Visitando o Hakone Open Air Museum

31

Um dos passeios que a gente queria muito fazer nessa viagem ao Japão com as crianças era visitar o Hakone Open Air Museum, que é como o nome já diz um “museu a céu aberto”. Pelo que eu já li em blogs de viagem, similar ao Inhotim no Brasil. Eu tinha visto fotos na internet da fantástica instalação Woods of Net que fica nesse museu e o lugar foi logo pro topo da minha lista, tinha que levar as crianças lá. Atualizado em outubro de 2015: a Woods of Net fechou permanentemente.

A primeira vez que li sobre Hakone foi lá no Viaje na Viagem quando estava planejando a nossa primeira viagem ao Japão em 2006, o Ricardo Freire tinha escrito sobre o passeio no lago Ashi para ver o Monte Fuji. Acabamos deixando a cidade de fora na primeira visita, e dessa vez quase não fomos novamente, por um simples motivo: o clima! Nas duas semanas que ficamos em Tóquio a previsão em Hakone estava sempre ruim, com chuva, e a gente não queria encarar a viagem (de quase 2h até lá) e pegar o Hakone Open Air Museum com chuva e não conseguir ver o Monte Fuji no passeio do lago. Acabou que no penúltimo dia, acordamos e fomos olhar a previsão do tempo, que mostrava sol sem nuvens, e resolvemos ir só pra passar o resto do dia. O meu plano original era passar uma noite em Hakone, pra poder fazer tudo com calma, até pra não gastar 4h indo e voltando no mesmo dia, mas justamente por causa dos dias de chuva desistimos e acabamos fazendo um bate-e-volta. Mas valeu a pena, a Julia e o Eric brincaram muito por lá, ela até hoje vê as fotos e fala como foi legal.

O Hakone Open Air Museum fica pertinho da estação Chokoku-No-Mori, menos de 5 minutos de caminhada. Entramos e já ficamos babando no lugar, no meio de uma floresta, lindo, e começamos a passear no meio daquele monte de esculturas e instalações a céu aberto.

mapa do hakone open air museum
Mapa do Hakone Open Air Museum, clique para ver o mapa maior no site do museu
Entrando no hakone open air museum
Entrando no Hakone Open Air Museum, com seu jardim de esculturas

Fomos andando em direção da Woods of Net, da artista Toshiko Horiuchi Macadam, que tricotou manualmente essa rede coloridíssima para ser usada da forma como as crianças quiserem. Estava bem cheia, muitas crianças brincando. Julia começou a dar pulinhos de felicidade, foi logo tirando os sapatos e correu pra se enfiar lá dentro, foi logo escalando tudo. O Eric quis entrar também, muito engraçado. Essa instalação é um imenso tricô (ou crochet) de cordas coloridas, pras crianças escalarem mesmo. Os adultos ficam ali com inveja, dá vontade de entrar também 😉 Foi difícil tirar as crianças de lá, a Julia não queria sair de jeito nenhum. Mas me diga, se você fosse uma criança, ia querer sair dali?

Viaje com internet no seu celular - PROMOÇÃO DE BLACK FRIDAY 30%

Vai viajar para o exterior? Já chegue no seu destino com o celular funcionando. A EasySim4u oferece plano de dados ilimitados em 140 países, para que você fique conectado a internet. Utilize o cupom de desconto da BLACK FRIDAY para ganhar 30% de desconto APRENDIZDEVIAJANTE ! Esse é o maior desconto que eles dão no ano! Veja meu post: Chip EASYSIM4U: Como usar a Internet na Europa.

Woods of Net no Hakone Open Air Museum
Chegando na instalação Woods of Net no Hakone Open Air Museum, Julia e Eric se apaixonaram
julia e eric no woods of net
Julia e Eric curtindo o Woods of Net, no Hakone Open Air Museum, e a gente querendo ser criança de novo pra brincar também
explorando o woods of net
Julia e Eric explorando o Woods of Net, no Hakone Open Air Museum, não queriam ir embora

Continuamos andando pelo museu, dali fomos para o pavilhão com obras de Picasso, que infelizmente não pode ser fotografado por dentro. Muitos desenhos, esculturas, pinturas, cerâmicas do artista depois, seguimos pelo jardim: eu fui explorar uma parte com mais esculturas e o Gabe levou as crianças para uma outra instalação onde elas podiam brincar.

esculturas no Hakone Open Air Museum
Andando pelo Hakone Open Air Museum e o pavilhão de obras de Picasso
Esculturas no Hakone Open Air Museum
Esculturas no Hakone Open Air Museum: Symphonic Sculpture, com seus lindos vitrais e todo mundo colocando os pés na água de uma onsen, água de nascente naturalmente quente da região (quente demais pra mim!)

Esculturas e instalações no Hakone Open Air Museum
Mais esculturas e instalações no Hakone Open Air Museum, adorei essa Intersecting Space Construction, que são essas esculturas de pessoas interligadas
Jardim de esculturas do Hakone Open Air Museum
O jardim de esculturas do Hakone Open Air Museum

As crianças foram para a Curved Space – Diamond Structure, de Peter Jon Pearce. Parece uma colméia de abelhas transparente, onde as crianças podem brincar e escalar os túneis. Preciso dizer que os dois adoraram a brincadeira? Um lado é para crianças de 0-6 anos e o outro de 6-12 anos.

Curved Space no Hakone Open Air Museum
Julia e Eric no Curved Space Diamond Structure no Hakone Open Air Museum
julia e eric no curved space
Julia e Eric explorando o Curved Space no Hakone Open Air Museum

Novamente foi difícil de tirar as crianças da brincadeira, mas a gente ainda queria que eles vissem o playground especial que esse museu tem, e corremos lá um pouco antes do museu fechar. Olhem que barato:

playground do hakone open air museum
Julia e Eric brincando no playground do Hakone Open Air Museum

E assim encerramos a nossa visita a esse museu fantástico, saí de lá realmente muito feliz de ter visto o lugar, ainda mais num dia espetacular como esse. Recomendo muitíssimo a visita, principalmente se você está com crianças.

A lojinha do museu tem uma seleção linda de móbiles, bichinhos e bonecos de papel, pras crianças montarem.

No próximo post vou falar sobre como chegar a Hakone, porque tem muitas opções e esse post estava virando um post sobre logística ao invés de uma visita ao museu!

Informações úteis:
Hakone Open Air Museum
Site oficial: http://www.hakone-oam.or.jp/english/
Horário: diariamente das 9h-17h (entrada permitida até as 16h30).
Preços: 1.600 ienes por adulto, 800 ienes por criança no ensino fundamental e médio, 1.100 por jovens estudantes do segundo grau, universitários e idosos (acima de 65 anos). Crianças com menos de 6 anos não pagam. Deficientes físicos tem desconto. Só aceitam pagamento em dinheiro. Consulte sempre o site oficial para verificar os preços.
Mapa: Você pode fazer o download do mapa em PDF aqui.
Observação: crianças até 12 anos podem brincar nas instalações.

Se você não viu os outros posts da série Japão, navegue por aqui:
Planejando uma viagem para o Japão
Roteiro de viagem pelo Japão
Guia Fotográfico de Comida Japonesa
O que fazer em Tóquio
Onde ficar em Tóquio
Passeios de 1 dia a partir de Tóquio
O que fazer em Quioto
Compras no Japão
Restaurante em Tóquio: jantando com os Ninjas
Um dia em Nara, a antiga capital do Japão
Como é o Takayama Matsuri, um dos festivais mais famosos do Japão
Tóquio com crianças: dicas para quem vai com bebê e criança pequena
Como chegar a Hakone (e como se locomover na área)
Como é a Tóquio Disney Sea, o parque da Disney que só o Japão tem


Vai Viajar?

Assine a Revista Aprendiz de Viajante! Assine a revista por R$ 120,00 + chip com 30 dias de internet ilimitada gratuita para usar em mais de 140 países!!!! Você sabia que o chip mais barato, de 5 dias, custa mais caro que a assinatura??? Então aproveite!!!! Assine agora.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Mesmo nos Estados Unidos, é altamente recomendado, pois como não existe saúde pública no país, qualquer problema mínimo de saúde pode resultar numa conta altíssima de hospital ou pronto socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: APRENDIZ5.

Reserve o seu hotel no nosso parceiro Booking

Precisa alugar um carro? Reserve o carro na RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil com seu chip internacional já funcionando no celular.


31 COMENTÁRIOS

  1. Amei esse post! Aliás, estou amando a série de posts sobre o Japão. Para ser sincera o país nunca havia despertado meu interesse, mas os últimos relatos começaram a mudar minha opinião! =)
    Ah, e também fiquei morrendo de vontade de brincar nessas instalações. Imagino com as crianças devem ter se divertido!

  2. Lu, o Hakone lembra mesmo o Inhotim! Eu adoro esse tipo de museu, com espaço para adultos e crianças, para quem entende sobre arte e para os totalmente leigos, como eu. 😉 Mas o que mais gostei no post foram as carinhas de felicidade da Julia e do Eric! Dá para ver que eles realmente se divertiram!

    Beijos!

    • Pois é, por todos os posts que eu já vi sobre o Inhotim (o seu inclusive) acho que é o mesmo conceito. Só que o Hakone Open Air tem essas instalações maravilhosas pra crianças, não vi nada específico para crianças brincarem no Inhotim, tem?

    • Hehehe acho que não tem criança que veja e que não queira ir 😉 A Julia tava falando aqui "eu queria ir lá de novo"…

  3. Oi Lu,

    Muito legal o lugar. Estava pensando em ir até lá em fevereiro mas sei que vou ter que aturar um frio intenso.

    Vcs foram no Monte Fuji tb? Estava querendo combinar os 2 passeios num bate e volta de Toquio.

    Estou aguardando o post sobre como chegar lá. Vai me ajudar muito no planejamento.

  4. […] of Western Art) e Ginza Dia 12: Shinjuku e Shinjuku Gyoen (picnic) Dia 13: Visitando Hakone e o Hakone Open Air Museum Dia 14: Roppongi (Mori Tower) e restaurante Ninja Dia 15: Sayonara Tóquio Observações sobre o […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente!
Por favor entre seu nome aqui