Madeira, a Pérola do Atlântico: uma introdução

5

Quando escolhi a Madeira como destino das minhas férias de verão desse ano me deparei com muitos clichês. Começando pelo título desse post, “a pérola do Atlântico”. “Só vai aposentado”, “a maior concentração de papetes por metro quadrado”, “não tem graça porque não tem praia” e por aí vai. Vocês vão me achar esquisita, mas todos esses clichês só contribuiram pra aumentar minha vontade de conhecer o lugar.

Pérola do Atlântico? Não soa nada mal. Aposentados? Ótimo, muito sossego e paisagens bonitas. A turma da papete? Maravilha, não preciso me preocupar em usar roupinhas combinando ou sapatos desconfortáveis. Não tem praia (é uma ilha de origem vulcânica que surgiu do oceano, não fazia parte da Pangea, e seu perímetro é quase todo de penhascos. Existem alguns pedaços de praia, mas muito pequenos e geralmente de pedra))? O que eu quero mesmo é descansar na beira da piscina.

lagartixa madeira
Tinha gente torrando no sol!

 

O que posso adiantar pra vocês é que a Madeira superou todas as minhas expectativas. Interessante como os clichês são verdadeiros e fazem da ilha um lugar tão especial. Fiz tudo que eu queria: passei dias na beira da piscina e outros tantos conhecendo cantos especialíssimos das ilha, dos quais vou falar aqui no blog.

madeira
ó vida…

 

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom exclusivo para leitores do blog APRENDIZDEVIAJANTE e receba frete gratuito! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

madeira
ó ceus…

 

Fomos apenas eu e o Martin, ficamos lá uma semana inteira no fim de julho. Foi o suficiente (apesar de que eu ficaria mais tempo fácil fácil) pra satisfazer todos os nossos desejos de férias de verão. Pegamos temperaturas muito altas, o que não é comum: os 31 graus estavam assustando os moradores, acostumados a médias de 27 graus nessa época. Infelizmente, durante nossa estada lá, a ilha passou por maus bocados, com incêndios que destruiram grandes áreas de mata e algumas casas. Muito triste.

Mas enfim, as férias não foram interrompidas e não sofreram nenhum “desvio de rota”. Voltamos renovados, bronzeados, descansados e felizes!

Madeira do alto
Madeira do alto

 

praia madeira
Martin e as pedrinhas em uma das “praias” madeirenses

 

Enquanto os posts mais específicos não vem, vou deixar aqui algumas informações práticas:

  • Fechei vôos e hotel com a Thomson, uma empresa de turismo muito grande aqui da Inglaterra. Só assim consegui ficar em um hotel bacanudo (Melia Madeira Mare, na capital, Funchal) que não caberia no bolso se eu tivesse comprado tudo separadamente. No pacote ainda estava incluso o transporte aeroporto/hotel/aeroporto com motorista particular. A Thomson tem aviões próprios, e os vôos foram ótimos (partimos e chegamos no aeroporto de Luton).
hotel madeira
Hotel Melia Madeira Mare

 

  • Aviso: o pouso na Madeira é com emoção. O aeroporto fica sobre o oceano (sim, é uma maravilha da engenharia e inclusive um grande orgulho da ilha!) e bem ao lado de uma encosta vulcânica. Ou seja: muito vento! O piloto até avisa antes, pra ninguém se assustar: vai sacudir! E além disso você tem a impressão de que vai pousar no mar ou bater nas casas construídas na encosta. Seria tenso se não fosse divertido!
  • Locomoção: muita gente aluga carro pra ficar bem a vontade lá e ir e vir a hora que quiser. A gente não queria responsabilidade alguma e não estávamos afim de encarar as estradas sinuosas. Preferimos fechar alguns passeios com uma agência especializada (escolhemos a Lido Tours, mas o que não faltam são opções), o que não decepcionou.
Cerâmica portuguesa
Cerâmica portuguesa

 

  • Quem entende de vinho deve estar cansado de saber da fama do vinho da Madeira. Tem em tudo quanto é loja e supermercado, e os preços variam muito de acordo com a safra.
  • Flores são também um orgulho local: a variedade é rica e tem gente que vai pra lá com o objetivo de fotografá-las.
flores madeira
Um pequeno exemplo da flora madeirense

 

  • Preciso falar da culinária portuguesa? : )
comida madeira
Ah, a comida portuguesa…

 

sangria de lambrusco
Meu encontro com a sangria de lambrusco com frutas vermelhas

 

  • O que não fizemos: ok, estranho falar do que não foi feito, mas como vou escrever sobre o que fiz, já queria adiantar aqui algumas opções de passeio pra quem não é tão preguiçoso como a gente (a piscina do hotel era tentadora demais). Não fomos para Porto Santo, uma ilha que fica a 2 horas de ferry, que é o balneário dos madeirenses. Lá tem praia, e é lá que a turma que mora na Madeira gosta de passar férias. Desde o início do planejamento dessa viagem eu tinha decidido que iríamos pra Porto Santo, mas desisti não apenas pra ficar sem fazer nada na piscina, mas também porque achei o preço do bate e volta de ferry bem salgadinho (uns 50 euros por pessoa).
madeira
Quando a viagem é a dois, a maioria das fotos são assim!

 

  • Também não fizemos passeio de barco ao redor da ilha ou até outras pequenas ilhas que fazem parte do arquipélago, pelos mesmos motivos, com 1 plus: o sol estava pegando pesado e eu fiquei com medo de torrar o cocoruto durante a viagem (existem algumas opções de passeio de barco, mas os preços começam em 30 euros por pessoa).

Ficaram com vontade de conhecer a Madeira? Aguardem os próximos posts: a vontade vai crescer!


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


5 COMENTÁRIOS

  1. Oi meninas!!
    Sabe q desde q fui a Lisboa em dezembro do ano passado me interessei muuuito em voltar a Portugal! Vi umas fotos desse aeroporto ja, cooooragem hein!
    Heloisa, foi dai q saiu a ideia do lambrusco com frutas vermelhas q vi esses dias no twitter? Sera q rola um repeteco durante o wtm em novembro? Kkkkkk brincadeiras a parte, essa combinação me pareceu beeem interessante! Vou dar essa dica pra minha vó colocar em pratica no natal desse ano! :))

  2. A Heloísa sabe que a Ilha de SANTO ANTÃO em Cabo Verde é muito parecida com a MADEIRA? Normalmente os visitantes que chegam a Cabo Verde à procura de sol e mar, visitam a ilha de Santo Antão, ficam maravilhados como ficaste em relação a Madeira. Santo Antão é conhecido como a “ilha das montanhas” e é um paraíso para os amantes da natureza e de caminhadas pedestres.
    Poderás encontar esta mesma felicidade aqui
    cumprimentos
    alcinda delgado

  3. […] No dia que faltava, estávamos sem carro e queríamos fazer uma caminhada na região das montanhas. Então, tratamos de tentar descobrir algum autocarro (é assim que chamam os ônibus em Portugal) que pudesse nos levar a alguma das trilhas. Consideramos a possibilidade de contratar uma agência para fazer o passeio, mas eles cobravam entre 20 e 30 euros por pessoa (a Heloisa Righetto, do Aprendiz de Viajante, fez todos os passeios com uma agência, confere lá as dicas). […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui