Guinness Storehouse: um passeio pela cervejaria em Dublin

1

Mesmo que não bebe ou não entende nada de cerveja, imediatamente associa Guinness com Irlanda. A Ju Periscinotto passou alguns dias em Dublin e teve a oportunidade de conhecer a Guinness Storehouse, e conta aqui sobre a experiência. Continue lendo pra saber tudo sobre a visita!

Guinness

Antes de qualquer coisa: esqueça a Guinness que você tomou em outro lugar do mundo que não seja a Irlanda. Eu já havia provado no Brasil e no Chile e não apreciei muito, mas as que bebi aqui na Irlanda têm outro gosto – mais leve e bem mais saboroso, no meu humilde paladar.

Por ter gostado tanto do sabor e por ter uma pequena noção da importância da marca na vida da Irlanda, resolvi conhecer a Guinness Storehouse, um complexo que abriga a fábrica irlandesa da bebida e um museu muito interessante sobre a cerveja escura mais famosa do mundo. Tenho certeza que há 257 anos, quando Arthur Guinness fundou a cervejaria, ele nunca poderia ter imaginado que a marca seria um dos principais símbolos do país.

Como é o passeio

Por fora, o prédio onde é feito o tour parece mais uma das partes da fábrica, mas o interior do lugar é super moderno e tem o design de uma pint de Guinness gigante – a base fica no térreo e a ‘boca’ do copo no 7º andar.

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior e quer manter seu número no whatsapp? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 210 países, para que você fique conectado a internet. E o novo chip 4G Europa garante velocidade e tem ligações para o Brasil! Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

O passeio é feito sem guias e cada visitante pode gastar quanto tempo quiser em cada local. Cada sessão é muito bem explicada com curtos textos em inglês, mas quem tem dificuldade com o idioma pode alugar um áudio-guia no térreo por 1 euro.

Guinness_04

Na primeira parte conhecemos os 4 ingredientes da Guinness e entendemos a importância de cada um na produção da cerveja. Logo depois, somos levados a conhecer os processos que são feitos até que a bebida esteja pronta. Na sequência existe uma sessão que mostra as formas como a Guinness era transportada desde o início da fabricação, em 1759, até hoje. Além dos veículos, também há uma área muito interessante sobre a fabricação dos antigos barris onde a cerveja ficava armazenada – inicialmente não dei muita importância para essa parte, mas sai de boca aberta!

SEGURO VIAGEM COM 5% de desconto + 5% no boleto

Vai viajar? Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e recomendado na maior parte das viagens para o exterior. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5 e ainda mais 5% se você pagar no boleto.

Guinness_08 Guinness_07 Guinness_06

Depois de toda essa história, vem a uma parte que todo mundo espera: a degustação. Cada pessoa pega uma mini-pint e um especialista da Guinness explica a forma correta de tomar a cerveja. Essa é a única hora do tour em que as pessoas ficam em grupos delimitados dentro das tasting rooms.

É só depois de aprender a forma certa de beber a Guinness naquele mini-copinho que podemos pegar a pint completa e então, finalmente, apreciar os 473ml a que temos direito com a compra do ingresso.

Quem quiser pode tirar a própria cerveja e colocar no copo da forma como os funcionários explicam. Quem prefere não correr o risco de fazer bobagem, pode pedir a pint diretamente no balcão do bar – foi o que eu fiz.

O The Gravity Bar fica no último andar do prédio e é o bar mais alto da cidade. As paredes são todas de vidro, então é possível ter uma vista 360º de Dublin. Antes de beber, brinde como um irlandês, diga um sonoro Slainté! (fala-se “slamtchá”) e aproveite a vista da cidade enquanto a cerveja vai sumindo da pint.

Guinness_09

O que mais

Além do bar onde todos os visitantes são convidados a tomar a pint no 7º andar, ainda existem outros dois bares e dois restaurantes no 5º andar. Não fui a nenhum deles por falta de tempo e planejamento, mas me pareceram lugares bem bacanas. O que é consumido nos restaurantes do 5º andar é pago separadamente e é necessário ter comprado o ingresso para a Storehouse para poder entrar.

Para quem gosta de souvenirs, existe um paraíso de copos, roupas, chocolates e todos os itens possíveis com a marca da cerveja no térreo. Dá pra fazer as compras no início ou no final do passeio.

Vale a pena ir?

Para mim a experiência de conhecer a Guinness Storehouse foi ótima. O museu é super completo e bem feito e poder tomar uma pint da cerveja mais famosa da Irlanda olhando para toda a capital do país foi delicioso.

Guinness Storehouse: informações práticas

Endereço: St James’s Gate, Dublin 8
Ingressos: Comprei as entradas pela internet e consegui pagar a tarifa mais barata (16 euros). Os preços variam conforme o dia e hora, então se você puder se programar com pelo menos 2 dias de antecedência, pode conseguir um desconto.

Guinness


Vai Viajar?

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular. Com ele você poderá utilizar seus aplicativos e mídias sociais, usar como GPS, fazer ligações por whatsapp e skype.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.


1 COMENTÁRIO

  1. A Guinness na Irlanda é outra coisa, com certeza. Meu marido é irlandês, de Dublin, e sempre me explicou o quão cremosa era, que só lá eu saberia a diferenteça. Dito e feito, claro!

    Eles, inclusive, costumam dizer: Hey, Fancy a soup or two tonight?

    Soup é a Guinness mesmo – de tão cremosa e delícia.

    Slainté!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui