Roteiro de Carro pela Croácia

3

A Croácia é um destino popular no verão europeu e a  Juliana Canedo do blog Pequena Viagem que mora em Berlim, foi passar férias por lá com o marido e filha de anos durante três semanas. Neste post ela conta pra gente mais detalhes sobre roteiros, cidades por onde passou, restaurantes e dá algumas dicas para quem planejar a viagem para lá.

Roteiro 

Saímos de Berlim de trem em direção a Munique, onde dormimos apenas uma noite, demos uma passeada no centro e de lá fomos pra Salzburg também de trem. Lá alugamos um carro. Dormimos duas noites em Salzburg, depois fomos de carro para a Croácia parando na Eslovênia (Bled). A primeira cidade da Croácia foi Rovinj, onde ficamos três noites. Depois uma noite em Split, três noites em Bol, três noites em Hvar, duas noites em Rab, duas noites em Plitvice, nossa última estadia na Croácia. De lá voltamos para a Áustria, passando por Zagreb (capital da Croácia) e dormindo em Hallstaat. Devolvemos o carro em Salzburg e pegamos o trem para Nuremberg, onde dormimos uma noite, e no dia seguinte Berlin.

Como Chegar

Fomos de trem até a Áustria e em Salzburg alugamos um carro. Viajamos pela Croácia de carro e devolvemos o carro na Áustria onde pegamos trem novamente de volta para a Alemanha. É possível fazer o trajeto todo de carro, nós apenas não fizemos porque ainda não tínhamos a carteira de motorista alemã e a nossa brasileira não valia mais aqui porque morávamos há mais de 6 meses. Mas para turistas é possível fazer este trajeto todo de carro tranquilamente.

Onde se hospedar

 Na verdade em quase toda a viagem ficamos em apartamentos alugados pelo Airbnb. Ficamos em hotel apenas na ilha de Rab e em Hallstaat. Em Rab ficamos no hotel Padova. O hotel fica bem localizado e tem uma estrutura bacana, mas nos pareceu meio decadente. Os atendentes não eram nada simpáticos, os quartos merecem uma boa reforma e a comida não era nada demais, embora o fato de estar incluída na diária e ser buffet tenha sido uma mão na roda pra gente. A piscina do hotel era legal, mas fora isso nada nos impressionou. De qualquer forma vimos uns cartazes dizendo que o hotel seria todo reformado, então pode ser que ano que vem já seja totalmente diferente. Já em Hallstaat ficamos hospedados no Lindwurm, um hotel super bonitinho num edifício antigo de madeirinha e flores nas janelas. Embora o exterior fosse lindo e a localização também ótima, com uma vista pra um campo lindo, as instalações internas merecem uma reforma. O banheiro era fedorento e os quartos de carpete que parece que estavam ali há algumas décadas. O hotel tem sauna, piscina, restaurante, mas como ficamos só uma noite não usufruímos de nada disso, pois no dia seguinte saímos super cedo pra Nuremberg.

Se os hotéis decepcionaram, os apartamentos do Airbnb foram um dos pontos altos da viagem. Todos eram excelentes, e o melhor deles foi o de Rovinj. Os anfitriões foram todos muito amáveis e curtimos demais a experiência ver como alguns croatas vivem.

SEGURO VIAGEM COM 5% de desconto + 5% no boleto

Vai viajar? Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e recomendado na maior parte das viagens para o exterior. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5 e ainda mais 5% se você pagar no boleto.

O que fazer – Atrações e Passeios

 Na Áustria e em Nuremberg nosso principal passeio era passear pelo centro histórico. Já na Croácia o foco eram as praias. Os melhores passeios foram os seguintes:

Salzbourg (Áustria)

Cidade de Mozart e da Noviça Rebelde, respira música e cultura. Extremamente limpa, bem cuidada, organizada, e com uma beleza natural e construída estonteante.

Lagoa em Bled

A caminho da Croácia entramos no Parque Nacional Triglav, onde está a linda Lagoa de Bled. O lugar é lindo, tem uma super estrutura, a água é transparente e tão limpa que você vê peixes e patos (!) nadando. É possível fazer o passeio de barco até o castelo que fica no meio da Lagoa, que a Helô aqui do Aprendiz de Viajante fez, mas nós não fizemos por falta de tempo. Vale muito a pena conhecer Bled.

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior e quer manter seu número no whatsapp? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

bled

Praia de Kaštelan, Rovinj

A praia é super linda, com mar transparente e estrutura como dois quiosques onde pode-se alugar cadeiras e barraca. Como seu acesso é um pouco escondido, é uma praia mais vazia, boa para curtir na alta temporada quando as demais praias estão mais lotadas. Há muitos praticantes de naturismo, mas também há pessoas com trajes de banho (não é uma praia de nudismo).

Centro histórico Rovinj

As casinhas de pedra na beira do mar, com ruazinhas sinuosas e bastante íngremes que levam à uma igrejinha no topo. Muito lindo.

Praia Baška, Krk

Mais uma praia linda na ilha de Krk. A praia é maravilhosa e perfeita pra criança. Também de pedrinhas, ela é bem rasinha, com aquele mar esverdeado e cercada de montanhas lindas. Uma dica é ficar na extremidade direita (olhando pro mar), pois o lado esquerdo é extremamente lotado. O acesso do lado direito à por dentro de um camping.

Praia Zlatni Rat, Bol

Essa praia é tipo o cartão postal da Croácia. Tem um formato triangular e as fotos dela vista de cima são incríveis. É bastante lotada no verão, mas tem uma boa estrutura, com diversas opções de quiosques e restaurante, barracas, cadeiras, enfim, é uma praia bem turística. Mas é linda e guarda um clima selvagem, pois seu acesso à por uma espécie de floresta. Há muita área sombreada também por conta disso e há inclusive um parquinho infantil dentro.

Praia Lovrečina, Brač

Praia de areia na ilha de Brač. Parece uma grande piscina. Uma delícia pra ir com crianças. O acesso é por um camping, então possui banheiros e um restaurante.

Praia Martinica, Brač

Martinica Brac

Visual incrível. A praia é de pedrinhas e possui uma água deliciosa, com a profundidade e temperaturas perfeitas. Há aluguel de cadeiras e barracas e um restaurante/ hotel bem do lado, onde almoçamos. Não é barato, mas estava bem gostoso.

Centro histórico Hvar

Cidade medieval muito linda e bastante turística. Tem uma grande praça central com diversos bares e restaurantes, uma orla bastante agradável ao longo do porto, e diversas ruelas com escadarias onde você consegue se sentir em um outro tempo.centro historico Hvar

Praia Pokonji Dol

Essa é a praia mais linda de todas as que fomos. A praia é de pedrinhas brancas e tem uma água inacreditável. O mar é super calmo e com uma temperatura perfeita. É bom ir com o sapatinho emborrachado, mas as pedras são mais lisinhas, então é possível andar sem o sapato. Na praia tem dois restaurantes e um quiosque onde a gente alugou as cadeiras e a barraca. Estava bastante cheia e possui um público misturado, com famílias e galera mais jovem/ adolescente.

Pokonji Dol_Hvar

Jelsa

Outra cidade na ilha de Hvar. Linda como Hvar, mas sem aquele clima turístico e de milhares de iates e tal. Parecíamos ser os únicos turistas e pudemos observar uma vida tranquila e agradável que as pessoas parecem levar ali. Também possui um pequeno porto, onde chegam barcos de Bol e outras ilhas, mas numa escala muito menor do que Hvar ou Supetar.

Passeio de bike em Rab

Alugamos uma bicicleta perto do Hotel Padova onde estávamos hospedados e passamos algumas horas pedalando pelo centro histórico e pela orla. A cidade é bem bonitinha, tem vários restaurantes e cafés fofos e um parque bem bonito. E a orla é interessante, são 8km de praias (quase todas lotadas), restaurantes, campings e vilarejos.

Passeio bike Rab

Parque Plitvice

Imperdível! Simplesmente um dos lugares mais lindos que já fomos na vida. É um parque com lagos com caminhos de madeira que serpenteiam sobre os lagos, floresta. Impossível ir à Croácia e não conhecer.

Parque Plitivce 2

Hallstaat (Áustria)

Cidadezinha mágica na Áustria. Fica entre um lago e as montanhas incríveis típicas da região. É super pequena, tem aquelas casinhas charmosas de madeira e telhados inclinados tão marcantes na paisagem da Austria. O lago é lindo e é possível alugar barquinhos a remo para passear, pedalinhos, etc.

Nuremberg (Alemanha)

Nossa última parada na viagem. Confesso que me surpreendeu. A cidade é muito linda, possui um centro histórico extremamente bem preservado, as pessoas são muito simpáticas e a cerveja é ótima como em toda a Alemanha.

Onde Comer

Na Croácia de forma geral comemos muito bem. Todos os restaurantes que fomos eram gostosos e o preço bem tranquilo pros padrões europeus. Vou destacar dois que foram mais especiais.

Punta, em Supetar (Hvar)

Fica na beira do mar em uma praia onde há prática de uma variedade de esportes, como windsurf, jet sky, paraglading, mergulho, etc. O acesso ao restaurante é um pouco escondido, mas tem algumas placas na estrada. Tem que entrar por dentro do resort Svpetvr e ir descendo até a praia. Lá comemos pela primeira vez o čevapčič, um bolinho de carne maravilhoso!

Konoba Menego (Hvar)

Restaurante bastante tradicional e situado em uma dessas ruelas íngremes. O restaurante tem um clima medieval e é bem agradável. Sentamos numa varandinha na parte de cima e pedimos um suco de limão pra refrescar. O cardápio não tem muita variedade, mas havíamos escolhido este restaurante por ter comidas tipicamente croatas tradicionalmente preparadas. Há apenas um garçom, mas bastante atencioso. Ele trouxe uma sacola de brinquedos pra Olivia, o que foi suficiente pra distraí-la durante todo o almoço. Pedimos alguns pratos frios, por recomendação (quase uma imposição, na verdade) do garçom, que nos disse estar muito quente para comer carne. Vieram umas saladas com queijos e frios, peixe e frutos do mar bastante gostosas, mas nada espetacular. Pra Olivia pedimos um nhoque estava maravilhoso! Uma coisa que não curtimos muito é que não tem cerveja, apenas um vinho da casa, suco de limão e água. Mas a experiência como um todo valeu a pena. Acho que para jantar o restaurante deve ser mais gostoso.

Onde comprar souvenirs

 Este tipo de viagem não é muito para se fazer compras, mas de qualquer forma em todos os centros das pequenas cidades que fomos há lojinhas de souvenirs e produtos locais. Em Salzbourg há uma feirinha na beira do rio que vende coisas bem lindas também.

Imperdível

Sem dúvidas o Parque Nacional dos Lagos Plitvice (ou Plitvička Jezera, no original)! É a maior atração turística da Croácia e fica entre Zadar e Zagreb, na parte continental da país. Desde 1979 é Patrimônio da Unesco e possui talvez a imagem mais conhecida (e impressionante) da Croácia pelo mundo.

O parque é composto de vários lagos que se conectam por cachoeiras e por onde você passeia através de trilhas de madeira ou por dentro da floresta. É um visual incrível, realmente uma sensação indescritível estar ali. A cada curva ou a cada descida você prende a respiração de tanta beleza.

Não repetiria jamais

Cometemos um erro de planejamento por não termos atentado para os deslocamentos de ferry entre Hvar e Brač. As duas ilhas são próximas e o google havia nos dado o caminho Split- Brač (cerca de 1 hora) e Brač-Hvar (cerca de 30min). Porém, quando chegamos lá descobrimos que não há ferries entre Hvar e Brač, apenas barcos que transportam exclusivamente pessoas. Então o que tivemos que fazer, pois já havíamos reservado apartamento nas duas ilhas, foi voltar de Hvar para Split (1 hora de barco) e depois ir de Split pra Hvar (mais 2 horas de barco). Este trajeto, somados os trajetos de carro e tempo de espera nos fez perder muitas horas da viagem. Tivemos que sair super cedo de Brač e chegamos praticamente no fim do dia em Hvar. Penso que a melhor solução seja estabelecer base em uma das duas ilhas e fazer o passeio para a outra de barco em algum dia.

Se pudesse planejar de novo, o que mudaria?

Além da mudança citada acima com relação à Hvar e Brač, eu tentaria incluir o sul do país. Dubrovnik, por exemplo ficou faltando no nosso roteiro. Para isso talvez tirasse Rab e Split do roteiro.

Essa viagem é indicada para famílias, casais jovens, grupo de amigos, idosos, ou seja, qualquer pessoa que curta praia, natureza, gente bacana e comida boa.


Vai Viajar?

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.


3 COMENTÁRIOS

  1. infelizmente, vc não comentou, que se vc alugar um carro(na maioria das locadoras ocidentais) vc não poderá entrar nos países do Leste. Até pode fazê-lo mas por conta e risco. O seguro que vale na Alemanha/Austria não cobre países do leste europeu.Se te roubarem o carro na Bósnia, por exemplo, o seguro não paga e vc terá que indenizar todo o valor do carro. Vc até pode mentir que o carro foi roubado do lado de cá mas a empresa de rent/seguro, se quiser, saberá, via câmeras, onde vc andou e aí pode dar até prisão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui