25 coisas que todo mundo que ama viajar devia fazer pelo menos uma vez por ano

17

Quem ama viajar está sempre pensando em viagem e comigo não é diferente. Vai chegando o final do ano e eu começo a fazer a minhas retrospectivas, pensar nas viagens que eu fiz no ano, nos meus momentos preferidos e também planejando o que eu quero priorizar no próximo ano. Nessa lista de momentos eu fui vendo várias coisas que eu tento fazer todo ano, independente do destino e resolvi compartilhar com vocês. Como toda lista, essa é pessoal, tem as coisas que eu acho importantes, mas pode não agradar a todo mundo, ou vai ter gente que vai sentir falta de coisas “essenciais” pra ela. Não tome essa lista como uma coisa fechada, mas encare como sugestões e você pode adaptar, tirar e botar as coisas que você mais curte.

1. Ver o sol nascer em um lugar diferente

Adoro ver o sol nascer em um lugar diferente, mas confesso que sou super preguiçosa pra acordar muito cedo, principalmente se tiver dias puxados explorando o destino. Mas sempre que vejo o sol nascer, acabando pensando que preciso fazer isso mais vezes. Andar de balão é normalmente um daqueles dias que eu reclamo pra acordar, mas sempre amo, porque me dá oportunidade de ver o sol nascer! Um dos meus lugares favoritos onde vi o sol nascer foi no Bósforo em Istambul na Turquia, nessa foto abaixo:

IMG_4763

2. Visitar um lugar novo

Engana-se quem pensa que visitar um lugar precisa ser necessariamente do outro lado do mundo. Sabe a cidade vizinha da sua que tem aquela atração que você nunca visitou? Comece por ela. Está sem grana pra ir pra lá, visite um lugar novo na sua cidade. O que vale é visitar um lugar novo e se não dá pra começar de longe, comece de perto. Bote na lista e pelo menos uma vez por ano, vá!

IMG_4739

SEGURO VIAGEM COM 5% de desconto + 5% no boleto

Vai viajar? Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa e recomendado na maior parte das viagens para o exterior. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5 e ainda mais 5% se você pagar no boleto.

3. Ver o pôr do sol em um lugar que te faça dizer Uau

Eu amo pôr do sol… e amo até mais que o nascer do sol, pelo simples fato de eu estar acordada pra vê-lo. Adoro parar sempre que posso,  não importa em que parte do mundo eu esteja, mesmo em casa, pra ver o sol ir embora. Muitos dos dias de falar Uau foram da minha varandinha, em casa mesmo, mas é sempre mágico quando eu estou viajando e vem aquele pôr do sol de tirar o fôlego ou mesmo no avião. Já pensou em quando foi a última vez que você parou pra curtir o pôr do sol? Eu sempre tento fazer isso muito mais que uma vez por ano e quero ver muitos ainda, em muitos destinos e tenho posts aqui de lugares pra ver o pôr do sol: 5 lugares para ver um por do sol incrível na Grécia, o Festival do Por do sol em Clearwater, Las Vegas, Por do sol em Key West, Treasure Island pra ir te dando umas ideias.

pordosolpathos2

4. Provar uma comida diferente

Conheço quem viaje pra comer sempre o que está acostumado, que não se permite nem um diazinho provar algo da culinária local, por uma série de desculpas (esfarrapadas). Essas pessoas esquecem que a culinária de um lugar faz parte da experiência do mesmo e pode enriquecer muito uma viagem. Algumas das minhas melhores memórias envolvem comida. Seja aprendendo a fazer pão com beduínos, provando pratos diferentes na África do Sul, visitando docerias em Nova York ou comendo nos meus restaurantes favoritos em Búzios, perto ou longe, é sempre bom provar algo novo.

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior e quer manter seu número no whatsapp? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom para ganhar frete grátis: APRENDIZDEVIAJANTE! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

culinaria
Tinha ovos de formiga nesse risoto e não é que estava delícia!

5. Organizar as fotos da última (ou penúltima) viagem e fazer um álbum

Esse item está na minha lista pra fazer antes de terminar o ano, porque organizando as fotos eu até estou, mas eu ando fazendo cada vez menos e os álbuns de família estão ficando no computador, que estão se perdendo e a gente nunca mais vê! Ver as viagens que a gente faz sempre inspira novas e se não fizer álbum, pelo menos imprima umas fotos e coloque pela casa.

6. Ler um livro que te faça querer viajar pro local onde acontece a história

Eu sempre viajei na leitura e por muitos anos foi só como eu podia viajar. Sabia de lugares sem nunca ter sequer pisado neles, tudo pelas descrições e adorava imaginar como seria visitar determinados lugares. Está sem ideia do que ler? A Camila Navarro tem um projeto muito legal que se chama 198 livros onde ela está lendo um livro de cada país, escreve um post sobre eles, então está molezinha pra escolher um livro de um destino não é mesmo? O último que eu li que me deu vontade de viajar foi o “First Love” do James Patterson, já que eles saem numa roadtrip pelos Estados Unidos e fazem alguma coisas que eu quero muiiito fazer por aqui!

IMG_4746 2

7. Ajudar alguém a dar o pontapé inicial para que ela realize a viagem dos sonhos

IMG_4808

Seria ótimo se você pudesse dar uma passagem aérea pra alguém, não é mesmo? Mas claro, dinheiro não está nascendo em árvores. O que você talvez não se dê conta é que as vezes a gente pode fazer coisas bem simples que vão alimentando o sonho e tornando aquilo real pra pessoa. Seja um link pra um passo a passo pra tirar o passaporte ou mesmo uma ajuda pra tirar o visto americano se o destino nos sonhos são os Estados Unidos. A pessoa vai pra Londres ou Paris? Imprima a lista de 100 coisas pra fazer de graça em Londres ou 50 coisas pra fazer de graça em Paris, dê pra ela um guia de viagem pro destino dos sonhos ou a assinatura pra uma revista de viagem. Coloque isso num pacote bacana e ó… certeza que a pessoa vai amar! De aniversário pra uma sobrinha que sonha ir pra Europa, eu comprei Euros pra ela começar uma “vaquinha” e coloquei numa caixinha de presente, que tinha Londres na tampa. Ela amou!

8. Conversar com um “estranho”, seja ele outro viajante ou local

Já pensou em quantas vezes você visitou um lugar e não falou com ninguém diferente, principalmente se você está em família ou com um grupo de amigos? Na minha última viagem pro México, aprendi coisas incríveis sobre os Mexicanos, apenas fazendo perguntas pros locais e parando pra escutar. Entre português, inglês e espanhol, a gente acabou se entendendo e a minha experiência foi muito mais enriquecedora sabendo o quanto o turismo é importante pra eles, o quanto muitas famílias dependem disso pro seu sustento. Na Jordânia, onde eu não falava nada de árabe, a linguagem dos gestos me fez entender um pouco mais da cultura local dos beduínos e dos seus rituais de chá. Com as mammas italianas de inglês macarrônico e mistura de italiano e português, criei um laço que levo pra vida. Vai pra um país onde as pessoas não falam a sua língua? Certeza que você vai encontrar alguém pra pelo menos gesticular e enriquecer sua experiência. Da próxima vez, tente!

9. Fazer uma lista dos lugares que você quer visitar

Conheço um monte de gente que diz que quer viajar o mundo, mas sequer sabe pra onde iria primeiro. Não sei pra vocês, mas pra mim, as viagens começam a acontecer bem antes de eu botar o pé no destino. Um dia eu começo a sonhar e aí a cidade, atração ou o país começam a fazer parte de uma lista, que só cresce, mas que por alguma “mágica”, acabam as vezes acontecendo até antes que eu espere. Faça a lista, comece priorizando e fique de olho nas passagens aéreas, comece a ler sobre o assunto. Se familiarize com as atrações, vá descobrindo o que você gostaria de fazer por lá. É uma ótima maneira de começar a viajar.

10517508_908141445863068_2664195281618679705_n

10. Fazer algo fora da sua zona de conforto

Eu não gosto de nadar em lugares com águas profundas, onde eu não dou “pé”, por causa de um trauma numa piscina quando era adolescente. Fiquei muitos anos evitando fazer qualquer coisa na água, mas depois fiquei pensando no quanto estava perdendo. Então apesar do coração acelerado, eu tento sempre fazer coisas na água e aproveitar, sempre com um colete salva vidas. Na minha última viagem pro México por sorte a gente já tinha que usar o colete pra fazer snorkeling e chegar na Islas Marietas, mas eu fico sempre nervosa e até meio sem jeito de ter que explicar, que apesar de saber nadar, eu morro de medo quando pulo na água e não dou pé. É totalmente fora da minha zona de conforto, mas eu sempre me surpreendo e curto! IMG_3182

11. Começar um cofrinho ou uma poupança pra fazer uma viagemIMG_4779

Não tem jeito, é ele, sempre, o famoso dinheirinho que está comprando coisas pra saciar nossa vontade de viajar. Sem ele, não tem conversa. Não consegue guardar mil, guarde cem, não consegue guardar cem, guarde dez. Mas crie o hábito de guardar e você vai ver que depois de um tempo, encher o porquinho pra viajar também vicia!

12. Descobrir o que te deixa feliz e fazer mais dissoIMG_4815

Gosta de praia? Programe-se pra visitar mais praias. Adora cidades cosmopolitas? Faça uma lista das cidades que você adoraria visitar. Gosta de comer bem, pesquise restaurantes. Gosta de escalar montanhas, faça mais disso e deixe de fazer o que não te acrescenta. Eu amo praia e calor e já decidi que dada as raríssimas exceções para uns destinos que quero muito visitar e precisa ser no frio, como a Aurora Boreal que a Helô viu na Noruega, ou esquiar por um fim de semana, eu não vou visitar nenhum lugar durante o inverno. O mundo é muito grande, tem muita coisa pra fazer e eu não vou ficar miserável e encasacada, sendo que não curto nadinha o frio. Tem muitos destinos praianos que eu quero fazer, então meu foco agora é esse!

13. Escutar aquela música que te lembra uma viagem

Minhas viagens normalmente tem trilha sonora. Seja pela música que está fazendo sucesso no momento, ou a música que eu ouvi no destino que me marcou. Teve caso até de música que eu escutei no filme do avião e que ficou na cabeça durante a viagem. Pra mim é tiro e queda… escuto a música e me vêm memórias do lugar. É sempre uma delícia relembrar viagens através da música. Você também tem uma? Ou duas? Bota pra tocar aí….

14. Aprender alguma coisa nova enquanto viaja ou que vai te servir pra quando você viajar

A medida que vou viajando mais, eu tento incorporar algo diferente que eu possa aprender nas viagens. Seja aprender a mergulhar, ou aprendar a surfar/ stand up paddle, aprender a fazer papel(na Suíca eu fiz isso!!!),  fazer uma aula de culinária na Itália, aprender um pouco mais da língua e cultura, ou mesmo uma aula de grafite. Não importa o que seja, ache algo que você queira ou goste de fazer e tente isso num lugar diferente.Está sem idéias? Já contei aqui do Sabiar um site que reúne experiências em várias partes do mundo.

eufazendopasta

15. Mandar um cartão postal pra alguém

Eu ando fazendo isso cada vez com mais frequência… mandando postais pras pessoas, as vezes surpreendendo uns leitores e as vezes até pra minha casa, pros meus filhos, quando viajo. É sempre uma alegria pra quem recebe e certeza que vai te fazer bem também em compartilhar a memória de um lugar que você está visitando com outra pessoa. Infelizmente esse é um hábito que está sendo esquecido, mas tente fazer isso pelo menos uma vez por ano. Ah.. se você não anda viajando tanto quanto gostaria, o cartão postal pode ser da cidade que você mora, pra alguém que mora fora da sua cidade ou país.

16. Planejar uma viagem em que a jornada seja tão ou mais importante que o destino

Normalmente isso acontece muito durante minhas viagens por via terreste… a Rota romântica na Alemanha, cruzar a Jordânia de carro, a roadtrip pela África do Sul, a Pacific Highway na California são alguns dos exemplos em que a estrada, a jornada entre uma cidade e outra eram tão emocionantes quanto chegar ao local. Planejar esse tipo de viagem é geralmente tão intenso que a gente já começa a viajar antes mesmo de chegar lá.

IMG_4753

17. Fazer uma lista dos lugares que você já foi e o que mais curtiu em cada um deles

Esse é um exercício delicioso, que eu faço constantemente e sempre me lembra de momentos que eu curti na viagem. Aqui no blog eu passei a fazer na volta de viagens a minha lista de 25 coisas que eu amei no destino… normalmente eu tenho que me segurar, porque tem sempre mais que 25 coisas que eu curti. Você pode ver aqui as 25 coisas no México, na Lombardia na tália, Grécia, Suíça, Emilia Romagna e África do Sul.

IMG_4764

18. Não ficar preocupado em se definir como um viajante ou turista

Essa guerrinha boba que anda sendo travada nos blogs e sites, de gente que se define como viajante e despreza turistas é completamente sem sentido. Eu sou uma viajante que adoro turistar pelas cidades. Vou sim conhecer os pontos turísticos da cidade, adoro tirar mil fotos em frente ao monumento X, pego ônibus de dois andares quando faz sentido e mil outras coisas “proibidas” pelos viajantes sabichões. Por que só quem curte lado B pode ser cool? Tenho uma amiga que ama Harry Potter e que não foi visitar os lugares quando foi a Londres porque as amigas intelectualóides iam achar que era mico e que ela tinha só que visitar museu. Hoje ela não sabe quando vai voltar à cidade e morre de raiva de não ter ido na estação 9 3/4. (Eu fui, adorei e também amo ir a museus, uma coisa não exclui a outra!)  Você tem que fazer o que curte, afinal quem está pagando a viagem é você, não é mesmo? Então abandone os rótulos, deixe de se preocupar com o que os outros vão pensar e curta o destino do seu jeito.

19. Fazer alguma coisa bem local – fora do circuito turístico

E isso eu recomendo sempre que se faça em segurança e reitero que não vale para todos os destinos. Mas se tiver oportunidade, vá comer onde os locais vão ou fazer alguma coisa que eles curtem fazer. É sempre uma experiência diferente. No México, em Playa del Carmen, tínhamos um amigo blogueiro morando na cidade e ele nos levou a uma “taqueria” onde os locais comem. Os tacos mais baratos e mais deliciosos que já comi na vida e só tinha a gente que não era Mexicano.

12004753_787912094652557_1203016376066047104_n

20. Se “perder” no destino

Eu adoro os lugares onde eu posso sair andando sem rumo…. Paris, Londres, Nova York e Roma, são lugares deliciosos pra se perder pela ruas. Mesmo as cidades pequenas, com suas ruelas, tem sempre surpresinhas a cada esquina. Desde que você saiba que está num lugar seguro, saia sem rumo, sem mapa e você pode se surpreender e descobrir ruas, coisinhas, lojas e lugares que provavelmente não descobriria se estivesse seguindo um roteiro pré determinado.

IMG_4750

21. Curtir o momento num destino novo com alguém especial

Alguém especial não precisa ser namorado(a), marido. Pode ser um amigo ou amigos, a mãe, alguém da família ou mesmo um desconhecido que você acabou de descobrir que ama fotografar como você. Sim, eu curto viajar sozinha, mas tem momentos que é bom ter alguém pra dividir do lado e ele fica muito mais especial quando pode ser compartilhado.

IMG_4751

22. Começar a sonhar e planejar aquele destino que parece quase impossível

Tudo começa com planejamento e depois de um tempo você começa a descobrir que aquilo nem era assim tão impossível. Mas se você não começar a planejar, não for fazendo passo a passo as coisas que precisam, o destino não vai sair de lá pra ir te encontrar. Então mãos a obra e vamos começar a pensar naquele destino que parece impossível?

IMG_4789

23. Passar um dia de turista na sua própria cidade

Tenho certeza que tem atrações na sua cidade ou em cidades próximas que você ainda não visitou. Aproveite um fim de semana, tire um dia que seja e visite essas atrações. Você pode achar que não tem nada “interessante” na sua cidade ou perto dela e vai pra lugares do outro lado do mundo onde a diversão é sentar na pracinha e bater papo. Procure, que você vai achar. E aproveite pra me contar o que tem de mais legal perto de onde você mora.

24. Parar de arrumar desculpas pra não fazer a viagem que você quer

Muitas vezes a gente não percebe que quem bota impecilhos nas nossas viagens somos nós mesmos. A gente arruma mil desculpas pra não fazer as coisas e as vezes até inconscientemente. Era assim comigo, por 10 anos eu fiquei sonhando com a Grécia e todo ano ficava arrumando desculpas e acabava não indo. Visitei vários outros lugares, mas era pra Grécia que eu queria ir, até que esse ano eu decidi que iria fazer acontecer. E fui duas vezes pra lá! Agora está a mesma coisa pro sudeste asiático, tem anos que estou planejando uma viagem pra lá e ela não acontece por causa de mil coisas… mas já botei na cabeça que não tem mais desculpas, que vou em 2016. E alguém duvida que eu vá pra lá?

25. Separar um dia pro acaso… (Serendipity)

Eu sempre falo isso quando escrevo sobre viagem. Eu sei que tem gente que adora viajar com tudo planejadinho, mas eu sempre deixo pelo menos um dia pro acaso… ou o que aqui chamamos de “Serendipity”. É aquele dia (ou dias) sem nada muito planejado e as vezes até sem hotel. Pra ver se a gente fica mais um dia, ou vai antes, pra decidir o que fazer na última hora ou pra simplesmente descansar. Eu adoro os meus dias de acaso… sempre acabo curtindo as vezes muito mais que os que foram totalmente planejados.

Espero que vocês tenham curtido as minhas sugestões e já comecem a colocar nas listinhas pro ano novo! Muitas viagens pra todos nós! 


Vai Viajar?

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.


17 COMENTÁRIOS

  1. Que delícia de post!!! Consegui me encaixar em vários ítens da lista e vou botar em prática algumas das suas dicas!!! Amei!!

    • Demais estes post!!! Já estou viajando com estas dicas; em breve estarei arrumando as malas para um viajem dos sonhos. <3

  2. AMEI o item 18!!!
    Penso exatamente assim: amo viajar, ser “viajante” e conhecer o autêntico dos locais, mas também ADORO visitar os lugares batidos, tirar as fotos “segurando os monumentos” e visitar os “micos”!!!!
    Dar risada, me divertir com tudo e aproveitar cada minuto, esse é o meu lema!!!

  3. Várias destas sugestões eu já pratico. Mas encontrei aqui várias ideias novas. As viagens começam na minha cabeça…

  4. Adorei as dicas.
    Um dos meus sonhos era ver a Aurora Boreal. Apesar de sofrer com o frio, foi maravilhoso. Ver as “Luzes do Norte” e conhecer o Arquipélago de Svalbard foram experiências inesquecíveis.

  5. Amei tudooooo!!!! Eu acredito que um dos maiores prazeres de uma viagem, é ver cada coisa, e ao mesmo tempo ouvindo uma boa música. Ainda não tive oportunidade de viajar para fora do Brasil. Mas, sinto uma enorme vontade de conhecer o Chile. 🙂 Parabéns pelas dicas, me deixaram mega empolgada. <3

  6. Acabei de chegar do Chile , os dias livres foram os que mais curti, andei de metrô, subi no prédio mais alto da América Latina, comi centolla (um caranguejo grande ) pura diversão. Agora já comprei a próxima. GRÉCIA E TURQUIA. .

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui