Jordânia: Tratamento de Beleza a Base de Lama no Mar Morto

6
pordosolmain
pordosolmain

A região do Mar Morto (Dead Sea) que tem um lago de sal entre Israel e a Jordânia é conhecida por basicamente três coisas: É o ponto mais baixo na terra, localizado a 423 metros abaixo do nível do mar,  a grande concentração de sal nas águas do lago(que ainda assim é chamado de mar) e as propriedades de beleza de sua lama medicinal.  Estar abaixo do nível do mar é só pra contar história, mas boiar no mar morto(lendo um livro) e fazer um tratamento de beleza a base da lama estavam na minha bucket list.

Nós chegamos ao mar morto no meio da tarde, depois de uma passadinha por Umm Ar-rasas e Madaba e nos hospedamos no maravilhoso Moevenpick Dead Sea Spa & Resort . Na estrada já é possível ficar extasiada com a paisagem.

 

Mar Morto
Mar Morto

 

O Resort é enorme e vou fazer um post só sobre ele, com todos os detalhes. Como a maior parte dos Resorts da região, ele fica em frente ao Mar Morto com a sua área de “praia particular” onde há uma faixa de areia com cadeiras de praia, toalhas e guarda-sol para os hóspedes.

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom exclusivo para leitores do blog APRENDIZDEVIAJANTE e receba frete gratuito! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

 

A "praia"
A “praia”

 

A ordem do dia por aqui é relaxar e curtir ao máximo o clima tranquilo do lugar. O acesso ao Mar Morto se dá por uma escadinha e nas pedras, fica um barril com lama trazida do Mar Morto para os hóspedes do hotel.

 

A entrada do Mar Morto
A entrada do Mar Morto

 

O ritual é passar a lama no corpo todo, esperar até que ela dê uma “secadinha” na pele e aí sim entrar no Mar Morto. Vários produtos de beleza são feitos a partir desse lama que podem ser comprados tanto na loja do spa do hotel como por todo país. Mas experimentar a lama assim, em seu estado natural e de graça, só mesmo ali no mar morto.

 

Lama do Mar Morto
Lama do Mar Morto: lindos não?

 

A alta salinidade do mar permite que o corpo fique boiando na água sem nenhum esforço. A água é clarinha, quente e muito agradável. Dá até vontade de ficar mais tempo do que o recomendado, que são no máximo 20 minutos. Ler enquanto se está por lá é só mesmo pose… tanto o livro quanto a revista ficam lá a disposição dos turistas pras fotos. E nós claro, não íamos perder a oportunidade não é mesmo? O salva-vidas, que não tem muito o que fazer por ali, afinal, não dá pra afundar, é o fotógrafo oficial dos turistas.  Um detalhe: não raspe a perna ou faça depilação, ou faça a barba ou qualquer coisa que deixe qualquer feridinha na pele no dia que antecede sua visita ao mar morto. O sal é tanto, que queima em qualquer detalhezinho que você tiver machucado.

 

MarMorto_boiando
Boiando no Mar Morto

 

Esse provavelmente foi um dos dias da viagem que o meu querido adolescente se divertiu mais. Peixinho que é, adora uma água e pra ter se deixado fotografar com toda aquela lama no rosto, tenha certeza, ele estava de muito bom humor.

Nas pedras, se a gente olhar bem de pertinho, dá pra ver a concentração de sal que transforma a paisagem.

 

Sal
Sal nas Pedras

 

Sal no Mar Morto
Sal no Mar Morto

 

Uma das recomendações que todo mundo que já tinha ao Mar Morto repetia incansavelmente era pra que eu não perdesse o por do sol. E em minutos a paisagem se transforma em tons de laranja refletindo no Mar Morto.

 

Por do Sol no Mar Morto
Por do Sol no Mar Morto

 

“Ali do outro lado” é Israel. Meio surreal pensar nisso, mas me diz se tem como não amar um lugar que te proporciona um espetáculo da natureza deste tipo?

 

Pordosol
Por do sol

 

Se hospedar no Mar Morto é uma boa base pra visitar algumas outras atrações na região como Monte Nebo e também Bethany beyond Jordan – o lugar onde Jesus foi batizado no Rio Jordão.

Eu me apaixonei e queria mesmo ter ficado mais uns dias por lá, de pernas pro ar, sem fazer nada. Mas nossa aventura na Jordânia só está começando!

Já viu nossa série de posts sobre a Jordânia?

Visitamos a Jordânia a convite do Visit Jordan


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


6 COMENTÁRIOS

  1. Acredito nas propriedades medicinais do sal. Também aqui em Cabo Verde, mais precisamente na ilha do Sal é prática comum os locais banharem-se nas lagoas, onde a concentração de sal permite flutuar sem qualquer esforço. As propriedades destas lagoas salgadas, dizem os locais, melhoram a aparência e “rejuvenescem dez anos”.
    Bjs e bom trabalho Claudia.

  2. Estou acompanhando a série sobre a Jordânia, ótimos posts, muito informativos.

    Mas uma curiosidade move a pergunta: por que 20 minutos no máximo? 🙂

    Abs.,

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui