5 bebidas para provar na Itália

7

Você não precisa ter ido pra Itália pra saber da fama da gastronomia italiana. E os vinhos e drinks também são responsáveis por esse sucesso! Afinal, não tem melhor maneira de acompanhar os deliciosos pratos e também as comidinhas servidas durante o ‘aperitivo’, que é o happy hour italiano. Escolhi aqui 5 bebidas, mas obviamente que a lista é imensa. A ideia é só dar um gostinho! São 3 coquetéis (com gostos bem diferentes um do outro) e 2 tipos de vinho, um bastante conhecido no Brasil e outro nem tanto.

Desses 5, qual o seu preferido?

*****Leia também: 5 bebidas para provar em Londres*****

 

 

SEGURO VIAGEM COM 5% de desconto + 5% no boleto

Vai viajar? Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e recomendado na maior parte das viagens para o exterior. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5 e ainda mais 5% se você pagar no boleto.

 

 

bebidas para provar na Itália
Prosecco. Foto: blog Italia per Amore

Aperol Spritz

Aperol Spritz pra mim tem gosto de férias de verão (eu tomei Aperol Spritz todos os dias durante as minhas duas semanas na Sicilia, por exemplo)! Eu sei que ele surgiu no norte da Itália, mas não tem uma cidade que eu tenha visitado e não servia. E olha, posso não ser expert em drinks, mas na Itália eu nunca tomei um Aperol Spritz mal feito. Apesar do ‘Aperol’ no nome, o ingrediente principal é o Prosecco. Aliás, em outros países (como aconteceu comigo na Espanha), se você falar que quer um Aperol, é possível que te sirvam exatamente isso: um copo com Aperol puro, com gelo. Então tenha certeza de que o lugar serve Aperol Spritz, o coquetel!

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior e quer manter seu número no whatsapp? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

aperol

Use uma taça grande, coloque gelo e então misture os ingredientes: 3 partes de Prosecco (75ml), 2 partes de Aperol (50ml) e 1 parte de agua com gás (25ml). E melhor ainda com uma fatia de laranja!

Negroni

Eu li em diversos sites que o Negroni foi inventando em Florença, em 1919 (mas nenhum deles confirma, todo mundo fala ‘dizem que’…). Não é uma bebida refrescante (é servido com gelo, mas digo refrescante no sentido de tomar enquanto toma sol na piscina, sabe?), eu vejo mais como um drink ‘sisudo’, pra apreciar em um bar ou restaurante.

Assim como o Aperol Spritz, o Negroni tem 3 ingredientes principais: gin, Campari e Vermut – todos em partes iguais – e uma casquinha de laranja pra complementar! Para quem quiser deixar menos amargo, é só colocar um pouco mais de gin. E é claro, o gosto pode variar de acordo com o gin que você gosta mais, afinal existem muitas variações.

Prosecco

Pedi para a Isa, do blog Italia Per Amore, falar um pouco do Prosecco. Ela mora na região onde esse famoso espumante é produzido, volta e meia visita as vinícolas, e entende de Prosecco como ninguém!

“Até poucos anos atras, o Prosecco era um vinho branco espumante sem todo este status que tem hoje. Foi nos anos 90 que os produtores descobriram seu potencial e o mercado internacional se deu conta de que o vinho leve e frutado era versátil e tinha preços bem competitivos. Na Itália voce irá encontrar o Prosecco em todos os lugares que for, mas nada como saborear a bebida exatamente onde ela é produzida, na provincia de Treviso. O Prosecco é um vinho de origem controlada e garantida, isto quer dizer, que para ser efetivamente Prosecco, ele tem de responder a uma série de exigencias que visam controlar sua qualidade. A primeira delas, é que seja produzido em uma zona limitada que inclui algumas províncias da região do Vêneto (mais especificamente Treviso) e uma pequena área da região do Friuli. O Prosecco pode ser consumido como aperitivo, antes das refeiçoes, com pratos à base de peixe, queijos frescos ou pratos de sabor delicado. E se você também é fã do Aperol Spritz, saiba que o ingrediente predominante da bebida é exatamente o Prosecco.”

prosecco (1)
Foto: blog Italia Per Amore

Franciacorta

Fiz questão de incluir o Franciacorta aqui porque sei que ele é bem menos conhecido do que o Prosecco. Pedi para a Magê, do blog Milão nas Mãos (ela inclusive faz passeios guiados pelas vinícolas de Franciacorta), falar um pouco sobre ele.

“O Franciacorta é um vinho D.O.C.G (Denominação de Origem Controlada e Garantida) e é produzido com o chamado método clássico, que prevê duas fermentações: a segunda é feita nas garrafas que ‘dormem’ nas vinícolas por um mínimo de 18 meses, mas esse tempo pode chegar a 5 ou 7 anos. Produzido com uvas Chardonay, Pinot Noir e Pinot Blanc, o contato do vinho com os levedos naturais na segunda fermentação confere ao Franciacorta uma complexidade e estrutura que o torna uma combinação perfeita não só para aperitivos, mas também para refeições de peixe e carnes. Esse processo de produção mais lento faz com que o Franciacorta tenha um preço superior a outros espumantes italianos. Uma garrafa (na Itália) varia de 12 euros (os bases de 18 meses) a 80/90 euros (os reservas de 5-7 anos). Mas como Franciacorta também quer dizer o território, vale contar para vocês que as mais de 100 vinícolas estão inseridas em uma das paisagens mais bonitas da região, emoldurada pelas colinas e banhada pelo gracioso Lago d’Iseo.”

franciacorta (4)
Foto: blog Milão nas Mãos

Bellini

Mais um drink delicioso preparado com Prosecco! É tão levinho e doce que dá até pra tomar antes do almoço! O Bellini foi criado no famoso Harry’s Bar em Veneza, e muita gente faz questão de visitar esse bar justamente por causa disso. Além do Prosecco, o Bellini é feito com pêssegos! Ou melhor, pêssego batido (tem quem use calda de pêssego também).

São 2 partes de Prosecco para 1 parte de pêssego batido, e o ideal é servir numa taça já gelada (você pode esfriá-la na hora, enchendo de gelo e mexendo um pouco até a taça ‘suar’). E pronto!

Salute!


Vai Viajar?

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.


7 COMENTÁRIOS

  1. Quando estive na Itália sempre pedia um Spritz . O preparo é sempre assim ? Tomei um Aperol spritz que comprei no supermercado , sem a laranja. Este já vem com prosecco ? Notei que o gosto entre os dois era totalmente diferente . Já venho com essa dúvida há tempo e ainda não entendi bem .

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui