Booking.com

A minha Sicília (ou filosofando sobre as férias)

Date:

Share post:

Eu fui pra Sicília buscando um bronzeado. Eu voltei da Sicília repensando toda a minha vida.

CHIP de CELULAR com 15% de desconto

Vai viajar para o exterior e quer manter seu número no whatsapp? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. O meu Chip oferece plano de dados ilimitados com roteamento gratuito nos Estados Unidos e em vários países, para que você fique conectado na internet. O chip Europa tem velocidade 4G ligações ilimitadas e funciona em toda União Européia! Utilize o cupom para ganhar 15% de desconto VIAJANTE!

A minha viagem de 2 semanas na Sicília não apenas recarregou as minhas baterias e superou todas as minhas expectativas. Essa viagem me fez ver que eu não preciso esperar o futuro pra mudar meu estilo de vida. Afinal, o que eu quero está ali, nessa ilha italiana que tem um pouco de tudo que amo. Tem praias limpas – grandes e pequenas -, tem boa comida, tem gente amigável, tem monumentos históricos, tem cidades cheias de vida e vilarejos super quietos.

sicilia

A Sicília não é perfeita. Assim como não é a Itália ou qualquer outro lugar do mundo. Mas ela me recebeu tão bem, e me deu alguns dos melhores dias da minha vida, que não consigo parar de pensar em como ela é perfeita pra mim. Eu fui tratada como uma amiga antiga tanto em um hotel de luxo quanto nas acomodações mais simples. Fui prontamente socorrida pela dona de um boteco quando caí feio na calçada e machuquei os joelhos. Mesmo quando ninguém falava inglês, eles me entendiam.

E as praias, o bronzeado e o sossego que eu tanto queria? Como vocês podem ver nas fotos e no vídeo, eles foram encontrados!

cefalu (2)sicília

Ao mesmo tempo que eu quero falar pro mundo que a Sicília é um paraíso real, tangível e amigável, eu confesso que tenho ciúmes. A sensação que eu tenho é que a Sicília estava só me esperando esses anos todos. Que só eu entendo ela! E isso porque faltou muita coisa pra ver e explorar. Eu sou uma siciliana iniciante, mas me sinto tão parte de lá como os locais – os nascidos e os sortudos que foram parar lá por causa dos acasos da vida.

Eu sei que os passeios de barco e a vida boa regada a Aperol Spritz é a realidade das férias. Que ninguém tem férias o ano inteiro, mesmo quando se vive num paraíso. Mas quando um lugar mexe com a gente assim… é preciso repensar os objetivos, não é mesmo?

marsalaDSCN1921

E você, já se sentiu assim em algum lugar?


Dicas e cupons para economizar na sua viagem

Reserve o seu hotel Pesquise o seu hotel no Booking com cancelamento gratuito ou no Hotéis.com e pague em até 12x sem juros e sem IOF.

O meu Chip oferece plano de dados ilimitados com roteamento gratuito nos Estados Unidos e em vários países, para que você fique conectado na internet. O chip Europa tem velocidade 4G ligações ilimitadas e funciona em toda União Européia! Utilize o cupom para ganhar 15% de desconto VIAJANTE ou use o Chip de viagem internacional - 5% DE DESCONTO Saia do Brasil com seu chip internacional de viagem da America Chip utilizando o código VIAJANTE

seguroPromoção de até 25% no Seguro de Viagem - ele é obrigatório nas viagens para a Europa e mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ganham 20% e ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar no boleto. Use o código promocional: SEMPRESEGURO.

Ingressos Disney e Universal Studios com Desconto Compre os seus ingressos para parques da Disney e Universal .

Compre seus tickets e ingressos com até 25% de desconto. Saia do Brasil com seus ingressos comprados para atrações no mundo todo.

Heloisa Righettohttp://www.aprendizdeviajante.com
Heloisa Righetto mora em Londres desde 2008 e é autora do Guia de Londres - Para Iniciantes e Iniciados. Escreve o blog www.helorighetto.com desde 2003. Siga @helorighetto no Twitter e no Instagram @helorighetto e no Google Plus + Heloisa Righetto

21 COMENTÁRIOS

  1. Helozitcha, que post lindo. <3
    Deu para ver, acompanhando sua "cobertura" em tempo real da viagem, que vocês estavam mesmo "em casa". E quer saber? Me faz feliz demais pensar que talvez isso leve vocês para mais perto da gente no futuro. 😉
    Eu já disse no seu blog pessoal, mas vou repetir aqui: vocês diminuíram meus medos com essa viagem. Talvez, para o seu ciúme, isso não seja uma coisa tão boa de ouvir (haha), mas como resultado do seu trabalho, pode ter certeza de que é o melhor elogio que eu poderia fazer.
    E se vocês não mudarem DE FATO o estilo de vida depois dessa trip, que ela seja um pontapé para tornar essas reflexões cada vez mais comuns. Buscar a felicidade deve ser o grande objetivo de todo mundo.
    Parabéns pelo texto e por, da sua forma, estar ajudando um montão de gente. Eu sou uma delas. 😉
    Beijoqueijo,
    Nah!

  2. Já me senti assim, no Canadá! E em pleno inverno!!! A vontade de sair de SP já existia há muuuuuito tempo, a vontade sair do Brasil começou a fermentar depois da primeira viagem aos Estados Unidos, em 2013, a ideia do Canadá surgiu há mais ou menos 1 ano…fui para ver se o frio seria suportável, e não queria mais voltar. Agora estamos, meu namorado e eu, na vibe da mudança, buscando informações, planejando. Se der tudo certo, em 2018 embarcamos sem data de volta. Se tudo de errado, embarcamos antes!

  3. Eu fiquei extasiada na Tailândia! Pessoas incríveis, e cada lugar uma singularidade! Há muitas diferenças de atitudes e aprendizado , mas só nos faz entender e aprender , que mesmo em outro continente e falando outra língua, somos todos iguais ! Paz no mundo

  4. Essa vontade de fincar os pés às vezes acontece comigo. São raros os lugares que nos deixam assim, né? A última vez aconteceu em Tbilisi, na Geórgia. A cidade me pegou de tal jeito que volte a meia fico olhando cursos de russo para fazer lá (o georgiano eu não me atreveria a tentar aprender). Como é que a gente faz?

  5. Heloisa eu sempre digo que tem 1 lugar neste planeta que “chama a gente”… que nos faz sentir como você descreveu, um nativo e não um turista. Esse lugar que sempre me chamava e eu tive o privilégio de experimentar que este chamado era verdadeiro, foi o Peru. Por mais simples que aquele país seja, eu me sinto em “casa”. Adoro estas sensações de acolhimento, por isso viajar é o bem mais precioso desta vida. Adoro seus posts e dicas, sucesso sempre!!!

  6. Já me senti assim, em NY. Meu marido e eu estivemos lá 2 anos atrás e simplesmente queríamos ficar pra sempre.
    Adoro seus textos!

  7. Queridona,

    Que delícia de ler esse texto. Tô numa vibe muito assim agora. compreendi profundamente cada vírgula que vc usou aí. Bora todo mundo morar na Itália e ser vizinhos. Quedê vila do snapchat?

    Bêj! (meldelsssssssss tô chegando!!)

  8. Eu entendo muito, já fui mordida por esse bichinho antes e aqui estou, há 3 anos vivendo na Capadócia. Com todos os problemas que o país tem enfrentado, eu continuo achando aqui o meu lugar, daquelas coisas que só quem sente explica 😉

  9. Compartilho exatamente desse sentimento. Há quatro anos vivo nessa ilha maravilhosa a qual me acolheu de braços abertos e me sinto em paz. No meu lugar. ❤️

  10. Que delícia de post, Helô!! Mais inspirador impossível! Por mais posts passionais como este! E realmente é muito gostoso a gente se sentir em casa num destino de férias, né? A Itália despertou isso na gente, precisamos ir pelo menos uma vez por ano pra recarregar nossas baterias italianas!

  11. “Repensar os objetivos”, gostei de mais disso. Me senti assim em Londres, como já contei pra vc e, mais recentemente, em Chicago. Como eu amei aquela cidade, me senti em casa, bem tratada, me sentindo parte daquilo, tanto q não queria voltar e lembro com tanta saudade dos dias q passei lá. Preciso me mexer, repensar os objetivos e vc me inspira muito! Texto lindo, de novo!

  12. Helô, que delicia ler um post assim aqui, faça mais vezes! Eu já senti isso, de pertencer a um lugar e rever minha vida. Engraçado que só de uns anos para cá eu tenho sentido menos medo das possiblidades e dessas mudanças. Porque elas são possíveis sim, e só dependem de nós!

  13. Oi Heloisa. É exatamente assim que me senti qdo fui a Florença pela primeira vez. Na segunda e, por enquanto, última, eu me senti moradora. foi muito bom. Adorei acompanhar sua viagem. Adoro seu jeito de escrever, você leva a pessoa junto com vc. Obrigada por dividir momentos preciosos da sua vida. Bjs.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui

spot_img

Related articles

Conheça as cidades que sediarão os jogos da Copa do Mundo em 2026

A Copa do Mundo em 2026 vai acontecer em três países da América do Norte, são eles Estados...

Nova lei vai facilitar a contratação de imigrantes em Portugal

Se você sonha em morar em outro país, esse é o momento de se programar! Na quinta-feira (04/08/2022)...

Show da Ivete Sangalo no Universal Orlando será transmitido ao vivo no Multishow

Vai começar mais uma Florida Cup em Orlando e assim como 2019 e 2020, a rainha do axé...

Teste de Covid-19 deixa de ser exigência para entrar nos Estados Unidos

Ontem (domingo 12/06/2022) o teste de Covid-19 deixou de ser uma exigência para entrar nos Estados Unidos, uma...