Paris: Museu Marmottan Monet

8
fachada do Marmottan Monet

Por mais que eu vá a Paris no mínimo uma vez por ano, sempre tem um museu ou uma atração pendente pra conhecer. Dessa vez, bati o pé: tinha que visitar o Museu Marmottan Monet, porque é lá que fica a tela “Impression, Soleil Levant” (Impressão, Nascer do Sol) que foi pintada por Claude Monet em 1872 e deu origem ao movimento impressionista.

Além dessa obra tão icônica, o Marmottan Monet abriga uma coleção de mais de 300 obras do Monet. Ou seja, é um deleite para amantes do Impressionismo (infelizmente fotografias não são permitidas lá dentro, mas se você procurar no Instagram pela tag #Marmottan vai ver várias fotos, já que muita gente não respeita a regra e fotografa escondido com o celular).

Marmottan Monet

Além de uma ala inteira dedicada a coleção de Monets, que fica no subsolo, o museu também tem uma área dedicada a exposições temporárias, no térreo, e outra onde é possível ver outras obras de vários artistas e épocas (inclusive arte sacra), no primeiro andar, com destaque para telas de Berthe Morisot, outra artista do Impressionismo e que é mais conhecida devido ao seu retrato pintado por Édouard Manet.

Durante a minha visita estava rolando uma exposição sobre as irmãs do Napoleão, super interessante. Mas confesso que estava muito ansiosa pra ver o “Impression, Soleil Levant” e não consegui me concentrar direito no restante.

Marmottan Monet

Olha, a ala do Monet é realmente incrível, não sei como descrever sem cair em exagerismos. Dá vontade de andar lá por horas a fio e tentar absorver aquilo tudo. Monet sempre, sempre me surpreende: tenho muita sorte de ter visto várias de suas telas em diversos museus mundo afora, e ainda assim estar em um museu que leva seu nome e reune centenas de seu trabalhos foi bastante emocionante.

Ah, e pra melhorar, a lojinha é ótima! Um bom lugar pra comprar presentinhos, e eu acabei levado pra casa mais um globo de neve para a minha coleção (foi mais forte do que eu!):

Musée Marmottan Monet
2, Rue Louis-Boilly – 75016 (estação mais próxima do metrô: La Muette, linha 9)
Aberto de terça a domingo das 10 às 18h, quintas até as 20h
Fecha toda segunda e nos seguintes feriados: 25/12, 01/01 e 01/05
Ingresso: 10 euros

[adrotate banner=”7″]

8 COMENTÁRIOS

  1. Nunca vou esquecer o dia em que minha mãe me deu o livro “Lineia nos jardins de Monet”. Eu devia ter uns 8, 9 anos e lembro de ter ficado completamente encantada por aquelas paisagens que a pequena Lineia estava explorando. Desde então sonho em ver pinturas de Monet de perto. Espero realizar esse sonho looogo. Seu post me deixou com ainda mais vontade de voltar a Paris logo…

    Beijobeijo

  2. É muito clichê, mas impressionismo é, de longe, meu período favorito. E meus pais sempre tiveram muitas reproduções de quadros famosos na sala de casa e um deles é o Impression, Soleil Levant. Desde pequena olhava pra ele e ficava imaginando aquela cena, o barquinho e o nascer do sol, lindo! Também me considero muito sortuda de poder ver esses quadros que eu só conhecia através dessas reproduções, ao vivo! Dá aquele friozinho na barriga, toda a vez que vejo uma dessas obras 🙂
    Vai pra lista de lugares pra ir em Paris, com certeza! 🙂
    Beijo!

  3. adorei …se soubesse desse endereço, poderia ter ido ha dois anos ,quando aí fiquei por 8 dias….zizegadenado pela bela Paris………pinto obras de Claude Monet…………….fiquei com o coração aos pulos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui