Greenwich – Com um pé no Leste e um no Oeste

18

Enquanto andávamos pela noite fria a caminho do restaurante vietnamita vejo um raio laser verde cortando os céus da cidade. A Helô, que mora em Greenwich, me explica que essa é a linha imaginária que separa os hemisférios leste e oeste. O laser vem do Observatório de Greenwich, que fica há algumas quadras de distância de onde estamos.

– Eu preciso ir lá! Não dá para estar tão perto e não visitar um lugar tão simbólico.

O observatório e o parque estariam fechados, porque já era tarde, mas eu tinha as coordenadas de uma linha que ficava na rua e combinamos de na saída do restaurante tentar achar.

Nosso jantar no Vietnam Oriental foi praticamente todo feito de entradinhas. Tantas opções deliciosas que a gente decidiu não escolher e pediu uma porção de cada. Eu e a Helô ainda dividimos um Stir Fried Noodles, entre papos sobre blogs, escrever, vida nos EUA, vida em Londres e como depois de quase 6 anos fomos nos encontrar aqui em Greenwich.

Vietnam Oriental

A Helô e o Martin, o argentino mais brasileiro que eu conheço, já são meus “amigos” de longa data. As aspas são somente porque apesar da gente saber praticamente tudo da vida uma da outra, acompanhar casamento, mudanças e etc, tem um pequeno detalhe: nós não nos conhecíamos pessoalmente. Coisas que só mesmo quem está neste mundinho de internet consegue entender, mas ninguém mais da família estranha. O marido que normalmente perguntaria: “como assim você vai ficar hospedada com um casal que você não conhece?” Já mais acostumado perguntou: “essa é a que era designer no Brasil e agora é jornalista em Londres?” Sim. Essa mesmo. E aqui estamos nós divagando como velhos amigos enquanto a gente divide comidinhas.

Viaje com internet no seu celular

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom exclusivo para leitores do blog APRENDIZDEVIAJANTE e receba frete gratuito! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

Esse jantar no vietnamita só aconteceu porque o pub que fomos primeiro estava lotado, mas essa já era a minha segunda noite com eles. Na primeira, eu ganhei jantar especial feita pela Helô e a companhia da Dri Miller, outra blogueira que também conheço há um tempão, virtualmente. Relembramos histórias, falamos das pessoas que a gente conhece em comum por causa dos blogs e elas me introduziram na tradição dos crackers de Natal que são muito populares na Inglaterra. As coroinhas coloridas da segunda foto vieram de brinde dentro dos crackers.

Dri Miller, eu e Helo Righetto
Dri Miller, eu e Helo Righetto

Passar essas duas noites com eles em Greenwich foi perfeito, além de encontrar amigos queridos, foi legal aproveitar a cidade de um jeito mais local. Foi quase um couchsurfing, com a diferença que foi com pessoas que já conhecia virtualmente e meu “couch” foi um quarto de visitas super aconhegante. De quebra, ainda ganhei guias turísticos pela cidade e uma torta de limão divina, feita pelo Martin. E antes que alguem pergunte, não, eles não estão no couchsurfing.com, mas eu recomendo que de aposentadoria eles abram uma pousadinha em algum lugar descolado, pois são os anfitriões perfeitos.

Acabado o nosso jantar no vietnamita, era hora de turistar. Fomos tentar encontrar o endereço onde tinha as marcas no chão do meridiano de Greenwich. A noite não é muito difícil… basta seguir o laser que cruza o céu e voilá! Logo estava eu com um pé no leste e outro no Oeste!

meridianatnight
meridianatnight

Pronto. Missão cumprida. Como no dia seguinte eu teria apenas três horinhas para passear antes de ir para o aeroporto, achei melhor já garantir essa foto pra provar que eu estive lá.

Sobre Greenwich

Meu último dia em Londres amanheceu com sol e céu azul e saímos para bater perna e visitar alguns lugares antes de eu ter que ir para o aeroporto. Greenwich é um distrito super charmosinho no sudeste de Londres que atrai um número cada vez maior de visitantes. Além de ser o local do “Prime Meridian“, a linha de longitude que corta o planeta a Zero graus, Greenwich também abriga um dos Patrimônios Mundiais da Humanidade da UNESCO. Por sua ligação com a nobreza, em 2012 Greenwich vai se tornar um “Real Borough“, marcando o Jubileu de Diamante da Rainha Elizabeth II e também vai ser uma das sedes de competições nas Olímpiadas de 2012. Mas o charme de Greenwich vai muito além.

O que fazer em algumas horas em Greenwich

Várias das atrações em Greenwich ficam bem próximas umas da outras e você pode em algumas horas, andar pela vizinhança explorar o que a área tem de melhor. Começamos nossa caminhada pela Universidade de Greenwich que faz parte da área que é Patrimônio Mundial da Humanidade da Unesco e tem prédios de arquitetura lindíssima. Aqui é onde ficava o antigo Colégio Naval Real. Passamos por uma capela espetacular, mas que não pudemos tirar fotos porque estava acontecendo uma missa.

Universidade de Greenwich
Universidade de Greenwich

Seguimos para o Greenwich Park, que fica do outro lado da rua e estava lindo, com a folhagem de outono. Um daqueles lugares que dá vontade de estender a canga, pegar um livro e deixar o dia passar.

Depois de uma subidinha considerável, chegamos no Observatório Real de Greenwich onde fica a linha oficial do Meridiano de Greenwich. Esse lugar onde várias pessoas estão aglomeradas, olhando para o chão é onde fica a “linha:. Infelizmente agora, pra entrar aí, só comprando ticket para o Observátorio, que eu acho que até deve valer a pena para quem tem mais tempo na cidade, mas pra mim, que estava na correria, não compensava. Por sorte na noite anterior, descobrimos onde ficava a linha na saida do parque que também tem uma marcação e lá, além de não ter aglomeração, não tem que pagar nada. No Observatório Real de Greenwich é também onde fica o famoso Relógio de 24 horas, chamado de Shepard Gate Clock. E acertou se você pensou em GMT, que é o acrônimo para Greenwich Mean Time. Tudo relacionado aqui.

Observatório de Greenwich
Observatório de Greenwich

A vista ao lado do observátorio é um espetáculo.  Um dos meus amigos fotógrafos de Londres me disse que em noite de lua de cheia, fotógrafos de toda parte se reunem nesse local que tem essa vista linda de Londres. Imagino que em um dia de céu claro e limpo a cena seja mesmo de tirar o folego, porque mesmo nesse dia com um pouco de neblina, achei a vista fenomenal.

Vista de Londres
Vista de Londres

Nossa próxima parada foi a área onde está sendo restaurado o “Cutty Sark“, um importante navio mercante construído em 1869 que pegou fogo em 2007 enquanto estava sendo restaurado. A visita foi a pedido do marido, que queria saber a quantas andava a restauração. O navio deve abrir para o público em 2012 e se você for visitar Greenwich, planeje uma paradinha para ver o navio.

cuttysark
Cutty Sark

E finalmente chegamos em uma das minhas partes favoritas dessa caminhada por Greenwich, o Mercado. Nessa viagem a Londres eu pude explorar alguns mercados diferentes como o famoso Portobello Market em Notting Hill e o Borough Market. Mercados são sempre uma ótima maneira de ver um pouquinho de local e um pouquinho do mundo no mesmo lugar e no Greenwich Market não poderia ser diferente. Já era quase hora do almoço e o cheiro de comida sendo preparada já estava no ar. Numa barraca tinha paella espanhola, na outra um prato de bacalhau português. E no meio do caminho uma barraca de churros. Não, não eram os espanhois, mas os brasileiros, fritos, passados na canela com açucar, recheados doce de leite ou chocolate. Hmmm.. Não resisti!

Mercado de Greenwich
Mercado de Greenwich

Andar entre as barraquinhas, ver o movimento das pessoas e os cheiros que se misturam com as cores são das melhores experiências nos mercados.  Queijos de um lado, barraca de acessórios do outro e o que pra mim foi “a descoberta” desse passeio: a lojinha de um artista local.

Arty Globe

Entramos na Arty Globe   e eu estava achando que seria uma loja tradicional de souvenirs. A Helô logo me explicou que os desenhos eram feitos a mão. Para uma apaixonada por mapas como eu, foi uma festa para os olhos, mapas lindos de londres, em várias peças diferentes. Difícil foi escolher o que comprar que não fizesse volume na mala, que já estava cheia e fechada para viagem.

Arty Globe
Arty Globe

O artista, Hartwig Braun, faz os mapas super detalhadinhos e coloridos a mão, num processo que pode levar semanas. Os desenhos são então aplicados a peças diferentes em diversos tamanhos, como imãs de geladeira, camisa, quadros, papel de presente e tudo o mais que você imaginar. Não é demais?

A Helô começou a bater um papo com o gerente da loja, que descobrimos é o sócio do artista e quem cuida da parte empresarial, produção e distribuição do negócio. Isaac Lilos, o sócio empreendedor, contou que os dois começaram a comercializar os produtos em uma banquinha dentro do mercado, até se mudar para essa lojinha um pouco maior, mas ainda na área do mercado. O trabalho do artista é maravilhoso… ele faz mapas de cidades como Londres, Edinburg, Amsterdam e os detalhes são impressionantes. Eu comprei um avental lindo com o mapa de londres e um imã de geladeira. Foi pra mim o souvenir mais legal de Londres. E um detalhe: mesmo se você não tiver como ir a Greenwich, dê uma olhada na lojinha virtual que eles enviam para qualquer parte do mundo. É um presente super interessante.

Feliz com minhas comprinhas e minha “descoberta” (obrigada Helô!) era hora de voltar pra casa e ir pro aeroporto. Mas não sem antes dar uma passadinha no “Prime Meridian” para uma foto durante o dia. Sabe aquela linhazinha no meridiano em que as coordenadas dizem ‘ Zero de Longitude”? Pois é.. fica exatamente aqui! E pra visitar o local e não lidar com os turistas no Observatório ou as taxas, dirija-se a Park Vista, uma das ruas ao lado da entrada do parque. É só olhar no chão para as marquinhas e no muro para a plaquinha.

Meridiano de Greenwich
Meridiano de Greenwich

Uma fotinho dos meus anfitriões em Greenwich para finalizar nosso passeio…

Amigos
Com Helô e Martin

E é hora de dizer adeus a Greenwich, aos meus queridos novos “velhos” amigos e Londres! Sabe aquela sensação de ter aproveitado ao máximo seus dias, mas já fazendo planos para uma próxima viagem a cidade? Pois é assim que fui para o aeroporto.

Até breve Londres!


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


18 COMENTÁRIOS

  1. Post delicinha de ler Clau, amei!
    É bom demais ver “amigos” queridos…só a gente mesmo entende esses “amigos” que temos espalhados pelo mundo, Love agora já acostumou 🙂
    Bjokas

  2. Cláudia e Helô,

    1) Eu vou comprar o Oyster para as zonas 1 e 2. Essa limitação de zonas só se aplica ao metrô, não é? Eu posso pegar ônibus na zona 3? Então, para chegar em Greenwich sem pagar nada a mais, pensei em ir de metrô até a Canada Water Station (Zona 2) e lá pegar o ônibus linha 188 e descer na Greenwich Town Cen Cutty Sark Stop C.
    Pode ser assim?
    2) Vocês acham que vale à pena andar no teleférico da Emirates?
    3) Caso valha à pena, como chego lá? E depois, como volto para o centro?
    4) Meu tempo em Greenwich é curto. O que posso fazer de graça (e o que não posso perder de fazer)?
    5) Pensei em ir ao Greenwich Park, e ir até a Linha do Meridiano onde vocês tiraram foto (Park Vista). É só isso mesmo?

    Obrigada

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui