Como ser um bom viajante

0
viajante

Vamos já esclarecer uma coisa, seja você um viajante experiente ou marinheiro de primeira viagem: cada um viaja como quer. Seja com ajuda de agência, junto com uma excursão, de forma independente, com família ou com amigos, a única coisa que você ‘não pode deixar de fazer’ em uma viagem (coloco entre aspas pois essa expressão é muito usada nas redes sociais: ‘não deixe de fazer isso ou aquilo’) é aproveitar do jeito que você quiser. Quer tirar um dia pra descansar? Quer andar das 7 da manhã as 7 da noite? Faça o que você bem entender, e não se deixe abalar se não conseguiu aproveitar aquele dica bárbara que viu em algum blog.

As dicas que estou compartilhando aqui vão te fazer um viajante melhor no sentido comunitário de viajar. Não quero ditar regras, apenas compartilhar coisas que aprendi e que me fizeram aproveitar mais os momentos ‘na estrada’. Mas acho legal sempre lembrar que o lugar para onde você vai é o lugar onde alguém mora. Que o seu destino da semana que vem já foi o destino de alguém na semana passada e será o destino de outra pessoa no próximo mês – e isso é o que eu quero dizer com comunidade. Porque viajar deve ser sustentável, e a gente deve participar desse ciclo: assim como todo mundo que passou por alguma cidade deixou um pouco de si lá, você também vai deixar. E vamos ter certeza de que esse impacto é positivo, assim todo mundo pode aproveitar melhor sua estadia: você, os locais e quem vai depois.

Leia também: 7 dicas para tornar sua viagem melhor e Dicas para viajar com tranquilidade

Tô divagando muito? Pois veja as dicas abaixo que prometo que fica mais objetivo!

Quer ser um viajante melhor? Siga esses 5 passos

Busque informação

Não é preciso fazer uma imersão na história ou geografia ou política do país/cidade que você vai visitar, mas o mínimo de informação deixará a viagem muito melhor e certamente diminuirá os perrengues. Por exemplo: tem transporte público nesse lugar? O comércio costuma aceitar cartão de crédito ou é melhor levar dinheiro vivo? Existe alguma restrição em relação a que roupa usar? As lojas, restaurantes e museus abrem todos os dias, o dia todo?

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior e quer manter seu número no whatsapp? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

Ou seja, quando falamos em informação na hora de viajar não temos que pensar apenas em atrações turísticas, mas coisas práticas do dia a dia. Claro, é bom ter uma ideia do que você vai encontrar por lá, que monumentos ou passeios são essenciais para conhecer melhor a cidade, mas acredito que isso exige menos ‘investigação’ do que a parte talvez um pouco mais prática.

Quando fui para a ilha de Comino, em Malta, para ver a lagoa azul, tinha apenas 10 euros em dinheiro vivo pra passar o dia. Chegando lá, descobri que era preciso alugar uma cadeira (5 euros) e que as poucas barracas de comida não aceitavam cartão. Ou seja, fiquei com apenas mais 5 euros para comer, e vocês imaginam que o preço da comida em um lugar que tem pouca variedade não é muito baixo. Tive que escolher meu almoço dentro desse limite, e acabei indo embora bem mais cedo do que queria porque estava com fome… um desperdício!

Malta_Lagoa Azul_AdV (14)Tive que ir embora desse paraíso antes da hora porque não me preparei direito… #fail

SEGURO VIAGEM COM 5% de desconto + 5% no boleto

Vai viajar? Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e recomendado na maior parte das viagens para o exterior. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5 e ainda mais 5% se você pagar no boleto.

Eu sugiro pesquisar entre as centenas de blogs que fazem parte da RBBV. Clique aqui e busque por destinos para ver os milhares de posts publicados por blogueiros brasileiros. E, é claro, veja sempre nossos destinos aqui no Aprendiz de Viajante para ver as nossas dicas, assim como nossos canais nas redes socias: Facebook, Instagram, YouTube e Snapchat (onde somos helorighetto e claudiabias)

Compartilhe informação

E já que você buscou informação, é legal fazer o mesmo pelos outros e compartilhar o que você aprendeu. Nada de egoísmo turístico hein? Você não precisar ter um blog para contar para seus amigos que é roubada usar táxi em uma certa cidade, ou que descobriu um café excelente em um bairro que não é frequentado por turistas mas deveria ser! Se você teve uma experiência – seja ela positiva ou negativa – que pode melhorar a viagem de outra pessoa, conte para ela.

Por exemplo, eu contei nesse post aqui – do passeio de barco para ver os fogos de ano novo em Londres – que a minha experiência não foi legal. Expliquei o motivo e dei dicas para que outras pessoas tenham experiências melhores. Ou seja, aprendi a lição e tentei ensinar!

Acho que uma das coisas mais legais de viajar é depois do retorno poder conversar sobre as coisas que vi e vivi, e é ainda mais bacana trocar ideia com alguém que está indo ou também já foi. Fazer a informação alcançar mais gente com certeza vai ajudar não apenas quem viaja mas também o país ou cidade de destino. Converse, use as redes sociais e deixe reviews em sites como Booking.com, TripAdvisor e Google.

Ajude os negócios locais

Fique tranquilo, não vou crucificar as grandes redes ou lojas de souvenirs fabricados na China (afinal, eu amo meus globos de neve e a maioria das minhas roupas são de lojas como Zara e H&M). Mas sempre que viajo gosto de saber se o destino é famoso por algum tipo de artesanato, por exemplo. Eu particularmente amo decoração, então quando é possível tento encontrar alguma loja que venda peças de designers ou fabricantes locais (como a loja A Vida Portuguesa no Porto ou todas essas lojas independentes em Londres).

No just a mug. An extra large mug! #newin bought at the county fair from a local artisan #pottery #coffeemug #handmade

A photo posted by Helô Righetto (@helorighetto) on


Isso não vale apenas para compras, mas também para alimentação e hospedagem. Procure saber se a cidade tem algum mercado de comida (como esse aqui em Copenhague), e caso sim, veja se nesse mercado alguma barraca serve um prato típico com ingredientes locais. Ou então saia da zona de conforto do hotel de rede (que eu adoro também!) e hospede-se em um apartamento do AirBnB.

papiroen (10)Mercado de comidas de rua em Copenhague

Dessa forma você ajuda a economia local e consequentemente preserva a autenticidade do lugar. É possível sim haver um balanço entre grandes empresas e pequenos comerciantes, e nós, como turistas, podemos aproveitar ambos! Ah, e claro, não esqueça de compartilhar a informação depois (vide tópico acima).

Cuide-se

Obviamente que a gente sempre busca estar saudável e seguro, mas parece que quando estamos de férias a gente relaxa nesse sentido também. Sei que é chato ter que estar alerta e consciente de que coisas ruins acontecem também quando a gente viaja – afinal a última coisa que queremos é ter qualquer tipo de preocupação – mas fazendo uma preparação básica com antecedência é possível embarcar mais tranquilo.

A primeira coisa é garantir seu seguro viagem. Nem pense em colocar o pé para fora de casa sem um. O de saúde é o básico do básico, e se o seu orçamento permitir compre também o seguro que cobre vôo cancelado, mala extraviada e afins. Mas saúde em primeiro lugar, e repito mesmo porque o assunto é sério! Caso você precise de atendimento médico, não dará ainda mais preocupação pra quem estiver viajando com você, e caso esteja  sozinho não vai precisar confiar em estranhos para garantir que você seja atendido em uma clínica ou hospital.

Cuidar de si vai além da saúde, e é necessário pensar na sua segurança também. Chegando no hotel, coloque documentos importantes no cofre, não ande na rua com todo seu dinheiro e fique sempre esperto com a bolsa ou mochila. Infelizmente, problemas de segurança existem no mundo inteiro, e não é porque você está fazendo uma viagem dos sonhos que nada de ruim vai acontecer. Antes de viajar providencie uma cópia digital do seu documento e se mande por email, e também avise outras pessoas sobre o seu itinerário.

Siga seu instinto

Você pode comprar os melhores guias (como o Guia de Londres Para Iniciantes e Iniciados e o Guia de Compras nos Estados Unidos) e ler os melhores blogs, mas só você sabe o que realmente gosta de fazer. Prefere gastar em um restaurante estrelado e comer sanduíche todos os outros dias? Ou gosta mesmo é de andar a pé e não tem paciência pra museu? Não hesite, confie nos seus gostos pra fazer da sua viagem algo inesquecível.

Nada mais chato do que alguém que fala ‘mas se você não foi em tal lugar você não foi de verdade para tal cidade…’. Ignore comentários desse tipo e siga seu rumo. E, se você mudar de ideia no meio da viagem, tudo bem. Tinha um roteiro todo planejado e percebeu que aproveitaria mais se fizesse as coisas de forma mais improvisada? Confie no seu instinto e faça isso. E, se você estiver viajando com amigos ou familiares, negociação é tudo. Nesses casos, é preciso abrir mão de algumas coisas e compensar com outras, afinal ninguém quer estragar o clima da viagem com discussões que depois nem serão lembradas.


Vai Viajar?

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.


DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui