Patagônia na Argentina

2

A Patagônia na Argentina é um destino que sonho em conhecer faz tempo, e Liliane Inglez do Blog www.trilhasecantos.com.br (IG: @trilhasecantos FB: Trilhas e Cantos e Pinterest: lilianeinglez) contou para gente um pouco da sua viagem para esse destino maravilhoso. 

A Patagônia é uma região extensa no sul do nosso continente e tem uma diversidade grande de paisagens, muito além das geleiras. Os cenários mudam ao longo do ano e vão desde campos cortados por estradas de cascalho, como a Rota 40, até montanhas rochosas e praias com pinguins. As estâncias patagônicas também marcam presença, com centenas de ovelhas pastando e álamos (árvores típicas) que protegem as casas dos fortes ventos.
Quando se fala de patagônia na Argentina, logo vem à memória o Glaciar Perito Moreno, que fica próximo à cidade de El Calafate. Para conhecer o básico da Patagônia, alguns dias nessa cidadezinha da Província de Santa Cruz são suficientes. Mas se quiser se aprofundar na cultura e nos hábitos patagônicos, leva um pouquinho mais de tempo.

SEGURO VIAGEM COM 5% de desconto + 5% no boleto

Vai viajar? Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e recomendado na maior parte das viagens para o exterior. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5 e ainda mais 5% se você pagar no boleto.

O que fazer na Patagônia Argentina

Parque Nacional de Los Glaciares

Este parque, onde fica o famoso “Glaciar Perito Moreno”, foi declarado Patrimônio da Humanidade, desde 1981. É bacana reservar dois dias para ver as geleiras: um dia “por terra” e outro, de barco.


No parque, você pode seguir pelas passarelas em madeira, chegando bem próximo ao Perito Moreno! De perto, o tamanho impressiona: são cerca de 60 metros de altura! Se for no verão, é possível ver pedaços da geleira se desprendendo e formando pequenos icebergs. O barulho é forte como um trovão! Para ajudar a compor a paisagem, a geleira é cercada de montanhas andinas e bosques de árvores que só existem nesta região e mudam de cor durante as estações do ano.


No parque, há muitos lugares para piquenique, mas também há uma ótima cafeteria que serve lanches, cafés e pequenas refeições.
Outra atração imperdível a partir de El Calafate é o Passeio Todo Glaciares, em um catamarã pra lá de confortável, que navega em meio a icebergs azuis, nas águas tranquilas do Lago Argentino.

O barco não para nenhuma vez para os passageiros descerem, mas às vezes faz uma paradinha, para observarmos e tirarmos foto das geleiras. As mais conhecidas, que se avistam no passeio são: Perito Moreno, Spegazzini e Upsala.

Há passeios sobre as geleiras que podem ser contratados nas agências de El Calafate. A caminhada é feita com botas próprias para andar sobre o gelo. O mini trekking dura algumas horas, mas há um passeio que dura o dia todo e há limite de idade para participar, pois requer bom preparo físico.

A cidade de El Calafate embora não tenha grandes atrações, a cidade é charmosa, e um ótimo programa é dar uma caminhada pelas lojas da Avenida del Libertador General Saint Martin, para fazer algumas comprinhas. Um passeio de bike até a Reserva da Laguna Nimez também garante a observação de muitos flamingos. Se sobrar tempo, alguns outros programas são o Museu – Centro de Interpretação Histórica Calafate, ou o Glariarium, o Museu do Gelo.
À noite, há várias opções de restaurantes, a maioria deles na avenida principal.

Outras atrações da Patagônia Argentina

Um passeio muito comum, especialmente para quem não vai ao Chile, é o Monte Fitz Roy em El Chaiten. Muitas pessoas fazem bate-volta, mas a cidade tem uma vila muito charmosa e pode ser uma boa dormir por lá também. Além disso, são mais que 200 km de distância, um pouco distante para ir e voltar no mesmo dia.
Outra atração interessante é visitar uma estância e comer um bom churrasco feito em “assador Criollo”, uma espécie de churrasco feito “no chão”. Os assados de carneiro são muito bons! Mas se não for a nenhuma estância, essa especialidade também é servida em vários restaurantes de El Calafate.
Também é possível estender sua viagem até Ushuaia, conhecida como o fim do mundo, pois foi por muito tempo, a cidade habitada mais ao sul do continente.

Patagônia Chilena

Uma outra opção (que foi o que fizemos) é conjugar a Patagônia Argentina e Chilena: pegamos um carro em El Calafate (é bom saber que são poucas locadoras que locam carros para atravessar a fronteira) e tocamos para o Chile, passando por um trecho da Ruta 40. Passamos alguns dias em Puerto Natales, explorando especialmente o parque Torres del Paine.

O que não recomendo é fazer um bate-volta de El Calafate até o Torres del Paine, porque o caminho é longo e você irá aproveitar bem pouco do parque.

Quando ir

A época de clima mais ameno é no verão. Mesmo assim, prepare os casacos! É bom levar um corta-vento, especialmente nos passeios próximos às geleiras. Na cidade, durante o dia, uma malha fininha já resolve.
No inverno, há uma boa perspectiva de ver neve, mas os passeios no lago às vezes são cancelados, por causa do tempo!

Como chegar e se locomover

Para brasileiros, o mais comum é pegar voo até Buenos Aires e de lá para o aeroporto de El Calafate. Há vans que fazem o transporte até o centro da cidade.
Para se locomover e fazer todos os passeios, é interessante alugar um carro. Caso contrário, terá que contratar os passeios pelas agências de turismo de El Calafate.

E você? Já foi para a Patagônia Argentina?

Vai Viajar?

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.


COMPARTILHAR
Artigo anteriorRetrospectiva 2017: 7 posts
Próximo artigoReveillon 2017: O que fazer em Orlando
Stephanie Ramalho é apaixonada por viagens e não perde uma oportunidade de conhecer novos lugares. Amante da natureza, adora trilhas, acampar e seu destino na maioria das vezes é praia ou cachoeira, mas também curte muito uma metrópole, tanto que sua primeira viagem para o exterior foi para Londres e Paris. Viajar pelo mundo e aprender o máximo que puder sobre todas as culturas é um dos seus objetivos de vida. Não esqueça de segui-la no Instagram: @StephanieViaja

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui