Cidades medievais na Itália

1
Duomo de Siena
Duomo de Siena

É praticamente impossível visitar a Itália sem se deparar com cidades medievais. Algumas são tão bem preservadas, que caminhando pelas suas ruazinhas, parece que mergulhamos no passado.

Conheça algumas das mais importantes cidades medievais na Itália:

1BERGAMO ALTA

A principal característica das cidades medievais são os altos e largos muros, construídos como forma de proteção contra o ataque de inimigos. Muitas vezes, eram construídos fossos ao redor dos muros, para dificultar ainda mais o ingresso na cidade, que só podia ser feito por uma ponte levadiça. A cidade medieval geralmente possui uma praça onde estão os principais edifícios civis e religiosos, como a catedral e a sede administrativa da cidade. A distribuição dos demais edifícios é irregular e desorganizada: residências, capelas e igrejas eram construídas por acaso, à medida que a cidade crescia.

Bérgamo Alta é protegida por muros venezianos do século XV. Pelas suas ruelas estreitas, nem é necessário usar muito a imaginação para entender como as coisas eram por ali na Idade Média, já que tudo está conservado e poucas modificações foram feitas ao longo dos anos.

SEGURO VIAGEM COM 5% de desconto + 5% no boleto

Vai viajar? Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e recomendado na maior parte das viagens para o exterior. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5 e ainda mais 5% se você pagar no boleto.

Assim que chegar à Bergamo Alta, pegue a Via Gombito até chegar à Piazza Vecchia, onde estão várias atrações da cidade. No caminho, não deixe de reparar à sua esquerda na Torre del Gombito, edificada no século XII.

Já na Piazza Vecchia, está a Torre Cívica ou Campanone, que foi construída entre os séculos XI e XII e fazia parte da casa da potente família Suardi. Alguns séculos mais tarde, a torre foi adquirida pela cidade de Bérgamo e foram instalados sinos em seu topo.
Todos os dias, às 22 horas, os sinos badalavam 100 vezes para avisar aos seus cidadãos que as portas da cidade seriam fechadas e estava na hora de voltar para casa. Ainda hoje a tradição é mantida, como uma homenagem a um passado longínquo e glorioso.
Você pode fazer um bate e volta a partir de Milão para conhecer Bergamo Alta, que fica somente a uma hora de trem de distância.

Voltar

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui