wagyu, mas mesmo assim fez bonito: estava bem suculento, o temperinho perfeito, sem ser nem doce nem picante. O Gabe devorou, eu guardei espaço para mais pratos crus (ele não come sushi).

Costelinhas de porco delicinhas do Uchiko, em Austin, Texas
Costelinhas de porco delicinhas do Uchiko, em Austin, Texas

Pedi então um outro nigiri, o Sawara, de king mackerel. Esse já era um peixe de sabor mais forte, e estava meio salgadinho (tinha um salzinho por cima). Gostoso, mas ainda gostei mais do Kanburi.

O Sawara nigiri, do Uchiko em Austin, Texas
O Sawara nigiri, do Uchiko em Austin, Texas

Em seguida foi a vez de provar o Koviche, essa é a versão happy hour, menorzinha. O koviche vem com vieiras, tomatillo, esse pó branco que eles fazem a partir de azeitonas kalamata e limões negros. Eu gostei demais das vieiras, mas achei que o resto da combinação de ingredientes não foi feliz. Achei o sabor do pó de azeitonas muito estranho, e os tomatillos muito fortes, não entendi o limão…Mas vi esse prato montado de forma completamente diferente para a versão prato principal, e talvez os sabores funcionem melhor dessa forma do que servidos no potinho do happy hour.

O Koviche, com vieiras, do Uchiko em Austin, Texas
O Koviche, com vieiras, do Uchiko em Austin, Texas

Pedimos então o Bacon, que é barriga de porco, maçã, coentro, kimchi e negi (cebola japonesa). Achei a carne de porco deliciosa, mas eu realmente não curto kimchi, e o Gabe comeu quase tudo.

Bacon, mais um prato do menu de happy hour do Uchiko
Bacon, mais um prato do menu de happy hour do Uchiko

A essa altura já tínhamos comido bastante mas eu não podia ir embora sem comer o Jar Jar Duck, já que eu amo pato e esse prato tinha sido elogiadíssimo em várias reviews que eu li online. Então encerrei a noite comendo esse prato que vem com pato preparado de 3 formas: confit, peito e crackling, que é a gordura crocante, com cebola, citrus confeitados e endívia, em um potinho de vidro que vem fechado e eles abrem na sua frente (com uma fumacinha de alecrim). Realmente achei uma delícia, as três formas de pato estavam muito saborosas e bem-preparadas, e gostei da combinação, mesmo não sendo uma pessoa que normalmente gosta de sabores doces com salgados.

Jar Jar Duck, delicioso, no Uchiko em Austin, Texas
Jar Jar Duck, delicioso, no Uchiko em Austin, Texas

Chegou a hora da sobremesa…eu já cheguei no restaurante sabendo que ia pedir o sorbet de milho, que vem com uma bola do sorbet de milho, uma polenta cremosa doce, uma farofinha de milho, gotas de limão e sal de caramelo. Estava um espetáculo! Eu amo milho, e essa sobremesa estava perfeita – super diferente, doce sem ser enjoativa, sabor suave de milho e a mistura de texturas funciona muito bem, ótima.

Sorbet de milho do Uchiko, amei
Sorbet de milho do Uchiko, amei

O Gabe que já não aguentava mais nada pediu um sorvete de chá de caramelo, que ele não gostou muito – a gente desiste de pedir sorvete de chá de uma vez por todas. Nós dois adoramos chás de todos os tipos mas nunca achamos nenhum sorvete de chá que nos agrade.

Sorvete de chá de caramelo do Uchiko
Sorvete de chá de caramelo do Uchiko

Como eu tinha avisado que estávamos comemorando o nosso aniversário de casamento (que foi há 6 meses, mas no dia que a gente tinha reservado o jantar lá pra comemorar eu estava doente e tive que desmarcar), eles trouxeram uma sobremesa por conta da casa, o famoso Fried Milk (leite frito). Só que foram dois problemas: eu detesto leite e o Gabe já não aguentava comer mais nada. Pra não fazer desfeita a gente comeu…

A sobremesa Fried Milk, do Uchiko em Austin, Texas
A sobremesa Fried Milk, do Uchiko em Austin, Texas

Eu comi um poquinho daquele chocolate ali embaixo do sorvete de leite, e um pedacinho do leite frito. Estava bom, mas realmente não é uma sobremesa que eu pediria nunca, então não posso nem dar uma opinião decente a respeito. O Gabe comeu o que ele conseguiu e gostou bastante do leite frito, mas ele não come chocolate, ou seja…não era mesmo uma sobremesa pra gente.

Adoramos o jantar, além da ótima comida o serviço foi excelente e o preço do happy hour melhor ainda. Se você vem a Austin e gosta de comida japonesa com um toque criativo, recomendo muito o Uchiko.

Informações úteis:
Uchiko
Endereço: 4200 North Lamar, Austin, TX 78756 Telefone: (512)916-4808
Horários: Domingo a Quinta: 17h-22h. Sexta e sábado: 17h-23h.
Não deixe de fazer reserva o quanto antes.


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


9 COMENTÁRIOS

  1. Nossa, estou de barriga cheia so de ver as fotos. Eh muita comida (ok, as porcoes nao sao gigantes, mas mesmo assim!). Tenho a maior curiosidade de provar bife de Kobe – uma daquelas coisas para se fazer pelo menos uma (ou dez) vez na vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui