O que fazer em Aix-en-Provence: o top 5 de uma local!

0
aix en provence

Nada como pegar as dicas de um morador local para descobrir os melhores (e as vezes não muito conhecidos) lugares de uma cidade, não é mesmo? Por isso que eu pedi para a Natalia, moradora de Aix-en-Provence e dona do blog Destino Provence, para contar o seu top 5 da cidade. Eu sou fascinada pela região da Provença (apesar de nunca ter ido, afinal quem não se encanta pelas fotos maravilhosas dos campos de lavanda e pelos dias ensolarados mesmo quando está chovendo no resto do continente?), e a Natalia sabe como ninguém identificar os cantinhos cheios de charme dos lugares.

Um pouquinho mais sobre ela: “sou mineira de BH e moro em Aix-en-Provence desde março de 2010, e adoro explorar os cantinhos da cidade. Aix foi fundada pelos romanos seu nome faz referência às fontes termais que eles encontraram aqui e que fizeram com que construissem as termas, cujas ruínas podem ser vistas ainda hoje. Antiga capital da Provença, cidade dos amigos Emile Zola e Paul Cézanne, é conhecida como a Paris do sul – um quê de burguesa, com vida cultural bem movimentada e muitas opções de compras – o que mais gosto aqui é que, apesar de ser cosmopolita, é uma cidade pequena e facilmente explorável à pé, e onde o charme provençal convive em harmonia com belos projetos de arquitetura contemporânea, como os edifícios do Conservatório, do Grande Teatro e o Pavillon Noir.”

O Seguro Viagem é Obrigatório na Europa

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Vamos ao top 5?

Café : Noailles, Rue des Marseillais

Já experimentei vários cafés por aqui, mas meu preferido do coração só encontro na Noailles, uma torrefação daqui da região mesmo, marselhesa pra ser mais exata. A cafeteria daqui é bem minúscula, acho que descobri por acaso há alguns anos, e só compro pó de café lá, além de ser meu canto preferido pra degustar. Eles tem uma variedade de blends muito interessante, e cada vez escolho um diferente, já devo ter dado a volta do mundo bebendo café, seja por lá, seja o trazido pra fazer em casa. A barista é italiana, da Sardenha, e ela tira café como ninguém, tanto que sempre vejo se ela está quando to na rua e bate aquela vontade de tomar café. Se ela não estiver, vou num outro café perto, mas o pó sempre sempre compro aqui. Além do café, as guloseimas e chocolates vendidos são uma perdição. Minha gourmandise preferida é o grão de café coberto de chocolate, tipo M&M’s, mas infinitamente melhor !

Pub : The Kerry, Rue Verrerie

Opções pra beber não faltam em Aix, cidade com universidade é um prato cheio nesse quesito, e a rua Verrerie tem sua boa cota de pubs, além de outros espalhados pelo centro. Por alto acho que já fui em seis pubs irlandeses aqui, mas meu preferido é The Kerry, onde a gente bebe cerveja amontado em torno de um barril de carvalho que funciona como mesa, tentando conversar e dançar e pedir mais uma das várias cervejas diferentes e assistir um tico de rugby. Além disso, os atendentes são simpáticos, coisa rara em pubs por aqui, e isso por si já me agrada bem. Isso e o fato de ter sido no The Kerry que experimentei a cerveja do Homer Simpson, a Duff. Pena que não tem mais, mas fez o pub ganhar lugar de queridinho no meu coração.

Restaurante : Bidule, Place Cardeurs

Um menu simples, com pratos do dia apetitosos elaborados a partir de produtos frescos, preços mais que convidativos em se tratando de Aix – onde os preços das refeições são bem salgadinhos – e uma decoração bem charmosa. Junte a isso a simpatia dos atendentes e temos a fórmula perfeita pro meu restaurante queridinho em dias que não tenho vontade de encarar o fogão ou então quando temos visita em casa. Durante a semana o atrativo é a fórmula prato do dia + vinho ou café por módicos 10 euros – contra é média de 14 euros o prato do dia em outros restaurantes da cidade. Hamburger caseiro acompanhado de batatas fritas do chef, costela de porco ao molho barbecue ou saladas bem elaboradas são algumas das opções para além do prato do dia. Minha dica é : chegue cedo pra garantir seu prato durante a semana, e aos finais de semana escolha uma das excelentes opções do menu, instale-se numa mesa do lado de fora em dias ensolarados e aprecie jeito francês de passar o tempo com comida gostosa. Se estiver frio ou chovendo, as mesas no interior são a melhor opção, bom lugar pra apreciar a decoração meticulosamente escolhida e viajar um pouco no tempo com os detalhes.

Parque : La Torse

Se tem algo que não falta em Aix e que me agrada por demais são os parques e espaços verdes. Apesar da cidade ser relativamente pequena – são cerca de 150 mil habitantes – há pelo menos uma opção de parque por região na cidade. O parque La Torse é o maior deles, e leva o nome do riachinho que atravessa o pouco de mais um kilômetro de comprimento do parque. Apesar de não ser imenso, tem um laguinho com peixes e patos, aparelhos de ginástica, duas áreas para crianças, uma área para cachorros e gramados grandes e concorridos durante os dias mais quentinhos e com sol, onde não é raro ver grupos de amigos e famílias se reunirem pra passar o tempo ou fazer piquenique. Apesar de não ser exatamente do lado da minha casa – na verdade, fica no lado oposto de onde moro – sempre incluo uma passada no parque no meu roteiro de corrida, e recentemente foram instaladas plaquinhas indicando distâncias pra quem faz caminhada ou corrida ter uma referência de circuito à sombra e à beira d’água.

Jardim : Pavillon Vendôme

Sempre que quero espairecer ou relaxar é no jardim do Pavillon Vendôme que encontro o lugar ideal pra dar uma pausa no meio do dia. Localizado numa região mais externa ao centro histórico, no campo na época em que foi construído no século XVII, o local fica a poucos passos do centro e é um reduto de tranquilidade no meio da agitação urbana. O que mais gosto é o cuidado que se tem com o jardim, suas plantas impecavelmente podadas, a grama cultivada e os canteiros sempre floridos, mesmo durante o inverno, o que alegra bem a paisagem por vezes cinzenta nos dias menos ensolarados e mais curtos. Durante o verãoos bancos à sombra dos imensos plátanos são disputados por quem quer ler com calma, fazer um pirquenique, uma pausa na hora do almoço ou simplesmente espairecer, como eu. O jardim abre todos os dias, tem uma área exclusiva para cães e um parque com brinquedos para crianças. Além disso, no casarão funciona um museu de artes.

Para saber mais sobre Aix-en-Provence e a região da Provença na França, visite o blog  Destino Provence!


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui