Na Flórida: curtindo a praia em Panama City Beach

4
Praia do lado do Golfo no St Andrews Park, Panama City Beach

O destino da nossa viagem semana passada foi Panama City Beach, uma cidade praiana na costa oeste da Flórida banhada pelas águas mornas do Golfo do México. A cidade vive do turismo, e tudo por lá é feito pensando no visitante que quer curtir a praia. E que praia! São 43 km de praias de areias finas e branquíssimas e água transparente-esverdeada, parte da chamada Costa Esmeralda (Emerald Coast) que inclui ainda as praias de Destin, Navarre, Okaloosa Island, Santa Rosa, Seaside, entre outras (todas lindas!).

Hotel: Ficamos no Marriott Legend’s Edge at Bay Point, que é um time share da rede de hotéis Marriott, localizado em uma baía na pontinha leste de Panama Beach City. O hotel é bem legal: ficamos em um ótimo apartamento de 2 quartos e 2 banheiros (um quarto com cama king, um quarto com uma cama queen e um sofá-cama de casal, e um sofá-cama de casal na sala), bem espaçoso, cozinha completa, máquina de lavar e secar, excelente pra quem viaja com crianças. Pedimos também berço e cadeirão e eles tinham ambos para emprestar. A área de lazer tem uma piscina deliciosa, mantida sempre numa temperatura perfeita, e mesmo a gente estando lá num feriadão de alta temporada não ficou lotada nenhum dia. O hotel tem ainda um parquinho pra crianças, uma área de splash pad (uns chafarizes que saem do chão), uma sala de jogos com atividades e uma piscina com hidromassagem. Eles organizam também o passeio a Shell Island que fizemos um dia e escrevi como foi aqui. Um campo de golfe ao redor do hotel é uma das atrações do lugar, mas como a gente não joga, não chegamos a experimentar. A localização é que é meio fraquinha, já que pra ir à praia você precisa pegar o carro, e está longe do “centrinho” de Panama City Beach, onde fica o Pier Park (está mais perto de Panama City, do outro lado da ponte que cruza a baía).

Marriott Legend’s Edge at Bay Point, vista do nosso apartamento no 5o andar

Praia: A praia é enorme e linda e tem dezenas de acessos públicos com passarelas de madeira que passam pelas dunas e saem na areia. Na maioria dos acessos públicos tem banheiros e chuveiros a disposição dos banhistas, tudo bem organizado. Uma quantidade enorme de hotéis e time shares fica bem na areia mesmo.

Panama City Beach ao lado do Pier

Mas a gente não chegou nem a usar a parte urbana da praia, preferimos curtir a praia na parte preservada, dentro do St Andrews Park, que fica na pontinha leste de Panama City Beach, na entrada da mesma baía onde fica o hotel.

Chegando na praia do lado do Golfo no St Andrews Park

O parque estadual St Andrews é lindo: tem um trecho de praia enorme virado para o Golfo do México e um outro trecho lindo e calminho virado para a baía. Se você cansar de uma praia bonita é só mudar pra outra mais bonita ainda. E se cansar das duas praias, é só pegar o shuttle (barco que fica indo e voltando) para Shell Island bem ali na frente. Que chato! O parque tem ainda um lago que dizem ter jacarés (não fomos lá conferir), um local para observação de pássaros no meio da mata nativa, uma área para pescaria, mesas de picnic, banheiros e chuveiros. Tem uma área para camping também, virada para a baía. O acesso custa $8 dólares por carro pro dia inteiro. Vale muitíssimo a pena, a praia ali é o filé mignon de Panama City Beach na minha opinião.

SEGURO VIAGEM COM 5% de desconto + 5% no boleto

Vai viajar? Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e recomendado na maior parte das viagens para o exterior. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5 e ainda mais 5% se você pagar no boleto.

Praia do lado do Golfo no St Andrews Park
Que água! Panama City Beach, praia no St Andrews Park, lado do Golfo
Julia e Eric curtindo a praia no St Andews Park, lado do Golfo

Praia do lado da baía no St Andrews Park

O comércio da cidade: lojas e mais lojas de tudo que você precisar levar pra praia um dia, de roupas de banho a brinquedos, passando por itens pra levar um picnic (aqui nos EUA não tem essa história de farofeiro que rola no Brasil, até porque a maioria das praias não tem comércio de comida e bebida na areia). No Pier Park tem lojas bonitinhas de roupas, sapatos e grandes lojas de departamento como a Dillard’s e a Target, além de lanchonetes, restaurantes e um parque de diversões bonitinho para crianças chamado Miracle Strip. Pra quem fica em um apartamento com cozinha, tem supermercados Wal-Mart, Publix e Winn-Dixie bem pertinho.

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior e quer manter seu número no whatsapp? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

O Pier Park é um complexo de lojas, restaurantes e parque de diversões que fica em frente à praia e ao pier

Restaurantes: tem aos montes, de todos os tipos, mas a maioria deles é de peixes e frutos do mar, por razões óbvias. A faixa de preço da esmagadora maioria fica entre $20-$30 dólares o prato. Os mais arrumadinhos e famosos ficam bem cheios e se você não fizer reserva pode esperar entre 1-2h por uma mesa. Use o Yelp para procurar recomendações de restaurantes na área, foi assim que a gente fez. Nós gostamos bastante de um tailandês chamado Jazmine, fomos lá duas vezes, o menu é bem variado e a comida gostosa, valeu a pena. Também fomos no Shrimp Boat, um restaurante bem antigo na vizinha Panama City, de peixes e frutos do mar mas que tem muitas opções de carnes, a comida também foi boa mas o serviço foi fraquinho e o restaurante é enorme (era um restaurante antigo super charmoso que foi reconstruído e ficou com uma cara genérica). Os outros restaurantes que nós fomos não eram lá grande coisa, até porque algumas pessoas que estavam com a gente não comem peixe e frutos do mar, então as nossas opções eram bem limitadas e não muito criativas.

Além da praia: o museu Man in the Sea é sobre mergulho e a evolução da tecnologia de mergulho. Queria muito ter ido lá conhecer, mas não deu tempo, infelizmente.

Como chegar: de carro, são 6h de Orlando; 5h30 de Atlanta; 5h30 de New Orleans; 11h de Houston; 10h de Miami. De avião: o aeroporto de Panama City é o mais próximo, o Northwest Florida Beaches International Airport (ECP), servido por vôos da Delta e da Southwest Airlines.

Se você for: lembre-se que Panama City Beach (e a Flórida inteira) estão sujeitas a furacões de junho a setembro. Uns dias antes da nossa viagem uma tempestade tropical (que pode ou não evoluir para furacão) tinha atingido a região, e ficamos monitorando pra ver se ia causar algum estrago maior (felizmente não causou). Evite a época do Spring Break que costuma ser em março-abril, que é quando os estudantes universitários americanos invadem a região pra fazer muita festa regada a cerveja (a não ser que você tenha vinte anos e queira entrar na festa também!). Reserve os hotéis com antecedência pro verão, porque fica bem cheio, principalmente nessa semana do feriado de 4 de julho quando nós fomos (reservei em dezembro!).


Vai Viajar?

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.


4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui