Miami – Dias 2 e 3 – SouthBeach

3


E aqui, os últimos dois dias e minhas impressões de South Miami Beach. Não se esqueçam de clicar nos hyperlinks no texto pra ver as fotos.

Depois de um primeiro dia acima das expectativas, o segundo dia em Miami começou com a previsão do tempo garantindo que ia chover depois da uma da tarde. Eu tratei de pular da cama e ir aproveitar meus minutos de sol. O namô tinha que ir no carro pegar o tênis pra malhar e pedi pra ele passar na farmácia e comprar um suco de laranja e uns muffins pra eu tomar café de manhã. Coloquei o biquini, peguei a canga e o livro e fui pra praia. Do meu lado, duas meninas que estavam no mesmo hotel e que estavam no mesmo lugar no dia anterior. Elas me cumprimentaram e você já se sente quase amiga de infância, dividindo o mesmo pedaço de areia por dois dias seguidos. A praia é cheia de guarda-sóis e cadeiras, assim como no Rio, alugadas por “barraqueiros”, mas aqui o precinho é mais salgado: $15.00 pelo guarda-sol e $10.00 pela cadeira. Alguns hotéis tem convênios com os barraqueiros pra desconto, outros te dão um voucher que permite usar o serviço de graça. Nenhum dos dois era o caso do meu hotel, mas também, por $49.00 a noite, em frente a praia, estava querendo demais né?

Estendi minha canga, do lado das minhas recém-amigas, mas afastada o suficiente pra não precisar engajar num papo. Logo chegaram duas outras e estenderam as toalhas do meu lado direito. Essas, italianas, falavam como duas matracas e eu, incrivelmente e infelizmente consegui entender algumas coisas do papo. Estava dificil concentrar no livro. Passo bronzeador nas costas e começo meu processo de virar a cada 15 minutos, enquanto escuto a história do último namorado da italiana, que foi despachado porque era bonzinho demais, amava demais. E fiquei pensando que a mulherada só muda mesmo de endereço e insiste em gostar de sofrer.

IMG_1192Depois de várias viradas, era hora de voltar ao quarto pra fazer meu seminário online de Rational Clear Quest que estava marcado pras 11. Depois do seminário, tomamos café juntinhos, já mais de meio dia e voltei pra praia enquanto ele ficou trabalhando.

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

South Beach é provavelmente a terra dos peitos de fora. Principalmente os siliconados. E se há uma coisa que é preciso dizer, é que apesar de muitos corpinhos sarados, muita gente muito de bem com a vida, com alguns ou muitos kilos a mais e peitões de fora. No começo é difícil se acostumar, você olha pra um lado, vê um par de peitos ao sol(e eu fico pensando se não é prejudicial pro mamilo que é tão sensível), olha pro outro, mais peitos. Mas depois, vai ficando normal. Ninguém gosta da marquinha do biquini, que eu, por exemplo, adoro. Pegar sol, sem ter aquela marquinha fazendo a linha do sutiã não tem graça. Acabei com um C tatuado nas costas, o C do meu cordão ficou pra trás enquanto pegava sol. hehehe. Ainda voltei no quarto mais uma vez pra comer, dar uns beijinhos no namô e distraí-lo do trabalho e preciso confessar que praia me atiça… aiai…

Voltei de novo pra praia, terminei o livro já no finzinho da tarde e a chuva prometida não aconteceu. Tomei banho, a corzinha já estava mostrando os sinais de praia e nos arrumamos pra voltar pra Lincoln Road e pra ver mais um filminho brasileiro. No caminho, paramos em várias lojinhas… e pra confirmar minha afirmação que South Beach é a terra dos peitos siliconados aqui está a prova do crime: até os manequins tem silicone. Vê se pode! E a gente vê de tudo nessa terra, tem inclusive cachorrinhos de verdade numa vitrine… achei uma maldade, mas esse aqui, não tá nem aí, se instalou em frente ao ventilador pra pegar uma fresquinha. Nessa rua, tem lojas de biquini brasileira “Rosa Chá”, tem a gelateria parmalat e tem um atelier do Romero Brito que é badaladíssimo aqui em Miami e estava inclusive numa matéria da revista de turismo do hotel. Vários restaurantes badalados, inclusive o Sushi Samba, que tem filial em Nova York e apareceu até em Sex and The City. Mas resolvemos mesmo ir comer na pizzaria Piola, que tem pizzas como no Brasil. No cardápio, uma página inteira de opcões. O namô, ficou em dúvida do que pedir, mas eu já sabia: Pizza Rio de Janeiro – Frango com Catupiry. Eu pedi uma caipiroska de morango, além da pizza, claro e o namô, foi de saladinha. Tudo delícia total, além de músicas brasileiras pra completar o clima.

Saímos de lá já na hora de entrar no cinema. Já com meu ingresso na mão pra assistir “Trair e coçar é só começar”, foi a vez de enfrentar uma fila gigantesca. Lá dentro do cinema/teatro, um DJ tocando música brasileira mixada, um show enquanto o filme não começava. Consegui um lugarzinho no gargarejo, do ladinho da galera global e me acabei de rir com a Adriana Esteves. Confesso que achava ela muito sem sal, mas nesse filme ela está ótima. Terminamos a noite com um sorvetinho da Gelateria Parmalat e desistimos de ir pra After Party, porque eu estava cansadíssima depois do dia na praia.

O dia seguinte, foi aproveitar os últimos momentos na praia. O tempo já estava ficando bem nublado e quando começou a cair uma gotinhas esporádicas de chuva, voltei pra piscina e fiquei de pernas pro ar até dar a hora de arrumar as malas. Fizemos o checkout e demos bye bye pro hotel. Pra fechar nossa viagem, fomos almoçar no Porcão Miami que tem uma vista super bacana, apesar de não ser nenhuma baía de guanabara como no Rio. Mas deu pra matar a saudade da picanha e do guaraná!

Ficou um gostinho de quero mais, mas não dá pra reclamar, foram três dias perfeitos com sol, mar e o amor do lado.

Atenção: Post Republicado. Postado originalmente em Junho de 2007 no meu blog pessoal.


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


COMPARTILHAR
Artigo anteriorRoadTrip California – Dia 4 – Big Sur
Próximo artigoMiami – Dia 1 – South Beach

Claudia Beatriz trocou as praias do Rio de Janeiro pela vizinhança da Casa Branca em Washington DC em 2004 e se mudou em 2014 para Orlando, onde vive atualmente. Apaixonada por Viagens e Fotografia, criou esse blog e a revista Aprendiz de Viajante. Quando não está escrevendo sobre viagens ou fotografando, a “nerd confessa” dá consultoria, treinamento e escreve sobre tecnologia, gerenciamento de conteúdo e mídias sociais.

3 COMENTÁRIOS

  1. Olá adorei o seu post e as dicas do aprendiz de viajante são sempre ótimas!!
    Que hotéis você recomenda nesta área de Miami??
    Obrigada!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui