Moscou na Rússia – Mini Guia para Planejar a Viagem

3
Praça vermelha a noite

Moscou na Rússia é uma cidade fascinante. Por trás daqueles muros vermelhos da capital soviética, o tom misterioso e enigmático ditado por homens carrancudos vestidos de preto deu lugar a um mundo de encantamento quando a cortina de ferro se abriu. O país que viveu da monarquia dos czares à repressão comunista agora revela preciosidades que vão além da leveza dos passos do Bolshoi.

O que fazer em Moscou

Praca vermelha

Comece pela Praça Vermelha e pelo Kremlin. Lado a lado você encontra simplesmente a praça mais imponente do mundo e a cidade murada dos czares que serviu como quartel-general da cúpula comunista, e fez o mundo tremer. É ali que pulsa o coração de Moscou entre torres, muralhas e cúpulas. Só isso já faz a viagem valer a pena.

O Kremlin em Moscou

O Kremlin é a atração número um da cidade. Ocupa uma área enorme cercada pelos não-mais-temidos muros vermelhos e por 20 torres que guardam desde as joias reais aos prédios do governo da Rússia. Hoje, o Kremlin é aberto ao público para visitação. Reserve um dia inteiro para circular pelos jardins, palácios, igrejas e museus.

O que ver no Kremlin

  • Grande Palácio do Kremlin (serviu como residência dos imperadores russos)
  • Palácio do Arsenal do Kremlin e Museu
  • Palácio Estatal do Kremlin (antigo Palácio do Congresso)
  • Palácio Terem
  • Palácio do Entretenimento
  • Palácio Facetado
  • Palácio do Patriarca e Igreja dos Doze Apóstolos
  • Igreja da Deposição das Vestes
  • Catedral da Assunção
  • Igreja do Sino de Ivan, o Grande e a Torre do Grande Sino
  • Catedral da Anunciação
  • Catedral do Arcanjo Miguel (onde estão sepultados vários czares)
  • Catedral da Dormição

 

CURIOSIDADE:

No Museu do Arsenal preste atenção à coleção dos famosos Ovos Fabergé. A história deles é curiosa. Os tais ovos, na verdade joias preciosíssimas, começaram a ser feitos em 1885, pelo ourives Karl Fabergé, a pedido do czar Alexandre III para presentear sua esposa na Páscoa. Os ovos fazem lembrar as  “matrioshkas”, aquelas bonecas russas de madeira encaixadas umas dentro das outras). Então, dentro de um ovo esmaltado era colocado um presente feito em ouro e pedras preciosas. Isso virou uma tradição na Rússia e 69 “ovos” foram produzidos. Apenas dez deles estão expostos no Kremlin (os outros estão em diferentes museus espalhados pelo mundo). Assim, reproduções dos clássicos Ovos Fabergé hoje são os souvenires mais tradicionais da Rússia.

A Praça Vermelha em Moscou

Já, na Praça Vermelha, que é considerada Patrimônio Cultural pela UNESCO, você não vai conseguir tirar os olhos da emblemática Catedral de São Basílio, com uma explosão de cores que fazem o queixo cair. Também não deixe de fora o Mausoléu do Lênin e as simpáticas igrejinhas ortodoxas. Quando cansar faça uma pausa para um “blinis com caviar” no ousado GUM. Inacreditável que haja um shopping de luxo, símbolo máximo da sociedade de consumo exatamente onde um dia foi a “Meca” do comunismo.

O que ver na Praça Vermelha

  • Catedral de São Basílio
  • Mausoléu do Lênin
  • Catedral de Kazan
  • Museu de História da Rússia
  • GUM, primeiro shopping de Moscou
  • Portão da Ressurreição
  • Estátuas de Kuzma Minin e Dmitriy Pozharskiy (heróis nacionais que defenderam a Rússia dos poloneses)

 

Como se locomover em Moscou

Komsomolskaya

Circule pela cidade de metrô. Além de ser a melhor opção, uma vez que taxis são difíceis de encontrar e muito caros, as estações são verdadeiros museus, tal a quantidade de obras de arte. Desça especialmente nas estações Ploshchaad Revolyutsii, Komsomolskaya e Novokuznetskaya, mas evite os horários de pico.

A Vida Cultural em Moscou

Bolshoi
Bolshoi

Estando em Moscou é pecado deixar de assistir um espetáculo no Teatro Bolshoi. Confira antecipadamente a programação no site www.bolshoi.ru (tem a opção de ler o site em inglês).

Também visite a imensa Catedral Ortodoxa de Cristo, o Salvador e o Monastério de Novodevichiy com suas belas cúpulas coloridas cercadas por um muro branco e torres vermelhas, na beira de um lago.

Para os amantes da arte indico fortemente a Galeria Tretyakov que exibe um acervo incrível de quadros e ícones ortodoxos, da coleção privada do milionário Pavel Tretyakov e ao Museu de Artes de Pushkin, o mais importante do país.

Onde Comprar em Moscou

matrioskas
matrioskas

Se quiser comprar uma lembrancinha russa vá a Antiga Arbat, uma rua de pedestres que tem lojinhas cheias de “matrioshkas” coloridas ou caminhe pela rua Tverskaya, perto do Teatro Bolshoi, que hoje é o principal centro comercial de Moscou.

Não se preocupe com a comunicação. Hoje muita gente já fala ou pelo menos arranha no inglês, especialmente os mais jovens. No mais, use um aplicativo de celular para ajudar na tradução e capriche nos gestos. No fim, dá tudo certo.

Onde Comer em Moscou

cafe pushkin
cafe pushkin

Restaurantes imperdíveis: o clássico Café Pushkin e o divertido ucraniano Shinok que tem até uma fazendinha no seu interior.

Onde se Hospedar em Moscou

ritz carlton moscou
ritz carlton moscou

Aqui alguns hotéis muito bem localizados, e isso é importante para agilizar sua locomoção.

Ritz-Carlton, Nacional e Metropol. Um pouco mais distantes do centro estão o Crowne Plaza World Trade Center (imenso) e o emblemático Radison Royal ex Hotel Ukrania de Stalin.

Reserve outros hotéis em Moscou

Moscou é uma cidade densa que fascina por sua história cheia de curvas, mas cuidado pois você pode ser enfeitiçado por seus mistérios.

Leia Também

A matéria foi publicada originalmente na revista Aprendiz de Viajante No. 6

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui